1. Spirit Fanfics >
  2. . color me. >
  3. 'violeta

História . color me. - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - 'violeta


Eu sempre prestei atenção em um garoto na faculdade. O mundo onde moro, é preto e branco. Mas você, garoto, era azul.


Surpreendentemente, seu cabelo era azul, e isso dava destaque a seu corpo todo. Você começou a me chamar atenção desde que entrou na minha sala, e sinceramente, você é diferente. Isso é óbvio, mas sei lá. Você é muito diferente.


Descobri que seu nome é Kim Donghyun, nasceu em 17 de setembro de 1998, e sabe cantar muito bem. Eu não tenho as intenções de me aproximar dele, mas, há uma coisa estranha. Ultimamente, Donghyun tem olhado para mim. Percebi isso pois nossos olhos se encontraram muitas vezes. Estranhei.


Mas, uma vez, quando eles se encontraram, e eu, invés de ficar quieto, acenei para você e me aproximei.


— Como você está? — Sorri.


— Estou bem, e você? — Retribuiu o sorriso, mas ele parecia meio tímido.


— Estou ótimo! Eu não quero ser invasivo, mas, o que tanto olha para mim? Você é... um espião? — Minha tentativa falha de fazer uma piada — Desculpa, brincadeiras a parte.


Donghyun riu, e olhou fixamente em meus olhos.


— É que... você tem cor.


— Como assim? Eu não tenho cor. — Rio — Você tem cor.


— Seu cabelo é vermelho. Seus lábios são avermelhados também. Eu olho para você pois você me chama atenção. Nesse mundo, preto e branco, e logo você tem cor. Isso faz algum sentido?


— Seu cabelo é azul. Seus olhos são castanhos e brilham naturalmente. Eu também vejo cor em você. Bizarro, não é mesmo?... enfim, prazer! Vermelho, ou Lim Youngmin. — Brinco.


— Prazer, azul, ou Kim Donghyun.


E foi ali, onde a cor azul e a cor vermelha se tocaram. Mas, ao invés de nossa cor se juntar e virar um violeta, virou outra cor. Uma cor que apenas eu e Donghyun víamos. Era algo diferente de qualquer coisa já vista, qualquer pessoa falaria que é mentira. Mas o que importa? Em um mundo de escala de cinzas, onde todos os outros nos vêem em preto e branco, não importa. O que importa é o que eu vejo e o que eu sinto, pois sou o único que sabe o que se passa dentro de mim.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...