1. Spirit Fanfics >
  2. Histórias Originais

Fanfics de Histórias Originais - Mais de 80 mil palavras

A Virgem do Escocês

escrita por HanaMochizuki
Fanfic / Fanfiction A Virgem do Escocês
Em andamento
Capítulos 141
Palavras 81.528
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Literatura Erótica
O meu trabalho era parte de mim, eu amava o que fazia. Thomas Dream era um cara muito sofisticado. Arrogante, prepotente, egocêntrico, mas sofisticado. Eu aprovava o seu jeito de agir, a sua forma de pensar. O seu controle sobre tudo o tempo todo. Ser sua secretária me libertou de muitos medos.

Para começar, esta não é uma empresa de cosméticos e perfumes, concorrente da Empresa Desire, é uma exportadora de armas que fornece para Israel e aliados dos EUA, mas é segredo para todos. Seria para mim também, se eu não tivesse decifrado os códigos nas correspondências e documentos. Há palavras que foram trocadas estrategicamente, e cada uma delas tem um significado que eu anotei, decorei e queimei depois.

Foi depois que entrei nesta empresa que tomei a iniciativa de aprender autodefesa, tiro ao alvo e estudar a língua israelense. Por que eu não me demitir? Gosto do perigo, do proíbido. Mas tem mais, algo que eu ainda não entendi. Algo em Thomas Dream.
  • 213
  • 191

Guerra das almas

escrita por joaovpf23
Fanfic / Fanfiction Guerra das almas
Em andamento
Capítulos 203
Palavras 284.806
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Drama / Tragédia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia / Misticismo, Sobrenatural, Universo Alternativo
Luz e escuridão, a batalha que acontece por eras e que nunca alcançou o seu fim, mas o que aconteceria se nesta luta houvesse um ser capaz de dominar esses dois? Jack, o lobo negro, um soldado com sérios problemas tanto mentais quanto físicos e com uma enorme raiva, teve sua terra dominada por seres da escuridão chamados "sombrios", Jack precisará viajar por várias terras para lutar contra a escuridão
  • 27
  • 5

Edengard

escrita por iLya22
Fanfic / Fanfiction Edengard
Em andamento
Capítulos 49
Palavras 94.795
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Drama / Tragédia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia / Misticismo, Mistério, Romântico / Shoujo, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Milênios atrás, o mundo era dividido por duas ideologias que guerreavam entre si para impor seus ideais uns sob os outros; Duas nações distintas idealizavam um paraíso perfeito criado pelo homem através de sangue e sacrifícios (Profanus) ou com uma crença de redenção dos pecados onde as pessoas se submetiam a promessas como punições para se redimirem de seus atos equivocados (Yeshua). Por gerações essa disputa religiosa era travada com espadas, punhos, lanças, tridentes, palavras e a fé de respectivos lados, até a descoberta do uso de conjuração de magias.
A magia causou um tremendo impacto nas longas batalhas travadas até então; Magias de fogo, gelo, ar, água, terra, vento e de todos os tipos começavam a surgir pelo vasto mundo, e a igreja que era o central poder da época de ambos os lados criavam seus exércitos com os devotos mais fiéis para receberem a honra de poderem serem treinados pelos oráculos da igreja e aprenderem a usar suas respectivas magias, pois somente membros internos da igreja poderiam conduzir o aprendizado da magia na época. Diante de todo o avanço mágico, surgiram as Maldições e as Bençãos. O conceito era basicamente o mesmo, porém as naturezas diferentes. As igrejas de ambos os lados empenhadas em obter poder e controle absoluto de todos os territórios abrangentes começaram a conjurar maldições tanto de luz quanto de trevas. Logo, começaram a surgir pessoas com características de bestas como dragões, titãs, harpias, tritões, até mesmo anjos e demônios diante de severos rituais espirituais que eram realizados nos guerreiros em destaque dos exércitos. Esses guerreiros eram submetidos a uma conjuração em seu próprio corpo, onde dependendo na naturalidade (luz ou trevas) marcas (pretas ou brancas) surgiam em seu corpo e começavam a se mover conforme o tempo queimando a pele do individuo o proporcionando dores extremas até formas um símbolo em alguma parte de seu corpo que representará a besta conjurada em seu corpo.
Essa maldição perigosa durante sua realização matava milhares de guerreiros escolhidos a recebe-la diante da imensa dor fisica e psicológica que o individuo sofria, e aqueles que conseguiam se sobressair adquiriam os poderes de uma besta demoníaca ou celestial, essa maldição ficou conhecida como Kami no Noroi (maldição divina), ou para os usuários celestiais, Kami no Shukufuku.
Por fim ambos os lados perceberam suas inúmeras baixas causadas pelas guerras, suas populações tremendo de medo com carência de água, comida, mulheres e crianças amedrontados em casa, e portanto, decidiu-se um acordo de paz, porém, haviam pessoas que não concordavam com a unificação de ambos os lados e a criação de um ''poder misto'' onde ambos os lados governariam juntos uma única nação, e foram considerados ''deserdados'' e isolados.
Os deserdados se dividiram como antes pela ideologia religiosa diferente e criaram organizações secretas consideradas criminosas com seus membros procurados com preço pelas suas cabeças, que por fim se uniram com o intuito de derrubar o regime misto.
O mundo então foi dividido em 7 reinos diferentes e em seu centro localizava-se o castelo onde ficavam as peças-chave da igreja, dois oráculos, dois reis, o parlamento entre outros integrantes do regime; E assim foram nascendo várias leis, e então, juntos os dois seguimentos religiosos em acordo de paz seguiram adiante unidos em busca de criarem no mundo um paraíso na terra, o chamado Eden, onde o caminho satisfaria a todos independente de suas religiões.
O tempo passava e houveram muitas evoluções com o tempo, a magia deixou de ser só uma tática de guerra para algo que também beneficiasse a vida dos civis, em outras palavras, a magia tornou-se um senso comum onde todos aprendiam a usar ou nasciam com certa experiência e depois aperfeiçoavam para tornar-se hábeis; Exércitos foram criados para defender os reinos e servir ao regime central chamado Paládia, sendo as bases principais (QG's) instaladas na capital de cada reino e suas ramificações menores pelas outras cidades.
A história segue acompanhando no reino de Aeltherden na capital de Ashes, uma jovem mulher chamada Yara Sasaki que diferente da maioria das mulheres da época, era uma habilidosa lutadora marcial e tinha a vontade ardente de quebrar os ridículos padrões impostos pela sociedade, e no meio de vários acontecimentos inusitados na vida dessa jovem, ela acaba fazendo amizades inimagináveis e vivenciando aventuras, dificuldades e fazendo de sua trajetória algo impensável.
  • 7
  • 2

Guiadas pelo Amor

escrita por AbreuParrilla
Fanfic / Fanfiction Guiadas pelo Amor
Em andamento
Capítulos 22
Palavras 111.479
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Comédia, Drama / Tragédia, Lésbica / Yuri, LGBTQIA+, Romântico / Shoujo
Como tudo seria se, no baile do hospital, Gwendolyn tivesse pedido uma dança à Mildred e ela tivesse aceitado?
Bem, isso mudaria tudo.
E é sobre isso que essa história trata.
Uma dança.
Um beijo.
Um novo rumo para toda a história!
  • 60
  • 66

Pale City Tales

escrita por towerflame
Fanfic / Fanfiction Pale City Tales
Em andamento
Capítulos 162
Palavras 179.421
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia / Misticismo, Mistério, Policial, Saga, Suspense, Universo Alternativo
Mono, um garoto de doze anos com um espirito alegre e altruísta, acaba de se mudar para a Pale City, junto de seu pai, para poder recomeçar sua vida, porem em Pale City ocorre algumas coisas estranhas, talvez até mesmo sobrenaturais que nosso herói mais os amigos que ele fizer no meio de sua jornada, terão que resolver.
(Essa é uma história de um AU que crie, praticamente não tem nada haver com os jogos originais, mas vai ter sim muitas referencias a eles e coisas baseadas)
  • 51
  • 897

Cartas Para Thomas

escrita por America-Sinnger e EadlynSchreave-
Fanfic / Fanfiction Cartas Para Thomas
Em andamento
Capítulos 59
Palavras 194.768
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Literatura Erótica, Literatura Feminina, Mistério, Romântico / Shoujo, Suspense
Esta é uma história paga em outro aplicativo, mas totalmente de graça no spirit! Aproveitem.

SE APAIXONAR POR SUA MELHOR AMIGA não estava nos planos de Thomas até o exato momento em que conheceu Isabelle. Entretanto, foi o que aconteceu. Numa tarde de terça-feira de um dia comum aos doze anos de idade ele entendeu que o que sentia por aquela menina tão tímida era amor.

Todos os anos no aniversário de Isabelle, Thomas lhe escreve uma caprichosa carta felicitando-a e declarando o quão é grato pela amizade de ambos, mesmo nunca recebendo uma em troca. Fora assim dos seus dez até os dezessete anos de idade. Contudo, mesmo sabendo que o que sentia por ela ia muito além da relação amistosa que tinham, nunca conseguira se declarar, imaginando que seria repudiado caso algum dia acontecesse. Afinal, Isabelle confiava todos os seus maiores segredos a Thomas e em nenhum deles havia uma confissão de amor.

Porém, todos os anos Isabelle também escrevia uma para ele apesar de nunca as enviar, pois sentia-se temerosa de todos os sentimentos que essas cartas passariam para Thomas.

Um dia, quando Isabelle menos espera, aos dezessete anos Thomas se declara para ela num acampamento escolar, e finalmente entende que a relação de amizade entre os dois estava a um passo de se tornar o amor mais bonito que ambos viveriam em toda a sua vida.

Mas nem tudo são flores e o que parecia perfeito de repente desmorona. Após algum tempo do amor entre os dois desabrochar acontece algo inexplicável:
Thomas e sua família desaparecem da noite para o dia, deixando apenas uma carta nos correios de Isabelle e só reaparece oito anos depois.

Que sentimentos Isabelle teria então com relação ao seu ex melhor amigo e amor agora? Ela o perdoará por ter partido? O que será que aconteceu com sua família para desaparecer tão de repente?


“E, depois disso concluo que o amor nasce, cresce e...
...e se vai.”
  • 86
  • 188

Angels of the fighters

escrita por LUCAS_angels
Fanfic / Fanfiction Angels of the fighters
Em andamento
Capítulos 106
Palavras 108.083
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Drama / Tragédia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia / Misticismo, Mistério, Policial, Romântico / Shoujo, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Essa historia conta a historia de um garoto que tinha uma vida normal mais por azar a vida dele muda completamente
  • 46
  • 154

Crystal Bullets

escrita por Bleeding_Love
Fanfic / Fanfiction Crystal Bullets
Em andamento
Capítulos 16
Palavras 81.536
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drama / Tragédia, Ficção Adolescente, Literatura Erótica, Luta, Mistério, Policial, Romântico / Shoujo, Suspense
Dois amigos, duas vidas, duas famílias, duas realidades, dois pontos de vista, dois inimigos, dois amores, um assassinato, uma amizade indestrutível e insubstituível, ambos fariam de tudo um pelo outro, ambos se transformarão em monstros pelo outro, mesmo o outro não querendo, tudo pela proteção, bem estar e pela vida do outro, tudo tem um preço, mas nenhum dos dois está disposto a deixar a amizade ser o preço.
Pearl Jewel, quinto filho dos Jewel - família rica de Los Angeles - 22 anos, nasceu em berço de diamantes, seu tataravô criou um império de pedras preciosas que se mantém a três gerações. Pearl se recusa a ser controlado pela família, possui um sonho, assumirá uma área específica da empresa quando chegar o momento de seus pais se retirarem, mesmo assim se negou a viver em Nevada, querendo seu próprio caminho se mudou para Atlanta assim que completou maioridade, se inscrevendo em uma faculdade de artes na cidade, cortou contato com todos de sua antiga vida e se manteve doce amável como sempre foi.
Lucie Callen, terceira filha dos Callen - família de contrabandistas - 21 anos, nasceu rica, foi mantida ignorante do real trabalho da família, que como disfarce eram famosos por fazerem jóias, mantinham contato com os Jewel para ter acesso a pedras preciosas, a mãe dos Callen era rígida e abusiva. Vivendo em um mundo preto e branco, Pearl era seu único arco-íris, ela se tornou uma pessoa frívola, dura consigo e com os outros, escolhendo uma vida cheia de perigos, dedica seus dias ao trabalho, cortou qualquer contato familiar quando fugiu com apenas 19 anos, depois de tempos sumida ela retorna para a vida de Pearl.
Ambos passarão por provações de confiança e conflitos que ameaçavam explodir a bolha que costumavam ter quando eram adolescentes, irão sentir a superproteção que tem um sobre o outro inflama, sendo algo doentio e medonho, capaz de causar o estrago que eles tanto temem, e nem mesmo imaginam, seu afastamento.
  • 2
  • 0

Império ( reescrita )

escrita por Heather_Kurenai
Fanfic / Fanfiction Império ( reescrita )
Em andamento
Capítulos 16
Palavras 96.763
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drama / Tragédia, Famí­lia, Novela, Universo Alternativo
"Uma vida toda planejada,
Um destino que lhe foi dado,
Uma história que foi mudada,
E um final que se selou."


Essa história fala sobre Àxel e seu filho Saruh, que se mudam de Zurique para Nova York após a morte do pai de Àxel, e sobre Merllya, uma mulher de uma "pequena" cidade brasileira que foi tentar a vida em Nova York.

Com a volta de Àxel para Nova York muitas mudanças irão acontecer, não só na vida dele e do filho, mas na vida de Merllya e de todos que estarão ao redor deles.

Novos amores surgirão, novas amizades serão criadas, e novos vilões aparecerão, afinal quando Àxel for dito como o novo Imperador o antigo não vai aceitar isso fácil e vai querer a coroa e o poder de volta, assim como Saruh vai ter ter aprender a lidar com os vários desafios que irão lhe aparecer nessa nova fase de sua vida, incluindo a nova namorada de seu pai, e Merllya terá que lidar com o reencontro com o homem que ela achou que tinha conseguido esquecer além de ter que aprender a esquecer os traumas do passado para seguir com a sua vida.


Nesse universo, suas riquezas e seus bens lhe dão título de nobreza :

--> Imperador / Imperatriz : É quem possui a maior riqueza, tem poder sobre todos os outros, basta saber usá-lo. O Imperador pode perder seu título se alguém passar a ter uma riqueza maior que a sua, a troca de posse acontece sempre em janeiro.


--> Rei / Rainha : São os que têm bastante riquezas, mas não chegam a superar o Imperador, portando estando abaixo dele.


--> Conde / Condessa : Pode ter riqueza ou apenas uma vida de luxo, está abaixo do Rei.


--> Plebeu / Plebeia : É quem tem uma vida normal e não vive com os luxos que um Conde e uma Condessa possuem.


Esses títulos podem ser mudado facilmente, ou em outras palavras, de acordo com a sua conta bancária, exceto o de Imperador que é mais difícil de se conseguir.
  • 7
  • 26

Haunted -Fillie

escrita por MabelSousa
Fanfic / Fanfiction Haunted -Fillie
Em andamento
Capítulos 103
Palavras 506.299
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drama / Tragédia, Ficção, Luta, Policial, Romântico / Shoujo, Universo Alternativo
Quando Finn Wolfhard conhece a pequena filha única dos estimados Brown, é apenas um garoto tentando ganhar alguns trocados com a venda de seus desenhos na porta da escola mais cara da cidade. Ele jura que nunca viu algo tão bonito, já ela, conhece alguém perdido pela primeira vez em sua vida perfeita. Mesmo com diferenças que vão além do saldo na conta bancária, a conexão é imediata e a aproximação inevitável. Uma amizade improvável que só cresce ao passar dos anos, porém quando a ela está a beira de se tornar algo maior, o garoto é forçado a ir embora para sempre sem sequer ter a chance de dizer adeus pela última vez.


Anos se passam e tudo muda de ambos os lados. Millie termina a escola e a faculdade, se torna uma psiquiatra forense com carreira ascendente na Califórnia e entre um caso e outro, é convocada para participar da investigação de um crime descoberto do outro lado do estado.

Tudo se encaminha para o caso ser apenas mais um dos troféus que ela ostenta na parede de casa, até a terrível descoberta de que o alvo da sua pesquisa não é ninguém menos do que o garoto que conheceu na escola a tantos anos atrás.


Millie nunca o perdoou, porém perdoa-lo pelo abandono sem explicação agora parece ser a menor de suas preocupações quando ela se vê na difícil missão de precisar decidir se aquele rapaz, já crescido e tão diferente de antes, é de fato inocente ou se não passa de um cruel assassino.
  • 199
  • 3.711