Grupo Project Eden



Grupo Project Eden
Administrado por TheLoneWolf, ProjectEden
Criado
Tipo Privado
Conteúdo visivel para Apenas membros
[09.06.2020 – Singapura]
O Prólogo.

[...]

“Um homem que não se alimenta de seus sonhos, envelhece cedo.”

— William Shakespeare.


Frase adotada com clamor e infame forma de ideologia por Nengyi Russel, pesquisador, no auge de sua juventude a iniciar os esboços do projeto que em ambiciosa súplica anunciava uma mudança extrema nas concepções intrínsecas dos seres humanos. Com pesquisas avançadas abaixo dos tetos da famosa e respeitada Universidade Tecnológica de Nanyang, o grupo constituído pelas extremidades colaboradoras distinguidas entre os departamentos de medicina, engenharia e psicologia do instituto intuitivamente buscam o projetar utópico de um processo responsável pelo visualizar de sonhos, simulações destes e principalmente ressonâncias neurológicas. Possibilidade implicada pelas descobertas acerca de um novo sistema neurológico do corpo humano, sem nomeação fundamentada, mas um fator que inicialmente especulava se tratar somente de atividades cerebrais pouco exploradas, ou desconhecidas pela medicina.

Com o avançar do projeto e o aperfeiçoar das equipes de pesquisa responsáveis, em 2022, Russel anuncia a descoberta do novo sistema, intitulado "neuroespectro", em uma conferência com representantes do mundo inteiro. Função cerebral que se trata de um material orgânico que está intrinsecamente conectado ao sistema nervoso, correspondente a conceitos filosóficos e religiosos – alma, ente, espírito – e responsável, principalmente, por caracterizar a essência da consciência humana, possibilitando um dos reais objetivos dos pesquisadores; O visualizar tangível da psique humana, um método aperfeiçoado para se explorar a mente de quaisquer indivíduos presenteados com racionalidade. Com o projeto vindo à tona e o auxiliar de outros institutos renomados como Harvard e Cambridge a replicar as pesquisas, em 2024, ela finalmente é aprovada e Russel ao lado de sua equipe, são indicados ao Prêmio Nobel da Medicina.

Em 2025, próximo às eleições parlamentares de Singapura, o candidato Bastian Nguyen do Partido Progressista anuncia suas intenções de financiar o projeto de Russel com dinheiro público, obtendo a atenção de uma grande parcela de eleitores e quebrando boa parte da supremacia do Partido Conservador. No ano seguinte, após uma acirrada vitória de Bastian, experimentos mais ousados são conduzidos, com o realizar das primeiras realidades virtuais fundamentadas pela tecnologia neuroespectral. A parceria de Russel e Nguyen parece promissora, com a equipe de pesquisadores chegando a mais de cem membros do mundo inteiro.

Em 2028, os primeiros laboratórios dedicados a um misterioso e novo projeto monitorado por Russel são abertos; Eles são nomeados de Éden.

[...]

[17.09.2031 — Singapura]
A Seleção.


Em sua candidatura seguinte e o promover utópico do projeto, Nguyen se reelege com facilidade, instaurando através de inquéritos da pesquisa um novo projeto de leis no país, onde criminosos "descartáveis" para a sociedade seriam usados como cobaia para fins medicinais. O pedido causa diversas polêmicas e veemência por parte do Partido Conservador e principalmente dúvidas filosóficas e religiosas ao redor do mundo, com países como a Coréia do Norte e Cuba fechando suas portas para o projeto, contudo este é aceito pelo senado.

Finalmente, com o aprovar da ONU e o Partido Progressista a dominar exponencialmente o senado, o projeto é iniciado, constituindo em sua fase "Alfa". Criminosos são depositados em cúpulas e ligados pelo neuroespectro, instituindo-se no primeiro contato com o Éden, uma cidade fictícia e utópica, de visual alterável em concordância com as individualidades preferenciais do paciente, mas mantendo características compartilhadas; Como sempre ser noite, imortalidade e principalmente a barreira que vincula as extremidades do paraíso. O programa mostra-se funcional, constando somente em duas perdas, resultadas por morte cerebral. Buscando alternativas para o processo, pessoas ao redor do mundo são convocadas para a fase Beta, passando por inúmeros exames e testes com a intenção de comprovar perfeita saúde mental e física. Uma nova remessa de pessoas é depositada no Éden, e apesar de problemáticas consequências no interior do paraíso, nenhuma morte cerebral é registrada.

O projeto é um sucesso.

Em 2037, Com o vazar das informações na mídia primariamente inglesa, os rumores sobre o projeto e registros online de possíveis domínios para inscrições abertas ao povo, às redes sociais e imprensa alocam-se ao redor dos responsáveis, pressionando-os por uma resposta. Meses depois, em conferência para não somente autoridades políticas como também para a mídia do mundo inteiro, Hazel Pearlyn, uma das principais responsáveis pelo projeto com o afastar de Russel, anuncia a abertura do Éden, um programa que permite não somente o regenerar expansivo e a cura para males do século XXI como a depressão, o câncer e também a vida após a morte, vinculando os corpos ao neuroespectro. Material que em sua finalidade máxima, permite que o ser humano enfim estabeleça contato com uma fronteira idealizada apenas na metafísica: o mundo inteligível. Estabelecendo um espaço virtual capaz de simular as ideias do indivíduo, o Éden capacitava-se a trazer o paraíso para os ricos e desafortunados em uma realidade mental onde as pessoas seriam capazes de viver os seus sonhos por toda a eternidade, enquanto os corpos permaneceriam conectados em um servidor externo, responsável por processar as informações. Claramente foi um sucesso.

Enfim liberando os domínios para acesso deliberado e estabelecendo um período de trinta dias para a conclusão da etapa, foram registrados cerca de 120 milhões de inscrições ao redor do mundo, selecionados respectivamente por:

– Status social e renda per capita: Grupo responsável por financiar o projeto ou entidades de importância mundial.

– Saúde: A gravidade das doenças com prioridade a casos de complexidade; Grupo constituído por indivíduos de saúde frágil, em sua maioria física e em minoria, contudo ainda presente, emocional.

– Idade: Casos de velhice ou mesmo doenças incuráveis sedentos por eutanásia, grupo em sua maior parte formado por idosos e adultos acima dos quarenta anos de idade.

– Sorteio: Com a sorte lançada nas redes sociais, um pequeno grupo de vencedores das mais diferentes idades e responsáveis pelas mídias online foi lançado, para um tour temporário no programa, com prioridade às personalidades da internet e usuários assíduos; Desde que os pais assinassem uma permissão efetiva aos menores de idade.

O primeiro grupo denominado Icelus-001 fechou-se com cerca de três mil pessoas ao redor do mundo sendo selecionadas, e com o aceitar do solicitado pela empresa responsável, o reformulado Projeto Éden assim como seus primeiros usuários, é enviado a um país de pouca importância para as autoridades em seu estabelecimento inicial; O Brasil.

[...]

[06.05.2040 – Brasil]
O Éden.


Embora sistemático, o programa tem seus servidores ligados mundialmente em 2040 após inúmeros testes, e formando o primeiro contato de civis com o mundo inteligível. Não somente algo vazio, o Éden intrinsecamente dono de individualidades como a personalização de seu próprio avatar e a escolha de uma habilidade similar ao mais genérico RPG, torna-se um processo inigualável para os presentes, com mesmo o próprio grupo em tour recusando-se a sair. A cidade sem leis – desde que não cruzassem a barreira – e noturna, portanto, torna-se o palco para inúmeros fins de cada persona, como indivíduos simulando seus jogos favoritos, a violência ou somente o festejar absoluto. Com updates diários e novidades aplicadas, o Éden moldado para um palco de personagens coadjuvantes é visto entrar em colapso com seus primeiros usuários apresentando sinais de monotonia. Apesar das breves novidades, outrora aqueles que se recuperaram ou simplesmente adentraram sem expectativas, protagonizam a insatisfação para com o programa, forçando o agir dos administradores dos servidores.

Em um efeito "loop" e como única alternativa visível, o Projeto Éden responsabiliza-se pelo afetar de distintas psiques, consequentemente apagando, em efeito cascata, o dia referente à insatisfação dos usuários; Forçando-os, portanto, a vivenciar os mesmos eventos repetidos vezes, sem um final exato e ciente das necessidades do neuroespectro para a sobrevivência. Uma decisão que em pouco tempo atinge a todos, generalizando o comportamento bestial e robótico dos usuários, compactuado com membros das anteriores fases Alfa e Beta, que, encontrados em situações miseráveis, são vistos também como vítimas do programa.

Algo similar a um fim iminente, caso um erro do sistema fosse perceptível para os moderadores, com uma falha responsável por não somente danificar os dados principais do projeto, como também impedir qualquer limpeza neuroespectral feita por bots. Devido ao ocorrido, usuários pouco a pouco retomam suas insatisfações, questionando e solicitando para os administradores a saída daquela cúpula. Sem respostas ao longo do tempo incontável, os utilizadores iniciam uma revolta no ambientar excêntrico a quebrar a principal de suas regras; Não cruze a barreira.

Indiferente, cada vez mais psiques aventuram-se a sair da cidade, gerando inúmeras mortes na realidade mundana. Entretanto, os esforços mostram-se eficientes ao longo do tempo, com a barreira rachando e finalmente quebrando após anos de tentativas; Um efeito conhecido como outbreak. A barreira inteligível do Éden apresentava-se como uma metáfora para os limites humanos, instaurando, com fervor, um novo espécime ao abrir dos olhos dos indivíduos em sua realidade, similar ao ressuscitar bíblico através de consequências únicas.

Os seres capazes de romper a realidade inteligível em que viviam sofreram uma metamorfose terrível, e quando capazes de sobreviver a ela, atingiram um novo estágio evolutivo: a aparência e habilidades físicas antes presentes apenas no Éden agora se estendiam para a própria realidade, permitindo o uso de poderes antes inimagináveis para os seres humanos;
"Os Outbreakers."

[...]

[Data desconhecida – Brasil colapsado]
Atualidade.


Diante à saída emergencial dos novos espécimes em um território desconhecido e abandonado, seis meses depois, uma pequena comunidade é formada com a finalidade de reunir os Outbreakers restantes e um safe point contra os Sentinelas. Os poucos dias de Éden equivalentes a inúmeros anos do lado de fora, responsabilizaram-se, com perfeição pelo declínio do mundo antes conhecido. Sem qualquer contato exterior, os sobreviventes vagueiam pelos resquícios do que antes fora um país, cuidadosamente perseguidos por existências titânicas enviadas pelos governantes. Suas saídas foram percebidas.

Com habilidades em seus corpos, mas sem qualquer desenvolvimento e o âmbito desejo de sobrevivência, essa raça há pouco desenvolvida, sem conhecimento sobre suas próprias existências e há muito ruídos intrinsecamente por suas diferenças sociais e étnicas, devem como principal objetivo sobreviver, desbravando secundariamente os enigmas minuciosos dessa nova sociedade ou mesmo o gerar maculado de suas próprias convicções.
Onde estariam os humanos? Suas existências foram programadas pelos administradores ou tratava-se de arquivos corrompidos em um tabuleiro gigantesco controlado pelas autoridades? Quem os libertara do misterioso Icelus-001? O que de fato são os "Sentinelas"? Qual seria a verdadeira razão para a pertinência dos Alfas e Betas na fase principal do Éden?

Possuindo um excêntrico sistema, o Projeto Éden é um Role-playing game de temporadas e importantes decisões, desde a criação de fichas quanto em sua própria jogatina, simulando com aptidão o ambientar futurístico da obra, cobrindo ação, aventura, política e em seu principal tema, o survivor. Vista seu manto de Outbreaker, e vagueie para os enigmáticos Icelus, não somente em busca de suas irrefutáveis respostas, como também, evitando exponencialmente a morte.


Gênero: RPG, Cyberpunk, Survivor.
Enredo original e de autoria dos seus administradores.
Prazo de inscrições encerrado.


Mensagens