O canal grupos está sendo desativado, para mais informações clique aqui.

Tópico FICHAS

25 Respostas

Luna_Moon_Lorry

Usuário: Luna_Moon_Lorry
The Wolf
Administrador do Grupo
INFORMAÇÕES BÁSICAS

Aparência
Somente imagens de anime e digital art são aceitas. Se possível, faça uma descrição da aparência do seu personagem.

Nome
Nome completo do personagem. Caso ele tenha um apelido ou uma alcunha, também deve ser citado aqui.

Idade
Os estudantes obrigatoriamente têm entre 16 e 18 anos. Professores podem ser mais velhos.

Câmpus
Os personagens podem pertencer ao Câmpus A, B ou C. Você deve escolher um deles.

Divisão estudantil
Os alunos podem estar em uma das três divisões:
Bronze, que equivale ao primeiro ano na escola;
Prata, que equivale ao segundo ano na escola;
Ouro, que equivale ao terceiro e último ano na escola.


Sexualidade
Todos os tipos de sexualidade e identificação de gênero estão liberados.

Par romântico
Cite o nome de quem fará par romântico com seu personagem. Lembrando que deve haver consentimento dos dois jogadores.
Em caso de triângulo amoroso, deve-se citar os nomes dos dois outros personagens do mesmo modo.
Caso seu personagem não venha a ter um par romântico, comente aqui.


MODO DE AGIR E PENSAR

Personalidade
Estilo narrativo-descritivo.
A personalidade será o principal guia de como o seu personagem age.


Tendências
Bom, mau ou neutro.
Egoísta ou altruísta.
Sentimental ou racional.
Estressado ou calmo.
Antipático ou simpático.
Medroso ou corajoso.


Gostos/Preferências
Cite coisas das quais seu personagem gosta - pode ser uma atividade de lazer, um animal, comidas, músicas… O que vier à imaginação!
Também cite as coisas das quais ele não gosta.


O que o seu personagem pensa sobre o sumiço da Himemiya Anthy?
Comente se ele suspeita de alguém, se tem uma opinião formada sobre o assunto ou se está envolvido com as investigações do caso.

Curiosidades
Espaço para você citar características do seu personagem que não se enquadram nos outros itens da ficha.


INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS

História
Estilo narrativo descritivo.
A História é um importante elemento do seu personagem.


Habilidades
Cite as habilidades físicas, psicológicas, emocionais ou mentais que seu personagem possui. Caso ele não tenha habilidade para algo, também não deixe de comentar.

Pequeno questionário
1) Em uma escala de zero a dez, quão bom aluno seu personagem é (levando em consideração notas e comportamento)?
* Zero significa péssimo e dez significa excelente.

2) Seu personagem tem alguma função/cargo dentro da instituição?
* Por exemplo, membro do Grêmio Estudantil ou responsável por alguma oficina.
* Antes de citar função/cargo, verifique com as administradoras a disponibilidade.

3) Seu personagem participa de alguma oficina ou atividade extracurricular?

Luna_Moon_Lorry

Usuário: Luna_Moon_Lorry
The Wolf
Administrador do Grupo
INFORMAÇÕES BÁSICAS



Escreveu Watch me sparkle like a moonlight


Aparência




Nome

Momobami Kirari

Idade

17

Câmpus


St. Miator

Divisão estudantil


Ouro

Sexualidade

Panssexual

Par romântico

Disponível

MODO DE AGIR E PENSAR


Personalidade




Por um lado sua personalidade é dominadora, não chegando a ser mandona, mas como alguém que tem certo poder sobre as outras pessoas. É impossível não notá-la em um recinto pela sua aura, mesmo que ela seja bastante calma, não se mostra muito flexível perante as regras, sendo uma pessoa bastante dura na hora de punir aqueles que desobedecem as regras do colégio, afinal tem que fazer um bom trabalho regendo a escola como presidente do grêmio. Criando essa personalidade simpática mas ainda sim forte, ela esconde a sua verdadeira personalidade debaixo de uma máscara que apenas seus amigos mais íntimos conseguiram tirar. Quem diria que debaixo daquela pele de uma moça refinada e durona havia uma personalidade mais mole escondida?



Sendo sua verdadeira personalidade a de uma moça mais submissa, Kirari esconde isso ao máximo, sendo ela de uma pessoa bastante tímida que fica vermelha por quase qualquer coisa, especialmente elogios e contato físico. Mesmo que negue, é uma pessoa um tanto fofinha no fundo, e gosta de manter sua personalidade original perto de seus amigos, que conhecem a verdadeira Kirari. Mas sempre volta ao normal na presença de outras pessoas. Sendo também um pouco inocente em relação a algumas coisas, e quando essa personalidade assume, dificilmente consegue dizer não ou brigar com alguém.

Tendências

neutra, egoísta e altruísta, racional, calma,
simpática, corajosa.



Gostos/Preferências


Gosta de coisas mais amargas, não sendo muito fã de doces. Também pode ser uma jogadora muito ávida, ainda mais se tratando de apostas


O que o seu personagem pensa sobre o sumiço da Himemiya Anthy?


Não tem nada a declarar


Curiosidades


É uma grande fã de animes e mangás.

INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS

História



O clã Bami


O clã Bami, formado por várias famílias muito influentes no cenário mundial, todas as famílias carregam “Bami” no final de seus seus sobrenomes. Sendo a família Momobami a chefe do clã, todos os descendentes da família Momobami podem se tornar chefes do clã, e cada um dos chefes das outras famílias do clã deve ao chefe do clã obediência absoluta, mas isso não vale para os consortes do chefe do clã, que apenas são respeitados quando produzem um herdeiro ou quando tem sangue do clã. Portanto uma tradição muito comum era de cada um dos chefes da família apresentarem seus primogênitos para o próximo chefe da família a fim de formar laços e manter a linhagem.

E isso continuou por um longo tempo, até que seu pai, Momobami Rei, o mais novo chefe da família acabou se apaixonando por Saotome Ayame, o que foi a ruína dos dois. Nenhuma família apoiou o que ele havia feito, se casado com uma estrangeira, que não tinha o sangue Bami. Lhe custou as suas vidas.



O começo do mundo cinza de Kirari


A primeira coisa que aquele clã levou foi seu pai, quando ainda bem nova ele sofreu um acidente ao ir visitar um de seus parentes. Quanto mais crescia mais desconfiava que não foi um acidente. Enquanto isso as outras famílias travavam uma batalha contra sua mãe, da qual não lembra muita coisa, assim como de seu pai. Ou talvez apenas não quisesse se lembrar para ser menos doloroso.

As coisas que se lembra dela são de seu sorriso, e de como ela lhe amava profundamente, mas aquilo não era o suficiente para mantê-la firme. Sem seu amado por perto, Ayame não era nada. E essa foi uma das razões para que Kirari nunca acreditasse no amor, ela viu de perto o que amor de seus pais fez com eles, os levou a uma ruína e ela foi arrastada para aquele meio. Era um fruto de um pecado chamado amor, portanto jurou aos céus com todas as suas forças que não iria se entregar as garras dele, jamais.

Sua mãe acabou se suicidando, havia sido um dia mais alegre aquele, mas sempre quando parava para pensar mais se sentia culpada. Sua mãe havia feito de tudo para que ela tivesse o melhor dia de sua vida, tomou sorvete mais do que podia, brincou como nunca antes com a sua querida mãe. Mas aquele dia acabou em tragédia, quando chegaram em casa ela tomou um banho antes de se deitar, tinha 9 anos já então podia tomar banho sozinha e se orgulhava disso. Sua mãe deitou para dormir com ela, como raramente fazia, então Kirari dormiu tranquila.

Quando ela acordou durante a madrugada para poder tomar água, viu que sua mãe havia levantado e não estava na cama. Sua mãe sempre teve problemas para poder dormir então presumiu que ela estivesse lendo em algum lugar da sua casa. Mas ela não estava, quando chegou perto da sala pode ver claramente o corpo de sua mãe, sem vida, pendurado no teto. Aquele clã havia sugado toda a vida de sua mãe, toda a vontade dela de viver, tudo por que ela resolveu amar o cara errado. Naquele dia Kirari chorou como nunca em sua vida, ela chorou tanto e por tantas horas que parecia não ter fim aquelas lágrimas que a rodeavam.

Sua guarda passou para seu avô, que era apenas uma fachada para que os outros integrantes do clã pudessem criá-la a seu modo, como ela deveria ser era como eles pensavam e Kirari não podia fazer nada. Fui educada em casa sob um extremo treinamento mental, por parte dos chefes das famílias, educação essa que lhe concedeu vários prêmios mesmo ainda nova, foi então nesse período que sua vida se tornou um mundo cinza com apenas um propósito, o que o clã queria.

Aquele mundo cinza não tinha nada de valor para si, esperança, era apenas uma palavra. A criação que recebeu fez com que sua personalidade tímida fosse empurrada para o fundo, para que uma personalidade mais forte tomasse conta. Ela acreditava que sua personalidade havia morrido para dar lugar a mascára impiedosa de chefe do clã.



A Volta Por Cima


Foi perto da época em que começou a descobrir sobre as verdades por trás do que havia acontecido com os seus pais. Como a guerra por poder e pelo controle do clã saíram do controle quando ele se casou com uma forasteira. Eles haviam levado ela a isso, eles tiraram sua mãe, seus olhos finalmente estavam abertos, e eles queriam ver sangue. Um plano muito bem arquitetado foi traçado, ele consistia em uma série de fatores dos quais não se orgulha, mas para chegar no topo ela iria fazer qualquer coisa.

Começou com uma emancipação, para que saísse das garras dos chefes, após isso, ela continuou cuidando de seu avô como uma neta fiel. Kirari sabia que ele ainda era o chefe do clã, e que enquanto ele não passasse esse cargo para ela, ainda estaria vulnerável. Após alguns meses seus planos finalmente deram frutos, ela tinha conseguido fazer com que seu avô mudasse o seu testamento pouco antes de morrer.

Nele continha as seguintes palavras “Minha querida neta me proporcionou os melhores últimos meses da minha vida, com isso deixo para ela tanto a liderança do clã, como o meu cargo como diretor da Kokuri” como a vontade em seu testamento não podia ser contestada assim foi feito. Com apenas 16 anos ela era tanto diretora do colégio, quanto a presidente do conselho estudantil, mesmo que isso não fosse de conhecimento do alunos, apenas dos pais dos alunos que desejavam conhecer a diretora, e é claro eles eram recompensados com uma boa quantia em dinheiro pelo seu silêncio.

Habilidades


Como chefe da família Momobami, Kirari, teve que ser talentosa em vários aspectos para não ser devorada pelas outras famílias que compõem o seu clã Bami. Sempre tinha as melhores notas, sendo muito boa em todas as áreas. Sendo por vezes considerada um gênio prodígio, mas era apenas bastante esforçada.

Tem uma força mediana, mas para melhorar isso ela acabou aprendendo várias técnicas de luta, para sua proteção pessoal, e achou necessário que na academia fosse aberto um curso de defesa pessoal. Todos eram alvos em potencial de sequestros por serem de famílias ricas então achava necessário.

É ótima em jogos, qualquer um deles, especialmente os de cartas onde é quase imbatível, gostando muito deles. Assim como é boa em tocar instrumentos, mas prefere os mais clássicos então se ateve a eles, não sabendo tocar violão, guitarra e afins, apesar de apreciar.


Pequeno questionário


1) Em uma escala de zero a dez, quão bom aluno seu personagem é (levando em consideração notas e comportamento)?


Dez excelente.

2) Seu personagem tem alguma função/cargo dentro da instituição?

Presidente do Grêmio Estudantil.

3) Seu personagem participa de alguma oficina ou atividade extracurricular?

Coisas do Grêmio.

Spec - Clan Serafim

Usuário: Spec
TheMarshal
Administrador do Grupo
INFORMAÇÕES BÁSICAS


Aparência


Alto, esbelto e de porte físico mediano, sung tem porte atlético com ombros largos, altura de 1,85 e cintura fina, seu rosto é de caráter oriental simétrico, nariz levemente empinado, olhos de tom marrom claro, quase se aproximando do dourado, cabelos grandes e negros, orelhas grandes com um piercing em cada, lábios finos e acentuados.

Sua vestimenta na maioria das vezes é formal, ele sabe se adequar as diferentes situações do dia a dia, principalmente na escola onde tem de a manter uma postura diferente do convencional, algumas vezes pode utilizar roupas de jovens num estilo mais de rua, outras prefere o caráter formal quando em negociações e ocasiões mais requintadas.

Nome
Sung hoo

Idade
18

Câmpus
A
Divisão estudantil
Ouro

Sexualidade
Heterossexual

Par romântico
Kirari?

MODO DE AGIR E PENSAR

Personalidade

Egoísta, egocêntrico, irritadiço, manipulador, essas são suas definições internas, mas ele não age assim na frente de todos, na academia assim como em outras situações sociais sung aprendeu a utilizar uma mascara social, como vice presidente do clube ele é visto como alguém compromissado e esforçado, alguém popular com uma ficha impecável, quase perfeito demais, ninguém conhece sua história com a máfia ou suas ligações ilegais, ele é verdadeiramente um manipulador que sabe como controlar suas vítimas, um lobo em pele de cordeiro, mas ele não age dessa forma por mal, essa foi sua criação, foi esse mundo que foi apresentado para ele quando criança, um mundo em que o mais fraco sofre, um mundo de competição, um mundo vazio e de decisões difíceis que ele teve que tomar ainda quando criança, isso criou sua personalidade instável.

Por mais que o ego ainda lhe suba a cabeça ele sabe muito bem retribuir lealdade, sabe muito bem em quem pode confiar e sabe os valores familiares e morais, ainda que distorcidos, seu senso de valor para com as pessoas é medido pelo quão elas são uteis para ele, jamais abandonaria alguém do qual criou um vínculo, como os membros fieis a ele na lotus negra. Ele prefere ainda mais pessoas difíceis de manipular, pessoas com o mesmo sentimento e objetivos que o seu, poder.

Por fora aceitável, doce, maleável, educado, mas poucos conseguiram ver o seu interior e saíram ilesos.

Tendências
Mau

Egoísta

racional

Estressado

Antipático

Manipulador.

Disciplinado

Confiante

(Adaptável a situação)

Gostos/Preferências
Gostos:

Manhãs calmas, em que pode sair para se exercitar.

Cor preta.

Situações de importância, como encontros com gerentes e reuniões são nesse tipo de situação em que consegue mostrar sua verdadeira natureza perversa.

Situações em que é o centro das atenções.

Quando está dominando algo ou alguém, ou mesmo humilhando pessoas fúteis.

Cachorros e doces.

Desgostos:

Sung odeia pessoas superficiais, por mais que tenha que manter um personagem na frente dos outros, sua verdadeira natureza dominadora o impede de ser totalmente educado com pessoas desse tipo.

Pessoas que tentam ser maior que ele, seu ego o impede de ser posto em uma ocasião inferior.
Cafés gelados.
Atrasos.

O que o seu personagem pensa sobre o sumiço da Himemiya Anthy?
Não se importa.

Curiosidades

Sung hoo possui uma tatuagem na nuca de uma lotus negra de 7 pétalas, isso demonstra seu cargo como vice-líder da instituição.

Tem algumas outras tatuagens pelo corpo.

Tem 3 empresas de fachada no nome de pessoas aleatórias, boa parte da lavagem do dinheiro é feita por elas. Possui apenas uma empresa em seu nome, a Sung company, uma empresa relacionada a bolsa de valores, ele é líder majoritário e tem reuniões semanais com os investidores.

INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS

História

Facção – máfia – Família
Mafia: Lotus negra
Uma lotus comum possui oito pétalas e seguindo essas diretrizes a máfia lotus negra possui oito pilares fundamentais, oito regras que jamais podem ser quebradas e que devem ser seguidas por todos os seus membros.
*Todos os participantes devem tatuar em algum lugar do corpo a lotus negra, a hierarquia muda de acordo com o lugar e posição da tatuagem, líderes possuem a tatuagem na região superior do corpo (pescoço, ombros, peito) e seu desenho deve possuir no mínimo oito pétalas, a cada iniciado é permitido usar apenas um pétala, podendo acrescentar outras ao longo do tempo, conforme sobe na hierarquia.
1 – Aos iniciados é obrigatório que seu responsável arque com todas as consequências de suas ações, ninguém vem a lotus negra se não for convidado por alguém de dentro. (sua entrada é decidida pelo conselho)
2 – Honra, fidelidade, união, lotus negra é uma família conceituada e todos os seus membros também fazem parte dela, o respeito é a base da hierarquia, todas as desavenças são resolvidas dentro do conselho, apenas com o envolvimento das duas partes discordantes, não chegado há um acordo o líder pode tomar sua decisão sobre o caso.
3 – Diplomacia e anonimato, envolvimento com outras facções ou clãs é somente permitido com um aval dos líderes da lotus negra, seguindo a etiqueta, os encontros só são permitidos com uma comitiva pequena e de pessoal autorizado, a todos os membros é permitido o anonimato, nenhuma informação pode ser vazada.
4 – Todas os membros devem mostrar seu valor e tem o direito de subir na hierarquia, mas só é permitido aos de sangue possuírem a liderança, todos tem o seu valor respeitado e são membros importantes da família, não aceitamos atos contra os nossos membros.
5 – Sem envolvimento com a polícia, seja por linha de sangue ou amizades, é vetado todo e qualquer envolvimento, membros pegos serão eliminados, questões judiciais são resolvidas pelo conselho interno.
6 – Valores morais, todos devem seguir uma conduta moral acima da média, atos de transgressão não serão aceitos, traição será paga com sangue.
7 – A verdade acima de tudo, intimado o membro deve responder fielmente a verdade, desvios de conduta não serão aceitos. O membro também deve estar sempre disponível para qualquer ação da lotus negra.
8 – Essa regra é devotada apenas para o atual líder da lotus negra. (indisponível para pessoas comuns)


A história de sung hoo, não poderia ser contada sem citar a facção em que nasceu, Lotus negra, uma renomada família da máfia, ela já está de pé por volta de 50 anos, seu espaço e poder só foi revelado no tempo recente, há muitas informações vagas sobre seus envolvimentos em alguns governos do mundo todo, eles prezam o anonimato acima de tudo e seu poder chega a rivalizar com alguns pequenos países do mundo, Sung é filho do terceiro líder da família, um homem de caráter feroz e que nunca deixou que a lotus negra afundasse nas turbulências mundiais, foi assim que ele cresceu e foi criado, tendo que lidar problemas difíceis desde a infância.

Seu pai era rígido e disciplinado e foi ele quem instruiu seu filho pessoalmente, era um berço de ouro, mas ao mesmo tempo uma prisão sem fim, sung nunca chegou a descobrir quem foi sua mãe, havia apenas explicações rasas por parte do seu pai, que preferia educa-lo com punho de ferro, ainda quando pequeno sung teve de tomar as decisões mais difíceis, seu pai não se importava com sua idade e ensinava como o mundo da máfia funcionava, com 14 anos sung já tinha a liderança de um pequeno grupo de membros e ele já podia tomar suas próprias decisões dentro da facção, ao mesmo tempo ele seguia com disciplina e afinco estudando tudo o que seu pai passava sobre o mundo dos negócios, ele não teve tempo de descobrir o que era diversão, sua mente estava focada em somente uma coisa, se tornar forte o suficiente para possuir a liderança, ele estava obcecado com o poder....

Sua sede por obter mais poder o fez se tornar um dos maiores empresários do seu país, ele atuou na bolsa de valores e suas indicações faziam o cenário se moldar a sua volta, até este momento ele tinha tudo o que queria, dinheiro, poder, era respeitado por onde passava, mas uma coisa ele ainda não havia conseguido, o respeito e consentimento do seu pai, podemos citar que seu pai era basicamente um espelho das suas próprias ações, seus comportamentos eram todos moldados nas fixações impostas por ele, ele não vivia uma vida própria, sua vida era em relação a lotus negra, suas ações eram voltadas para ela, tudo que havia feito até aquele momento era para se tornar o próximo líder, mas as coisas não saíram como ele esperava, quando ele tinha seus 14 anos ele fez uma aposta com seu pai de que se tornaria autossuficiente, se tornaria famoso como empresário e assim quando completasse seus 18 anos poderia se tornar o próximo líder, isso sem usar nenhum recurso do seu pai ou da máfia, faria isso por si só.

Ele já estava pronto para se sentar na cadeira de chefe principal, foi realizado um banquete, uma festa somente para os da alta cúpula, toda a família principal estava lá, na noite da festa seu pai fez um discurso, o discurso era para anunciar quem seria o próximo na linha de sucessão ao cargo de chefe.

- Como chefe principal e seguindo a regra número 8, as coisas vão mudar um pouco, o próximo candidato será meu filho recém-nascido, henry alexandre hoo. -

Sung ardeu em chamas por dentro, ele nunca tinha pensado que algo como isso poderia acontecer, mas foi ai que ele percebeu que havia algo de errado neste anuncio seu olhar tinha se voltado para a atual mulher do seu pai, ela que estava por trás disso, o sorriso que ela demonstrou para ele naquele momento e que revirou seu estomago, foi o suficiente para entender o que estava acontecendo, ao contrario do que esperavam song não explodiu ou fez cena durante a festa, na verdade seu rosto estava tranquilo e firme como sempre.

Ele até mesmo brindou com os outros convidados e fez seu discurso como vice líder, sua posição ainda estava mantida e não havia ninguém que pudesse tira-lo de lá, todos conheciam seus feitos e sabiam quem era o mais capaz de assumir o cargo, ele não deixou transparecer a ira que crescia dentro de si, na verdade em sua mente ele já estava arquitetando maneiras de reverter a humilhação que ele sofreu naquele dia, aquela mulher pagaria como deveria, assim como seu pai por não respeitar todo seu esforço, as peças já estavam começando a se mover na sua mente.

Esse seria seu último ano na academia mais renomada do mundo, ele sabia que aquele lugar seria um ótimo ponto para iniciar seus planos de caçada, ninguém conseguiria parar sua sede por poder, numero 2 não era algo que ele gostava de ser.


Habilidades
Persuasão

Oratória

Administração

Faixa vermelha e branca em krav maga, (Esta é uma graduação de honra. O praticante não é mais avaliado técnica ou fisicamente, mas sim pelo que fez em prol do desenvolvimento do Krav Maga. Esta etapa inclui o 6º e o 7º dan.)

krav maga: Krav Maga (em hebraico: ??? ???, "combate de contato" ) é um sistema de combate corpo a corpo, desenvolvido em Israel, que envolve técnicas de luta, torções, defesa contra armas, bastões, facas e golpes.

Resistência física

Resistência mental

Habilidades com armas de fogo

Pequeno questionário

1) Em uma escala de zero a dez, quão bom aluno seu personagem é?
10

2) Seu personagem tem alguma função/cargo dentro da instituição?
Vice-presidente do grêmio estudantil.

3) Seu personagem participa de alguma oficina ou atividade extracurricular?
Não.

Ashter

Usuário: Ashter

Administrador do Grupo
INFORMAÇÕES BÁSICAS


Aparência

Mostrar Spoiler: Venha cá, mate sua curiosidade





Nome
Mei Mizuki.

Idade
18 anos.

Câmpus
Câmpus A.

Divisão estudantil
Divisão Ouro.

Sexualidade
Heterossexual.

Par romântico
Par romântico ainda não definido.

MODO DE AGIR E PENSAR


Personalidade
Mei tem uma personalidade tipicamente gentil - ou seja, ela trata todos sem distinção, sempre com um sorriso no rosto. Além disso, se puder ajudar alguém com sua riqueza ou até mesmo com suas palavras, ela o fará, de modo que pode ser considerada uma pessoa com características altruístas. Nesse sentido, é vista como paciente e boa ouvinte, especialmente com amigos e pessoas próximas.

Falante e energética, o silêncio incomoda Mei. Ela gosta de estar próxima das pessoas, no centro de uma boa bagunça - por isso, festas fazem parte do seu cotidiano. Mesmo concentrada em frente à tela de um computador ou de um celular, ela precisa de uma música no último volume ou interagir com alguém. Desse modo, se a vir calada e pensativa, definitivamente há algo errado. Até mesmo pessoas que não são muito próximas a ela conseguem perceber isso.

Devido ao temperamento energético, Mei pode ser interpretada como bagunceira - e ela de fato o é. Suas coisas quase nunca estão em ordem - seu quarto principalmente. O cômodo geralmente encontra-se em situação crítica. E nem no Departamento de Tecnologia ela não mantém suas coisas no devido lugar - uma das principais reclamações dos seus colegas. “Perda de tempo ficar arrumando. Vou bagunçar tudo de novo.”, costuma retrucar um tanto sem graça. No entanto, isso não significa que ela seja irresponsável - em relação aos seus compromissos e funções, ela é assídua e dedicada.

Tendências
Mei tende a ser neutra, preferindo ter uma opinião sobre cada caso em específico;

Ela se vê como altruísta, de certa forma, pois entende que não está acima dos outros para ser egoísta;

Os lados sentimental e racional se encaixam em sua personalidade, a depender do momento. No entanto, ela tende a ser mais sentimental;

Uma pessoa de tendência calma;

Simpática, de modo que é fácil vê-la com um sorriso;

Corajosa.


Gostos/Preferências
O animal preferido de Mei é o gato;

Ela gosta de músicas do gênero indie-pop;

Não aprecia muito comidas salgadas, sempre recorrendo aos seus doces.

O que o seu personagem pensa sobre o sumiço da Himemiya Anthy?
Pode-se dizer que Mei nutre curiosidade por esse caso, tendo se envolvido em investigações dos alunos algumas vezes. No entanto, ela não tem uma opinião formada sobre o que aconteceu - desse modo, evita fazer especulações ou comentários acerca do assunto, preferindo manter seus pensamentos e suspeitas para si.

Curiosidades
Apesar da companhia de tecnologia da família, Mei preferiu montar seu computador e celular do zero - desse modo, ela responsabilizou-se por procurar as peças, por montá-las e programá-las, a fim de os aparelhos funcionassem com a qualidade que ela buscava;

Ela recebe uma porcentagem dos lucros da Mizuki Corps - em outras palavras, é uma das acionistas da empresa;

Mei é viciada em doces. Desse modo, se quiser verdadeiramente agradá-la, não deixe que falte nada açucarado para ela!

A Mizuki também tem um verdadeiro interesse por idiomas. Além da sua língua materna, ela fala inglês, espanhol e alemão.

Por conta da mãe, Mei também tem cidadania irlandesa.




INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS


História
Mizuki Corps, um verdadeiro império tecnológico - ganhou o mundo, ultrapassando as fronteiras nacionais, por estar sempre na vanguarda das inovações. Uma empresa visionária e ambiciosa, que planeja aumentar seus trilhões em valor de mercado. Mas nem sempre foi assim.

Eiji Mizuki iniciou o seu negócio no fundo de casa, em uma garagem velha e empoeirada. Ele vendeu o carro da própria mãe para ter um capital inicial e comprar algumas peças eletrônicas, bem como computadores e celulares em desuso, dos quais ele retirava mais peças ou aprimorava - desse modo, ele começou a trabalhar com consertos, programação, tudo que lhe pedissem em relação à tecnologia. Seus serviços inicialmente se estendiam pela vizinhança, mas logo chamaram a atenção de pessoas de outros pontos da cidade.

Até que o destino resolveu dar mais um empurrãozinho. Marie Northland, uma investidora irlandesa, estava viajando a negócios quando seu celular estragou de madrugada, em meio a uma transação financeira importantíssima para um dos clientes de Marie. Para não perder o cliente - e a comissão que ganharia dele -, a irlandesa saiu desesperada pela cidade à procura de alguém que pudesse ajudá-la com o celular. Depois de quase duas horas aflita, ela encontrou Eiji, que costumeiramente trabalhava até a alta madrugada para dar conta da demanda crescente. O rapaz foi rápido no conserto, e a Northland, no final das contas, não perdeu o cliente. Agradecida, ela o deu uma boa quantia em dinheiro como pagamento e o convidou para tomar café.

Eles passaram horas conversando na cafeteria. Tinham muitos pontos em comum, como o fato de serem ambiciosos quase ao extremo. Então, trocaram contatos, e tornou-se rotineiro eles se falaram todos os dias - até que a paixão tornou-se inegável. Eiji e Marie não demoraram a se casar, e ela injetou uma boa quantidade de dinheiro nos empreendimentos dele. Estava definitivamente fundada a Mizuki Corps. Com a experiência e os conhecimentos financeiros de Marie e o talento e visão de Eiji para a tecnologia, a empresa cresceu a um ritmo impressionante.

Em meio à plena ascensão da Mizuki Corps, Marie engravidou e deu à luz Mei. A felicidade do casal agora parecia completa.

Mei mostrou-se talentosa e ligada à tecnologia desde tenra idade - o que era motivo de orgulho para Eiji. Ele sabia que tinha uma sucessora para a empresa, não economizando recursos para dar-lhe uma educação de ponta e para estimular as habilidades naturais dela. Isso, de certa forma, causava preocupação em Marie, que não gostava da ideia da sua filha ser preparada para a Mizuki Corps tão precocemente - pensava que sua menininha podia não aguentar a pressão ou se sentir extremamente decepcionada caso não conseguisse atingir às expectativas veladas do pai.

Algo um tanto pior aconteceu, algo que nunca passara pela cabeça de Marie. Quando Mei completou 15 anos, Eiji resolveu dar-lhe um voto de confiança, uma oportunidade para que ela mostrasse aos sócios e engenheiros da empresa suas capacidades: o novo super computador da Mizuki Corps seria parcialmente programado pela Mizuki, além dos testes de segurança também serem de responsabilidade dela. Contudo, Mei encontrou diversas falhas no protótipo da máquina - as mais graves eram relacionadas à segurança de dados dos usuários. Embora ela alertasse sobre isso, Eiji e o alto escalão de engenheiros não a permitiam fazer modificações nesse sentido, a fim de melhorar o super computador.

Ela entendeu o porquê pouco tempo depois de colocar escutas pela Mizuki Corps e hackear alguns sistemas da empresa. No final das contas, havia um propósito bem claro por trás das falhas na segurança de dados dos usuários: a Mizuki Corps pretendia, com isso, obtê-los e vendê-los ilegalmente para empresas, máfias e governos - os principais clientes na lista eram governos reconhecidos pelo autoritarismo e por perseguir opositores. Desse modo, escandalizada com o que havia descoberto, Mei confrontou seus pais - afinal, sua mãe mostrou que também sabia desses esquemas. Mas não adiantou muita coisa; Eiji não hesitou em levar o projeto para frente, mesmo com as ameaças de ir à mídia da sua filha. Na verdade, para calá-la, ele resolveu mandá-la para o Colégio Interno Kokuri e diminuir a participação dela nas ações da empresa.

A Mizuki agora está prestes a se formar e não pretende deixar as coisas como estão. Ela deseja tirar a companhia do controle dos seus pais antes que eles a afundem em um escândalo com suas atividades ilegais.

Habilidades
Mei possui um talento nato para a tecnologia - seja montar, programar ou desenvolver;

No que tange às atividades físicas, ela se desenvolve bem no voleibol - tanto que o escolheu como esporte na Kokuri;

Autodidatismo. Ela aprende muito melhor sozinha, com seu próprio método.

Pequeno questionário
1) Em uma escala de zero a dez, quão bom aluno seu personagem é (levando em consideração notas e comportamento)?
Nove.

2) Seu personagem tem alguma função/cargo dentro da instituição?
Secretária do Grêmio Estudantil;
Chefe da Divisão de Tecnologia.

3) Seu personagem participa de alguma oficina ou atividade extracurricular?
Mei participa da Divisão de Tecnologia.

MaydosSantos

Usuário: MaydosSantos

Nome
Rias Gremory

Idade
19 anos

Aparência


Corpo farto, bunda média, peitos grandes, cintura ideal ( nem muito gorda, nem muito magra ), olhos azuis e cabelos vermelhos
A maioria das vezes se encontra com uma blusa branca, uma saia e um blazer preto. Quando sente frio, geralmente coloca um casaco preto por cima para formar um conjunto bem elaborado.

Câmpus
A
Divisão Estudantil
Ouro
Sexualidade
Heterossexual
Par Romântico
Ainda não estabelecido
Personalidade
Rias varia muito de jeito, embora ela esteja quase sempre tímida e com seu livro na mão em algum canto da escola lendo ou estudando. Não se irrita facilmente, mas é bastante sensível. Em questão de ciúmes então, ela ganha ultrapassado de qualquer um. É carinhosa, fofa, inteligente e muito sentimental. Cora muito facilmente quando algum garoto chega perto ou fala algo safado. Gosta de safadeza, mas não demonstra até conhecer bem a pessoa ou estar sozinha com ela sem ninguém olhando.
Mas, quando gosta de alguém ela é bem persistente em conseguir o coração da pessoa, apesar de ser tímida tenta transmitir a pessoa o quanto se sente bem com ela e como a quer por perto.
Tendências
Fofa
Inocente
Carinhosa
Boa
Estudiosa
Tímida
Racional

Gostos/ preferências
Gosta de ler livros de romance e suspense, estando sempre com um livro em mãos;
Gosta de garotos que tenham atitude, garotos tímidos não avançam em questão de romance, no pensamento dela;
Gosta de comer diversos tipos de comida, porém não gosta das muito apimentadas;
Ama estudar
Desgostos
Não gosta de chamar atenção, sempre tenta se ocultar das coisas ou de eventos que a possam colocar em exposição;
Pessoas ignorantes e nariz empinado;
Pessoas que fazem mal as outras por puro prazer
O que seu personagem pensa sobre o sumiço de Himemiya Anthy?
Nada a declarar
Curiosidades
Rias dificilmente faz amizades pelo seu jeito de ser. Como está sempre quieta, não participa de muitas coisas, para os outros ela é “ inexistente ” muitas vezes. Ela gosta muito de um cachorrinho que tem chamado Rusky. Esse cachorrinho significa muito para ela, pois antes de morrer, seu namorado lhe deu antes de ir para uma viagem e nunca mais voltar.

Para provoca – la ou afeta – lá de alguma forma, basta apenas mexer com ela ou com seu cãozinho, pois ela é capaz de tudo por ele.
Ela não é muito de se revelar para os outros, mas quem descobre o que ela é realmente fica impressionado, pois ela não se revela para ninguém a menos que essa pessoa faça “ testes ” para que ela confie na pessoa.
História
Rias morava com seus pais em uma cidade bem movimentada em Nova York, mas teve de se mudar pois uma grande crise financeira afetou sua família e tiveram que ir para a casa de sua vó em um carro durante 3 dias. Durante esses dias, sua mãe começou a sentir fortes dores no peito. Seu pai preocupado, como não havia hospital por perto, ele resolveu andar o que já tinha passado antes, para ver se na cidade que arrecém tinham saído tivesse alguém que os pudesse ajudar.
Porém, nem conseguiram chegar na metade do caminho e foram atropelados fatalmente. Notando que seus pais não voltavam, Rias foi indo para o caminho já percorrido tentando encontra – los. Quando os viu no chão, desabou em lágrimas. Com tudo perdido e sem condições de avançar, pois só tinha doze anos, resolver ficar pela cidade e arrumar um emprego.
Seu primeiro emprego foi de sapateira, mesmo não sabendo como engraxar um sapato, conheceu ali um homem que foi eternamente grata por ele a ajudar, pois além de lhe ensinar o ofício a permitiu ganhar dinheiro suficiente para pegar um avião sozinha lá com seus 15 anos de idade e se mudar para a cidade onde fica o Colégio Interno de Kakuri. Tem doutorado em Matemática.
Habilidades
Rias gosta muito de cozinhar e desde que tinha 10 anos começou a cozinhar com seu pai, já sabendo que era isso que queria fazer. Ela consegue adivinhar o que cada pessoa está sentindo, quando ela olha para a pessoa, ela adivinha se está triste, feliz, chateada, aprontando algo e outros.
Ela tem muita habilidade em conseguir o que quer também, seja por qualquer coisa.
Questionário
1) 10, excelente aluna
2) Aluna apenas
3) Não

Foto da personagem:

Rias Gremory

https://www.google.com/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&ved=2ahUKEwiHj9DBy8PjAhWhK7kGHcjuD9gQjRx6BAgBEAU&url=https%3A%2F%2Fwww.amazon.com%2FGremory-School-Pillowcases-Custom-Cushion%2Fdp%2FB00W9AB18Y&psig=AOvVaw2wSJFY8zOXMukpuniQV0W0&ust=1563715113594373

Desculpe, pelos links, mas não consegui colocar a foto aqui ;-;

DocinhoooooooS2

Usuário: DocinhoooooooS2
S a d i s t i c
INFORMAÇÕES BÁSICAS



————————————————————————————————————————————————————

Aparência

Mostrar Spoiler: A garota da beleza exótica




Sakura quando era pequena possuía inseguranças sobre sua aparência, quando cresceu o aprendeu a usar sua beleza a seu favor.
Sua altura é de 1,68, com um corpo sexy sem ser vulgar. Sakura não se preocupa com isso, já é bem bonita e desejada e sabe disso. Seu cabelo é o que chama mais atenção, tão exótico a ponto de ser rosa. E seus olhos são a cereja do bolo, que se parecem com esmeraldas.


Nome
Sakura Haruno

Idade
18

Câmpus
A

Divisão estudantil
Ouro

Sexualidade
Bissexual

Par romântico
Ainda não estabelecido

MODO DE AGIR E PENSAR

Personalidade
Fria, sem senso de humor. Manipuladora e sádica. Se esconde atras de uma mascara gentil e sorridente por status. Odeia quando as coisas não vão como planejado. Pode enganar qualquer um. A mesma se vê repleta de tristeza e decepção. Não confia facilmente. Estuda um a um. Encanta tanto as pessoas com sua pose de boa, que elas vem até Haruno por pura vontade, quando veem já estão afogadas nas mentiras de Sakura. Ela chora sem sentimento nenhum, assim se passando por vitima da situação, pegando a empatia de qualquer um. O único objetivo dela é ser sempre a numero 1. Sakura desconfia de todos que a conhece, se alguma coisa estiver diferente, ela é a primeira a jugar.



Tendências
Mau
Egoísta
Sentimental
Estressada
Antipática
Corajosa.

Gostos/Preferências
Sakura tem um coelho de estimação, gosta muito de animais. Odeia maus tratos contra animas. Também curte musica e arte.

O que o seu personagem pensa sobre o sumiço da Himemiya Anthy?
Não possuía uma relação boa com a garota, esse nome ainda lhe causa lembranças não tão boas.

Curiosidades
- Tem sentimentos descontrolados que fazem a personagem fazer besteiras.
- Ama animais, sendo um dos poucos confortos em volta de tanto ódio e remorso.
- É vegana.
- Tem uma tatuagem na coxa direita, é um coração borrado.
- É poliglota.
- Gosta de assistir diversos desenhos, de preferencia os mais adultos e profundos.

INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS

História
Sakura sempre foi uma menina rica que teve tudo, embora já teve um momento na sua vida que ela foi realmente feliz, seus pais acabam assassinados. A menina vai morar com sua avó, que a ensinou como "ganhar a vida", esperando que algum dia ela consiga herdar as industrias Haruno. Se afogando na tristeza, Sakura jura destruir aqueles que levaram seus pais, se privando de todo sentimento que tenha, ou quase.



Industrias Haruno - Família

Fundadas a mais de 500 anos atrás. As industrias de extração de petróleo controlam boa parte do país. Tendo os políticos e a mídia ao seu favor. Para herda-las só basta o pulso firme e o estomago, isso é decidido por como o herdeiro sobrevive, por isso alguns irmãos ou primos se mataram para conquistar o poder. Se na família você for fraco passa o resto da vida sendo rejeitado por seus membros, sendo afastado completamente dos negócios. A família Haruno é conhecida pela coragem e a força, estão numa boa posição na cadeia social.
Membros de sangue não podem negar o clã, assim se alguma mulher casar quem terá que mudar de clã é o homem, já que se você nasce Haruno você morre Haruno, alguém que nega o próprio clã é visto como morto pelos membros.
Cada um que deixou a sua marca nos negócios já se corrompeu, nem que seja um pouco. Ambiciosos, gananciosos, invejosos, são as melhores qualidades para descrever as pessoas bem sucedidas do clã. Quanto mais dinheiro mais eram as crueldades feitas.
A mãe de Sakura, Tsunade Haruno, foi a ultima que tocou os negócios, ela lutou pelo lugar que merecia, sendo considerada a melhor entre seus irmãos. Após a morte de Tsunade, a avó de Sakura, Chiyo Haruno, retomou a frente das industrias, treinando a neta, para que um dia ela seja a próxima presidente.



Musica

Quando a Sakura era pequena sua mãe a ensinou a tocar piano e seu pai cantava musicas para ela. Depois deles morrerem, o habito continuou, com certa saudade e tristeza,. A musica se tornou um certo tipo de conforto, que a fez se apresentar nos jantares e bales de seu Clã, ganhando afeição dos membros, que é uma tradição musica clássica. Sakura na verdade não gosta muito de musica clássica, tem outra preferências como pop ou Hip-hop, mas para subir na vida e fazer cada membro comer na sua mão, ela é capaz de tudo.



Habilidades
Manipulação; Força sobre humana; Inteligencia; Sedução.

Pequeno questionário
1) Em uma escala de zero a dez, quão bom aluno seu personagem é (levando em consideração notas e comportamento)?
10

2) Seu personagem tem alguma função/cargo dentro da instituição?
Não

3) Seu personagem participa de alguma oficina ou atividade extracurricular?
Clube de musica, Clube de artes e Clube de línguas .

Mago_Vincent

Usuário: Mago_Vincent

Aparência














Ele e uma pessoa bem alta
1,88 de altura
Ele tem um corpo
Um pouco forte
Uma das coisas que ele puxou da sua mãe
Foi sua cintura bonita
Olhos castanhos escuro
Ele e um pouco bochechudo
Mais nada que atrapanhe sua vida
E duas marcas de nascença
Uma bochecha e outra na orelha


Nome:
shintaro kisaragi

Nenhum apelido

Idade
18

Câmpus
A

Divisão estudantil
Ouro

Sexualidade
Ele e assexuado
Uma pessoa que não sente ou tem dificuldades em se apaixona
No caso dele
E só dificuldade mesmo
Mais
Ele não liga muito para gênero
Então caso se apaixone por alguém
Homem ou mulher
Ele não ligara muito

Par romântico
Ele não tem ainda

MODO DE AGIR E PENSAR

Personalidade
Ele sempre foi uma pessoa que não leva muito coisa a sério
Gosta de fazer piadas e trocadilhos
Caso você veja ele
Você vai acha que ele e só uma pessoa boba
Mais
Quando ele fica sério
Ele fica bem diferente
Calculista e estratégico

Ele algumas vezes e frio
Mesmo quando está sendo bobo
Mais ele não e assim
Ele pode ser bem carinhoso quando quer

Ele e bem preguiçoso
Oque é bem estranho
Já que ele e bem inteligente
e principalmente esforçado algumas vezes

Ele e uma pessoa justa e bondosa
Mais quando ele que ser vingativo e mal
Ele consegue
Como um lobo na pele de cordeiro

Ele na maioria das vezes e uma pessoa alegre
Sempre com um sorriso
Mais por dentro
Ele pode ser bem depressivo
Mais ele consegue sair por cima
E volta a ser alegre
Pelo menos
Por um tempo

Ele pode parece uma pessoa sociável que pode passa pelas pessoas sem medo
Mais não e assim que funciona
Ele e bem solitário
Mais ele gosta de fica sozinho
E odeia muitas pessoas em um só local

Ele e bem maluco
Tanto que ele se pergunta
Se ele nasceu assim ou ficou maluco?
Bem
Ele prefere não pensar nisso

(Desculpe caso não esteja narrativo
Tenho dificuldades em escrever alguma coisa narrativa)

Tendências
neutro
altruísta
Sentimental
Estressado

Ele algumas vezes e antipático
Mais a maioria das vezes e simpático

Ele está no meio
Ele não e medroso
Mais também não e corajoso

Gostos/Preferências
Ela gosta bastante de café
Todos os tipos para ele
São bons

Ele gosta bastante do frio
Principalmente no tempo chuvoso
Ele fica cama bebendo e assistido

Ele gosta bastante de comida
Doces,salgados etc..

Ele gosta bastante de animais
E interessante para ele
E os gatos são seus preferidos

Não gosta:
Sons muito altos
Pelo fato que ele viveu em lugares barulhentos
Então ele gosta mais de silêncio

Pessoas que acham que são superiores
Aos outros
Por causa da riqueza ou outra coisa

O que o seu personagem pensa sobre o sumiço da [nome da garota]?
Ele acha estranho
Mais sente pena dela

A coisa mais estranha foi o sumiço
Será que alguém fez isso
Ele não sabe
Mais
Ele Sabe que algum dia
Esse caso seja revelado

Curiosidades
Ele gosta de preto e azul

Seu nome verdadeiro e Paulo André Gomes Vieira
Mais
Sua família mudou seu nome
Porque eles mudaram de pais
Então
Esse seu nome brasileiro
E mais ou menos seu segundo nome

Sua matéria favorita
E que ele e o melhor
E história

Ele e bem inteligente
Mais não em 1 só assunto
De alguma forma
Ele sempre aprendia alguma coisa
Em qualquer lugar que ele ia ou ficava
Exemplo: ele aprendeu sobre PIB enquanto usava o celula
Muitas coisas que ele sabe
Ele aprendeu no celular
Hoje em dia
Ele sabe várias coisas

Ele e bem nerd
Gosta de animes, séries etc..

Dificilmente ele e manipulado


Ele quando está serio
Se torna um grande estrategista

Desde dos 14 anos
Ele pática capoeira


INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS

História
Numa madrugada
Sua mãe tinha entrado em trabalho de parto
Tudo ocorreu bem
Nasceram dois irmãos
Uma menina e um menino
O garoto cresceu junto a sua irmã
Seu nome era Paulo
Na escola ele era muito animado e cheio de energia
Mais graças a isso
Ele não conseguia fica parado

Tudo estava normal e chato para Paulo
Até conhecer kaue
Uma coisa que transformou os dois em grandes amigos
E sua maluquices
Os dois eram bem iguais em termos de personalidade

No final do ano
Paulo repetiu
A terceira vez que repetiu
Enquanto kaue que era mais inteligente
Passou
Depois de um tempo
Paulo estava em uma nova escola
Novos amigos
Até alguns que eram da antiga escola que ele estudava
Mais ainda assim
Ele sentia uma grande solidão
E querendo atenção

No oitavo ano
Aconteceu uma coisa muito ruim
Sua família estavam em uma viagem
Em um carro para uma casa na praia
Iria demorar muito
Então Paulo dormio
Ele acordou
Eles estavam chamado ele para entra na casa

Perto do fim da viagem
Eles estavam voltado de uma pequena festa
Mais um homem apareceu
Com uma arma nas mãos
Quando sua família percebeu oque estava acontecendo
Gritou para ele correr
Já que o assalto parecia que daria muito ruim
A única coisa que ele ouviu
Foi tiros

Depois de um ano
Ele estava num local
Que era para adoção
Depois de um tempo
Finalmente
Alguém adotou Paulo
Uma família rica
E muito feliz

Depois de mais um ano
Ele já tinha se acostumado com essa vida de luxo
Mais
Ainda era difícil

Depois de alguns anos
Ele já estava naquela escola
Mais quase ninguém sabia quem ele era
Depois ele fez uma promessa
Mesmo os outros dois anos tem sido uma merda
Nesse último ano
Ele vai aproveita lo

Depois de um certo tempo
O descanso acabou
Ele agora vai ter que ir nessa escola
Enquanto
Ele ver sua cicatrizes no seu pulso
Que já estão curadas
Ele fala
Que vai aproveitar esse ano.

(Desculpe caso não esteja bom e nem narrativo
Algumas coisas não foram colocadas
Porque irei menciona
Em alguns diálogos com outros "jogadores")enteada

Habilidades
Ele sabe quando uma pessoa está mentido sobre ela mesmo
Tipo:dizendo que e bonzinho
Mais ele percebe que a pessoa não é

Ele e bem rápido e ágil

Ele e ótimo em informática e programação
Podendo até cria vírus e hackear alguma coisa

Pequeno questionário
1) Em uma escala de zero a dez, quão bom aluno seu personagem é (levando em consideração notas e comportamento)?

8

2) Seu personagem tem alguma função/cargo dentro da instituição?

Não
Mais pode fica interessado algum dia

3) Seu personagem participa de alguma oficina ou atividade extracurricular?

Não
Mais pode fica interessado algum dia

AkaneHitsuki

Usuário: AkaneHitsuki
Overlord
INFORMAÇÕES BÁSICAS


Aparência:

Possui uma estatura média, corpo formoso, pois contém belas curvas, cintura fina, um busto proporcional a ela - mais ou menos em tamanho médio - um quadril levemente largo e pernas delgadas. Não tem uma musculatura exagerada, muito pelo contrário, Mirajane até que é considerada fraca fisicamente e magra. Sua pele é clara, o sedoso cabelo dela é liso e comprido, tendo como cor um verde limão e uma pequena franja que cobre sua testa, os olhos mantêm um tom dourado/mel, possuidora de uma beleza bem chamativa.
Uma outra marca dela, é que tem uma cicatriz abaixo do seio esquerdo, pouco perceptível.


Nome:
Mirajane Ling Dreyars. – Apelido: Mira.

Idade:
17.

Câmpus:
C.

Divisão estudantil:
Prata.

Sexualidade:
Bissexual.

Par romântico:
Ainda não definido.

MODO DE AGIR E PENSAR


Personalidade:



Sua personalidade é complexa e ao mesmo tempo extremamente simples, mas é assim que funciona uma hora ama todo mundo outra odeia a todos. Não é o tipo sarcástica (Só as vezes) e é extremamente lerda ou se faz muitas vezes fingindo não notar certas coisas obvias por conta de suas inseguranças de achar que é de sua imaginação, pois sabe que é uma grande sonhadora.

Sempre vista com a feição calma, plena, indiferente com coisas que não lhe despertam interesse, porem quando se trata de arte, a paixão da vida de Mirajane é composta e cercada por arte. Ela procura a estética em todos os lugares ao seu redor, de pessoas a lugares. Ela vê todas as oportunidades ou desafios apresentados a ela como uma maneira de ampliar seus horizontes e considera principalmente como isso a beneficiará grandemente como artista, outra curiosidade da esverdeada é sua outra paixão, pizza, vê-la comendo uma pizza ou juntando adesivos de um cupom a deixa com um sorriso sem igual. Mirajane possui vários gostos além da arte, estando com ótima expressão quando abraça sua pelúcia ou observando suas obras.

Mirajane não gosta de fazer rodeios, sendo que sua sinceridade pode ser um pouco agressiva às vezes, e a maneira como ela muda de um ser calmo para excessivamente dramático faz com que algumas pessoas pensem nela como uma estranha. Seu humor é um verdadeiro mistério, talvez mórbido irá depender de como Mira está no momento, independente de atos e opiniões de outras pessoas contra sua vontade, ela permanece em um estado emocional neutro, sendo difícil confiar nas pessoas a sua volta ou ganhar a confiança da própria preferindo assim atuar, fingir acreditar, ela aprendeu desde de cedo que no mundo ou você e o caçador ou a presa.

Tendências:
Neutra.
Egoísta e altruísta.
Racional e Sentimental
Calma.
Simpática.
Corajosa e Medrosa para certas coisas.


Gostos/Preferências:

- Mira adora as aves, ao seu ver elas são livres para voar para onde quiserem.

- Possui um vício por pizza e café, mas não dispensa uns bons docinhos.

- Livros são sempre bem-vindos, principalmente romances policias.

- Ama tirar fotos, celular se tornou algo indispensável para a garota.

- O gosto musical de Mira e bem amplo, gosta de ouvir de tudo um pouco.

- Odeia filmes de terror.

- Não gosta de lugares muito cheios.

O que o seu personagem pensa sobre o sumiço da Himemiya Anthy?
Possui curiosidade, mas não chegou tão afundo em suas investigações.

Curiosidades:

- Mira tem medo de dormir sozinha, então todas as noites antes de deitar a mesma toma remédios para dormir.

- Carrega um sketchbook consigo para por suas ideias.

- O quarto de Mira e repleto de bichinhos de pelúcias, fotos grudadas na parede e materiais de pintura espalhados pelo mesmo.

- Em seus momentos de preguiça ela gosta de jogar ou assistir series.

- Mira se mostra uma pessoa bem adaptável a qualquer tipo de situações, porém não sabe lidar com sustos.

- Por sua descendência e trabalho Mira por sua vez teve que aprender outros idiomas como: Inglês, japonês e Chinês, fazendo deste um habito seu de trocar algumas palavras seja em pensamento ou conversa.

- Possui uma tatuagem em sua testa, geralmente está coberta por sua franja.

- Mira nunca esteve em um relacionamento amoroso.

INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS


História:

Selene Dreyars uma atriz renomada, uma das bem mais pagas da atualidade, Yan Ling um museólogo e pintor, não há ninguém no mundo das artes que não conheça seu nome, ambos unidos por interesse de seus pais, um casal sem amor.

Selene L. Dreyars, Yan L. Dreyars. Os pais de Mira, filha única e herdeira dos ‘’negócios’’ da família, a garota fora criada no berço de ouro, sempre bem tratada, mimada, de fato seus pai e avo lhe deram muito amor e carinho, sua infância foi normal... sempre tendo o que pedia, Mira não conhecia a palavra não, desde de pequena mostrando interesse por arte, sendo sempre dito a ela que tinha um talento nato para arte. Porem isso tudo mudou quando Mirajane completou seus sete anos pela primeira vez sua mãe demonstrou interesse em si, não por carinho ou amor, ela queria que fizesse sua primeira estreia como atora mirim, a aparecia de Mira já chamava atenção por si só. Seu primeiro trabalho foi um comercial para cachorros, a esverdeada se esforçou bastante para atender as expectativas de sua mãe, era a primeira vez que ela demonstrava interesse por si, Mira não escondia a felicidade por isso a fazendo brilhar ainda mais no comercial fazendo os diretores amarem a menina... já sua mãe pensava que sua cria teria alguma utilidade, após isso Mira passou a receber aulas de professores particulares especificados para atuação a esverdeada não tinha mais tanto tempo para brincar ou ser mimada por seu pai e então em uma noite chuvosa pela primeira vez Mirajane presenciou seus pais brigando a pequena nunca sentiu tanto medo antes, ela realmente achou que ambos levariam aquilo a violência já que sua mãe deu-lhe uma bofetada no rosto de seu pai... certamente aquilo teria ido mais além se Mirajane não tivesse entrado na sala aos prantos com os olhos já vermelhos pelo choro reprimido pedindo para que parassem de brigar, de imediato seu pai veio ao seu encontro a pegando no colo dizendo que não era nada sério, podia ser uma criança ainda mas podia ver claramente que não era nada demais como seu pai dizia ser, o tempo passou ficando impossível não perceber como seus pais estavam afastados um do outro, causando certa divisão na família... sua mãe completamente concentrada em seus trabalhos e seu pai ocupado demais em suas investigações afim da preservação de bens culturais, agora a pequena Mira ficava aos cuidados de seu Avô, Quon Ling, que passou a ensina-la os costumes chineses, seu cultura, assim como sua língua sendo que pelo menos uma vez ao mês eles viajavam Xiam (em chinês: ??) é uma cidade da China, capital da província de Xianxim na República Popular da China, um local em volto de beleza em meios as templos e castelos históricos... uma visão maravilhosa que estaria para sempre guardado no coração da pequena, todas as vezes que estivera ali só lhe aumentava a vontade de pintar tal visão, vindo também a insatisfação da pintura nunca sair como queria, foi quando seu pai passou a se juntar as suas viagens com seu avô passando a ajudar Mira com suas pinturas lhe dando dicas e até mesmo lhe dando um mãozinha, Mirajane não poderia estar mais feliz... havia até se esquecido de sua mãe ausente, o carinho de seu pai e o amor de seu avô já era o suficiente para ela, ao seus 10 anos Mira já conseguia ler e falar chinês sem se embolar ou errar alguma sentença considera simples, só não imaginava que depois disso seu avô passaria a ensina-la japonês... sendo surpreendida ao ver que as duas línguas eram completamente diferentes, ficando maravilhada ao pisar em terras japonesas pela primeira vez, era mais agradável do que tinha imaginado, suas paisagens de tirar o folego, essas foram as melhores lembranças de Mirajane.

Mirajane aos seus doze anos já era considera uma pintora prodígio, suas pinturas transmitiam emoções dos mais variados tipos sejam elas de paz ou distúrbio e foi em uma exibição que ela e seu pai organizaram que sua mãe Selene apareceu, naquele momento sua respiração falhou depois de tanto tempo sem ligar para mim ou sequer perguntar como estava ela simplesmente aparecia ali como se não fosse nada demais, lhe cumprimentou a tratando com carinho causando náuseas na menor, se não fosse pelo fato de estarem rodeados de pessoas importantes aquela mulher sequer teria olhado em seus olhos, quanto menos seu pai que foi recebido com um beijo aparentemente caloroso fazendo os paparazzi tiram fotos e mais fotos, mas Mira sabia o quão falso aquilo era, a verdade e que eles já estavam separados desde daquela briga de cinco anos atrás, mas diante aos papeis eles ainda eram casados e fingiam ser um casal feliz. Depois do evento os três seguiram para o apartamento de Yan, lá lhe foi pedido para ir ao seu quarto e permanecer lá, Mira concordou seguindo direto para seus aposentos vendo seus pais irem para a sala de estar, a garota deixou sua curiosidade falar mais alto naquele momento fingindo ter entrado em seu quarto Mira deu meia volta e se escondeu ao lado da porta para poder ouvir a conversa.

Selene: Estarei levando Mirajane comigo amanhã de manhã. _disse curta e grossa_

Yan: O que!? Esse não foi combinado Selene. _ já a voz de Yan se mostrava alterada_

Selene: Mudança de planos, não precisa mais me pagar... afinal não se sente mal vendendo suas próprias artes e da pirralha para figurões por detrás dos panos?

Yan: Como você.... Não me diga que já estava a pegar algum de meus clientes?

Selene: Não diga dessa maneira tão acusadora querido, você também não e nenhum santo.

A partir daquele momento Mirajane não conseguia mais escutar a conversa daqueles dois, aquilo havia sido um grande baque para a esverdeada que com muito sacrifício se moveu a passos lentos para seu quarto tão silenciosa quanto antes e quando entrou em seu quarto se jogando na cama a ficha caiu, assim como as lagrimas rolaram por seu rosto molhando o travesseiro, aquilo era verdade? Ela tinha ouvido certo? Mirajane nunca se sentiu tão decepcionada, enganada principalmente por seu pai! Aquele ao qual confiou tanto principalmente na ausência de sua mãe, naquela noite ela chorou a como muito tempo não fazia e quando amanheceu ela fingiu que não tinha ouvido nada, e com sua mãe foi embora.
Um tempo passou Mirajane agora atuava em como coadjuvante em uma novela, comerciais, era estressante aquele mundo do entretimento, sem contar as brigas que tinha com sua mãe ao chegar em casa... ela estava tão cansada mais a mesma seguia enfrente se mostrando forte em conseguir manter tudo no controle, a conversa daquele dia nunca sairá de sua mente, porem tudo desaparecia quando ia para casa de seu Avo e foi nesses seus dias de descanso que seu avô sugeriu que Mirajane frequentasse uma escola, para ser mais especifico o colégio interno kokuri, a princípio não entendi o porquê daquilo tão de repente, era verdade que Mira nunca tinha frequentado uma escola... era uma boa sugestão na realidade, poderia dar um tempo a sua carreira como atriz, como pintora e o mais importante seus pais, a garota envolveu seu avô em um abraço caloroso agradecendo pela ideia se sentindo um pouco boba por não ter pensado nisso antes. Mas como imaginado não seria tão fácil assim, vendo como Mirajane já possuía certa popularidade Selene não deixaria a mesma escapar de suas mãos tão facilmente.

Selene: Que tal uma aposta? Tenho um contrato daqui um ano, uma semana antes desse prazo terá uma audição para escolher minha parceira do filme... se você passar e fizer uma atuação digna você estará livre para entrar no colégio e posteriormente fazer o que quiser, claro lhe passarei o tema, no mínimo espero que não use um duble.

Mirajane: O-O que? Você está falando sério?

Selene: Sua resposta querida ou talvez eu mude de ideia.

Mirajane: E-Eu aceito!

Ali foi selada a aposta entre as duas, mas Mirajane não achou que seria tão difícil assim, quando sua mãe lhe passou o que deveria fazer já que não poderia usar um duble para as cenas de ação, o queixo da garota foi ao chão, ela conseguiria dominar tantas coisas em tão pouco tempo? A garota espantou tais pensamentos de sua mente, suspirou fundo e mergulhou fundo para aprender a lutar, a escalar, atirar, defesa pessoal, acrobacias... foi um ano realmente difícil para ela, chegando a se ferir no percurso (A cicatriz abaixo do seio esquerdo) foi nessa época que Mira fora alvo de sequestro, foi um experiência horrível para a mesma ocasionando seu medo de dormir sozinha, mas isso não foi o suficiente para abala-la completamente, seu desejo e a vontade de ter um pouco de liberdade foi a sua força para seguir em frente e assim chegou o grande dia da audição, com graciosidade ela passou no teste deixando sua mãe puxando os cabelos de raiva, seu esforço havia sido recompensado, após isso só fez as gravações de suas cenas e anunciou sua pausa o que causou certa comoção que logo passaria, usaria esse tempo para pensar o que ela realmente gostaria para sua vida.


Adicionais:
- Selene Dreyars. Uma Atriz, umas das melhores da atualidade, a mesma possui a personalidade um tanto distorcida e obcecada por dinheiro usando seu charme para seduzir políticos, facilmente aumentando sua área de influência.

- Yan Ling. Um museólogo e Pintor, seu trabalho consiste em Aquisição de obras, Administração de Espaços Culturais, Organização de Exposições, Memória Empresarial, Conservação e Restauração, tendo em vista o quão extenso e seu trabalho o mesmo possui vários contatos, sem contar seu hobby como pintor que o faz ser um dos mais procurando quando se trata na organização de exposições, sendo também particionador de universidades voltadas para conhecimentos em História da Arte e História Geral. Sua outra fonte de renda são suas vendas de quadro ilegais por detrás de dos panos para pessoas ricas ou de suma importância.

- Não se sabe muito sobre Quon Ling, somente que possui uma clínica de acupuntura, aquele que mantem a família unidade nem que seja a força sendo considerado o chefe.
(Essas são só umas curiosidades mais detalhadas da família de Mirajane que não vi como colocar na história, caso não seja permitido deixar assim, por favor me avise para que eu possa apagar.)


Habilidades:
- Acrobacia; Dá-se o nome de acrobacia aos exercícios e às piruetas que realizam os acrobatas. Um acrobata, por outro lado, é um artista que desenvolve uma rotina onde mostra diferentes habilidades relacionadas com o equilíbrio, a força, a concentração e a capacidade de salto.

- Escalada – Alpinismo.

- Muay Thai.

- Esgrima.

- Pericia com armas de fogo.

Pequeno questionário:

1) Em uma escala de zero a dez, quão bom aluno seu personagem é (levando em consideração notas e comportamento)?
Oito.

2) Seu personagem tem alguma função/cargo dentro da instituição?
Não possui.

3) Seu personagem participa de alguma oficina ou atividade extracurricular?
Clube de Artes – Aulas de Esgrima.

Captain_Price

Usuário: Captain_Price
Awesomesauce!
> INFORMAÇÕES BÁSICAS <

"Kokuri é referência no meio acadêmico e devemos permanecer assim. Para isso, as regras devem ser seguidas. Principalmente em termos de boa conduta. Não estou aqui para ser amado, mas para trazer a ordem. Se quisesse bajuladores, teria seguido carreira política. "



>> Aparência:



Mede 1.80, mas por usar cartola na maioria das vezes passa a impressão de ser ainda mais alto. Seus cabelos são pretos e utiliza um corte de cabelo repicado com uma franja que cobre parte de seu rosto, dando um aspecto despenteado. Seus olhos são de uma coloração violeta que dependendo da iluminação também aparentam ser azuis e seu corpo é esguio sem muitos músculos, embora esteja quase sempre coberto com várias camadas de roupa. É notado por sua beleza por onde passa, embora não se importe pessoalmente com isso por não ser nem um pouco vaidoso.

>> Nome:
Hirato Tsuykashi também é conhecido como Crow, que significa corvo. Recebeu tal alcunha pela sua fama de observador e portador de "más notícias" para aqueles que são pegos por ele.

>> Idade:
Embora não aparente, tem apenas 23 anos de idade. Pulou algumas séries e iniciou cedo sua carreira como Supervisor. No início era subestimado por ser "muito jovem", mas isso serviu apenas para que Hirato se esforçasse ainda mais para obter reconhecimento e respeito por parte de seus colegas e seus superiores.

>> Campus: --

>> Divisão estudantil: --

>> Sexualidade:
Poucas pessoas sabem esse tipo de informação sobre Hirato, pois o mesmo é bastante reservado com sua vida íntima, o que faz com que surjam vários boatos sobre a sexualidade do jovem, apesar dele não ter problemas com isso, se assumindo como panssexual, embora não ache que isso seja relevante e por isso não é de comentar muito sobre.

O que quase ninguém sabe (exceto família, amigos íntimos ou parceiros) é que Hirato é um homem transsexual. Ele também não comenta isso com pessoas no geral por não achar relevante, apenas se são pessoas próximas e se o assunto surgir. Ninguém tem que sair por aí dizendo que é cisgênero, então ele também não precisa sair dizendo que é trans, obviamente.

>> Par romântico:

Cassius Lorance Delano



>> MODO DE AGIR E PENSAR <<



>> Personalidade:
Hirato é um homem enigmático, por assim dizer. É um grande cavalheiro e está sempre bem atento a tudo que acontece ao seu redor, sempre tentando decifrar as pessoas, como se isso fosse um tipo de hobbie estranho que ele esconde. Apesar de parecer extremamente sério e até mesmo carrancudo à primeira vista, Hirato tem um lado divertido e bem-humorado. Mas seu senso de humor é pouco compreendido, por ser um humor mais seco e ácido fazendo com que o Supervisor acabe soltando algumas frases sarcásticas ao longo do dia e às vezes pareça crítico demais. Mas ele sente que isso é necessário para o seu cargo, por isso não se incomoda com o que pensam dele. É bastante autoritário, mas reconhece e respeita a hierarquia, sabendo seguir ordens assim como sabe a hora de ser mais rígido. Não é de esconder o que pensa, por isso as pessoas geralmente sabem que devem perguntar algo a ele apenas se estiverem prontas para a resposta pois elas nem sempre serão agradáveis.

Ainda assim, caso se envolva romanticamente com alguém, é sereno, protetor, mas também demonstra um lado raro, sendo carinhoso e romântico (da sua forma). Buscando agradar a pessoa que ama, mas sem deixar de lado seu jeito responsável e firme.

>> Tendências:

Neutro - Hirato prefere se manter imparcial na maior parte do tempo pois acredita que tudo é uma questão de ponto de vista.

Egoísta - Naturalmente põe seus interesses em primeiro lugar mesmo quando parece defender os ideais da instituição apenas o faz porque é algo que o beneficia e por isso é de seu interesse.

Racional - Não é de agir de forma passional (o que não quer dizer que não possa fazer) mas costuma tentar entender tudo o que sente antes de agir, assim como entender tudo ao seu redor de forma crítica.

Calmo - Por manter os pés no chão o tempo todo, o homem aprendeu a ter controle sobre suas reações e aparenta serenidade na grande parte do tempo mesmo que no fundo não esteja (pois é humano, como todos mundo) mas faz o máximo para se manter tranquilo apesar das circunstâncias.

Simpático - Não é tão sociável, mas se força a ser, já que é benéfico para o seu trabalho. Busca ser gentil com as pessoas, mas não consegue evitar certos comentários ácidos de vez em quando. Ainda assim, se considera simpático por cumprimentar a todos com um sorriso e parecer acessível mesmo não o sendo de verdade.

Corajoso - Coragem é algo que nunca faltou em Hirato. Por ser quem é, passou por muitas dificuldades, mas nunca abaixou a cabeça, decidiu que daria a volta por cima - e o fez. Por isso, há pouquíssimas coisas que são capazes de assustá-lo ou desestabilizá-lo.

>> Gostos/Preferências:
Gosta de música clássica, comidas exóticas e diferentes culturas. Adora estudar e aprender coisas novas sempre, principalmente através de livros, passando boa parte do tempo lendo.

Não gosta de pessoas imaturas ou de ser desafiado.



>> O que o seu personagem pensa sobre o sumiço da Himemiya Anthy?
Procura não falar muito sobre o assunto para não trazer alarde, assim como evita que os outros o façam. Deixa claro que as investigações estão sendo realizadas e os responsáveis estão acompanhando, assim como ele também. Não gosta de ver os alunos debatendo demais sobre isso, pois teme que esse desaparecimento possa prejudicar a reputação impecável do colégio.

>> Curiosidades:

- Hirato fala com um pouco de sotaque britânico já que morou em Londres boa parte da sua vida e estudou lá.
- Em relações sexuais homoafetivas, Hirato atua como ativo.
- Sim, ele fez faloplastia.
- Odeia admitir, mas tem medo de palhaços desde seu aniversário de 7 anos, quando foi levado a um circo.
- Usa um perfume inconfundível com notas cítricas e frescas, lembra a estação do outono com um tom de limão e frutas silvestres.
- Canta sozinho às vezes (bem mal)
- Às vezes mistura vários idiomas em uma frase ou usa expressões de outros idiomas enquanto fala, já que sabe várias línguas e está sempre praticando para não enferrujar, embora não seja fácil já que está constantemente estudando e revisando o que aprendeu.
- Sonha em um dia ter sua própria instituição de ensino ou ser diretor do Colégio Interno Kokuri. De qualquer forma, sabe que seus objetivos são ambiciosos.
- Carrega na costela esquerda a tatuagem da coruja que sua família leva em seu brasão, assim como os outros membros.



>> INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS <<




>> História:



O jovem, apesar do nome e sobrenome japonês, nasceu prematuro em Londres. Seus pais estavam viajando e não esperavam que o jovem viria a nascer antes do previsto pois Sami Tsuykashi parecia muito bem. Seu pai, Otto Tsuykashi, sempre desejou que seu primogênito fosse um menino, para que pudesse carregar o nome de seu pai, Hirato. Sim, um garoto nasceu... Mas eles não sabiam disso ao ver a genitália da criança, que indicava se tratar de uma menina, ao menos para eles. Foi assim então que Hirato foi concebido - com um gênero que lhe fora imposto.

Não se importava em usar vestidos ou babados, ou qualquer coisa. Na verdade não se importava com nada pois eram apenas roupas. O que deixava o menino extremamente irritado era o fato de ser proibido de brincar com os meninos, de fazer "coisas de menino" e com o tempo entendeu que eles estavam o chamando pelo nome errado, pelo gênero errado o tempo todo e isso o magoava profundamente. Conversou com seu pai e aos 10 anos confessou como se sentia. A família Tsuykashi era conhecida por seus membros serem extremamente cultos e mente aberta, tendo em sua composição filósofos, cientistas, matemáticos e físicos, o que Hirato entende, que foi um grande golpe de sorte para ele já que seus pais o aceitaram e buscaram entender a condição do garoto levando-o para psicólogos e psiquiatras, permitindo ao jovem que em seus 15 anos iniciasse seu tratamento hormonal e ao completar 18 anos fizesse suas cirurgias de readequação sexual.

Seus pais foram a base para o garoto, mas por outro lado sempre exigiram muito do mesmo em relação ao seu comportamento e seus estudos, fazendo com que ele não pudesse estudar com outras pessoas, tomando sempre aulas particulares e extremamente rígidas que fizeram com que o menino, assim como seus pais e os outros membros da família Tsuykashi (que tem em seu brasão uma coruja), fosse tão inteligente e um aluno prodígio, aprendendo vários idiomas, se especializando na vida acadêmica, afim de um dia se tornar o Diretor geral de uma grande instituição, mas um passo de cada vez. Surgiu a oportunidade de ingressar em Kokuri e seus pais o convenceram de que seria um ótimo início e a chance do jovem desenvolver suas habilidades, se preparando para o futuro. Hirato concordou com seus pais e decidiu ingressar na instituição, ansioso para crescer cada vez mais, aumentando seu poder e influência, assim elevando o status de sua família.

>> Habilidades:


Hirato fala japonês, inglês, alemão, russo e italiano. Entende PNL (Programação Neuro Linguística) e a utiliza em seu trabalho para avaliar as pessoas, sendo quase um detector de mentiras ambulante, o que faz com que seja um tanto quanto temido. Sabe cozinhar, embora poucas pessoas saibam isso sobre ele e o jovem toca piano e violoncelo com perfeição. Em contrapartida, não entende muito sobre esportes e nem se interessa, tampouco sabe conversar sobre video-games ou qualquer tipo de aparato digital já que é uma pessoa que prefere coisas analógicas e manuais. Também não tem muito jeito com animais ou crianças e nem tem paciência pra tentar, preferindo manter distância.

>> Pequeno questionário:
1) Em uma escala de zero a dez, quão bom aluno seu personagem é (levando em consideração notas e comportamento)?
--

2) Seu personagem tem alguma função/cargo dentro da instituição?
Supervisor Geral. Conseguiu seu cargo devido à influência de sua família e a relação que eles tem com os Momobami, mas apesar disso, conserva os méritos por ter mantido sua posição por esforço próprio já que precisava provar que era capaz.

3) Seu personagem participa de alguma oficina ou atividade extracurricular?
--


Noodless

Usuário: Noodless
Is this the real life?

Mostrar Spoiler: Aparência

Darius Yobami é um homem que combina com o resto de seu ser em geral: é bonito, agradável e de modo bastante gentil. Apesar disso, seu porte físico demonstra que ele não é uma pessoa que possa ser deliberadamente provocada. Para começar, é muito, muito alto, com seus 1,90m de altura para seus 86kg. É masculino, provido de músculos, ombros largos, braços fortes de grande envergadura. O resto de seu corpo segue o mesmo padrão: naturalmente forte, mas de modo natural e que em nada discorda de seu rosto. Por falar nele, sua face é...adorável. Tem um queixo levemente pontudo, com bochechas proeminentes e definidas. Cabelos em castanho claro, e sua pele é bronzeada e saudável. Tem um nariz reto e agradável, que casa perfeitamente com o verde claro de seus olhos em tons de esmeralda.


Nome

Darius Von Yobami — The Corrupted. Sua mãe escolheu bem seu primeiro nome, pois Darius vem da Pérsia, e significa “trazer o bem”, e é por este motivo que é conhecido como...corrupto. Em geral, Darius não é mau, não é cruel, e não gosta de estudar venenos, preferindo desenvolver seus antídotos. Darius é corrompido pela benevolência.


Idade
18 anos.

Câmpus
A

Divisão estudantil
Ouro.

Sexualidade
Bissexual sem quaisquer preferências

Par romântico
Disponível.

Escreveu
MODO DE AGIR E PENSAR




Personalidade

Em questão do sistema da escola e em relação aos outros alunos, é possível dizer que Darius foi contra a maré. Darius é um homem muito inteligente naturalmente, e tem facilidade em absorver todo o conteúdo, o que permite que esteja em uma posição alta do ranking sem muito esforço, coisa que ele realmente não tem. Ele é gentil, despreocupado e genuinamente bom, sem malícia leviana contra seus colegas. É bem humorado, empático, divertido e verdadeiramente um bom amigo, coisa difícil de se encontrar nesse mundo cão. Infelizmente, muitos alunos anteriores abusaram de sua bondade, o que formou nele um senso um tanto retraído, e tem dificuldade em se aproximar e confiar em outras pessoas. Moderadamente tímido, desajeitado, mas dizem por aí que isso é somente um charme que ele tem em excesso. Apesar de ser um tanto complicado de conseguir seu afeto, é verdadeiramente difícil fazer com que se desgrude do sujeito, quase como um cão. Fiel, confiável e simpático. Apesar de Darius ser bom, não cometam o erro de o confundir com totalmente refém ou dócil, pois tudo tem um limite, e pode se tornar violento tanto verbalmente quanto fisicamente em situações em que seja necessário.

Tendências
Bom — Ele é uma boa pessoa, como já foi dito antes. É aliado até que a pessoa se mostre indevida para sua benevolência
Altruísta.— Afetuoso, carinhoso e companheiro….sempre.
Racional.— Claro, sua rotina é baseada em sentimento, mas uma vida baseada nisso é perigosa e tola. Antes de demonstrar seu lado sensível, deve antes ponderar sobre os riscos.
Calmo.— Majoritariamente, claro. Darius é ciente da sua capacidade destrutiva, e por isso que condicionou-se a ser disciplinado quanto a isso
Simpático.— Basta vê-lo sorrindo para saber que é uma boa pessoa.
Corajoso.— Já é um grande ato de coragem aceitar ser considerado traidor de seu próprio sangue, e mais ainda viver de modo tranquilo e bom em um lugar tão cruel. É um corajoso potencialmente autodestrutivo, mas Darius acredita que vale a pena

Gostos/Preferências

Gostos— Bastante coisa, mas definitivamente tem animais como seus favoritos, tanto que toda a sua pesquisa medicinal é focada na área veterinária. O amor é recíproco, e todo bichinho tende a segui-lo e ser carinhoso com o homem. Adora comer quantidades absurdas. Esportes físicos de alta perfórmance. Tem apreço pelas artes e entretenimento, como filmes, teatro e boa música. Tem preferência por áreas biológicas de conhecimento.

Desgostos— Violência leviana. Não gosta de crueldade, brigas não esportivas e humilhações. Tem ódio instantâneo a quem pratica crueldade a animais. Barulho excessivo. Não gosta de roupas muito reveladoras por motivos puramente estéticos.


O que o seu personagem pensa sobre o sumiço da [nome da garota]?

Darius não detém suspeitos porque acha realmente problemático fazer acusações sem provas, mas acredita de modo suspeito que existe algo muito grande por trás disso, e que não querem que seja divulgado.


Curiosidades
— Darius sempre traz animais feridos para seus aposentos quando ninguém está vendo. Ele cuida dos coitadinhos e depois encontra lares dignos. Claro...ele sempre chora na despedida.
— Tem uma voz que demonstra proficiência para canto.
— Fala fluentemente sete idiomas, e quatro deles aprendeu em autodidatismo.


Escreveu
INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS


História

Não há muito o que deva ser revelado agora, mas posso dizer que o moreno sofreu toda a sua vida por ser...diferente. Divergiu em interesses entre sua família, fora que sempre foi muito sensível e doce para o que seu ofício pedia, e o resultado disso foi um tratamento cruel diante a sua família, e foi negligenciado. Sua ida para a academia nada foi além de que um modo de se livrar da convivência com o...traidor. Outras informações serão adicionadas futuramente.

Habilidades

Mentais— Darius é um aluno de capacidades de raciocínio excelentes. É capaz de chegar a boas respostas de modo rápido, com facilidade em aprender novos conteúdos e sair de situações inesperadas. Detém habilidades de autodidatismo. Conhecimento avançado em áreas medicinais, principamente anatômicas.
Físicas— Muito, muito forte, e é capaz de erguer duas vezes seu próprio peso acima da cabeça. Seu corpo é flexível, resistente em muito veloz, fora o fato de que foi instruído em luta grega, krav magá, jiu jitso e esgrima. É muito rápido para correr e também escala rapidamente superfícies íngremes.

Pequeno questionário
1) Em uma escala de zero a dez, quão bom aluno seu personagem é ? 9 em notas e 10 em comportamento

2) Seu personagem tem alguma função/cargo dentro da instituição? Nada além de ser um bom aluno

3) Seu personagem participa de alguma oficina ou atividade extracurricular? Aulas de esgrima

[/centro]