Fanfics de Fate/hollow ataraxia

FATE - Against Idols escrita por ~HateEndLove

Fanfic / Fanfiction FATE - Against Idols
Em andamento
Capítulos 2
Palavras 2.117
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO, Fate/hollow ataraxia, Fate/Stay Night, Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works, Fate/Zero
Gêneros Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção Científica, Harem, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Heróis épicos servindo poderosos magos. É isso o que acontece durante a Guerra do Santo Graal, onde sete magos poderosos são escolhidos por esse cálice sagrado realizador de desejos.
Mas dessa vez as coisas serão diferentes...
Mayumi, filha de Rin Tohsaka e Shirou Emiya (magos que já lutaram em uma guerra anterior), recebe o chamado do cálice e mal sabe que terá que lutar contra ídolos.
  • 16
  • 3

Série League of Reality (vol 1) - KAL escrita por ~MoiraAndrews

Fanfic / Fanfiction Série League of Reality (vol 1) - KAL
Em andamento
Capítulos 6
Palavras 5.930
Atualizada
Idioma Português
Categorias Fate/hollow ataraxia, League Of Legends
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Saga, Shounen, Survival, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Ninguém sabe como começou. Talvez tenha começado porque todos queriam que fosse real. Que pudéssemos conversar com eles, lutar junto com eles, viajar e conquistar os territórios no mapa.

Nosso desejo foi realizado.

Eles estão aqui.

De todos os lugares.

De todos os servidores, tanto da internet normal quanto da DeepWeb.

Assim como seus mapas, que alteraram completamente o globo, fazendo com que novas terras surgissem onde antes não havia nada.

Assim como novos personagens.

Prepare-se, pois o Grande Torneio está prestes a começar.

E então, vai jogar?

FASE UM: KAL

Primeiro tudo era escuro e vazio. A garota estava ali, flutuando no vazio, cercada apenas por pixels, a mercê de um sistema de tamanho infinito e incontrolavel. Você, leitor, pode chama-la de algoritimo. E, a qualquer momento, ela podia ser arrancada de seu mundinho preto e vazio, para servir em algum canto daquele lugar.

E então houve luz.

Houve vida, crescimento, respiração, consciência. Havia tato, olfato, paladar, audição e visão. Havia um mundo gigantesco à frente, pronto para ser explorado pela garota, assim que ela saisse da linha de partida.

A partir daquele instante, havia Kal.
  • 2
  • 3