História .. a chorona .. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Visualizações 15
Palavras 805
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


hi 💗

Capítulo 2 - 2.


Acordei com nenhuma vontade de levantar pra ir a aula, até porque eu acordo bem antes do horário normal que é pra levantar, tomei coragem e levantei, peguei minhas roupas e a toalha e fui pro banheiro.

- CAMILLE CÊ MORREU AI DENTRO?

Estava tão concentrada em pensar em tudo que já passei, em chorar, em me ensaboar, eu as vezes penso que sou a espuma que impregna meu corpo, ela escorre e vai tudo por água abaixo.

- CAMILLE!

Eu sempre me pego pensando no porquê de chorar tanto, eles dizem que a vida é tão bela não é? então porque choro tanto?

- EU VOU ARROMBAR ESSA PORTA!

Sai do meu transe e vi que tinha me cortado, o sangue já tomava conta de toda banheira, arrumei o banheiro e sai sem dizer uma palavra, estava muito ocupada com meus pensamentos no banheiro.

- Você está bem? Não falou nada depois que saiu do banheiro.

- Eu estou bem, e... Não quero falar sobre isso.

Peguei um biscoito que tinha comprado na viagem e fui procurar minha sala de aula, mas ao invés de achar a sala achei o ruivo.

- Olha se não é a algodão doce, olha Lyssandre é ela a menina que te falei.

O tal de Lyssandre me olhou e deu um sorriso, parecia com medo do amigo se machucar, só não sei o porquê, continuei conversando com Castiel até que fui puxada pelo braço e jogada no chão por uma loira, a minha blusa de frio subiu um pouco e pela brutalidade dela o sangue dos meus cortes voltaram a cair.

- Camille porque está se cortando?

Castiel perguntou mas não quis ficar nem mais um pouco ali, peguei minhas coisas e fui pro jardim, vi que tinha um menino de cabelo preto sentado perto de uma árvore jogando seila oque.

- Oi, que qui cê tá fazendo?

- Ah, oi menina de cabelo rosa, eu tô jogando, e porque vc esta sangrando?

- É uma longa história.

- Amo histórias!

Contei pra ele tudo que já aconteceu comigo e oque aconteceu agora pouco e ele ficou muito chocado e acabou chorando também, descobri que seu nome é Armin.

- Foi bom conversar com você Armin.

- Digo o mesmo.

Fui pra minha sala e teve tudo menos diversão, Rosa disse que depois da aula sairíamos com uns meninos. Chegou a tão esperada noite e eu e Rosa já estávamos "arrumadas" fomos em direção a saída da escola e apareceu um carro conversível vermelho com três caras, um deles era o Castiel os outros dois não faço a mínima ideia.

- E então? Quem é essa Rosa?

- Kevin, essa é a Camille, Camille esse é o Kevin, e aquele outro é o Leigh (achoq escreve assim né? ou não?)

- Senta aqui Camille.

Kevin chegou pro lado e eu sentei em seu colo, já que Rosa e Leigh queriam sentar confortáveis.

- Bom, chegamos!

Rosa falou mostrando um bar que parecia bem famoso, Kevin pegou na minha mão e me levou em um canto privado.

- É-é que qui viemos fazer aqui?

- beber, essas coisas de adolescentes. 

- ah, entendi.. •pensei que seria algo diferente•

- achou que era oque senhorita?

- na-nada ue.

Ele chegou perto de mim e me roubou um beijo, um apenas e depois foi embora, talvez eu tenha me apaixonado. Fui para mesa do bar e pedi um suco com vodka, não queria nada forte, olhei em volta e vi Rosa e Leigh se pegando, Castiel e uma menina lá e Kevin.

Ele estava num canto bebendo olhando pra mesa do bar, parecia que depois que acabasse já beberia mais, e então ele percebeu que estava o fitando e sorriu de lado, ele realmente é muito lindo, pena que não estuda em Sweet Amoris teríamos mais tempo juntos.

- Olhando pra mim princesa?

- É, eu a-apenas estava vendo o que a Rosa estava fazendo.

- Podia ser a gente mas você não colabora.

Depois disso ele me beijou, sentimos o s gostos de nossas bebibas se misturar e causar um leve arrepio, depois de pararmos vimos que já era tarde e amanhã tinha aula, Kevin falou para irmos para escola.

- Até amanhã princesa Camille.

- Até Kevin.

Ele me deu um selinho e foi com seu carro, Castiel avia ficado lá no bar junto com a Rosa, fiquei na calçada por um tempo depois entrei.

- Oque faz no corredor a essa hora Camille?

- Ah, oi Nathaniel, eu tinha saido com a Rosa.

- E aquele menino quem era?

- O Kevin?

- Então o nome dele é "Kevin"?

- Sim, eu vou entrar pra dormir, boa noite Nathaniel.

Fui para o quarto e me joguei na cama, vou tomar porcaria de banho nenhum não.

- CAMILLE !

- Me deixa dormir Rosa!

- Não é a Rosa.

- KEVIN?!

- Oi Bebê, porque ta assim?

- Tô com preguiça de levantar, sem ânimo.

Ele se jogou em mim e dormimos juntos, perdemos as aulas mas por um bom motivo, estávamos cansados demais.

Acho que agora tenho amigos



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...