Grupo Densetsu no Monogatari



Grupo Densetsu no Monogatari
Administrado por ValkyrieNico
Criado
Tipo Privado
Conteúdo visivel para Apenas membros
Em construção...


Desde os primórdios da existência o mundo tem sido habitado por três espécies distintas: os Humanos, seres frágeis e desprovidos de habilidades absurdas ou extraordinárias; os ditos Abismais, um conjunto de espécies que se destacam pela origem sobrenatural e grande quantidade de poderes; e, por último, os Bestiais, aqueles que ocupam o primeiro lugar da cadeia alimentar, monstros gigantes e impiedosos que semeiam o caos e a desordem. Bestiais sempre foram os inimigos naturais da humanidade, estiveram em uma caça incessante pela espécie mais frágil e isso os fizeram recorrer aos abismais, humilhando-se e implorando pela proteção dos mesmos, um pedido constantemente negado. Esse desprezo mútuo levou a inúmeras guerras.

Nesse mundo a magia tem florescido naturalmente pelos lugares. Os abismais, bestiais e até mesmo as criaturas fantásticas tinham essa magia a seu dispor, algo verdadeiramente revoltante para a humanidade e essa sede de poder os levaram a estudos rigorosos durante longos séculos. Enfim, cientistas puderam extrair e moldar essa magia para aplica-la ao seu uso diário. Quase que imediatamente alguns abismais os alertaram sobre a ingenuidade e imprudência deles por tentarem se apoderar de tais forças, somente para serem ignorados. Desse momento em diante a humanidade presenciou o poder pela primeira vez, com magia eles conseguiram aprimorar seus objetos e armamento, criando uma sociedade poderosa e enfim podendo contra-atacar os bestiais. Por um lado esse novo recurso inesgotável dava uma oportunidade de vida única, por outro havia aqueles agindo malignamente. Contudo, séculos depois, as consequências dessa exposição excessiva chegaram como uma doença misteriosa. O império construído pela ignorância estava prestes a desmoronar, mas os abismais agiram piedosamente e absorveram o conteúdo maligno espalhado pelo mundo selando-o em suas terras. Eles foram capazes eliminar a doença em si, mas entre os infectados apenas 20% conseguiu sobreviver. Seguindo os acontecimentos, houve uma reunião com os representantes das respectivas espécies, gerando no fim a unificação das espécies através do Tratado de Glorian e o Governo Global. Esse tratado serviu como base para a fundação de reinos e cidades. A partir disso, os bestiais tornaram-se a caça e adquiriram uma serventia gigantesca na sociedade quando seus dotes místicos foram descobertos.

Em algum momento uma nova eventualidade marcou o mundo, relatos sobre humanos com habilidades começaram a surgir de todos os cantos do mundo. Depois de uma investigação realizada pelo Governo, descobriu-se que os sobreviventes da doença de anos atrás deram origem a uma nova espécie. Qualquer descendente ou pessoa que tenha apresentado tais sintomas foram postos em quarentena e ficaram em observação e analise. Quando concluíram não ser nenhuma doença, todos foram liberados. Desse modo uma nova espécie surgiu os nomeados Sui Generis. Enquanto muitos os aceitaram facilmente, havia certo preconceito acerca desses, surgindo dai A Colmeia, um grupo sorrateiro e extremista que desejam um mundo apenas para humanos.

Como uma forma de facilitar a vida de todos, humanos ou não, surgiram as Guildas. As guildas são uma agência de emprego e nelas estão empregados os Magos, titulo dado aos membros independentemente de sua espécie. As guildas são controladas pelo Conselho de Magia, responsável por cuidar das guildas, impondo regras e punindo aqueles que a quebram, legalizando ou dissolvendo esses grupos, assumindo também a culpabilidade pela destruição causada por esses. O Conselho se encarrega de receber pedidos de um cliente, normalmente humano, e o envia para as guildas mais próximas ou mais qualificadas para o serviço. Quando um mago escolhe esse serviço e o completa com sucesso, ele recebe uma recompensa de acordo com o nível de dificuldade da missão. Logo depois, uma carta de finalização é mandada para o Conselho e eles encerram aquele serviço. As guildas possuem autorização para caçar e eliminar bestiais. Magos costumam prestar os exames anuais feitos pelo Governo para ganharem certificados e dinheiro extra para suas guildas depois de cada missão.

Desde o surgimento das guildas, esses grupos tomados pelo preconceito ou preocupação preferiram constituir guildas a partir de uma única espécie. Esse pequeno detalhe nós leva até a cidade de Magnólia, no reino de Fiore, onde residem as guildas Fairy Tail e Hokugun. Ambas são conhecidas serem rivais e por serem mescladas, pela confusão e turbulência onde passam, e principalmente pela diversidade de membros.

Essa é a história dessas duas guildas e seus membros, novos e antigos, uma história onde seu personagem vivenciara perdas e vitórias, evoluirá conforme o tempo passa e realizara missões enquanto presencia dessa amizade que habita nos corações dessas guildas. Em um vasto mundo suas decisões irão definir o seu futuro.

Mensagens