1. Spirit Fanfics >
  2. ❪ 𝗛𝗘𝗥𝗢𝗘𝗦 𝗦𝗧𝗨𝗙𝗙 ❫ — bnha. >
  3. 𝟬𝟬𝟮. 𝗳𝗲́𝗿𝗶𝗮𝘀 𝗱𝗲 𝘃𝗲𝗿𝗮̃𝗼 — 𝗼 𝗰𝗮𝘀𝘁𝗶𝗴𝗼, 𝘁𝗿𝗲𝗶𝗻𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼 𝗲 𝗮𝘁𝗮𝗾𝘂𝗲𝘀 𝗲𝘀𝗽𝗲𝗰𝗶𝗮𝗶𝘀.

História ❪ 𝗛𝗘𝗥𝗢𝗘𝗦 𝗦𝗧𝗨𝗙𝗙 ❫ — bnha. - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Este capítulo é maioritariamente para mostrar os ataques das garotas e também como elas são quando estão “trabalhando”.

Provavelmente o próximo capítulo será usado para mostrar a relação do grupo no dormitórios, isso tudo ocorre enquanto os primeiros anos estão no acampamento de verão e sendo atacados por vilões, coisa que eu não vi necessidade de escrever já que todos vimos no anime e não tenciono mudar o que aconteceu.

Capítulo 7 - 𝟬𝟬𝟮. 𝗳𝗲́𝗿𝗶𝗮𝘀 𝗱𝗲 𝘃𝗲𝗿𝗮̃𝗼 — 𝗼 𝗰𝗮𝘀𝘁𝗶𝗴𝗼, 𝘁𝗿𝗲𝗶𝗻𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼 𝗲 𝗮𝘁𝗮𝗾𝘂𝗲𝘀 𝗲𝘀𝗽𝗲𝗰𝗶𝗮𝗶𝘀.


Fanfic / Fanfiction ❪ 𝗛𝗘𝗥𝗢𝗘𝗦 𝗦𝗧𝗨𝗙𝗙 ❫ — bnha. - Capítulo 7 - 𝟬𝟬𝟮. 𝗳𝗲́𝗿𝗶𝗮𝘀 𝗱𝗲 𝘃𝗲𝗿𝗮̃𝗼 — 𝗼 𝗰𝗮𝘀𝘁𝗶𝗴𝗼, 𝘁𝗿𝗲𝗶𝗻𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼 𝗲 𝗮𝘁𝗮𝗾𝘂𝗲𝘀 𝗲𝘀𝗽𝗲𝗰𝗶𝗮𝗶𝘀.







Enquanto maior parte do grupo de alunos do colégio tinha suas incríveis férias de verão e descanso, alguns continuavam trabalhando e se esforçando. Exemplo disso são as turmas do primeiro ano do curso de heróis e o grupo de aspirantes a heroínas. 


As três garotas castigadas limpavam os dormitórios, a loira era responsável por varrer o lado de fora dos dormitórios, a albina cuidava do interior dos mesmos enquanto a morena era encarregada de levar o lixo. A mais nova do grupo apenas podia observar. 


As garotas só precisavam limpar os dormitórios e apenas uma vez por semana então no resto dos dias elas se aproveitavam da área escolar para treinar. Hoje, por exemplo, as garotas treinavam seus ataques combinados. 


Cada combinação da equipe RWBY tem o seu próprio "ataque de equipe" - com exceção de Rika e Yumi - que são executados quando Minami grita um termo específico.


As garotas foram até a uma das áreas que imitava uma cidade. Fora uma ideia de Bonnie, que insistia para que elas treinassem evitando destruir o que estivesse à sua volta. 


Robôs, usados nos exames de admissão, vinham um por um aleatoriamente; Um robô de valor 3 apareceu. 


Freezerburn. – Falou a mais nova do grupo. 


Wendy congelou o chão enquanto Yumi pulou no ar e deu um soco no chão congelado ao mesmo tempo que disparava com Ember Celica. A evaporação, devido aos poderes contraditórios das duas garotas, criou uma névoa que podia ser utilizada para camuflar e lhes deu oportunidades para ataques furtivos. 


Quando a névoa se dispersou fora possível ver o robô no chão. O nome do ataque se dá devido às respectivas associações do par com o frio e o calor.


Treinar a nossa velocidade foi uma ajuda para esse ataque. – Concluiu a mais alta. 


Se não fôssemos rápidas o suficiente não daria tempo para tantos ataques, – A mais baixa do grupo começou apontando. – e provavelmente não conseguiríamos derrubar nem uma robô de um ponto. 


Incrível. – Declarou Rika. 


Devemos lembrar que estes são robôs aprimorados, muito mais fortes que os originais. – Relembrou a felina. 


Acham que é suficiente para derrubar um robô de zero pontos aprimorado? – Questionou a líder. 


Acredito que não, o robô de zero pontos, principalmente o aprimorado, é dez vezes mais resistente além de parecer que ele tem uma espécie de capacidade de pensar, diferente dos restantes. – Ponderou a garota de olhos azuis, tinha um certo descontentamento com o pensamento, esperava algum dia o ataque ser forte a ponto de derrotar aquele robô. 


Certo, vamos continuar. – Bonnie quebrou o silêncio que havia se instalado depois da fala da fria. – Agora sou eu e Wendy, certo?


Certo. – Rika voltou para o topo de um dos prédios, junto com Yumi. – Checkmate! – Gritou. 


Wendy e Bonnie atacaram o robô de dois pontos simultaneamente, procurando dominá-lo na luta. Devido a velocidade e poder do par o robô se via com dificuldade em mirar em uma das duas, quando mirava em uma a outra atacava pegando a atenção da lata que não era capaz de pensar. 


O nome do ataque se dá devido ao esquema de cores preto e branco do xadrez, enquanto Shimamura simbolizava o preto, o branco era caracterizado por Marvell.  


Wow, o esse ataque está cada vez melhor! – Elogiou Rika. As duas agradeceram e Wendy trocou de lugar com a líder. 


Koshimizu esperou que Wendy estivesse perto para comentar sobre o próximo ataque. — Elas tem um ataque parecido com o seu e de Bonnie, apenas trocam de lados enquanto no Checkmate vocês apenas atacam lugares diferentes do mesmo lado. 


Ladybug! – Se ouviu o grito de Rika. 


O Ladybug é mais eficaz que o Checkmate, na minha opinião. 


Enquanto Wendy e Yumi falavam sobre os ataques e seus prós e contras, embaixo delas Rika e Bonnie atacavam. 


Usando sua velocidade, assim como no ataque anterior, as mais novas atacam o inimigo de lados opostos em manobras de deslize alternadas. O mesmo que o ataque da felina com a albina aconteceu, o robô não conseguiu focar em nenhuma das duas e acabou sendo derrubado. 


O nome se dá devido a coloração preta e vermelha característica das joaninhas, aqui Minami representa o vermelho. 


As garotas continuaram, desta vez deixando a conversa de lado. 


Bumblebee. 


Yumi segurou uma das extremidades de Gambol Shroud de Bonnie. Em seguida, a felina balançou a loira para que ela criasse impulso para dar um soco, enquanto disparava suas próprias Ember Celica.


O ataque tem uma versão "reversa", com Shimamura e Koshimizu trocando de lugar. O nome se dá devido a coloração preta e amarela característica das abelhas.


Ice Flower! 


Wendy usa seus glifos para envolver as balas de Rika no gelo. O gelo aumenta o ataque da líder, e a área onde a bala acerta é congelada no impacto. 


O nome do ataque se dá devido a associação de Wendy com o gelo e ao símbolo da família de Rika. 


Cannonball!


Wendy e Bonnie formam uma catapulta, Yumi fornece um impulso, e Rika age como uma bola usando seu semblante para aumentar sua velocidade dez vezes e assim atingir os inimigos à distância.


Este é o ataque que elas menos usam, pois ele ocupa as quatro garotas e se não for fatal é um problema. 


O grupo seguiu repetindo os ataques com diferentes robôs, deixando de fora apenas os de pontuação zero aprimorados, até ao final do dia. 


Bem longe dali, as turmas do primeiro ano do curso de heróis treinavam e davam tudo de si. Alguns tinham medo do que enfrentariam na prova de licença provisória. Cada aluno tinha um lugar apropriado para suas individualidades, os heróis Wild Wild Pussycats ajudavam no treino dos mesmos e os professores visionavam, por fazes dando algum apoio a mais. 


Assim como os calouros, RWBY estava preocupada com a prova, mas algo que a preocupava mais era a liga dos vilões. 


As garotas estavam envolvidas na luta contra os vilões, principalmente Wendy. 


Wendy desconfiava que depois do ocorrido na USJ e do confronto contra Stain - o qual ela sabia a verdadeira história -, os vilões iriam atrás dos mais novos. 


Obviamente Marvell compartilhou esses pensamento com o grupo e consequentemente os professores e diretor. Quando descobriu do acampamento a garota quis mais que tudo participar também, porém o diretor não permitiu. 


Nezu não acreditava que os vilões atacariam os alunos ali e nem tão cedo, não deviam ter sequer se recuperado ainda, e mesmo que atacassem haviam heróis profissionais por ali então o rato não se preocupava. 


Mas Marvell achava que ele devia se preocupar tanto quanto ela. Afinal quando é que vilões, principalmente uns tão imprudentes quanto aqueles, dão descanso ao heróis? Exato, nunca. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...