História The Bite Marks - JungKook - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Jay Park
Personagens Jay Park, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sehun
Tags Amanda, Bite Marks, Bts, Bulimia, Drama, Jay Park, Jungkook, Marcas Da Mordida, Medo, Romance, Sobrenatural, Taehyung, Vampiros
Visualizações 155
Palavras 2.051
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OI
BOA LEITURA, ESPERO QUE GOSTEM...
(Finalmente o Kook ta sozinho...)kkk

Capítulo 13 - Espalhando Convites...


Fanfic / Fanfiction The Bite Marks - JungKook - Capítulo 13 - Espalhando Convites...

Disse isso e sumiu...

Depois da " agradável " conversa com Jay Park, eu entrei pra casa e não consegui pregar o olho... Dei apenas breves cochilos...

Acordei muito preocupado... Levantei, comi, e me troquei!

Eram 07:45h da manhã quando eu liguei pra Amanda. Infelizmente ela não me atendeu, liguei duas, três, quatro vezes! Nada! Concluí que ela estava dormindo ainda e resolvi esperar mais um pouco...

Pov's Amanda

Eram 7:56h quando escutei meu celular tocar... Acordei meio desorientada... Fui até o celular e vi cinco chamadas perdidas do JungKook! Na mesma hora retornei a ligação...

(Ligação On)

— Alô... — Eu disse sonolenta.

— Alô, te acordei?

— Não... Eu estava acordada a horas... — Disse bocejando e esfregando o olho.

— Tá bom... Olha, quero saber como você está!

— Estou bem...

— Como passou de ontem hein?

— Passei bem... O médico me receitou remédio e tal... Esta tudo ok!

— Você parece triste Amanda... Tudo bem mesmo?

— Sim.....

Pov's JungKook 

Assim que Amanda fechou a boca, comecei a sentir uma dor nos meus dentes caninos... E meus olhos arderam... O efeito da pílula estava acabando...

— Aii.. — Eu deixei escapar.

— JungKook!! Tudo bem?

— Sim... É só que... — Eu pausei minha fala. — Ai..

— JungKook!!!

— Amanda... Eu... Tenho que desligar...

— Não!! Eu estou indo pra í agora!!

(Ligação Off)

Então eu desliguei. Por uma das raras vezes da minha vida comecei a sentir uma sensação estranha! Minha boca começou a produzir saliva, e eu estava com tanta vontade de morder alguém.. Fui correndo pro lugar onde estava a pílula... Tomei rapidamente, o antídoto que me fazia não ter sede de sangue... Respirei fundo esperando aquela horrível sensação passar!

Pov's Amanda 

Assim que JungKook desligou o celular eu fui correndo pro banheiro, me arrumei e coloquei uma roupa simples... Desci as escadas correndo, e sem querer esbarrei na minha mãe!

— Amanda! Pare de correr...

— Desculpa mãe, eu não posso falar agora ok! Preciso ir...

— Ir pra onde? Nós temos muitas coisas pra fazer...

— Fazer?!

— Sim!! Eu fiz os convites e quero que veja... Também marquei a data pra você provar seu vestido, encomendei o bolo e as mesas! Também contra...

Ela já ia continuar quando eu a interrompi...

— Mãe!! Tenho que resolver outra coisa... Mais importante que isso ok?!! Já que a festa é sua mesmo, faz ela você sozinha!!!

— Isso é jeito de falar comigo Amanda?! Está maluca?!

— Só acho que tenho coisas mais importantes que meu aniversário...

— Pois então está enganada... Filha, quero fazer essa festa pra você!

— Ok mãe... Mas, agora eu tenho mesmo que ir!

Saí correndo pra fora de casa, minha mãe apenas suspirou...

Saindo de casa corri e andei rápido até chegar perto da casa do JungKook... Chegando lá perto comecei a andar mais devagar...

Fui me aproximando da casa e quando cheguei perto da mesma gritei por JungKook...

— JungKook!!

Demorou alguns segundos para eu avistar Danbi saindo em disparada até mim... JungKook vinha atrás, andando vagamente!

— Oi... — Ele disse se aproximando.

— Oi, tudo bem?!

— Sim...

Pov's JungKook 

Por sorte eu já tinha tomado uma pílula pra voltar a ser humano.... Mas aquela rotina de medicamentos estava me deixando exausto!

— Está bem mesmo? Por que desligou na minha cara?

— Eu precisei desligar...

— Ah, tudo bem! Não estou com cabeça pra brigar com você agora...

— Nem eu, mas fala você, como passou de ontem?!

— Passei bem... Estou melhor...

— Você parece pálida...

— Impressão sua!

Olhei bem no fundo daqueles lindos olhos e me lembrei do que Jay Park tinha dito! Mas, como ele poderia saber se Amanda estava triste?! Eu não sabia porque, só sabia que deveria ajudá-la...

— Amanda... Eu estou aqui... — Eu cheguei perto dela e peguei suas mãos. — Me diz a verdade... Eu sei que você não está bem!

— Não, eu tô bem...

— Por que mente?

Ela engoliu seco e baixou o olhar... Pude perceber que seus olhos se enchiam de lágrimas...

— Se quiser.. — Eu continuei. — Não precisa nem falar, só admite pra mim que tem algo errado!

— E-eu... Eu tenho tantos problemas... Minha mãe não me ama de verdade, meus pais não me dão atenção! No Colégio eu só tenho inimigos... Fora outras coisas... Parece que eu só tenho você! 

Ela limpou o rosto...

Pov's Amanda 

— Me abraça! — Eu disse fofa com os olhos marejados.

Ele não disse nada, apenas envolveu minha cintura com seus braços e eu me aconcheguei em seu peito... Chorei nos braços de JungKook, sua blusa ficou molhada com tantas lágrimas!

— Calma... — Ele dizia me acariciando. — Eu estou aqui... Eu estarei sempre aqui...

Eu soluçava de tanto chorar em seus braços... Até que me separei dele.

— Desculpa... Eu não queria que você me visse chorar...

— Não fala isso! — Ele levantou meu queixo e enxugou minhas lágrimas. — Eu agora quero te fazer rir... Não gosto de te ver chorando!

Eu dei uma leve risada...

— Assim, eu amo esse sorriso... — JungKook disse.

— Só você mesmo... Né?

Ele não disse nada, apenas se aproximou de mim e beijou meus lábios com ternura, afeto, e amor! Um amor simples, sincero... Que me fazia flutuar nas nuvens!!

— Eu te amo tanto... Mas, preciso ir...

— Ir?! Mas já?!

— Sim... Minha mãe está me esperando! Depois eu venho aqui com mais tempo... Eu prometo!

— Tudo bem! Eu vou esperar com carinho...

Eu apenas sorri...

— JungKook, você...

— Eu?...

Naquele dia, o que eu queria falar era simples, mas eu não conseguia! Vergonha, talvez... Então mudei o assunto, tirei o convite da minha festa do bolso.

— Toma, — Eu entreguei a ele. — Espero que apareça lá. Eu vou ficar te esperando...

— Tchau fofa... Eu vou pensar nisso...

Eu então me despedi deles... Sim, eu me despedi de Danbi, aquele lobinho era especial... Depois fui embora!

Pov's JungKook 

Aos poucos Amanda foi se distanciando... Minha vontade era de não deixar ela ir, mas eu tinha que deixar... Por algum motivo ela estava triste!

— Ai Amanda, o que está acontecendo meu amor?... — Eu disse a mim mesmo.

*Quebra de Tempo*

Pov's Amanda

Cheguei em casa 08:27h da manhã... Minha madrinha estava na cozinha, e foi pra lá que eu fui...

— Oi madrinha...

— Oi Amanda... Tudo bem querida?

— Sim... Bom, mais ou menos né?...

— Tomou o remédio que o médico receitou?

— Tomei sim! — Menti.

— Que bom... Sua mãe está te procurando, ela quer conversar sobre seu aniversário!

— O aniversário dela, você quer dizer! Porque nada está sendo do meu jeito!

— Não fale assim... Ela só quer seu bem!

— E meu pai?! Onde ele está?!

— No escritório...

— Claro! Ele só fica lá...

De repente no meio da conversa eu vi um vulto passando pela janela...

— Você viu aquilo?!!

— Aquilo o que?!

— Nada, eu já volto Mônica...

Fui em direção a saída dos fundos... Assim que saí estava de frente com o jardim... Olhei pra todos os lados e avancei um pouco a frente!

Não havia nada... Foi quando minha mãe apareceu no nada!

— Filha!!!

— Ai mãe!! Que susto...

— Eu estava te procurando querida... Tudo bem?

— Sim, o que quer?!

— Aqui estão os convites... Todos! Com os devidos nomes, quero que os entregue aos convidados hoje no Colégio!

— Ah...

— Quanto ao vestido, vamos provar ele amanhã!!

— Ok mãe... Mais alguma coisa?!

— Não, pode ir!

Eu já ia indo quando parei, e resolvi perguntar uma coisa pra ela...

— Mãe, depois da minha festa... Vocês vão embora?

— Não, iremos ficar por mais um tempo, mas depois iremos pra Califórnia...

— Ah sim... Califórnia...

— E você? Pretende ir com a gente?!

— Eu?! Não!

— Você que sabe... Lá realmente é um lugar lindo!!

— Vou ficar bem aqui...

Sorri sem mostrar os dentes e segui em direção ao meu quarto...

Chegando lá, apenas me deitei... Fechei os olhos e refleti sobre minha vida... Ah, JungKook havia chegado na hora certa, ele me ajudava tanto!! Eu o amava como nunca amei ninguém...

Os minutos e as horas foram passando, até chegar no momento de almoçar... Enrolei minha mãe e fui pro Colégio sem almoço... Chegando lá, entrei e a primeira pessoa que vi foi ninguém menos que a...

— Laura... — Eu a chamei.

— Mandinha!!

" Falsiane.. " Eu disse na minha cabeça..

— Toma! — Eu estendi o convite pra ela.

— O que é isso?!

— Minha mãe, quer dizer, eu... Vou dar uma festa lá em casa sábado a noite! Vai ser a comemoração do meu aniversário de 18 anos... Você foi convidada!

Ela fez uma carinha cínica e recebeu o convite...

— Obrigada, vai ser uma honra estar na sua festa!

— Então tá bom então... — Disse e saí dali.

Fui andando e a medida que eu encontrava as pessoas eu ia entregando os convites... O sinal bateu e entramos na sala, as aulas se passaram até chegar o recreio!

Duda tinha ido ao banheiro... Eu, apenas fiquei esperando ela...

— Ah... — Eu suspirei e me sentei no refeitório.

Olhei pra minha mão, só faltava entregar o convite a três pessoas, a Duda, o Lucas, e o JungKook....

— Pensando em que?! — Duda disse se sentando ao meu lado.

— Nada... Ah, antes que eu me esqueça! Toma, o convite pro meu aniversário...

— Aniversário?! — Ela disse pegando o convite,

— Sim, sábado eu faço 18 anos! Minha mãe quer comemorar e tal...

— Vai ser algo simples?!

— Não... Por mim seria, mas minha mãe faz questão de caprichar esse ano!! O tema vai ser inverno...

— Achei super criativo... E ficou lindo o convite!

— Obrigada...

— Bom, mas eu não sei se vou!

— O que?! Por que?!

— É sábado, eu tenho um compromisso com meus pais... Sabe, negócios...

— Que chato hein...

— Mas, eu posso ir lá qualquer outro dia!!

— Se você não for, seus pais também não vão, certo?!

— Sim... Provavelmente!

Ficamos em silêncio... A nossa frente estava Lucas, aquele chato, insuportável... Como sempre paquerando uma garota!

— Tem convite pra ele?

— Infelizmente sim... Minha mãe fez questão de convidar esse oferecido...

— Vai lá então...

— Não estava querendo!

— Para com isso, faltam só duas pessoas... Entrega logo vai...

Me levantei e fui tranquilamente até Lucas. Ele me vendo aproximar se despediu da garota e fixou os olhos em mim!

— Então... — Eu comecei. — Minha mãe vai comemorar meu aniversário sábado... — Disse e entreguei o convite.

— E eu estou convidado é?!

— Não, estou te entregando o convite pra você guardar de recordação... — Eu respondi mau-educada.

— Ta ta... Calma!! Eu vou fazer questão de estar lá...

— Se quiser ficar em casa, sem problemas! Adoraria não ter que ver sua cara lá!

— Mas hoje você tá que tá hein Mandinha... — Ele disse sorrindo.

— Pra você é Amanda!! Agora tchau... Tenho mais o que fazer...

— Vou estar na sua festa hein...

— Infelizmente...

Saí andando de costas pra ele, mas pude perceber que o mesmo sorriu...

O restante das aulas foi uma chatisse. Fizemos exercícios, avaliações surpresas... Aquela coisa chata de Colégio!

Então até que enfim tínhamos chegado no último horário...

— Bom alunos, ainda faltam 9 minutos... Vou copiar mais uma frase e encerro por hoje! — A professora Lúcia disse.

Ouve um " não " por toda a sala... A professora apenas fingiu que não escutou e continuou passando no quadro... Foi quando me passaram um bilhetinho...

— Quem me mandou isso?! — Cochichei.

— Foi o Lucas... — A Duda cochichou de volta.

Olhei pro mesmo que estava olhando pro quadro como se não tivesse feito nada...

Abri o papel e li... Dizia: " Quero conversar com você. Depois da aula. "

Apenas suspirei...

— Ah, o que esse garoto quer? — Disse a mim mesma.

— Tudo bem amiga?! — Duda perguntou.

— Não sei...

Disse isso e o sinal tocou...

. . . 


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse capítulo!!!
Obs: Não esqueçam o Jay Park hein...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...