Fanfics de A Mediadora

I see dead people escrita por miraipandora

Fanfic / Fanfiction I see dead people
Em andamento
Capítulos 3
Palavras 8.900
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Mediadora
Gêneros Crossover, Famí­lia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
"Eu devo ter dormido a viagem inteira,
pois foi como recostar a cabeça na poltrona do avião, piscar e então eu estava do outro lado do pais. O estranho e que eu não tive pesadelos, como costumo ter, ou como minha mãe gosta de chamar, "terrores noturnos". Foi um sono longo e sem sonhos. Olhando pela janela, pude ver os picos nevados das montanhas passando pelas nuvens brancas como algodão e acima delas, o céu azul infinito com o sol branco.

Porque eu teria pesadelos?

Eu vejo pessoas mortas... O tempo todo.
Mas não é como naquele filme em que eles aparecem do jeito que morreram, como por exemplo: um cara com uma corda ao redor do pescoço. Não. Os fantasmas não aparecem desse jeito, dando uma dica de como morreram, eles aparecem como figuras tristes recortadas de fotos em preto e branco, e só. As pessoas não veem eles e os atravessam, e quando fazem isso, tem a sensação de que passaram por um freezer. Menos eu. Eles podem me tocar tanto quanto eu posso ver eles. O que é bem desagradável, posso garantir. É como encostar em um cadáver. (Não tem um modo melhor de descrever.) frio, sem pulso e totalmente aterrorizante. E eles estão por toda parte. Centenas de pessoas morrem todos os dias, e eu tenho que ajudar elas a "passar para o outro lado" ou coisa parecida.
20 de cem deles não lembram como aconteceu
30 de cem não fazem mal a ninguém, e só querem ter a chance de se despedir.
50 guardaram rancor e querem vingança.
São esses que eu mais tenho antipatia.
Por que aí eu tenho que mandar eles do jeito difícil, que seria fazer um exorcismo ( a coisa mais próxima da ficção em ver gente morta) e por isso eu já peguei carona em uma viatura até em casa. Por isso eu quebrei ossos, tive concussões e já tenho cicatrizes, mesmo não tendo depressão nem nada assim. E por isso minha mãe está convencida de que sou totalmente esquizofrênica. Já que, além de me meter em problemas, eu converso sozinha, tenho machucados que não explico pra ela onde e como consegui, e fico andando por ospitais, asilos e cemitérios atrás de informações sobre pessoas mortas."
  • 0
  • 0

The Daughter of the Mediatrix escrita por Lah_Alves16

Fanfic / Fanfiction The Daughter of the Mediatrix
Em andamento
Capítulos 12
Palavras 7.811
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Mediadora, Saga Crepúsculo
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Se você está lendo esta história, provavelmente eu morri, mas não se preocupe minha história não é nem ruim, até que ela é bem interessante
Tudo que tinha para ser uma história de terror, por incrível que pareça, acabou sendo um romance. Afinal... "Coisas impossíveis acontece todo dia"
Meu Nome é Anne Simon de Silva, tenho 16 anos e bom, eu sou filha da Mediadora



"Ter um Imprintting é como se todo o amor que sente se prende a essa pessoa.
Como se não fosse mais a gravidade que lhe predence ao chão, seria ela"
  • 13
  • 10

Assombrado escrita por HowYouDare

Fanfic / Fanfiction Assombrado
Terminada
Capítulos 25
Palavras 97.181
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Mediadora, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
"Lidar com fantasmas é algo complicado. Quando eles não estão chorando pela própria morte, estão me enchendo de porrada pra descontar a raiva. E aí que eu nunca reparei muito na aparência deles, afinal, você sabe, que diferença faz se a pessoa morta é feia ou bonita? Se ela está morta e você não pode vê-la, então não faz diferença, certo? Errado. Porque eu posso vê-las. As pessoas mortas, quero dizer. Eu sou um Mediador e é meu trabalho ajudar as almas perdidas à passarem para o outro lado.
O negócio é que desde que eu, Jeon Jungkook, me mudei para Busan, acabei tendo que lidar com um fantasma muito gato assombrando o meu quarto. E eu descobri que ele morreu exatamente aqui, na minha casa.
Daí eu me pergunto: Que tipo de ser humano conseguiria matar um cara tão lindo como Park Jimin? Quero dizer, talvez eu devesse agradecer à esse suposto assassino, caso contrário eu nunca conheceria um fantasma tão gato e com uma bunda tão linda. Mas isso seria um raciocínio um pouco egoísta, certo?
A coisa que sei, é que lidar com essa queda — que na verdade é um desfiladeiro — por Park Jimin, está me metendo em mais encrencas do que já me meti em toda a minha vida. Mas essa é uma longa história... Se você for alguém muito curioso, eu posso te contar ela inteirinha."


Jikook!flex || +18 || longfic II sidecouple: TaeGi

Adaptação de "A Mediadora" de Meg Cabot

** título da fic alterado **
  • 558
  • 206

Mundo das Sombras escrita por CrisFic

Fanfic / Fanfiction Mundo das Sombras
Em andamento
Capítulos 10
Palavras 16.434
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Mediadora, Harry Potter, Os Instrumentos Mortais, Saga Crepúsculo
Gêneros Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural
Ver gente morta é um pé no saco. Totalmente. E nem adianta dizer que você não concorda. Eu sei do que estou falando. Sou expert. É muito chato. E ainda costuma fazer mal a saúde. Pelo menos para a minha. Ou pelo menos você também pensaria assim, se já tivesse quebrado os dois braços por causa de um fantasma idióta. Os dois braços ao mesmo tempo! Pois é... Um saco!

Porque pensa comigo. Você está lá, todo inocente, indo à padaria e... Bum! O fantasma do padeiro está ali entre o pão e a rosquinha, querendo que você avise a polícia que os caras que o assassinaram estão escondidos em algum buraco qualquer, e que ele não vai descansar enquano bla-bla-bla, bla-bla-bla, bla-bla-bla...

Ou de repente... Bam! Você vai ao banheiro daquele shoping maneiro perto da sua casa e lá dentro tem um fantasma, que não consegue descansar e que quer muito, que você avise a família dela, que o gato não deve ficar com a avó, e sim com a sua sobrinha, já que a avó mal se lembra de alimentar o tal bichinho. E bem... Tudo o que você queria era... Você sabe... Apenas comprar um simples pão pro café da tarde, ou fazer xixi. E isso é totalmente um saco monumental. Porque ninguém mais vê esses tais fantasmas. E conversar com gente que mais ninguém está vendo, é um bilhete certo de entrada pro hospital psiquiátrico mais próximo da sua casa.

De modo que atualmente a minha Política para o Trato de Assuntos Extraterrenos, ou seja, para que eu possa lidar com as pessoas que já morreram e que por algum motivo desconhecido (por mim e geralmente por elas também) ainda estão por aqui, é a política do “não fala comigo que eu não falo contigo”. Ou seja: ignoro total. Passo direto, como todo mundo normal faz.

O problema é que nem sempre isso dá certo. Nem sempre.
E ai amigo?... Bem... Ai, dá-se o desastre...
Até porque, tô pra descobrir que os fantasmas que estão rondando por ai, podem não ser exatamente as piores criaturas que há para se temer na escuridão da noite.
  • 17
  • 5

A existencia de uma loba monus escrita por biaklinke

Fanfic / Fanfiction A existencia de uma loba monus
Em andamento
Capítulos 34
Palavras 12.841
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Garota da Capa Vermelha, A Hora do Vampiro (Salem's Lot), A Mediadora, À roda da Lua, À sombra da lua, As Irmãs Vampiras, Bruxos e Bruxas, Danças na Floresta, Deixe a Neve Cair, Lobos Não Choram (Série Alfa & Ômega)
Gêneros Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Duas garotas, um passado em comum, um amor q traz revelações, e amizades q nem sempre são boas, grandes perigos e conflitos a esperam......mas o q acontecera com Katryna(nossa personagem principal), q mudara tudo de ruim para o bom?
  • 24
  • 4

A "Aberração" escrita por AmyDragonologia

Fanfic / Fanfiction A "Aberração"
Terminada
Capítulos 12
Palavras 15.834
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Mediadora, Infamous
Gêneros Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Prólogo

Meu nome é Kellen de Silva, meus
pais são deslocadores, enquanto eu...
Sou uma deslocadora e uma
condutora.
Para quem não sabe, nós condutores,
conseguimos manipular pelo menos um elemento, mas óbvio, tem aqueles que podem manipular mais que um, tipo eu.
E os deslocadores, podem ir para o mundo dos mortos quando quiserem, assim como também podem viajar no tempo e conversarem com os mortos.
Eu finjo que não consigo vê-los, então meus pais nem sabem que eu sou como eles, assim como também não sabem que sou uma condutora.
Eles sempre estão ocupados demais, principalmente com a “escola” de mediação, eu me preocupo em não deixar eles descobrirem o que eu sou, não quero ter aquelas malditas aulas que minhas primas tem.
Bem... Chega de enrolação. Eu tenho 16 anos, tenho cabelos negros e olhos roxos, pele branca, e sou um pouco mais baixa que minha mãe.
Tenho uma doença chamada Alexandria gêneses, minha pele é extremamente branca, eu não me queimo no sol, não menstruo, e ainda sou fértil. Já ouvi de muitas meninas que menstruação é a pior coisa do mundo, eu queria poder saber como é menstruar, mas estou bem do jeito que sou. Elas dizem que queriam ter essa minha doença, e que tem inveja de mim, mas nunca liguei para aqueles que falam isso para mim.

Revisada >.<
  • 20
  • 14

O segredo escrita por Perolastar467

Fanfic / Fanfiction O segredo
Em andamento
Capítulos 10
Palavras 2.450
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Mediadora
Gêneros Ficção, Ficção Adolescente
Num belo dia uma menina chamada Clarise veio ao mundo com a obrigação de falar com os as almas penadas e os liberta para os mundos dos mortos.Sim,
ela era uma mediadora.Mas ela não pode contar isso a nunguém .
  • 2
  • 1

A Mediadora : Uma nova história escrita por Violettaa

Fanfic / Fanfiction A Mediadora : Uma nova história
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 3.653
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Mediadora
Gêneros Ação, Aventura, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela
Jenny Simon de Silva é a cria demoníaca de Jesse e Suzannah, uma nova historia se inicia, um fantasma, uma garota e um amor impossível.

Virei na rua indicada, enquanto ele trocava as musicas do rádio, notei que uma estranha conexão crescia entre nós, ele era gente boa, bonito e tinha um sorriso destruidor, nos trocamos um olhar e ele sorriu para mim mostrando os caninos pontiagudos, me lembrou um vampiro desses filmes adolescentes, não como Edward Cullen em crepúsculo, mais muito melhor do jeito dele mesmo, eu sorri de volta e foi nesse milésimo de segundo que tudo aconteceu, primeiro um clarão que cegou meu olhos, soltei o volante para cobrir o rosto com os braços no instinto de me proteger, depois a batida e o impacto, senti meu coração acelerar e a gravidade da situação me abateu, uma segunda batida e o carro girou rapidamente, senti minha cabeça bater contra o vidro e depois só havia a escuridão..."

— Filha com quem você esta falando? — abri os olhos, minha mãe me encarava preocupada.

— Com o Thomas mãe —respondi.

— Filha — ela disse com uma expressão surpresa e assustada no rosto — O Thomas faleceu no acidente.
  • 1
  • 0

Imagine Jungkook/Garota Rebelde escrita por geuliabrasil

Fanfic / Fanfiction Imagine Jungkook/Garota Rebelde
Em andamento
Capítulos 2
Palavras 452
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Mediadora
Gêneros Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Luta
S/n é uma garota Rebelde e determinada mais isso tudo vai mudar quando o pai dela
Um dos traficantes mais perigosos da coreia arranjar uma casamento pra sua filha
  • 8
  • 2

Entre Vidas escrita por Crow-or-Owl

Fanfic / Fanfiction Entre Vidas
Em andamento
Capítulos 2
Palavras 10.556
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Mediadora
Gêneros Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Regina de Silva é um ponto completamente fora da curva. Filha de mediadores, ela nasceu sabendo como lidar com os fantasmas que buscam sua ajuda. Ao contrário de sua mãe, sua habilidade nunca lhe foi um problema. Pelo menos, não até seu colégio começar a ser alvo de atividades paranormais muito perturbadoras. Um programa de televisão sensacionalista e o Sr. Fantasma-Gato-Com-Complexo-De-Anjo-Da-Guarda-Que-Todo-Mundo-Consegue-Ver são seus menores problemas agora. Pois, seja lá o que se apoderou da Academia Católica Junipero Serra, é muito mais do que só um fantasma enraivecido. É algo demoníaco.
  • 3
  • 3