Tópico Criação de personagem;

16 Respostas

tokkie

Usuário: tokkie
Bóris, o guaxinim.
Antes de criar o seu personagem, certifique-se de ler o tópico Regras e informações do RPG.

Escreveu Ficha de inscrição

DADOS PESSOAIS

Aparência: (apenas pessoas reais, como atores, cantores, modelos, celebridades e celebridades em geral)
Nome completo:
Idade: (todos os alunos devem ter 15 ou 16 anos, já que estão no quinto ano)
Casa: (Thunderbird, Horned serpent, Pukwudgie ou Wampus se for de Ilvermorny, Hufflepuff, Ravenclaw, Slytherin ou Gryffindor se for um aluno transferido de Hogwarts)
Personalidade: (leve em conta as característica da casa)
História: (opcional)

Matérias OPCIONAIS a cursar:
Escolha as matérias opcionais que o seu personagem escolheu ao ingressar no terceiro ano em Ilvermorny. AS matérias Transfiguração, Feitiços, Poções, História da Magia, Defesa Contra Artes das Trevas, Astronomia e Herbologia são obrigatórias até o quinto ano.

- Aritmancia;
- Adivinhação;
- Estudo de Runas Antigas;
- Trato de Criaturas Mágicas;
- Medicina Mágica;

ATIVIDADES EXTRAS:

- Conselho estudantil: (Representante de Casa e Vice, das casas Pukwudgie, Wampus, Horned Serpent e Thunderbird, conselheiro e secretário; verificar se há vagas)
- Quadribol: (Apanhador, Batedor, Goleiro e Artilheiro; verificar se as posições estão vagas)
- Clube de Duelos;
- Xadrez bruxo;
- Coral.
Alunos podem criar clubes à vontade, apenas necessitando informar aqui.

EXTRAS:

Varinha: (madeira, tamanho, cerne e flexibilidade; guia sobre varinhas; lembrando que os cernes mágicos mais comuns na América do Norte são Chifre de Serpente Chifruda, Galhada de Lebrílope, Pelo de Pumaruna e Corda de Coração de Snallygaster)
Vassoura: (não, nem todo mundo pode ter uma Firebolt e, se tiver, com um bom motivo)
Animal de estimação: (pode ser qualquer animal que possa ser levado para dentro da escola)
Observações:


Para verificar as vagas nas casas, membros do Conselho Estudantil e posições no Quadribol, clique neste link:
Registros;


VAGAS


Pukwudgie: 0/5;
Wampus: 3/5;
Thunderbird: 4/5;
Horned Serpent: 5/5.

Hufflepuff: 1/1;
Ravenclaw: 1/1;
Slytherin: 1/1;
Gryffindor: 1/1.

Animagos: 3/3;
Metamorfomago: 1/1.

Nota: Os alunos de Hogwarts não serão contados nas vagas para as casas de Ilvermorny.

Nota²: Atente-se às fichas! As vagas não poderão ser atualizadas o tempo todo, portanto, sempre verifique se a casa realmente está disponível.

Nota³: Não adicionem a forma do patrono na ficha. Nenhum personagem do RPG saberá produzir o Feitiço do Patrono, portanto, não sabem a forma.

tokkie

Usuário: tokkie
Bóris, o guaxinim.


{ David John BROADMOOR | 15 anos | Hufflepuff/Thunderbird }



Personalidade: David é um garoto deveras peculiar. Passa a maior parte do seu tempo no mundo da lua, divagando sobre diversos assuntos que a maioria dos bruxos nem mesmo ousaria mencionar, isso, claro, quando não está cuidando da sua vassoura ou pensando em Quadribol (nesse caso, nem na lua está mais, e sim em outra dimensão).

O Broadmoor também é bastante atrapalhado e confuso, tropeçando no ar com facilidade, perdendo os seus pertences ou até mesmo esquecendo do que estava fazendo, mas nem por isso deixa de ser um rapaz simpático e animado, que estará sempre bem-humorado, principalmente quando perto da sua melhor amiga: Bianca B. Tameron.

Apesar das alegações acima, David não deixa de ser esperto, inteligente e habilidoso. É um dos melhores alunos da Lufa-Lufa nas notas, principalmente nas aulas de Transfiguração, além de ser um habilidoso jogador de Quadribol, sendo artilheiro da sua casa (infelizmente, seu time há anos não conquista a taça). Entretanto, jamais se gabou de qualquer um desses pontos, acreditando que todos têm seus pontos fortes e fracos.


MATÉRIAS OPCIONAIS:
> Aritmancia;
> Estudo de Runas Antigas;
> Trato de Criaturas Mágicas.

ATIVIDADES EXTRAS:

> Quadribol (Artilheiro);
> Clube de Duelos;
> Clube de Defesa às Criaturas Mágicas.

EXTRAS:
Varinha: Ébano, pelo de unicórnio, 35 centímetros, flexível demais;
Vassoura: Cleansweep 11;
Animal de estimação: uma coruja-das-torres, chamada Héstia;
Mostrar Spoiler: Observações:

> É louco por vassouras e sabe praticamente tudo sobre elas, conseguindo recitar perfeitamente a descrição, qualidades e defeitos de qualquer uma apenas dizendo o seu nome;

> Em Hogwarts, jogava como artilheiro no time da Lufa-Lufa;

> Passa boa tarde do seu tempo limpando, lustrando e cuidando da sua vassoura (se deixar, até dorme com ela na cama);

> É leitor assíduo, sendo uma das poucas formas para fazê-lo largar a sua vassoura por um tempo;

> Tem uma estranha paixão por literatura trouxa, principalmente o gênero sci-fi, graças a isso, passou a acreditar em alienígenas e criar as próprias teorias em cima destes;

> É o melhor amigo de Bianca B. Tameron, conhecendo-a após ser o primeiro a ingressar no Clube de Proteção às Criaturas Mágicas;

> Há algum tempo (pouquíssimo mesmo), visando dar apoio à Bianca, começou o processo para se tornar um animago, por isso está sempre com uma folha de mandrágora em baixo da língua;

> É torcedor fanático dos Falmouth Falcons, time da sua cidade natal, além de ser filho de Kevin Broadmoor, famoso batedor do mesmo time entre os anos de 1958 e 1969;

> Apesar de gostar da Lufa-Lufa, sempre quis ter entrado para a Corvinal, já que fora a casa de seu pai e irmão mais velho;

> Seu pai, um desses malucos que apenas aceita sangues-puro, teve um leve surto quando David contou que faria intercâmbio para Ilvermorny,
já que um dos fundadores era um trouxa.

Blaziken

Usuário: Blaziken
Blaze your Soul
Administrador do Grupo


> Bianca B. Tameron | 15 anos | Ravenclaw/Horned serpent <


Personalidade: A primeira vista, Bianca se parece ser somente uma garota tímida, estudiosa e extremamente ansiosa. Conhecendo-a mais a fundo, descobre-se que é uma pessoa bem complicada. Defende com todas as suas forças as criaturas mágicas, estudando e convivendo com algumas delas em sua casa.

É muito esforçada em seus estudos, principalmente nas aulas de transfiguração, poções e feitiços. As vezes, se perde em meio as suas idéias, deixando de prestar atenção no que for para anotá-las. Muito bondosa e carinhosa, gostando de passar o tempo com sua coruja ou com seu melhor amigo: David John Broadmoor. Não possui muitos amigos, nem mesmo em sua casa.

Adora principalmente as criaturas grandes e perigosas, tendo sua admiração principalmente nos dragões. Cria, desde antes de entrar na escola, planos para estudar e fazer amizade com essas criaturas.

Carrega consigo também, uma quantidade de orgulho. Trabalha duro para ser a melhor, e não consegue esconder, adora quando a elogiam, por as vezes entrar em conflito com sua própria mente, que a rebaixa.

MATÉRIAS OPCIONAIS:

> Estudo de Runas Antigas
> Trato de criaturas magicas
> Adivinhação

ATIVIDADES EXTRAS:

> Clube de Duelos
> Xadrez Bruxo
> Clube de defesa às criaturas mágicas (Líder/Fundadora)

EXTRAS:

Varinha: Castanheira, pelos de unicórnio, 30 cm, Inflexível

Vassoura: Comet (em péssimas condições pois raramente é usada ou recebe manutenção)

Animal de estimação: Uma Coruja buraqueira, chamada Atena

Mostrar Spoiler: Observações


> Possui o olho direito cor de rosa, destacando-se muito do outro, que é castanho claro. É muito comum ela colocar o seu cabelo para esconder esse olho.

> Quando muito nervosa ou ansiosa, costuma morder uma mecha de seu cabelo.

> Possui uma admiração gigantesca por Newton Scamander, sendo grande fã do autor. Tem até mesmo pôsteres dele em seu quarto.

> Desde o primeiro ano, já estudava sobre criaturas mágicas, por conta de proximidade de sua família com estas. Quando chegou no terceiro ano, não demorou muito para ser a melhor da turma na matéria, conhecendo em mínimos detalhes as criaturas.

> Fundou o clube de proteção as criaturas mágicas, visando ensinar os alunos as maravilhas dessas criaturas, e o por que deveriam protegê-las e não executá-las. O clube segue os pensamentos de Newton Scamander, e Bianca organiza até mesmo um encontro nas férias de verão, convidando os membros para a propriedade de sua família, para que conheçam e estudem sobre as criaturas que eles cuidam.

> Confia muito e admira David John Broadmoor, seu melhor amigo. Estão sempre conversando e trocando idéias, contando sobre criaturas mágicas para ele, e ouvindo entusiasmada as histórias que ele conta sobre alienígenas. Passou até mesmo a apreciar livros de literatura trouxa por causa dele.

> Contou para David que iria começar o processo para se tornar uma animaga (uma tradição em sua família), atraindo o interesse do amigo. Contou para ele os detalhes dos passos e mencionou animagos famosos, emprestando para ele sua coleção de livros escritos por Natasha Wolfstein, uma animaga que relatou sua vida.

> Está com uma folha de mandrágora na boca, o primeiro passo para se tornar animaga.

> Tem medo de voar em uma vassoura, dizendo que não confia nelas. Prefere voar em hipogrifos.

> Quando foi escolhida para representar a corvinal em Ilvermorny, Bianca surtou. Agarrou o professor flitwick e chegou até mesmo rodopiá-lo no ar. Durante a viagem, não parou de citar todos os lugares dos estados unidos que gostaria de conhecer, dando destaque ao Arizona, lar dos pássaros trovão.

> Quando foi escolhida para a casa Corvinal, o chapéu seletor citou “ Você é brilhante, como um unicórnio”.

%Kirawley - Clan Sts. Lovegood

Usuário: %Kirawley
.chata do caralho.


Geneviève Aleksey Mannoviski ll 16 years ll Hornet Serpent


Personalidade:

Geneviève é o tipo de garota complexa. Sendo do signo capricórnio, um signo tortuoso e violento, esconde dentro si as emoções que ela não consegue exteriorizar e que tanto a atormentam. Por fora aparenta ser uma pessoa calma e controlada, raramente pode se abalar por qualquer acontecimento. Entretanto, é uma pessoa negativa, se fechando em seu próprio mundo e se tornando por muitas vezes uma pessoa inacessível. Têm uma tenacidade incrível para superar obstáculos e sempre luta com intensidade para alcançar o que deseja e proteger os que amam.
Desde pequena, Geneviève teve uma vida meio difícil. Sempre cheia de responsabilidade, pois sempre teve que ser a garota que resolvia os problemas te todos sozinha, coisa que a fez ter o ‘Complexo de ATLAS’, levando sempre tudo em suas costas. Em algumas situações pode se mostrar uma pessoa egoísta, aparentando ser fria e reservada, mostrando também em ser uma pessoa tradicionalista, rígida e inflexível.
Não costuma demonstrar seus sentimentos, costuma andar sempre com uma feição séria e sem nenhum tipo de demonstração que seja. Sempre é movida pela razão e poucas, mínimas vezes pela emoção. A ruiva não é o tipo de pessoa que confia de primeiro em alguém; por vezes é meticulosa, calculista e metódica. Prefere sempre estudar todos em sua volta para depois ver se são dignos se sua amizade e o principal, sua confiança.
Quando apaixonada, se sente estranha e muito indecisa, afinal é um sentimento que a mesma costuma deixar de lado, sempre em segundo plano. Entretanto, quando isso acontece, ela se entrega pra valer no romance, se tornando até mesmo submissa para com o homem que ama.
Adora se sentir protegida, para Geneviève é sempre bom à segurança, pouco são as vezes que se coloca em uma aventura perigosa, prefere a estabilidade de um relacionamento tradicional, sem nada que seja imprevisível.


Matérias a cursar:

> Transfiguração;
> Feitiços;
> Poções;
> História da Magia;
> Defesa Contra as Artes das Trevas;
> Astronomia;
> Herbologia;
> Adivinhação;
> Estudo de Runas Antigas;
> Trato de Criaturas Mágicas.

Atividades extras:

> Coral;
> Conselho Estudantil ll Representante de Classe.

Extras:

Varinha: A varinha de Geneviève é importada, vindo da Rússia. Possui a cor marrom avermelhada, na ponta o qual usa para segurar a varinha, uma cobra de ouro fica em torno, possuindo pequeninas pedras rubis nos olhos da cobra.
Abeto, Corda de Coração de Dragão, 28cm, flexível.
Animal de estimação: Um gato que se chama Magnus e uma Coruja, que se chama Ruvrina.


Observações:

> Possui uma bússola de ouro, presente da mãe;
> Sabe se defender muito bem, tendo um ótimo reflexo;
> Tem parentes Russo, por parte de pai. Dai o sobrenome russo;
> Possui um anel dourado, com o símbolo da serpente, herança de família.

RockerSoul

Usuário: RockerSoul
Chibizinha

{Blair Walker | 15years |
Gryffindor/Thunderbird}


Personalidade:

Seu espírito de aventureira geralmente fala mais alto, Blair passa a maior parte do seu tempo tentando descobrir coisas novas sobre tudo - pessoas, lugares, matérias, etc - fazendo com que a mesma tenha uma personalidade bem alegre. O seu dia se resume sempre em felicidade, pois passa o tempo todo com um sorriso estampado no rosto.

Seu senso de humor muitas vezes não é um dos melhores, para piadas ruins ou afins, é muito difícil a mesma demonstrar uma risada, e fica sem entender o porquê da pessoa ter feito algo do tipo. Ela prefere ver todos ao seu redor bem felizes, se algo acaba por estragar o dia de um amigo, ela faz de tudo pra pessoa se sentir melhor.

Aluna transferida de Hogwarts e pertencente a casa Grifinória, Blair tem algumas características trazidas de lá, como por exemplo a coragem. Ela não teme quase nada, procura sempre se manter de pé mesmo nas situações mais difíceis. Uma das coisas que ainda mantém é a pequena rixa entre os membros da Sonserina, mesmo que não esteja em Hogwarts, todos aqueles que possuem a personalidade típica da Sonserina, ela tem essa pequena rixa, por não gostar da maneira que os mesmos agem.


Matérias opcionais a cursar:

> Estudo de Runas Antigas;
> Trato de Criaturas Mágicas;

Atividades extras:

> Quadribol(Apanhador);
> Clube de Duelos.

Extras:


Varinha: Madeira de Salgueiro, 30 centímetros, Corda de Coração de Dragão, Semiflexivel.
Vassoura: Nimbus 2001
Animal de estimação:Uma raposa branca, apelidada de Snow.



Observações:

> Mesmo deixando Hogwarts e a casa na qual pertencia, Blair carrega um colar dourado com um cristal vermelho, presente ganho de uma de suas amigas da casa pouco antes de se mudar para Ilvermorny. As cores representam a casa da Grifinória.
> Seus pais são ingleses e ambos estudarem em Hogwarts, seu pai era da Corvinal e sua mãe da Grifinória.
> Ela queria sempre ter a oportunidade de jogar Quadribol, e viu a mesma assim que entrou na Thunderbird.
> Sua cor favorita continua sendo vermelho desde que saiu de Hogwarts.

D-Kira

Usuário: D-Kira
My heart beats for you
DADOS PESSOAIS
§Aparência§



§Nome Completo§
Elliot Knight

§Idade§
16 anos

§Casa§
Thunderbird

§Personalidade§
Elliot é um rapaz bastante bem humorado e cheio de energia. Sempre com um sorriso no rosto, é um otimista incomparável e que dificilmente se deixa abater por qualquer coisa. Por conta disso, é muito difícil ver Elliot triste ou frustrado.

De certa forma, Elliot pode ser visto como um amigo para todas as horas, estando presente sempre que um amigo precisa e talvez principalmente quando esse amigo não o quer por perto. Ele também é um romântico incurável, sempre tratando as mulheres com o máximo de educação e cavalheirismo, apesar de nunca ter se envolvido em um relacionamento sério.

Assim sendo, há poucas coisas capazes de realmente o abalar, sendo que decepcionar seus amigos ou falhar consigo mesmo encabeçam essa lista. Em tais situações, não há praticamente nada que Elliot não faça para compensar suas falhas para consigo mesmo ou para com os demais.

Não menos importante, ele também é dotado de uma curiosidade quase insaciável pelo mundo mágico, sempre querendo ver alguma coisa nova sobre magia, ainda que esteja no mundo dos bruxos já há tanto tempo. Por conta disso, ele se alinha com a Casa de Thunderbird, porque sua curiosidade alimenta um espírito aventureiro que, de tão empolgado, pode chegar às raias da inconsequência.

§História§
Filho de um casamento entre um bruxo e uma muggle, Elliot não teve qualquer conhecimento acerca de sua real natureza até mais ou menos os nove anos de idade. Como não tinha família por parte de pai, foi decidido que o garoto seria criado ao modo da mãe. Seu pai continuava fazendo magia, mas sempre longe dos olhos do filho, para que ele não fizesse perguntas desmedidas ou sem querer desse com a língua nos dentes. Ainda que sua magia não pudesse ser controlada, seus pais conseguiram manter segredo até que Elliot tivesse idade o bastante para também aprender a guardar segredo.

Contudo, ele acabou descobrindo tudo quando, ao desejar fortemente que o cão do vizinho não lhe mordesse e por estar tão acuado frente ao animal, o cachorro simplesmente parou de rosnar, deitando-se na grama, influenciado pela magia que emanava de Elliot. Naquela mesma hora, seus pais receberam um correio-coruja de Ilvermorny, assegurando uma vaga na escola para o garoto. Seu pai, formado em Hogwarts, se mudou para os EUA a trabalho como parte de suas obrigações no Departamento de Cooperação Internacional em Magia, do Ministério da Magia. Ele morou em Boston, onde conheceu sua esposa e mãe de Elliot. Nada mais natural que, por conta do local de residência da família, o garoto fosse para a escola americana de magia. Ainda assim, seu pai foi insistente em levar o filho ao Beco Diagonal, em Londres, para conseguir a maior parte de seu material, incluindo a varinha (para isso, usaram a Rede de Flú, o que deixou Elliot bastante enjoado).

Apesar de surpreso e até confuso com toda a reviravolta que sua vida tinha tomado, Elliot estava mais fascinado do que chocado. Em Ilvermorny, ele foi selecionado para a casa de Thunderbird. Apesar disso, se mostrou bastante aplicado aos estudos, algo compreensível, uma vez que era um lado da vida do garoto que ele nunca explorara (o que também não lhe impediu de se meter em problemas de vez em quando). No segundo ano, fez o teste para jogar no time de Quadribol da casa, mas não passou por muito pouco. Não contente com a situação, Elliot se preparou mais e voltou a fazer o teste no ano seguinte, conseguindo entrar como artilheiro na temporada. Apesar de ser um dos membros mais novos do time, conquistou a simpatia dos companheiros, sendo escalado para Capitão no quarto ano, quando ele fez 15 anos.

Indo agora para o quarto ano, Elliot Knight continua empolgado com o mundo da magia que, apesar de ele sempre achar que está "habituado", continua a lhe surpreender.

§Matérias Opcionais§
- Trato de Criaturas Mágicas;
- Medicina Mágica;

ATIVIDADES EXTRAS
- Quadribol: Capitão e Artilheiro
- Clube de Duelos;

EXTRAS
§Varinha§
Macieira com núcleo de pena de fênix. Comprimento de 13 polegadas (aproximadamente 33cm), ligeiramente flexível.

"As varinhas de macieira não são feitas em grande número. Elas são poderosas e mais adequados para um dono de altos objetivos e ideais, pois esta madeira mistura-se mal com a magia negra. Dizem que o possuidor de uma varinha de macieira será amado e terá vida longa, e muitas vezes notei que os clientes de grande charme pessoal encontram sua combinação perfeita em uma varinha de macieira. Uma habilidade incomum de conversar com outros seres mágicos, em suas línguas nativas, é frequentemente encontrada entre donos de varinhas de macieira, que incluem o célebre autor de 'Merpeople: Um Guia Completo para a sua Língua e Alfândega', Dylan Marwood." - Wand Woods, J.K. Rowling

"Núcleos de Pena de Fênix são os mais raros. As penas de Fênix possuem a maior variedade de magias, embora possam demorar mais do que núcleos de unicórnio ou dragão para revelar isso. Mostram mais iniciativa, às vezes agindo por vontade própria, uma qualidade que muitas bruxas e feiticeiras não gostam. As varinhas de penas de Fênix são sempre as mais exigentes quanto a seus proprietários, pois a criatura a partir da qual são tomadas é uma das mais independentes e destacadas do mundo. Essas varinhas são as mais difíceis de domar e personalizar, e sua fidelidade geralmente é duramente conquistada." - Wand Cores, J.K. Rowling

§Vassoura§
Starsweeper XXI (presente de aniversário de 15 anos, também para comemorar a promoção de Elliot a Capitão do Time de Quadribol da Casa Thunderbird)

§Animal de Estimação§
Halt, um macho de Coruja-das-Neves. Obediente e um tanto orgulhoso para uma ave, devido ao seu "trabalho exemplar" como correio-coruja.

§Observações§
- Apesar de ser da Casa Thunderbird, sua cor preferida é verde;
- Seus hobbies incluem ler e desenhar. Como cresceu como muggle, tem apreço pela literatura e música deles;
- Tem medo de ser esquecido, ou não realizar nada que valha sua memória;
- Elliot odeia falar de seus problemas, pois sente que apenas está jogando peso para outras pessoas;
- Quando está concentrando em alguma coisa, Elliot odeia ser interrompido (isso o deixa muito irritado);
- Define a si próprio como sendo a pessoa mais feliz do mundo.
[/centro]

Thryrt

Usuário: Thryrt
[shit]


Nome completo: Andrík Browning Lestrange.
Idade: 16 anos, nascido em oito de Março.
Casa: Horned Serpent/Slytherin (transferido de Hogwarts).

Personalidade: Andrík Lestrange é certamente um dos maiores mistério por onde passa, carregando consigo uma aura presente e intensa. Além de ser dono de uma fama tanto problemática por conta de sua família puro-sangue, o sonserino, devido a si mesmo, já possuí uma personalidade tão estoica — escola de filosofia que acreditava as emoções destrutivas causarem erros de julgamento, uma noção que adequou-se perante memórias do passado —, desencadeando olhares preenchidos de julgamento e muita curiosidade pela parte alheia, levantando inúmeras questões. E essa tal consequência, logo, contrasta com o seu traço contundente, qual não permite brechas para que findem o pensamento único e definitivo, levado consigo diante qualquer circunstância; Fazendo, então, o tipo que não se modela instantaneamente.

Entretanto, ao contrário do que se imagina, Browning apenas aparenta ter ausência de sentimentos externamente. Porque, bem no interior, é uma das pessoas mais sensíveis que pode-se conhecer nesse mundo; Carrega uma tristeza profunda e intensa no próprio peito, devido a grande enxurrada de sentimentos de desgosto que seus pais desenvolveram por si, e apesar de tudo, a falta que as duas figuras de tanta importância fazem na própria vida. Tais fatores foram capazes de destruir completamente o bem estar do rapaz, que acabou, mais tarde, tornando-se alguém cheio de inseguranças sobre si mesmo e medo constante, portando um frágil emocional quando distante de outros — pois, afinal.. ninguém deseja ser conhecido pelas suas fraquezas.

Além disso, é deveras ambicioso e determinado, fazendo jus à sua casa; Não importa qual seja o caminho que necessite trilhar, ou os obstáculos a superar, Andrík o fará sem hesitação para que consiga obter o desejado. E esse desejo intenso em sempre ter tudo dentro dos próprios padrões, não é nada mais que uma cobrança feita pelo seu perfeccionismo gerado através da desaprovação intensa dos próprios pais, acreditando que o que realiza nunca é suficiente ou bastante. E logo, Lestrange acaba esforçando-se mais que o necessário, extrapolando os próprios limites, procurando ser o melhor em tudo — nunca falhar, é seu lema. A pior parte vem apenas depois, após tudo isso: É quando não consegue, maltratando e humilhando a si mesmo.

Porém, foram as mesmas inteligência e intensa sagacidade, próprias da sua personalidade, que tiveram a capacidade de confundir o Chapéu Seletor no momento em que estava sendo analisado — para então, ser encaminhado à uma das quatro casas. A forma como tais manifestam-se é óbvia, sendo Browning um rapaz totalmente ágil em relação à sua mente, e sempre tendo uma incrível habilidade de conhecimento sobre diversos tópicos, assuntos e matérias, mesmo que essas sejam arcaicas ou raras; Fator derivado graças sua atitude plenamente cautelosa, em sempre ser tão minucioso em relação a tudo, prestando atenção nos mínimos detalhes e analisando cada um.

Ainda existem diversos outros traços bastante salientes na personalidade de Browning, acima de tudo: Fraternidade, qual nunca falha no momento certo para abrir seus braços à novas amizade, independente de quem tais sejam; Engenhosidade, tendo uma habilidade exímia para formular grandes planos e estratégias somente com a própria mente, estes quase nunca falhando; Esperteza, nunca permitindo nenhum mínimo detalhe, por menor que seja, escapar, além do grande acervo de conhecimentos; Originalidade, tendo total ausência de bases e ideias alheias para realizar seus feitos, além de ter sido abençoado com criatividade; Individualidade, não dependendo de ninguém para realizar feitos e muito menos sentindo a necessidade de ser acompanhando, conseguindo lidar bem com a solidão, se tal aprimorar suas ações; E por fim, a própria Criatividade, sempre ajudando-o a criar, pensar, desenvolver etc, as mais diversas coisas — graças a cabeça de Andrík, tão aberta e engenhosa, por mais que seja constantemente pouco reconhecida.

E mesmo assim, nenhum traço apaga toda a sua solidão, distância e frieza.

Matérias:
> Estudo de Runas Antigas;
> Trato de Criaturas Mágicas.

Atividades Extras:
> Xadrez Bruxo;
> Quadribol (Apanhador);
> Clube de Duelos.

Varinha: Pinheiro, 28cm, Corda de Coração de Dragão e Pouco Flexível.
Vassoura: Nimbus 2001.
Animal de estimação: Coruja mocho-galego, nomeada Frank.

Observações:
— Andrík é um verdadeiro Hatstall, por mais raro que tal condição seja. Na ocasião, o Chapéu Seletor demorou mais de cinco minutos para encaminhar o rapaz à determinada casa, ponderando sobre Sonserina e Corvinal; Havia imensa dúvida, realmente, porque o Browning não possuía nenhum fator especial que fosse suficiente para quebrar o laço da incerteza (como uma aversão), e no final das contas, o dono da personalidade tanto ambiciosa, como sábia, acabou pertencendo à Sonserina; E atualmente, está satisfeito.

— Ambos os pais de Browning foram Comensais da Morte quando vivos, seguindo fielmente o Lord Voldemort. E não apenas isso, como sendo uns dos seus discípulos mais bem dedicados e envolvidos, prontos de coração para entregarem-se a qualquer ordem do bruxo mestiço. Foi a partir dessa mesma devotação, que não apenas mancharam os próprios nomes, como a vida, e cargos importantes no Ministério da Magia; Antes de serem mortos, foi descoberto a quantidade tão absurda de informações que eram vazadas.

— Como o esperado, os seus genitores desejavam que seguisse o mesmo caminho como um Comensal. Entretanto, contrastando com seus últimos antecessores, Andrík repugnava a ideia de dedicar-se aos ensinamentos do Lord, assim como gastar a sua própria vida em algo do tipo. Dessa forma, tornava-se uma imperdoável desonra e o motivo de desgosto para aqueles que o deram vida, porém, um bravo rapaz para o restante do mundo bruxo.

— Mesmo sendo um puro-sangue e compartilhando laços de DNA com uma família que tentou ao máximo praticar estritamente tal tradição arcaica, Browning não apresenta uma atitude que pode até mesmo ser considerada comum: A de agir de modo arrogante com trouxas ou mestiços, acreditando ser superior que tais e desmerecendo os seus direitos. Mas pelo contrário, Andrík relaciona-se normalmente com pessoas desse tipo, não possuindo problemas devido a pureza de seu coração; Está sempre de braços abertos.

— Falando nisso, a sua família é a Lestrange – sendo o último nome (L.) de Andrík. Uma antiga e puro-sangue, constituindo as "Sagradas Vinte e Oito"; Além de serem deveras ricos, muitos dos Lestrange praticam as Artes das Trevas e acreditam fielmente na noção da supremacia puro-sangue. Porém, distinguindo-se plenamente de seus antecessores, a própria linhagem não seguiu o rumo principal da família, trilhando um intenso às próprias custas.

Ancient-Kitsune

Usuário: Ancient-Kitsune
A vida é curta, e eu grossa.
[EM CONSTRUÇÃO]



DADOS PESSOAIS:
Nome completo: Kain M. King
Idade: 15 anos / [08/05] / Touro
Casa: Thunderbird
Personalidade:
Nota: A mente das pessoas é muito contraditória e complexa para ser descrita com precisão, portanto se tiver detalhes que não se batem na personalidade dele, entenda que é tudo a "teoria do depende da situação e dos fatores emocionais no momento"

Kain é um rapaz reservado, quieto e muitas vezes interpretado como antipático pelos outros por evitar puxar assunto com os demais, mas isso é puramente a forma dele de evitar se expor para os outros por ter simplesmente medo que o machuque, pois para ele o desenvolvimento de personalidade, gostos e até mesmo de pensamentos, a busca de sua identidade é algo dificil e muito fragil torando ele ao todo uma pessoa psicologicamente fraca e até mesmo tendo crises de quem ele realmente é, tendo assim somente seus amigos mais próximos como ponto de fuga e apoio

O rapaz é muito apegado a bens materiais, porém não chega a ter coleções nem nada do tipo, mas sim adquire um carinho maior por certos objetos que para ele trazem conforto e felicidade, tendo uma proteção quase que irracional por tais, se tornando até mesmo agressivo se tocam neles o que para Kain seria o fim do mundo se os mesmos fossem quebrados ou roubados.

MAS nem tudo é ruim, triste e digno de lamentação em Kain, pois quando se trata de amizade, o rapaz se apresenta como fiel, paciente e superprotetor para os que tem a coragem e paciencia de querer se tornar amigos dele. Podendo contar com ele a qualquer momento e qualquer situação.

Aliás, falando em "qualquer situação" seu espirito aventureiro e solitário querendo sempre buscar lugares silenciosos (para passar um tempo desenhando) faz ele explorar locais dentro da escola e até mesmo ao redor dela, o que faz ele conhecer bem a "hora depois da aula" como punição por se meter em locais proibidos.




Matérias OPCIONAIS a cursar:
- Adivinhação;
- Trato das Criaturas Mágicas;
- Medicina Mágica.

Atividades extras:
- Quadribol: Goleiro
- Clube de duelos;

Extras:
Varinha:Pereira, Pústula de Claberto, 32cm, pouco flexível
Vassoura: Cleansweep 10
Animal de estimação: Um rato [Gerbil] marrom chamado “Moon”

Observações:
Amortentia: Cheiro de raiz de Ginseng
Bicho-papão: Palhaços
- Bissexual
- É um metamorfomago. E isso não é segredo, ele foi forçado a se registrar, pois sua mãe temia que ele virasse um bruxo “delinquente”. Ironicamente a varinha dele é de Pereira, essa madeira só “funciona” com pessoas boas.
- Homem cis, mas pode mudar o genero.
- Gosta de desenhar, tendo um traço forte puxado para HQs no estilo Marvel e DC, porém amador.
- Kain nunca foi muito fã de quadribol, mas possui reflexos bons, então um aluno mais velho disse que ele se daria bem como goleiro e que deveria dar essa oportunidade ao esporte.
- Possui um forte laço de amizade com Barnaby von Leichenstein, pois eram vizinhos na infancia e brincavam juntos. Barnaby foi a primeira pessoa que Kain contou que era metamorfo. Além disso, Kain está sempre disposto a ouvir e dar seu ombro para os desabafos e choros do amigo.
- Tem um amigo no exterior chamado Jesse. (Kain e Barnaby trocam cartas com ele.)

schatten

Usuário: schatten
Savage

Zhao Jin
16 anos de idade | Wampus


Personalidade: Somente duas palavras são necessárias para descrever Jin por completo: Excêntrico e misterioso. De comportamento imprevisível, o garoto tem incontáveis excentricidades e traços únicos que são facilmente reconhecidos, como por exemplo, a conduta extremamente educada que sempre carrega consigo — por vezes, ela ultrapassa os limites propositalmente,o tornando extremamente ácido e provocativo. Mesmo diante de hostilidade, ele, por simplesmente ter prazer nisso, só faz essa mesma hostilidade tornar-se maior com suas expressões e reações extravagantes. Ele acha graça nisso, o que o entretêm tanto quanto uma boa luta... Que por sinal, também é um de seus fracos.
De conduta quase que infantil, ele não consegue levar nada a sério, e sempre parece com preguiça de realizar qualquer coisa, somente pra se esquivar daquilo que lhe é desinteressante. Vive fazendo piadas e comentários sarcásticos, mesmo com assuntos urgentes, o que muitas das vezes o faz extremamente inconveniente e problemático. Seu senso de humor distorcido e comportamento casual é inabalável, não vacilando nem por um momento.

O que é diferente o enche de vontade, e o que é corriqueiro o faz querer dormir. Jin dificilmente vai se interessar por algo que todo mundo faz ou gosta; Aprecia o novo, refletindo uma parte mais aventureira e curiosa de sua personalidade. Também tem um gosto por tudo que é simples, o que o torna bem fácil de ser entretido.

Costuma subestimar suas próprias habilidades, apenas para alimentar uma falsa modéstia; Assim como quase todos, gosta de ser elogiado e reconhecido pelo o que é bom. E nesse último ponto, ele faz questão de ser, afinal é uma das coisas que mais gosta de fazer... Duelar. Por todo o seu treinamento à prova é uma ideia que faz cada parte de seu corpo arrepiar de animação. Eclipsar seus reais pensamentos com expressões e atitudes totalmente conflitantes à suas vontades é um dom natural.

Quem o conhece bem, no entanto, não se deixa enganar, pois ele é muito mais ardiloso do que se pensa. Ele somente se faz parecer um bobo na corte, sendo na verdade um dos melhores alunos que a Wampus tem a oferecer — suas notas são excelentes, e por ser extremamente observador e de rápido raciocínio, consegue escolher muito bem as palavras, além da forma de agir, para fazer o rio seguir o seu curso e chegar onde quer. Seria um bom orador e representante se quisesse, no entanto, não é de seu interesse.

E mesmo com características tão únicas, Jin não é uma pessoa ruim — por mais complexa que sua cabeça seja. Seu jeito de agir é só uma forma de autodefesa de novos traumas.
E por dentro dessa camada, ele na verdade é uma pessoa, por incrível que pareça, dócil. Tímido e amigável, quando forma um laço com uma pessoa, faz o possível para defender esse mesmo laço com unhas e dentes.

História: (opcional)

Matérias OPCIONAIS a cursar:

- Aritmancia;
- Estudo de Runas Antigas;
- Trato de Criaturas Mágicas;

ATIVIDADES EXTRAS:

- Clube de Duelos — Líder;
- Coral.

EXTRAS:

Varinha: Madeira de Espinheiro Branco; 35cm; Corda de Coração de Dragão da raça meteoro-chinês; Inflexível.
Vassoura: Ele dispensou a sua vassoura por não gostar de voar. Não se sabe qual era.
Animal de estimação: Um corvo muito inteligente chamado Umbra.
Observações:

O seu nome engana. Jin tem pai chinês, quando na verdade, nasceu nos EUA; Ele vem de Nova Iorque. Tem pouquíssimos traços asiáticos, mas eles estão lá.

Jin diz de forma brincalhona que, quando adotou Umbra, pensou que fosse uma galinha. A mãe de Umbra costumava dar presentes para Jin ainda quando era criança; Por mais estranhos que fossem, como clipes de papel. No dia que ela parou, Jin foi até o seu ninho procurá-la, e achou Umbra, ainda filhote, sem sua mãe.

É um amante assíduo de tudo que envolve magia. Admira Dragões e gosta, particularmente, de duelar. Em contrapartida a isso, o garoto sente-se muito mal e enjoado quando está andando em uma vassoura voadora, o que o fez se livrar da sua.

Ele também não gosta de Quadribol, apesar de entender o jogo e suas táticas perfeitamente. Talvez, o seu desgosto por vassouras o faz torcer o nariz para o jogo.

Tem um apreço enorme por música, e uma voz incrível para cantar.

FireSoul

Usuário: FireSoul



Nome completo:
Alex J. Turner

Idade:
16 anos

Casa:
Thunderbird

Personalidade:
Extrovertido, ativo e animado, é assim que se pode descrever Alex em sua maioria. Sempre em busca de algo para fazer, odeia ficar parado. Ele sempre quer alcançar o topo e ser sempre o melhor, o que lhe faz ser extremamente competitivo e ambicioso, e quando não alcança os seus objetivos, consegue demonstrar certa raiva, apesar de conseguir guardar para si mesmo tal insatisfação. É aventureiro e explorador, provavelmente vai quebrar as regras em sua maioria para descobrir coisas que lhe interessam.

Matérias OPCIONAIS a cursar:

- Trato de Criaturas Mágicas;
- Medicina Mágica;

ATIVIDADES EXTRAS:

- Clube de Duelos;


EXTRAS:

Varinha:
Madeira de Figueira - 31,7 cm - Surpreendentemente Flexível - Corda de Coração de Snallygaster

Vassoura:
Nimbus 2000

Animal de estimação:
Um gato ruivo chamado Marvin

Observações:
- Apesar de amar quadribol, é extremamente ruim em todo o jogo, mas gosta muito de acompanhar tais partidas.
- Ama seu gato, mas o amor não é recíproco, já que Marvin geralmente só vai até Alex quando lhe é conveniente.
- Seu pai foi estudante de Hogwarts, aluno da Corvinal. Dizia ele que se ele fosse para lá, provavelmente essa seria sua casa.
- Sua mãe é Canadense, estudande de Ilvermorny, da casa Wampus, ficou extremamente triste quando o filho foi para a Thunderbird, a casa que ela mais odeia.
- Sua matéria favorita é Defesa Contra a Arte das Trevas, Feitiços e Transfiguração, seu desejo futuro é se tornar um animago um dia.

- Seu bicho-papão é lobo e lobisomens, apesar de achar ele um animal fantástico.
- A madeira de sua varinha combina perfeitamente com sua personalidade aventureira.