Tópico [FICHA DE INSCRIÇÃO]

52 Respostas

Baudelaire_

Usuário: Baudelaire_
** O Retorno do Jedi **
Administrador do Grupo


Aparência: (apenas pessoas reais)

Nome: (completo, apelido é opcional)

Nacionalidade:

Time: (No tópico Regras e Informações)

Idade:

Personalidade (Façam uma boa descrição da forma de agir dos seus personagens em diversas situações)

História: (opcional)

Gostos/Desgostos:

Algo mais?

Baudelaire_

Usuário: Baudelaire_
** O Retorno do Jedi **
Administrador do Grupo



"Oi, aqui é a Clara. Devo estar no metrô, ou no espaço sideral. Deixe um recado! :*"

O nome Clara tem origem do latim Clarus, a partir do adjetivo clara, e significa ‘brilhante, ilustre’. Tem sido utilizado como um nome inglês desde a Idade Média, inicialmente na forma Clare, embora Clara tenha se tornado mais popular no século XIX. O nome Alice tem origem nas versões francesas Adaliz, Alesia, Aliz, e significa ‘de qualidade nobre’, ‘de linhagem nobre’. O nome foi popularizado por volta do século XII na França e na Inglaterra, principalmente por influência dos romances da época, através das variantes latinizadas Alesia e Alicia.


— ••• —
B A S I C

NOMEClara Alice Zummach | IDADE 18 anos | NASCIMENTO E SIGNO10.05 - Touro |
ORIENTAÇÃO SEXUAL Heterossexual | TIMEAbelhas | NACIONALIDADE Oxford, Inglaterra


— ••• —
A P A R Ê N C I A


{ Jenna Louise Coleman }


Clara é uma garota excepcionalmente... sim, normal. Garota não. Se fez mulher e se prova mulher madura. Erm... quase. Seus 1,62m de altura mostram toda sua firmeza e convicção, refletidas pelo cabelo curto e amarronzado. Não só isso, os olhos tudo podem perceber, com seus surtos de distração. Castanhos como... como... uma noz, talvez? Nesse mesmo tom. Quantas expressões diferentes podem assumir tal rosto? Que pode dar falsa impressão de uma personalidade infantil, quem sabe marrenta? Mas que só tem a surpreender. E, ainda, um sorriso de deixar o maior vilão mais aliviado com a vida de trazê-lo. Apesar da pouca desenvoltura, e ainda não tão fartas curvas, Clara consegue compensar-se com a própria forma de ser, deixando de lado superficialidades efêmeras.


— ••• —
H I S T Ó R I A


Clara. Nome próprio, adjetivo, vertente para vários substantivos. Pode significar iluminada, sinônimo de brilhante.

E era assim que o sol estava no seu nascimento. Nascida de uma gravidez tardia, onde o casal já não tinha esperança alguma de uma criança poder herdar suas posses, ou até mesmo o carinho que teriam a dar a um filho. Desde pequena, cativava os vizinhos da grandiosa Oxford, ainda que não muitos, na Inglaterra, com seu constante e contagiante sorriso, os pensamentos viajantes e a mente criativa. Uma pena que não foi possível fazer com que fosse 100% compreendida.

Na primeira escolinha, se via muito dispersa, ansiosa, e não parava quieta. As escolas não estavam preparadas para receber uma garota tão espevitada, tendo em consideração o padrão educado das crianças. Foi discriminada pelo restante da turma, e se achou melhor deixar a Zummach em casa. Foi consultada, e diagnosticada com seu distúrbio. Educada em casa, a tutora também não tinha lá muita paciência com seus delírios, e filosofias próprias, principalmente com metáforas envolvendo borboletas.

O tempo passou, e a única real amizade que Clara teve, foi a do filho de uma das empregadas. Pode-ser até ousar a dizer que foi sua primeira paixonite. Chegava a ser engraçado, ela não podia sair, ele não podia propriamente entrar. Então ficavam assim, ela sentada na soleira da porta, ele no caminho de terra que dava para o jardim. Quebravam aquela barreira, e deixavam as diferenças de lado. Era como um campo de força sendo eliminado. Quem criou essa ideia…



Um dia teve coragem de sair. Correr. Sentir a grama bem cortada sob seus pés. E correu, o pequeno James junto a ela. Correu como nunca, mas não prestou atenção a uma parte do caminho. Ela distraída, numa velocidade considerável, e um pequeno lago logo a frente. Já pode-se dizer o que aconteceu. Ela quase se afogou, e depois disso não saiu mais de casa, até o ensino médio.

Cursou-o na escola, tendo uma boa melhora quanto à sua concentração, e um aprimoramento na suas habilidades. Tanto, que conseguiu sim ingressar na faculdade, mesmo não a terminando propriamente. O resto? Bom, é escrito por ela agora.


— ••• —
P E R SO N A L I D A D E


Mostrar Spoiler: Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade



Popularmente conhecido por TDAH, é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade. O TDAH na infância em geral se associa a dificuldades na escola e no relacionamento com demais crianças, pais e professores. As crianças são tidas como "avoadas", "vivendo no mundo da lua" e geralmente "estabanadas" e que não param quietas por muito tempo.



Em adultos, ocorrem problemas de desatenção para coisas do cotidiano e do trabalho, bem como com a memória - são muito esquecidos. São inquietos, parece que só relaxam dormindo; vivem mudando de uma coisa para outra e também são impulsivos.

Por não ser considerada uma doença e sim um transtorno, o Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade não tem cura, apenas tratamento. Este tratamento é possível através de ajudas como psicólogos. Os psicoestimulantes são o padrão-ouro no tratamento do TDAH até os dias atuais. Eles apresentam um alto poder de eficácia e melhoram o funcionamento das áreas cerebrais responsáveis pelos sintomas do transtorno.


Descrita de muitas formas, e estereotipada por causa de uma simples sigla, muitas pessoas esquecem de duas qualidades fundamentais na hora de compor um perfil para a Zummach: Curiosidade, e Criatividade. É uma pessoa que adora fazer perguntas; quanto mais melhor! E ainda, mais prazeroso se houverem as respostas! Quer descobrir sobre tudo, a fundo, e de forma completa. Por isso, pessoas que falam em meias-informações podem acabar sendo importunadas pela pequena, confiante de descobrir tudo o que pode.

E, ainda, sua cabeça trabalha a mil. Há aqueles que dizem, os mais avoados e problemáticos são os mais inteligentes. Quem sabe, aqui se faça verdade. Clara consegue montar metáforas, estilos, mistura de cores, e até novas filosofias malucas de forma rápida. Como gosta de conhecer de tudo, de tudo o que conhece sai algum pensamento. Deu pra entender? Adora inventar moda, e está sempre a ser subestimada por alguma invenção nova na sua cabeça.

Tem um humor instável, entretanto. Não bipolaridade. Diferente. Efeito de remédios. Infelizmente, por ter que ingerir tal substância desde pequena, isso acabou criando um certo padrão. Quando esquecido, a ausência das duas pílulas cria um rebuliço no psicológico da jovem. Ela fica mais agitada, ansiosa, e um tanto mais agressiva. No sentido de ser rude, impaciente. Horas depois, age de forma infantil, e por último, chora sem motivo algum. É um ciclo que ela simplesmente detesta passar. Mas, por conta de sua memória um tanto falha, já foram algumas vezes.



— ••• —
G O S T O S • E • D E S G O S T O S



+ Cachorros | - Sons muito altos | + Filmes de ação | - Seu próprio trabalho | + Músicas animadas | - Ter que tomar remédios | + Ar livre | - Quando fica deprimida | + Morangos e framboesas | - Café | + Comer | - Dias chuvosos | + Dança | - Preguiça demais | + Joguinhos de celular | - Piscinas e mar | + Borboletas



— ••• —
A L G O • M A I S


• Seus animais preferidos são os insetos, principalmente as borboletas.
• De mania, ela rói as unhas
• Depois do incidente, desenvolveu Talassofobia e Batofobia(Medo de mar e profundidade, respectivamente), além de não saber nadar
• Cursou Artes Plásticas, com pretensão para ilustradora. E tem um traço extremamente bom.
• É o seu primeiro semestre


maridreamss

Usuário: maridreamss

— ••• —
B A S I C

NOME • Lucy ( gosta de fazer piadas sobre ser um dimiutivo de lucifer) Banks Andrews | IDADE • 17 anos | NASCIMENTO E SIGNO • 16.10 balança |
ORIENTAÇÃO SEXUAL • Heterossexual | TIME • cervos | NACIONALIDADE • Nova york


— ••• —
A P A R Ê N C I A


{ Freya Tingley }

Lucy,apesar dum aspeto comum: cabelo castalo e olhos verdes, sempre foi admirada pela sua beleza.
tem um esilo meio rebelde mas derrete qualquer um como seu sorriso. tem uma pele clara e um cabelo meio dificil de controlar.

— ••• —
H I S T Ó R I A



Lucy teve uma infância feliz, muitos amigos e uma boa casa. Desde cedo demonstrou que era uma menina sobredotada, pela facilidade e rapidez com que aprendia. logo os pais a meteram numa escola privada e obrigaram a ter aulas de clarinete, coisa que ela odiava.
Os anos passaram e os pais de lucy discutiam cada vez mais, lucy começou a baixar as notas de prepósito, parou de comer, mas nada chamava a atenção dos pais. Já não aguentando mais estar em casa decidiu vir para o campo Leon.


— ••• —
P E R SO N A L I D A D E


tem um humor sarcástico, mas não maldoso. Quando há uma festa ela está sempre lá e nunca ninguém consegue ficar de mau humor. É muito competitiva e leal aos seus amigos. Pode ser um pouco rebelde e teimosa, mas isso ajuda-a a defender aquilo em que acredita. Apesar de extrovertida, esconde muito bem os seus segredos.adora que a façam rir.



— ••• —
G O S T O S • E • D E S G O S T O S



+ arco e flecha | - discussões dos pais| + histórias de terror | - tocar clarinete | + café | - contos de fadas | + nadar | + festas.



— ••• —
A L G O • M A I S



• mexe no cabelo quando fica nervosa.
• sonha ir viver coma avó na Caliornia.
• gosta de piadas de humor negro.
• É o seu primeiro simestre.
•já teve anorexia.




"what's the pint if there isn't a little teasing"

_ai-que-sono_-

Usuário: _ai-que-sono_-
.music always helps
Moderador do Grupo
Mostrar Spoiler: a s h l e y



Alguns infinitos são maiores do que outros.
— A Culpa é das Estrelas


— ••• —

BÁSICO

Nome: Ashley Gabrielle dos Santos || Idade: 18 anos || Nascimento e signo: 08/04 - Áries || Time: Cervos || Nacionalidade: Nasceu em Vancouver, Canadá, portanto é canadense ||


— ••• —

APARÊNCIA

{Bruna Unzueta}








— ••• —


GOSTOS E DESGOSTOS

+ Animais || - Flores || + Música || - Mentiras || + Escrever || - Falsidade || + Ler || - Hipocrisia || + Filmes || - Pessoas intrometidas || + Séries || - Ser interrompida || + Frio || - Sair de casa || + Cantar e tocar || - Seu nome ||


— ••• —


QUALIDADES E DEFEITOS

+ Inteligente || - Orgulhosa || +/- Sincera || - Teimosa || + Honesta || - Rebelde || - Maliciosa || - Esquentada || + Autêntica || - Desleixada || +/- Detalhista || - Irônica || - Rancorosa e fria || + Protetora || - Sarcástica || +/- Ciumenta || - Impulsiva || -/+ Infantil || - Distraída ||


— ••• —


HISTÓRIA

Revelada no decorrer do RPG [Ou seja, preguiça].


— ••• —


ALGO MAIS

- Tem claustrofobia.

- Tem medo de ser abandonada e ficar sozinha.

- Tem TDH e bipolaridade e toma remédios para isso, o que é uma das causas de seu humor ser instável.

- Quando fica nervosa ou ansiosa, morde o lábio inferior e/ou coça a nuca.

- Ama café.

- Adora andar de skate.

- Adora pichar muros.

- Ama praticar esportes.

- Sabe tocar guitarra e violão e sabe cantar.

- Fala fluentemente cinco línguas, sendo elas o inglês, espanhol, mandarim, alemão e coreano.

- Tem 1, 64 m de altura.

- Morou por um tempo na Coreia do Sul, por isso, é comum que fale termos ou palavras em coreano.

_ai-que-sono_-

Usuário: _ai-que-sono_-
.music always helps
Moderador do Grupo
Mostrar Spoiler: i s a b e l a


Não importa a cor do céu. Quem faz o dia bonito é você.


— ••• —

BASIC

NAME: Isabela Albuquerque || AGE: 23 years || TEAM: Peixes || BIRTH AND SIGN: 16.03 - Peixes || NATIONALITY: Nasceu em Pembroke Pines, Flórida, EUA, portanto é americana ||


— ••• —

APPEARANCE

{Rose Mclever}





— ••• —

LIKES AND DISLIKES

- Calor / + Frio / - A maioria da família / + Gatos / - Falsidade / + Sinceridade / - Hipocrisia / + Honestidade

— ••• —

VIRTUES AND FLAWS

+ Sociável / +/- Não sabe mentir / - Um pouco ingênua / + Sempre disposta a ajudar / +/- Perfeccionista / - Teimosa / +/- Curiosa / -/+ Sensível

— ••• —

HISTORY

{Revelada ao longo do RPG}

— ••• —


ANYTHING ELSE

- Não gosta de café.

- Quando fica nervosa ou ansiosa, rói as unhas.

- É viciada em séries e filmes.

- Adora doces.

IamKey

Usuário: IamKey
[ Bitter Sweet ]



"Seja o tipo de mulher que, quando seus pés tocam o chão a cada manhã, o Diabo fala: Oh droga, ela acordou!"

NOME • Park Sun Young APELIDOS • Sunny; Little Sunshine; Suzy IDADE • 18 anos. 04/04. Áries
NACIONALIDADE • Sul-coreana TIME • Cervos

Park do sino coreano (bak), significa "simples, sem adornos".
Sun significa do coreano "beleza (sol)".
Young significa "flor, pétala, glória, honra, florescer e prosperar".

• F Í S I C O •



Com traços obviamente asiáticos, a jovem de apenas 18 anos tem uma beleza agradável, às vezes afável. Suas irís naturalmente amêndoas puxadas a uma tonalidade castanho-claro médio, contudo utiliza lentes de contato. Seus olhos são puxados, não muito, o que lhe deixam com uma característica particular. Seu nariz é pequeno e com uma pequena arrebitação, contudo não muito, quase não há diferença. Sua pele é alva e macia, mas suas maçãs do rosto são naturalmente ruborizadas, porém a maquiagem faz um bom trabalho nesse quesito, por isso a tonalidade rubra só é posta a mostra quando as emoções estão mais que presentes. Tem uma cabeleira lisa natural, oscilando em vários tons de castanhos, sendo estes artificial pelas tintas utilizadas, contudo a menina prefere estar com uma leve ondulação e quando lhe dá vontade a franja é na altura da testa, mas podendo escondê-la. Prefere usar pouca maquiagem, querendo parecer natural, mas acaba não resistindo a tal coisa, natureza feminina, digamos. Não é tão alta, tampouco pequena, tem seus meros 168cm que lhe deixa “mediana”, mas não se engane pelo seu rosto arredondado, pois pesa bem pouco e tem curvas até que atraente, exibindo-as quando quer, nada vulgar, questão de cultura. Tem uma tatuagem nas costas, denunciando seu amor pelas flores.



• P E R S O N A L I D A D E •




Uma garota de emoções e sentimentos múltiplos. O sorriso lhe é comum, da mesma forma que seus olhos acirrados podem aparecer de uma hora para outra. Minutos, segundos! A jovem pode trazer conforto como aversão para com os outros, mas é algo que o faz sem perceber, de modo involuntário. As vezes comporta-se de maneira afável, sorrisos expostos e uma expressão agradável, uma animação também é aceita. Outras vezes demonstra irritação, aversão e quem sabe cinismo. Tem uma opinião forte e detesta estar errada, chega a ser cética. Consegue ser engraçada, gostando de fazer brincadeiras ou até mesmo piadas, contudo essa pode ser irônica ou humorística. Tem um caráter invejável e acaba sendo traída pela própria mente, ajudando então até seus inimigos.

Sua coragem também é digna, vista por muitos. Habilidades não lhe faltam, mas os defeitos também segue a mesma linha de pensamento. Irritante, irônica, chata, não muito tolerante, cética… Entre muitos outros. Infelizmente — ou não — não consegue deixar velhos atos, como o afeto pelo sono e comida. Comida! Tenta ser responsável, mas desvia do próprio caminho proposto. Qual é? Ela é humana! Tem fobia de coisas até mesmo comuns, podendo até encontrá-las na floresta. Preocupa-se fácil, não queria, mas o medo as vezes a domina. Tenta, tenta se fazer de durona, contudo não é algo que possa domar com facilidade. E, como digna de um estereótipo — talvez não — coreano, consegue portar-se como uma garota fofa, todavia não demonstra facilmente.

• H I S T Ó R I A •



Em breve...

• G O S T O S ... & ... D E S G O S T O S •



+ Dançar • Competir • Atuar • Doces dos variados tipos • Nadar • Ar livre • Família • Correr • Artes • Comida • Esportes • Escutar música • Estar com os amigos • Brincadeiras • Matemática • Praticar • Dormir •

- Cor rosa • Crianças • Ser irritada • Que toquem em seus pertences • Limão • Cheiros fortes • Pessoas mimadas • Ser contrariada • Perder • Chorar • Surpresas • Bonecas •

• E X T R A S •



• Participa do acampamento desde os 16 anos, sendo assim, veterana.

• Dentre todas as habilidades, destaca-se em correr, sendo uma das melhores nesse quesito.

• Atualmente mora nos Estados Unidos.

• Tem Coulrofobia (Medo de palhaços), Atazagorafobia (Medo de ser esquecida ou ignorada). Também tem medo de perder as pessoas que ama e de se perder em uma floresta a noite, sozinha.

• Canta e dança muito bem, apesar de ter também talento para o teatro.


IamKey

Usuário: IamKey
[ Bitter Sweet ]
[img]

NOME • Blake Stryder APELIDOS •IDADE • 19 anos. 29/11 Sagitário
NACIONALIDADE • Australiana TIME •



•[b]Blake
é uma variante de "Black" e significa "pálido", "preto escuro" e "escuridão".

• A P A R Ê N C I A •

[img]

[spoiler]

[img]

Give-Me-Therapy

Usuário: Give-Me-Therapy
CLORETO DE SÓ ÓDIO
"Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade."
- Carlos Drummond de Andrade



PP - Matthew Clavane
•••Arthur Richard 'Will' Wellington •••

• NACIONALIDADE |Britânico
• TIME |Cervos • IDADE |18 anos

••PERSONALIDADE••

Arthur pode ser descrito realmente uma unica palavra: Felicidade. Por muitos é considerado excêntrico, mas ele simplesmente tenta ser feliz de sua maneira. É extrovertido e possui um sorriso contagiante e ao memso tempo, cheio de segredos de um passado desgostoso. Não é nada tímido e é bem corajoso, sempre apto a conhecer coisas novas, sendo bem mente aberta e amigável a todos.
Poderia ser facilmente assosciado associar um lobo em colaboração a uma alcateia, forte e destemido, a única diferencia é que está sempre com um sorriso branco no rosto.


••GOSTOS/DESGOSTOS••

+ Cozinhar / poesias / qualquer coisa relacionada a arte / matemática / conhecer pessoas novas / abraços / livros / honestidade / sorrisos / danças / corridas e outros exercícios físicos

- Comida ruim / preconceitos / valentões, competições / falsidade / é um tanto ingênuo / ofensas / Interpretações muito superficiais das coisas


••EXTRA••

•Tem uma série de cicatrizes nas costas.
• É um grande poeta, cantor e escritor.
• Gosta de exercícios físicos.
• Sempre apto a ajudar.
• Odeia geografia.

ReilaZZZ - Clan Dragon Slayer

Usuário: ReilaZZZ
Okay.


Nome Completo

Kwan Min Kyung


—•••—


Idade:

18 anos.


—•••—


Nascimento e Signo•

11/05 — Touro.


—•••—


Nacionalidade:

Coréia do Sul.


—•••—


Time

Abelhas


—•••—


Aparência


"Uma parte de nossas dores são frutos de nossas próprias escolhas. A outra parte são frutos das escolhas estúpidas dos outros."


—•••—


Personalidade:•


Antes de tudo: "Lágrimas", "Culpa", "Simpatia" e "Sorrisos" não existem no dicionário de Kwan Min Kyung , então você sempre irá encontrá-lo com uma cara fria e mau-humorada. Sabe aquelas pessoas sérias que nunca sorriem? Kwan com certeza é uma dessas pessoas. Mas, apesar do que você deve estar pensando, ele não é como aqueles jovens revoltados que dizem apenas "Aff" e muito menos aqueles pessimistas que acham que tudo vai dar errado. Não, Kwan é realista e cheio de pensamentos e questionamentos em sua cabeça, eu diria até que filósofos.


Kwan é extremamente orgulhoso, teimoso, independente e odeia perder para algo ou alguém, ele também nunca pede desculpas, além de ser um esnobe. Ele se considera o único na terra e é um completo egoísta, se importando apenas com ele mesmo. Se um dia você o ver ajudando alguém, se interne, pois você está louco(a)! Ou apenas ele teve um bom e excelente motivo para ajudá-lo. Aliás, ele é uma pessoa muito sincera e isso, que era para ser uma qualidade, tornou-se um defeito, pois o mesmo não leva em conta os sentimentos dos outros e acaba ofendendo-os.Kwan é alguém irônico que não acredita de forma alguma no amor e acha pura falta de tempo ter relações sociais (Seja de amizade ou romance) Ele tem problemas em demonstrar sentimentos bons, apenas consegue demonstrar "Irritação e insatisfação". É observador, frio e inteligente, sempre querendo estar um passo a frente de todo mundo. Mas, no fundo, existe pelo menos 2% de bondade em seu coração, ele apenas não quer usá-la.




—•••—





—•••—


História •

[justo] Aos cinco anos de idade Kwan via-se preso em um dilema "Ver, roubar, correr". Ele e seu irmão, Young, moravam na parte pobre e miserável de uma cidade grande. Não conheceu seus pais, mas o "amigo" deles diziam que os mesmos eram pessoas terríveis que deviam estar queimando no inferno. Quem era esse falso amigo? Philips, tirano e cruel, um dos traficantes menos conhecidos da região e que resolveu cuidar dos pirralhos apenas para eles trabalharem pelo mesmo. Philips não deixava os pequenos em paz; espancava se visse que os garotinhos não haviam realizado a "tarefa" apropriadamente e deixava-os sem comer. Kwan e Young competiam para ver quem aguentava mais tempo sem comer, e também tinha que competir para roubar comida.
Um dia, Kwan e Young estavam descansando naquele parque onde eles invejavam as outras crianças medrosas que eram acompanhadas por famílias calorosas. Enquanto observavam as crianças, as vizinhas que moravam em um barraco ao lado do deles disseram que Philips havia sido preso. Nesse momento a polícia passava pelos arredores do parquinho. As mulheres correram um para cada lado, enquanto os irmãos correram juntos para longe dos dois carros das polícias que começaram a persegui-los. Infelizmente, a policia os alcançou e prenderam-os. Kwan jamais esqueceria aquele rosto do seu irmãozinho mais novo sendo levado para longe dele. Transmitia dor, sofrimento e desespero. Aquela foi a primeira e única vez que Kwan chorou e agoniou como um cão lazarento. E o pior: Ele não podia fazer nada.
Os irmãos foram separados, cada um foi para um orfanato diferente. Sentimentos foram quebrados. Kwan colocava medo com o olhar frio em direção das outras crianças que se recusavam a brincar com ele. O garotinho parecia cada vez mais afastado da humanidade. A tristeza que ele sentia virou um ódio obscuro. O sofrimento foi transformado em sede de vingança. E, aos poucos, ele foi se tornando cada vez mais frio e egoísta. Até que não restou mais nada além disso: Raiva e ódio.
Foi adotado por um casal amoroso que tiveram interesse em seus "pensamentos peculiares". Mas de nada adiantou esse amor, já que Kwan nunca acreditou nisso: "Amor". Eles tentaram "comprá-lo" com demonstrações de afeto, mas não deu certo. Eles tentaram comprá-lo com brinquedos, mas não deu certo. Até que eles desistiram e passaram a conviver com o Kwan como completos estranhos.




—•••—


Gosto

[i]- Observar.
- Chuva.
- Ler e escrever.
- Limpeza e organização.
- Comidas agridoces.
- Adquirir conhecimento.
- Pintar/desenhar imagens monocromáticas(Preto e branco).


—•••—


Desgosto •

- Perder.
- Socializar desnecessariamente.
- Praias.
- Barulho.
- Doces.
- Sujeira e bagunça.
- Ser subestimado.


—•••—


Algo a mais ? •

-Possui afefobia (Não gosta de ser tocado).
- Tem toque por limpeza.
- Vai cursar Astronomia.
-Possui marcas de nascença em forma de pequenas estrelinhas localizadas no pulso.

_My_dear_

Usuário: _My_dear_
Allow yourself
NOME: Cantarella D'AulnoyAPELIDO: Reila| IDADE: 18 | ANIVERSÁRIO: 20.03| ORIENTAÇÃO SEXUAL:Bissexual | TIME: Cervos |NACIONALIDADE: Francesa


A P A R Ê N C I A:


"Cantarella" é um veneno inodoro, incolor, insípido e altamente tóxico que causa a morte. Aparentemente é como um pó branco semelhante ao do açúcar. O veneno foi o mais utilizado durante a Itália no Renascimento , uma vez que, teoricamente, foi usado como um instrumento de assassinato em intrigas familiares de dinastias ilustres como o Medici , Borja / Borgia , Orsini , Sforza e Barbarigo . Agora, o que deu nos pais de colocarem esse nome? O simples amor pela História.


H I S T Ó R I A


O pai de Cantarella é conhecido por ser o maior empreendedor da frança, e sua mãe por ser a mulher mais elegante. Mas "A família perfeita" era na verdade uma família falsa onde os pais negligenciavam os filhos, que não podiam ter opiniões próprias.

A família perfeita" era na verdade uma família falsa onde os pais negligenciavam os filhos, que não podiam ter opiniões próprias. Cantarella, sendo a filha mais velha, era obrigada pelos pais á ser o símbolo da delicadeza, meiguice e doçura. Ela sempre era persuadida pelos pais a usar roupas de "mocinhas delicadas", apenas vestidos ou saias de cores claras, nunca shorts ou calças. " Apesar de Reila desde pequena questionar o "porquê" das coisas, agia como uma marionete quando estava com seus pais, mas isso era porque ela não queria decepcioná-los.

Fora das câmeras, dentro do seu refúgio (seu quarto), Cantarella era uma criancinha pensadora, filosofa e cheia de ideias, quais não tinha ninguém para compartilhar. Bem... Quase ninguém. Havia um ser que sempre apoiava sua criatividade e deias loucas, esse alguém era o seu irmão, Richard, qual era semelhante á mesma e era apenas um ano mais novo. Embora ela sempre quisesse assumir as empresas de seus pais, eles sempre colavam a pressão sob o irmão. A verdade é que eles já tinham um futuro programado para Cantarella...

Os anos foram passando e a pequena Cantarella tornava-se cada vez mais vaidosa, e cada vez mais cansada de sustentar essa farsa. Ela estudava em um interno para pessoas ricas e foi lá que ela conheceu Lyssá Drumontt, a garota de personalidade forte que ela admirava de longe. No dia em que se confessou, entregou uma cartinha toda enfeitada e bem feita para Lyssá, que leu a carta de uma forma humilhante para todo o resto da escola. A notícia de que Cantarella D'Aulnoy era lésbica ocorreu rapidamente pela escola. Ah, a surra que ela levou do pai naquele dia nunca seria esquecida...

Quando completou 17 anos seu irmão suicidou-se, deixando um bilhete escrito "Acordei, pensei, dormi". E não era nada reconfortante ela saber o que ele queria dizer com aquelas palavras. A onda depressiva dominou o ser de Cantarella, mas ao mesmo tempo um ódio era plantado em seu coração... Seus pais sequer tentavam entender o motivo do suicídio... Eles sequer sabiam que eles eram o motivo do seu irmãozinho ter se suicidado. Ela cortou o cabelo bem curto, começou a usar as roupas do seu irmão e por algum motivo sentia-se bem, pois cada vez que ela se olhava no espelho era como se estivesse vendo o seu melhor e único amigo.

Se os seus pais aceitaram o seu novo estilo? Claro! Tanto que expulsaram ela de casa após a mesma se opor á eles! Mas, por uma ironia do destino (Ou ódio), os seus pais foram mortos por ladrões, deixando todo o dinheiro e empresas para Cantarella. Ela espantou-se não por seus pais perecem, e sim o ano em que eles pereceram, pois eram tão odiados pelo povo trabalhador que era inacreditável não terem sido assassinados antes.


P E R S O N A L I D A D E

Compromissos? Preocupações? Ela não sabe o que é isso. Totalmente promíscua, tem relações sexuais com várias pessoas ao mesmo tempo, mas não acredita que o amor existe, e sim, na atração física ou psicológica. Você raramente a verá de mau-humor. E geralmente em uma briga você nunca a verá alterada, pois ela adora provocar os outros e sabe que pessoas briguentas odeiam a calma. Mas ela irá ficar parada em uma briga e torna-se violenta com o seu tom sarcástico. Aliás, a ironia e o sarcasmo são defeitos que fazem parte do seu ser. Seu tom suave e sedutor fazem uma bela combinação com o seu sotaque francês. Falando nisso, Reila é uma garota que sabe ser galanteadora sem ser forçado e o seu charme sexy é totalmente natural. Ela também é confiante, apesar de não ser exibida. Sua postura é reta e lhe dá a impressão de superioridade. Os olhos azuis de Reila são penetrantes e parecem guardar algum tipo de mistério, é difícil escapar deles. Ela é de falar menos e escutar mais, porém não é introvertida, pelo contrário, é só que apenas fala quando necessário. Sua postura e gestos despreocupados são intimidadores. Ela é egoísta e só pensa em si mesmo, também podendo ser rude ocasionalmente, mas sem machucar as pessoas, pois pode precisar "usá-las" em algum momento. Cantarella é portadora de pensamentos filósofos, mas que são escondidos pelas suas palavras cínicas e seu sarcasmo. Ela é alguém que não consegue sentir pena ou dó de ninguém, muito menos culpa e remorso. Embora considere-se alguém ruim, Reila lá no fundo pode ter uma alma boa.


G O S T O S & D E S G O S T O S

+ Beber Whisky | - Pessoas de mente fechada | + Às vezes lê | - Intrometidos | + Bares | - Baladas | + Assistir pornografia | - Que seus objetivos não sejam alcançados | + Andar de moto | - Sentimentalismo desnecessário | + Comidas picantes | - café doce | + Animais


E X T R A S

- Dialoga com sotaque francês.
- Está no primeiro Semestre.
- Aprendeu Inglês e Russo.
- Cursou administração, pretendendo ser empresária e cuidar de forma oficial de suas empresas.
- Fez laqueadura.