1. Spirit Fanfics >
  2. 𝖯𝖺𝗋𝗂𝗌 𝖲𝗍𝗒𝗅𝖾 ( ASANORI) ୭̥⋆*。 >
  3. ◑ 𝘼𝙨𝙖𝙣𝙤𝙧𝙞 𝙁𝙞𝙘 ︴𝗈𝗇𝖾 𝗌𝗁𝗈𝗍 ( CAPÍTULO ÚNICO )

História 𝖯𝖺𝗋𝗂𝗌 𝖲𝗍𝗒𝗅𝖾 ( ASANORI) ୭̥⋆*。 - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - ◑ 𝘼𝙨𝙖𝙣𝙤𝙧𝙞 𝙁𝙞𝙘 ︴𝗈𝗇𝖾 𝗌𝗁𝗈𝗍 ( CAPÍTULO ÚNICO )


Hanada Asahi sempre fora um garoto sonhador. Sonhava em se tornar um historiador renomado, e lutou dês de que se entende por gente para isso.


Em meio a sua luta para se tornar historiador, conheceu Yoshinori, o garoto problema de seu colégio.


Asahi sempre soube que se envolver com aquele garoto não seria uma boa opção, mas mesmo assim, se envolveu.


Foi em uma noite de inverno que Asahi teve seu primeiro beijo roubado pelo outro garoto. Um conto de fadas, não?


Realmente não.


Asahi depois desse pequeno “descuido” foi mal visto por todo seu colégio. Aquele garotinho perfeito que sonhava em se tornar um historiador se tornou um marginal, apenas por ter saído com o herdeiro de uma grande empresa.


E esse não era o menor problema de Asahi.


Foi em janeiro de 2015 que o garoto começou a ter rosas brancas nascendo em seu corpo.


Asahi estava com a bendita doença das flores, Hanahaki Disease.


O garoto nunca havia acreditado nessa lenda ridícula, afinal, um historiador não acreditaria em informações tão básicas.


Cada dia mais, Asahi morria pouco a pouco.


O garoto escondia de sua família, de seus poucos amigos, e principalmente de Yoshinori.


Asahi após ser visto como um marginal, acabou se tornando amigo de Yoshi, que para sua infelicidade, começou a namorar uma garota na semana seguinte de sua rejeição.


Asahi sofria, mas o cúmulo de seu sofrimento foi ver Yoshinori voltando para a França em 2017.


Flores, lágrimas, flores e lágrimas, o tempo foi passando.


Em 2019, não dava mais para esconder.


Flores inteiras começaram a sair de dentro do garoto. Quando seus pais descobriram, o rejeitaram por ser uma aberração. Seus amigos felizmente o ajudaram. Mashiho dizia na cabeça de Asahi por horas que ele deveria realizar a cirurgia. Mashiho não aguentaria ver seu amigo morrer por um babaca. 


Asahi simplesmente fingia que não escutava. Jurava que aquilo alguma hora iria parar e que Yoshinori finalmente iria o amar.


Espinhos.


Espinhos começaram a surgir em Asahi, o sangue veio mais forte dessa vez. Asahi parou de sorrir nessa época também, o garoto finalmente havia percebido que sua morte estava chegando. 


A cirurgia não faria mais efeito naquele ponto. O único jeito seria Yoshinori o amar também, mas, Yoshinori havia assumido a empresa de seus pais, e, anunciado seu noivado com uma modelo mundialmente famosa.


“Asahi vai ficar bem”, dizia Mashiho todos os dias ao acordar. Ele não aguentaria ver seu amigo morrendo.


2020.


Asahi se encontrava na sua última semana de vida, Asahi, estava sozinho.


Mashiho havia sumido do mapa a dois meses. 


Asahi nunca iria imaginar que seu amigo havia se mudado de cidade e feito a mesma coisa que ele, tentar esconder sua doença. 


É, Mashiho também sofreu de Hanahaki por todos esses anos. 


Todos os dias, um girassol novinho nascia no corpo de Mashiho. 


Mashiho se encontrava apaixonado por Asahi.


Mas, Asahi não estava tão preocupado com isso.


Foi em uma manhã que Asahi havia tomado a decisão de ir para a França reencontrar Yoshinori. Asahi tinha escolhido falecer por lá também.


Suas malas estavam prontas, seu passaporte estava pronto.


Escreveu um pequeno recado caso Mashiho voltasse para casa. Escreveu também um recado para seus pais e, no caminho do aeroporto, o deixou no correio de sua antiga casa.


Aeroporto, avião, aeroporto, hotel.


Asahi havia chegado em Paris.


Andou um pouco pela famosa cidade do amor em busca de transparecer sua mente pela última vez.


Ao entrar em um famoso restaurante, se alimentou e voltou para o hotel. Asahi pela primeira vez na vida decidiu orar, mas, pediu pela proteção de seu amado.


No dia seguinte, Asahi se dirigiu a empresa de Yoshinori. Não foi barrado pelos seguranças, o garoto deu a desculpa de que estava apertado e precisava usar ir ao toalete.


No meio do caminho, esbarrou com seu amado. Um turbilhão de emoções invadiram o garoto. Finalmente havia encontrado Yoshinori! Finalmente poderia conversar com o garoto e resolver tudo de uma vez. Essa, era a expectativa de Asahi.


Mas, Yoshinori não o reconheceu. Foi esnobe, o tratou como se fosse um rato que encostou em seu precioso terno.


Asahi ficou destruído. 


Correu sem rumo. 


Acabou por chegar em uma pequena casinha no meio do mato, a mesma parecia abandonada. Asahi, avia se perdido.


Dentro desta pequena casinha, chorou como se o mundo fosse acabar. Mas, seu mundo realmente avia acabado. 


E foi ali naquela pequena casinha no meio do nada que Asahi vomitou sua última rosa.


Foi ali, naquela pequena casinha no meio do nada, que Asahi faleceu.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...