1. Spirit Fanfics >
  2. Fórum >
  3. Geral >
  4. Dúvidas >
  5. Avaliação de trecho

Dúvidas - Avaliação de trecho - Página 1

5 Respostas


Usuário: Viscouncin
Someone Like You
Usuário
Novato
Novato
Registro: 11/05/2017
Membro nº: 2050204
Tópicos: 11
Posts: 28
Boa noite, poderia avaliar se os trechos abaixo estão ok dentro as regras ou me dizer se preciso suavizar mais a cena.

Agora, parado em meio a grande altitude que estava a sua frente, encarava a água soturna pensando se realmente deveria fazer aquilo. Sinceramente, ele não queria. Gostaria de ficar e lutar por um futuro com o homem que amava, longe do seu pai e toda essa cidade que lhe trazia apenas péssimas lembranças.

Entretanto, Sting não o queria. Rogue sempre sentiu que era insuficiente, contudo gostava de pensar que era coisa de sua cabeça, mantendo a esperança de ter chances com o amigo e um dia ser correspondido. Mas o “isso nunca vai acontecer” ecoava infinitamente em sua mente, como uma resposta para a sua futura declaração.

“Céus, grande ilusão!” pensou, sorrindo ironicamente para si mesmo.

E foi com esse pensamento que Rogue deu um passo à frente, ignorando seu medo e a grade de segurança que percorria por toda a grande ponte em que se encontrava. O caos jazia em sua mente. Ousou olhar para o céu daquela noite sem luar, contemplando as pequenas estrelas, que lhe pareciam tão solitárias quanto ele. O desespero fazia-o sentir o vazio.

Voltou a observar o oceano, a água escura refletia fracamente as luzes da ponte. Rogue soltou um riso fraco ao constatar em como ela se assemelhava ao céu. Não sabia o que iria vir ao entrar em contato com a água, mas gostava de pensar que seria feliz.


Uma onda de alívio preencheu seu corpo ao ver Rogue parado na ponte. Apesar da grande distância entre os dois, Sting conseguia ver o rosto do amigo banhado em lágrimas, além da força que o rapaz fazia para segurar a barra de metal em sua frente. Sting caminhou apressado até o moreno, porém perdeu os sentidos ao ver um sorriso na face do amigo. Não gostou do que viu, então apertou ainda mais o passo até ele. Uma sensação avassaladora o invadia, algo muito pior que o medo e a culpa. Sentiu seus olhos se encherem de lágrimas ao ver Rogue escalando a pequena grade vermelha.

“Não!” pensou. Queria gritar, mas a sua voz não vinha, a garganta doía devido ao choro. “Por favor, não!”

— Rogue! — berrou quando já estava mais próximo do moreno, porém já era tarde demais.

O moreno lançou um olhar rápido em sua direção, os olhos estavam marejados e havia um sorriso casto em seus lábios.

“Tchau!” foi a única coisa que conseguiu dizer antes de sumir na escuridão do oceano abaixo.


Obrigada pela atenção!
Usuário: sloann

Usuário
Membro
Membro
Registro: 17/07/2019
Membro nº: 4331576
Tópicos: 34
Posts: 116
Eu não sou da administração, porém acredito eu que esses dois trechos que você apresentou se enquadram na diretriz III, item d.

O suicídio, automutilação e auto-abuso, ou seja, histórias que encorajem, estimulem, romantizam e/ou detalhem, atos de tirar a própria vida, de causar lesões (físicas e/ou psicológicas) a si próprio e de desordens alimentares;

Talvez eu possa estar errada, mas acredito que não.
Também já abri um tópico sobre essa diretriz. Pela resposta que o/a ADM me deu, escrever o sorriso estaria romantizando o suicídio, o que não pode.
Então recomendo que retire essa parte e tente suavizar um pouco mais essa cena, pois pode acabar se enquadrando na diretriz e gerar advertência ou banimento.
Também recomendo que aguarde uma resposta de um ADM porque eu não tenho total certeza disso, mas baseado no meu conhecimento e no tópico que eu abri, os trechos acima se enquadram na diretriz III.

Espero estar certa e ter lhe ajudado! ^-^
Usuário: Viscouncin
Someone Like You
Usuário
Novato
Novato
Registro: 11/05/2017
Membro nº: 2050204
Tópicos: 11
Posts: 28
Eu também pensei que encaixa nessa diretriz, mas fiquei em dúvida até onde está ok ou não, afinal os parágrafos estão até que longos. Vou esperar a resposta da adm, mas agradeço desde já a ajuda!!
Usuário: sloann

Usuário
Membro
Membro
Registro: 17/07/2019
Membro nº: 4331576
Tópicos: 34
Posts: 116
Disponha :)
Usuário: @Wangji-
Blackheart
Admin Geral
Membro Avançado
Membro Avançado
Registro: 22/08/2012
Membro nº: 142892
Tópicos: 1
Posts: 634
Olá.

A usuária respondeu corretamente, mas peço que não responda dúvidas se não tiver total certeza da resposta, pois isso acaba nos dando três trabalhos: o de analisar o trecho, o de verificar sua resposta e co de orrigir caso ela esteja errada. Mesmo assim, obrigada pela ajuda <3

No caso, um dos personagens tentou descontruir, mas não foi o suficiente. Seria muito bom se o personagem tentasse dialogar com a pessoa, pois quebraria a apologia muito mais. Além disso, após a cena que a pessoa se jogou, deveria ter pelo menos mais um parágrafo do personagem que presenciou a cena para tentar descontruir.

O primeiro trecho está romantizado. Por favor, nunca evidencie os pensamentos de uma pessoa suicida, pois é muito difícil não violar as diretrizes dessa forma.

"Não sabia o que iria vir ao entrar em contato com a água, mas gostava de pensar que seria feliz."

Sugiro que retire essa parte, pois a apologia é bem clara nesse trecho e poderia causar o banimento da conta.

Se o final fosse mudado e o suicídio não ocorresse seria até melhor. Se for algo indispensável no enredo é compreensível, mas se não for, seria bem mais positivo desconstruir a apologia por completo, ainda mais se o motivo para o personagem ter se matado mesmo é o fato de que não será correspondido pelo amigo. Fica um pouco raso e banalizado.

A parte que Sting vê o sorriso no rosto dele, você pode deixar, mas desconstrua um pouco mais após essa parte: Não gostou do que viu, então apertou ainda mais o passo até ele.

Sempre que for escrever temas assim, sinalize sempre que puder o quanto é errado e as formas de se encontrar ajuda.

Tudo bem até aqui?
Usuário: #gusari
Iwa-chan, are you my mom?
Admin Fórum
Membro Experiente
Membro Experiente
Registro: 01/12/2015
Membro nº: 1004393
Tópicos: 5
Posts: 322
Tópico fechado por inatividade nos últimos dez dias.