Tópico [CTN] | Áreas Nobres

419 Respostas

Bubblegoth

Usuário: Bubblegoth
Saleirinho
Administrador do Grupo
Nas Áreas Nobres é onde reside a Elite dos distritos. Então, se não pertence a essa classe, você não é bem vindo por essas ruas.
As residências são gigantescas, com a arquitetura luxuosa e com móveis mais luxuosos ainda. O lugar é sempre bem cuidado e vigiado.
As pessoas se cumprimentam e se falam geralmente dentro da civilidade e apenas o necessário, os empregados circulam apenas pelas ruas mais atrás, por conta de ser uma falta de respeito até que pisem na mesma calçada de seus patrões. Há belos jardins e o silêncio quase que reina.


*Especificar em qual distrito seu personagem se encontra no início de cada post.

CupkakeBaunilha

Usuário: CupkakeBaunilha
Lady Stark

• Larissa Autumn • Anjo • Edore •

Olhei ao redor, a casa estava vazia. Betty tinha morrido há um dia. Um dia. E eu ainda estava me adaptando à ideia de ela estar morta. Ter uma mestra nunca foi algo bom. Não, nunca. Mas ela era melhor, foi uma sorte incrível. Ela me dava liberdades grandes, me ensinou a ser curandeira. Podia ter me alugado para diversos homens nojentos que se interessaram e teria ganhado muito, mas não o fez, pelo contrário, me protegeu. Claro que ela não pode me proteger de tudo; algumas confusões eu mesma peguei por Lara. Mas ela fez o que podia.

E agora, eu não sabia o que fazer, o que seria de mim. Qualquer um podia acabar me adquirindo. E, de todos os medos que me cercavam, o maior era acontecer como com Laura e ser afastada de Lara. Isso porque conseguir comunicação com Laura tinha sido difícil. A água enfeitiçada, cortesia de Esmeralda, tinha sido algo que demos sorte. Ainda assim, já era uma comunicação difícil com somente uma longe.
Se eu fosse mandada para longe também, ficaria pior para que nós três nos falássamos.

Balancei a cabeça. Precisava contar para minha irmã, sobre a morte da minha mestre. Com sua morte, alguns guardas ficavam no meu encalço. A forma como me olhavam me assustava, mas não tinha tentado fazer nada, até agora. Apenas ficavam de olho.
Como se desse para fugir de Edore sozinha, façam-me o favor.

Saí pelos fundos da casa da minha antiga mestre, onde eu ainda estava morando, até os fundos da casa dos Rockwell. Encontrei Amara, a doce empregada, de quem eu era amiga há muito tempo.

—Amie, hey! Dominic está?

—Não, mas Augusto vai chegar daqui há algumas horas.

—Não vou demorar muito. —Sorri para ela e ela me deu entrada.

Augusto Rockwell era o mestre da minha irmã, mas ele quase nunca ficava em casa. Estava sempre viajando, desde que me lembro. E ele não era tão ruim.
O pai dele, Dominic Rockwell, no entanto, era ruim. Eu evitava ver minha irmã quando ele estava em casa. Poderia arranjar problemas para mim, ou pior, para ela.

Subi as escadas já conhecidas por várias visitas e bati na porta algumas vezes.

—Lara?

PotatoSweet

Usuário: PotatoSweet
Tanto faz...

Lara Autumn// Anjo// Edore


Toda vez era a mesma coisa. Augusto viajava e eu ficava à mercê de Dominic, um homem repugnante que não tem respeito nenhum a mulheres. Eu tinha que ser o que eu mais odiava, submissa às suas ordens.
Eu gostava de quando Augusto viajava, eu tinha um pouco de paz, mas ao mesmo tempo era péssimo pois quando ele não estava eu era "propriedade" daquele velho nojento.
Mas agora eu teria ao menos um mês de paz..
Estava fazendo o mesmo ritual de sempre que se resumia em acordar e ficar apresentável para a chegada de seu mestre.
Fui surpreendida por batidas na porta o que me fez gelar por dois minutos. Eu não poderia estar atrasada, estava?
Fui até a porta a paços rápidos e assim que o abri dei de cara com Larissa o que fez surgir um sorriso em meus lábios.

- Lari! Não esperava vê-la hoje- disse a abraçando e a puxando para dentro do quarto.- Está bem? E a Betty? Sabe que Augusto chegará daqui a pouco não?-disse até preocupada. Não gostava que ela estivesse perto dos Rockwell.

CupkakeBaunilha

Usuário: CupkakeBaunilha
Lady Stark

• Larissa Autumn • Anjo • Edore •

O sorriso que Lara abriu acabou me fazendo sorrir também, sem conseguir resistir. Passei meus braços ao seu redor, a abraçando de maneira apertada. Levando em consideração que o lugar onde eu morava era pouco mais de vinte passos do lugar onde ela morava, não fazia muito sentido abraçá-la como se não a visse há anos. Mas não era tão simples assim. Nossa vida era muito instável, nem deveríamos estar nos deslocando para nos ver, portanto eu sempre a abracei como se fosse a última vez que o faria.
Talvez daquela vez realmente fosse.

—Sim, eu soube que Augusto vai chegar logo. Até meio estranho, afinal, já são quase dois anos de viagem. Pensei que ficaria mais tempo. —Balancei a cabeça. —Mas não se preocupe, ele não é um problema. Esmeralda está conversando com ele, consigo me virar a citando se ele me pegar aqui. Contanto que Dominic não me veja, está tudo certo. —Suspirei longamente. —Eu vim mais cedo porque... Eu tenho que te contar alguma coisa. É... Betty. Ela morreu, ontem a noite. Não sei como, não me contaram.

Demon--

Usuário: Demon--
Filho do demônio Balaão

Renan Lewis || Demônio || Líder da Nobreza || Edore


Edore...e pensar que eu ficaria justo com esse lugar... é totalmente irônico eu ficar encarregado da "casa" da espécie que eu mais matei durante a guerra...fico imaginando o que os anjos sobreviventes devem pensar quando me vêem...pagaria alto só para saber o que eles pensam e poder rir muito.

-Tá bom, não é normal você aceitar meu convite de vir no jardim...o que aconteceu?

Jennifer me fez despertar dos meus pensamentos ao me fazer uma pergunta. Demorei um pouco para assimilar o que ela tinha perguntando, mas assim que o fiz dei de ombros.

-E precisa de um motivo pra eu decidir vir com minha irmã em um jardim?

-Não precisa, mas você não me engana Renan, conheço você melhor do que ninguém pra saber que tem algo por trás desse seu interesse repentino de vir comigo. -Ela estreitou os olhos me encarando por longos segundos, mas logo sorriu.- Bom, não importa, pelo menos dessa vez tenho companhia. -Disse alegremente.

-Não acha que tá velha demais pra querer tanto assim sair com seu irmão?

Arqueei uma sobrancelha me agachando ao lado da mesma e passando a observar as orquídeas que ela estava vendo.

-Nunca vou ser velha demais para passar um tempo com minha família. Sem contar que mesmo você sendo ranzinza e bem chato as vezes... é legal passar um tempo só nós dois.

-...

- HÁ, SABIA QUE IA TE DEIXAR SEM PALAVRAS.

Ela praticamente deu um berro quando percebeu que eu não tinha o que falar e começou a rir histericamente, fazendo uma veia saltar de minha testa e revirar os olhos.

- Há há há, muito engraçado filhote de gnomo. Depois eu piso em você e não sabe o motivo.

Foi só eu comentar da sua altura para ela fechar a cara e inflar as bochechas de maneira infantil

-Eu não sou baixa! Você que é muito alto.

-Não dá pra negar isso -Dei de ombros- Mas ainda sim você é baixa.

Ela inflou ainda mais as bochechas me arrancando um sorriso sínico, o que foi o suficiente para fazer ela bufar e voltar a se focar nas flores.

-Chato.

-E irritante.

Completei com um sorriso discreto no rosto e me sentando no gramado.
Bom...ela estava certa, não vim aqui simplesmente para dar um passeio...digamos que algo que eu desejo a muito tempo ficou disponível do dia pra noite...não posso perder a oportunidade não é mesmo "Lari"?

PotatoSweet

Usuário: PotatoSweet
Tanto faz...

Lara Autumn// Anjo// Edore


Realmente, Augusto voltar mais cedo era algo que me surpreendia também e me deixava cada vez mais curiosa sobre qual motivo ele estava voltando.
Saber que ela teria uma ajudinha a Esme me aliviava e muito. O que menos precisavamos era de um motivo para Dominic nos punir. Me punir no caso, por permitir que ela entrasse.
Mas a última informação fez com que eu ficasse por bons dois minutos processando a informação. Betty morreu? Como assim? Tá certe que ela sua idade era avançada mas morta?

- Certo... tudo bem.. não, tudo bem nada. Como assim?- perguntei ainda sem acreditar- Você já sabe quem vai ficar com você?- aquilo me preocupava muito! Betty era uma senhora de bom coração, não faria tanto mal a Larissa, pelo contrário até. Mas agora que ela seria passada pra outra pessoa, isso era alarmante.

CupkakeBaunilha

Usuário: CupkakeBaunilha
Lady Stark

• Larissa Autumn • Anjo • Edore •

—Não sei, mas vão me contar à qualquer momento quem vai ficar comigo. Os guardas estão só esperando a informação. Tentei tocá-los para tentar ver alguma coisa, mas... Eu preferi não correr o risco. Meu maior medo é que pode acontecer como à Laura... Eu posso ir para longe. Qualquer um dos distritos. —Balancei a cabeça segurando a mão dela na minha. —Por isso, eu vim correndo, precisava te ver.

Olhei para ela e suspirei. Minhas irmãs eram minha vida. Perder a presença de Laura já tinha sido um golpe forte demais. Agora Lara?
Sem contar que tinha todos os outros medos. Nunca se sabe quem poderia ser a me tomar como prisioneira. Muito dificilmente seria alguém tão bom quanto Betty. Essa sorte a gente só dá uma vez.

Lilly02

Usuário: Lilly02
Perdida


Merida Stoker // Vampira // Eternnia


O capa que usava cobria completamente o meu rosto, caminhava pela floresta em silêncio, apenas ouvindo o som de meus passos, ainda era de tarde. Bran devia estar no escritório com seus pergaminhos e livros velhos. Por isso tinha decidido sair, estava cansada da prisão da casa. Sentir a brisa me revigorava, me fazia lembrar de minha vida antes de tudo isso começar...

Em Eternnia normalmente não vemos pássaros, mas as vezes escuto o pio de uma coruja. Me ajoelho ao pé de uma árvore para observar enquanto crescem algumas pequenas flores vermelhas

PotatoSweet

Usuário: PotatoSweet
Tanto faz...

Lara Autumn// Anjo// Edore


Olhou para uma de sua gêmea com extrema preocupação. Quando a Laura foi para outro distrito eu senti como se estivessem tirando uma parte de mim. Ser um anjo e ter gêmeas não era algo fácil, eramos ligadas e ninguém tinha o direito de quebrar esse laço.
Levei minhas mãos ao rosto de Larissa como forma de acalma-la.

- Fique calma. Por mais que esteja tudo indicando o contrário temos que nos manter otimistas. Se por um acaso você for para outro distrito, pedimos ajuda a Esme.. nós damos um jeito- disse dando um leve sorrisinho beijando sua testa logo em seguida. Aquilo significava muito para nós.- Vai dar tudo certo- disse querendo acreditar realmente em minhas próprias palavras.

CupkakeBaunilha

Usuário: CupkakeBaunilha
Lady Stark

• Larissa Autumn • Anjo • Edore •

Assenti com a cabeça algumas vezes. Fechei os olhos sentindo seus lábios em minha testa deixando com que um sorriso doce ultrapassasse meus lábios. Acreditava nela. Sempre acreditava quando ela falava, afinal. E éramos sobreviventes, desde que nascemos, desde que éramos pequeninas.
Éramos especialistas nisso de dar um jeito.

—Sempre damos um jeito, não é? —Sorri balançando a cabeça, como que para espantar os pensamentos negativos. —Mas eu ainda tenho esperanças que vou ficar por perto. Ao menos em Edore. —Eu precisava acreditar. —Não vai demorar muito para eu saber e vou dar um jeito para que você saiba assim que eu souber. Mas enfim... Fico feliz que Augusto esteja voltando para casa, sabe? Eu ainda prefiro ele aqui do que quando está só Dominic.

Eu detestava Dominic Rockwell. Ele era um desgraçado que já tinha machucado demais não só a mim, mas principalmente à minha irmã, direta ou indiretamente.