História - Determinação - UnderTale Frans - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Burgerpants, Doggo, Flowey, Frisk, Gerson, Greater Dog, Grillby, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, Vulkin, W. D. Gaster
Tags Frans, Frisk×sans, Sansfrisk, Sansxfrisk
Visualizações 252
Palavras 3.213
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Hentai, Lemon, LGBT, Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


EU ACHO BONITO QUE NINGUEM LE AS REGRAS AHSAUSHAUSHAUSHAUSHA
*Coloco as mãos na cintura*
Eu fiquei lendo os comentarios e geral cagando pras regras AHSUASHUASHUASHAUS
ai eu caguei também

HAUSHAUSHAUSHAUSHU Pra que regras se aqui só tem zueiro?

AHSUAHSUASHUASHUASHUAS EU AMO VOCES

Capítulo 29 - Vamos brincar??4 Resposta.


Fanfic / Fanfiction - Determinação - UnderTale Frans - Capítulo 29 - Vamos brincar??4 Resposta.

Que começe os jogos!!! (* me sento na cadeira com uma pipoca que roubei* )

Annah_Shipps_UT


#Primeirah
Ebaah
Tem hj!
Meus dois personagens:
Horror e Fell Eu queria pedir desculpas para ele
(COMO ASSIM DESCULPAS? TA DOIDA MULER? DEIXA ELE PRA LA)


Horror:

Desde que Asgore morreu e Undyne assumiu o trono, como você anda conseguindo sobreviver a essa fome?Eu não aguento ficar sem comer doce um segundo(brinks)imagina você que tem que arrumar comida pra você e cuidar do Paps...#melhorasHorror

HorrorTale


- Sobrevivemos como dá  - Ele responde sorridente com seu olhar doentio – Comemos larvas, raízes, nos mesmos.... mas meu prato predileto é um humano-quente.... – Ele mostra o machado – Já provou?



A Aliza "gosta" de você?Se sim, qual tipo de relação?

- Ela deveria odiar e evitar quem a mata.... mas ela sempre volta – Ele volta a batucar a madeira da pequena lojinha de “cachorro”-quente – Ela.... sempre.... volta.


Você é amigo do Killer ou do Dust?Se sim, quem você prefere?

- Se eu tivesse com bastante fome.... e tivesse os dois por perto..... quem eu mataria primeiro.... seria os dois.... – Ele olha para o lado alargando mais o sorriso – Para alimentar o meu irmão claro. ( resposta: ninguém importa só o irmão)


Fell:

Desculpas aquele dia, eu não deveria ter dito aquilo...Espero que você me perdoe!

UnderFell


- Heh, só não se repita

( ANNA-CHAN! NÃO É ASSIM QUE SE LIDA COM ELE!! )
(saca)

( -Fell, não precisa engranar ninguém eu sei que você gostaria que o original te pegasse)

- Como é humana?? – Ele começa a suar – Quer morrer?

(- Vamos lá Fell! Imagina ele quebrando os seus ossos)

- E-ele é tão forte assim – Ele começa a corar.

(- SIIIM)

-Se ele fosse assim....principalmente com aquela aparência linda eu....ahnn – Ele coloca a língua para fora – foderia muito com ele quebrando os seus ossinhos também, ahnnn QUE DELICIA CARALHO!


Você gosta de tratar Frisk como escrava ou bichinho de estimação?(Não me pergunte por que eu perguntei isso ;--;)

-Gosto pra casete, por isso estou pensando em ter outro – Ele sorrir se aproximando de você com uma coleira rosa na mão – O que me diz? – Ele passa a lingua nos dentes afiados já ofegante – É isso ou virar meu café da manhã .... bom você já vai virar mesmo – Ele rir e se aproxima mais – Você deve ser doce pra caralho.



Você ainda tem esperança que você possa se livrar do Papyrus?Se sim, por que?Eu tem ódio muito consumido por ele, ele é muito ignorante e não se importa com os seus sentimentos, não gosto de gente desse tipo!Eles são babaca sem sentimentos >:^

- Heh, você fala bastante do Boss, em? Esperança eu sempre tenho, sonho com a morte dele quase todos os dias – Ele da de ombros enquanto coloca a coleira no seu pescoço – Mas você sabe, talvez Boss seja minha carga e AH! – Ele se afasta te olhando, ele fica mais corado e ofegante – Que delicia! – Ele pega a corrente da sua coleira e puxa fazendo você se puxada para perto dele – Casete! Você esta gostosa pra caralho, Kiddo – Ele passa a lingua vermelha na sua bochecha para te provar – Doce pra casete ~ (PORRA! *Me levanto da cadeira* CADE MINHA ARMA?)

Você conhece o Swap!Sans?Acho ele bem fofinho, em algumas horas muito irritante(basicamente o Papyrus de Undertale)


- Ele é irritante pra casete, Kiddo – Ele fica te puxando pela corrente indo para casa dele – Mas o mais irritante é o “Papa” dele – Ele para e te olha voltando a ficar ofegante – E eu so vou te ouvir agora s-se você latir – Ele estava te olhando com um ar de pervetido. (CORRE ANNA-CHAN!!)








_Yasumim_



Horrortale Sans e Aliza, quero seguir eles (Seu desejo é uma ordem~~ )


yupiii


HorrorTale



Você está atrás do Sans, ele estava segurando seu machado o apoiando no ombro enquanto andava por ai, ele foi para sua sua loja de de cachorro quente.

- Já não era sem tempo – Um monstro coberto de sangue com olhos vermelhos e dentes afiados ficou na frente da loja – Eu quero dois para a viagem por favor!!

Sans da dois humanos-quentes para ele. Um pão que tinha dedos e outra que tinha cabelo.

- Perfeito! Minhas partes prediletas!



Mas tarde apareceu Aliza por lá.

- Oh! Sans – Ela correu até a lojinha, ela era meio desajeitada e assustada, mas por uma razão desconhecida tentava sempre fazer amizade com aquele monstro sem nenhum receio – Sans! Por favor – Ela coloca as mãos juntas das outras como uma oração – Eu te peço! Me ajude a fugir! Tem monstros me seguindo novamente.


A jovem tinha várias cicatrizes em seu corpo tanto que já foi decapitada e morta.


Sans ficava a observando implorar batucando os dedos.

Sans não conseguia compreender aquela humana, era dele que ela deveria está fugindo ou evitando, mas ela sempre voltava. Sempre.


Seu sorriso sempre fiel ao lado de seu machado nunca saia de perto dele. Ele ouviu algo, mas continuo batucando.

- AQUI ESTÁ A COMIDA!

Um mostro rastejante tinha apenas as mãos que usava para andar e mover seu corpo comprido e medonho.

- Não! Por favor, senhor monstro! Não me devore!

O Sans pulou na frente do balcão sempre sorridente segurando sua machadinha e mata o mostro apenas com uma machadada mata o monstro.

- Não! – ela não queria aquilo – Sans! Não era isso.... que eu

Sans não conseguia entender aquela humana, mas ela o irritava então seu olhar para ela a matou também. Novamente.

Cortou boa parte da sua carne. Colocou em um saco e separou para o seu irmão.


Foi para casa para alimenta-lo e aproveitar seu intervalo

Estava andando pela cidade agora quase  “anoitecendo” ele dizia isso pelo horário, afinal não dava para saber no lugar onde vivia. Já que não existia céu.


Aliza apareceu novamente e começou a seguir muito envergonhada e desajeitada. Sans prometeu mostrar um atalho longe de monstros se Aliza desse carne o suficiente para a semana.

Aliza gostava muito do Sans, embora não se soube como expressar isso. Ela só queria ajuda-lo com ele estava ajudando, mas na cabeça de Sans ela era só uma humana louca. Louca o suficiente para seguir o perigo em vez de correr dele.


Sans para em frente a uma porta e olha para Aliza.

- Oh... é aqui – Ela pergunta desajeitada – Passando por aqui... posso enfim ir para o castelo real e passar a barreira? Oh! Muito obrigada Sans!

Ela anda até a porta que era mais para um buraco de túnel.


Sans ficou apenas a observando ir, na mente de Sans se ela fosse para casa, ele não teria mais que pensar, do por que aquela humana era assim. Ela era diferente de todos. Sans nunca experimentou o ódio sobre o nada, mas sabia que aquela garota não o odiava, o que deixava ele mais intrigado ainda.


- Eu vou voltar e salvar você e a todos, Sans eu prometo!

Quando ela correu pelo túnel uma grande rocha caio do teto, caindo sobre ela a matando instantaneamente.


Sans fechou os olhos, ele sabia que tinha pedra lá pronta para quando qualquer um passasse. Ele sabia que não ficaria mais intrigado sobre a humana, mas por alguma razão não deixava ela ir.

Com essa é a 6° vez que Sans a engana sobre um atalho e toda vez ela acredita nele. Como se ele fosse seu guardião ou qualquer coisa insana do tipo.

Ele abre os olhos e percebe que a cabeça de Aliza voo separada do corpo.

A pedra deve ter feito isso.


Ele se ajoelhou e pegou a cabeça da humana.


E deu um beijo em sua boca.










BeaHunter





Pergunta para Sans de UnderTale:

UnderTale


Epa Heh – Ele coloca as mãos no bolso do casaco – Pode perguntar, Kiddo.

( 1° ) –Quando você vai admitir que gosta da Frisk? 



- Kiddo, você é osso duro, em? – Ele rir, mas logo aperta os olhos e olha para o lado – Antes tem algo que tenho que falar primeiro... er... um segredo difícil de engolir – Ele da de ombros olha para você – Despois disso, quem sabe?



( 2° ) –Me da um abraço? Sério eu te amo!


- Wow, Kiddo – Ele se assusta com o pedido – Você vai mesmo direto ao ponto, em? Pensei que ia me chamar para jantar antes, você sabe – ele fecha os olhos e da de ombro – Quebrar um gelo ou dois – ele te olha e pisca – No meu caso ossos. Heh. Zuera Kiddo. Vem aqui – Ele tinha preguiça se mover então estralou os dedos da mão esquerda para usar o poder azul em você e te abraçar. Mas quando você abraça ele vem um monte de barulhos de peito ao mesmo tempo – Heh. Nossa Kiddo. Essa foi brutal.













ShippsLoksYtbs

Para Chara;
Pego seus chocolates escondidos e saio correndo.


UnderSwap



Chara corre atrás de você com uma faca na mão como um condenado, tão rápido que os pés e os braços se moviam ao mesmo tempo, seus olhos brilhavam em um vermelho sangue.

Não existia duvidas que se ele te pegar iria te matar.


- Espera, Chara!! – Blue Sans corria atrás dele – Deixa a Humana em paz! Eu compro mais chocolate para você!!!




Para Papyrus;
Heya papyrus! Se vingue das piadas que Sans faz, e coloque mostarda, em um recipiente de Ketchup

UnderTale


Eu já tentei fazer isso, Humana – Papys olha para o lado lembrando – Ele tomou tudo mesmo assim....


Para Asriel; 
AAAAASSSRRRIEEELL, vc não acredita no que estou vendo!
Aquilo é uma torta da Tori?

UnderTale



- o...O QUE? – Ele olha, era mesmo um pedaço de torta que o sei pai estava prestes a comer.

Antes que seu pai conseguisse comer ele voo em cima da torta e comeu em uma mordida.



Para Toriel;
Toriel, posso te chamar de Mamãe cabra? ^-^

UnderTale


- Minha criança? – Ela pensa mas logo sorrir – Claro que pode me chamar de “mamãe” se quiser e lhe fazer sentir melhor, mas.... er... sem o cabra?


Para Asgore;
Qual é seus chá favorito? E o que vc faz no seu tempo livre? Pq o Asriel tem pelos brancos, e vc tem cabelos loiros? *Sussurra* ele usa tintura?

UnderTale


- Um bom chã de raiz, claro – Ele mostra o a xicara e te oferece um pouco.
Voce toma um pouco e é muito amargo e ruim.

- ....Forte demais, minha jovem?

- Bom... o cabelo do meu querido filho é assim, pois puxou os belos pelos de sua adorável mãe.

Quero seguir o dia todo sem ele me ver!
Ink e nightmare.


InkTale

Ink dormia tranquilamente.

Quando foi acordado pelo Erro que entrou no universo dele já com gracinhas.


Eles ficaram brigando sobre besteira e sem nem mesmo eu ou você perceber estavam se encostando na parede e se beijando como dois loucos. Erro coloca a mão dentro da bermuda de Ink brincando com o seu volume em quando se beijaram. Ink se contorce na mão do Erro e o mesmo fica rindo começando a lamber a bochecha dele.

-Erro... para ahn... eu estou com raiva de você – Erro faz ele virar contra a parede com o rosto encostado na parede de costas para ele, Erro enconcha o seu volume já duro no quadril de Ink fazendo eles gemerem juntos – Erro!

- Qual é... bro – Ele começa a se esfregar contra Ink – Ta gostoso pra caralho, vai dizer que não quer mais?


Mais tarde quando Erro estava dormindo na cama Ink começou a criar coisas para o seu universo.


Geralmente Erro destruía tudo e ele recriava.


- De novo com essa merda? – Erro acorda sonolento

- Merda? Do que está falando?

- Você sabe, essa merda toda ai, o que adianta fazer isso se não pode trazer pessoas mortas a vida? – Erro estrala os dedos e destrói a criatura nova – É INUTIL.

-Você que é inútil Erro!!

- Oque?

E lá vão brigar de novo.





DreamTale


(er... acho que ele saiu da sua rotina para ir no desafio a baixo)















Melor


1° Fazer um Pedido que Ele não Pode Negar:
*Vou até o Nightmare falar com ele* Queria ver você tretar com o Cross pelo Dream '-')


DreamTale


- Voce está falando do meu irmão inútil? – ele suspira mas abre um portal e vai para a dimensão de Cross

Cross estava tomando banho, ele vai para o banheiro e quebra a porta e entra.

- Mas que merda? – Cross estava na banheira e fecha a cara quando ver quem é – Ate aqui você vem perturba minha paz? Eu não salvei seu irmão hoje.

- Não posso fazer nada – Mare sobra os braços – Fui desafiado.

- Desafiado? A o que? – Cross volta a relaxar na banheira.

- A um duelo com você pelo meu irmão e bla – Ele fica mexendo os tentáculo.

- E não tem como negar?

- Nah

- .... Bele – Ele pensa mexendo o corpo na ensaboada – ah! Já sei Bro, já que você me desafiou eu escolho o duelo o que acha?

- Jogue duro – o Mare da de ombros com os braços ainda cruzados.

- O Duelo vai ser ~~~ Quem fica mas tempo na banheira! – Mare se assusta – O vencedor leva tudo!

- O que?? – Mare cora um pouco e da um passo para trás

- É vamos lá! Qual é reitentaculo – Cross pisca – Não é todo dia que o herói tem que ser o vilão e que o vilão tem que ser o vilão – Ele bate na agua dando tapinhas como se fosse confortável em um convite – No fim seu que você não é tão ruim assim~~ Foi a maça negra que te deixou assim~~

- Não foi o que meu povo falou quando matei todos – Ele suspira vendo que Cross não vai mudar de ideia e começa a tirar a roupas negras, ele para – Vai virar o rosto não ?

- Heh – ele fecha os olhos e quando Mare entra totalmente nu ele abre denovo – Bele! O duelo começa...Agora!

- Hm – Mare abraça as pernas



2° Fazer um Pedido que Ele não Pode Negar:
*Voe até o Dream falar com ele* Concorda em ser o "prêmio" Do vencedor do duelo, e fazer TUDO que ele te ordenar durante 24 horas? ;-;



DreamTale


- V-VENCEDOR? – Ele se levanta do trono – O meu irmão está lutando com Cross novamente? P-por mim? – Ele cora colocando as mãos no rosto – Eu vou ser... um prêmio? Eu não sei o que pensar sobre isso.

Dream liga para o irmão, nada dele atender

o celular estava na roupas no chão

- E aí vai atender? – Cross estava segurando algumas cartas mesmo na água da banheira.

- Nah, está muito longe – Ele começa a escolher uma carta na mão do Cross e faz cara feia quando ver que é um Joke, ele guarda na pilha de cartas da mão dele – Se eu atender vou perder.

- Heh, bom pelo menos nesse jogo de cartas você já está perdido – ele pisca e o Mare revira os olhos – OU, você acha que os ossos podem ficar enrugados?

Mare pensa seriamente sobre isso.




Eles ficaram lá o dia todo.














King_Sans1227



Pergunta para a fell( a au mais triste que existe flowerfell) ( ai eu vou chorar)



Você ainda sente falta da frisk?, calma cara jaja ela volta e só achar a chara.........eita porra falei de mais........fui 





FlowerFell



O Sans estava dormindo nas flores dourados, o sono era profundo demais para ele poder te ouvir.... ou ouvir a qualquer um.





Aliza (horrortale) 




Por mais que o sans seja assim , teria alguma chance de você perdoar e amar esse esqueleto de crânio fudidamente fodido?? 

HorrorTale



- E...Eu não sei o que te faz pensar que eu odeio o Sans.... Sans do outro mundo... – ela coloca as mãos juntas uma da outra seu sorriso era tímido porem sincero – Eu gosto do Sans.



Sans ( horrortale) 



Se você parasse com essa sede de sangue seria possível você amar a aliza....
Tarde de mais bro já tô te shippando com ela 




- Carinha.... em um mundo insano..... em uma mente insana.... em ossos insanos – Ele sorrir mais batucando os dedos na madeira – O que seria amor?











GiuliaViecili      




Ink (Inktale) : Você já desenhou casais das Aus? ( Sei que uma pergunta ruim,mas só consegui pensar nisso) Eu faço isso muito. Também gosto de desenhar, pode me dar umas dicas?


InkTale



- Hey Kiddo – Ele sorrir com a cara toda borrada de tinta – Eu desenhando casais? – Ele pensa mas logo volta a sorrir – Claro, se você shippar uma salsicha com o pão – Ele rir – To de brinks, Kiddo... hey.... – ele volta para o quadro. – Se quiser ser um bom pintor só precisa de algo para pintar, motivação e uma boa imaginação~~ -Ele olha e pisca – Nada além disso.... embora você tenha vantagem com sua Determinação?

Gaster : Gaster você é inteligente? .... Se sim, resolva este enigma: O que é o que é... Quando você não sabe quem sou, eu sou eu... Mas quando você sabe quem sou, eu não sou mais eu. Quem sou eu? Não vale trapacear


UNIVERSO: ????

Gaster fica pensando na sua resposta, vai para a sua mesa e começa a escrever o que disse para calcular melhor. Ele faz um calculo de 20 folhas. Quando enfim desiste vai para a maquina de fazer perguntas. Ela quebra. Ele faz um clone dele mesmo, demora semanas, mas enfim faz um perfeito e eles ficam tentando resolver junto o esquema.

“Talvez um outro nosso de outro universo”

“Impossível... só existe nos dois.... e quando acabar terei que mata-lo”


“Oh... puxa”


(Vamos deixar eles ai AHSUASHAUSHU)












KaiWolff




Quero ficar o dia inteiro horrotale para ver o que acontece*só não me deixa sozinha lá blz*
E horro e melhor vc não chegar perto da gente blz *olhar ameaçador*
(Ok ok ~~ sem Horror ~~ vamos procurar algum lugar que ele não esteja então~~)


HorrorTale



Aliza estava andando de forma devagar e desajeitada sempre olhando ao redor, com medo de sempre encontrar algum montros. Até que logo a frente ela encontra um monstro conhecido.


Era o Papys fazendo alguma coisa. Sua aparência era diferente, seus dentes meio tortos e sempre sujos de vermelho que você não fazia ideia se eram de molho de tomate ou sangue.... ou os dois e seus olhos eram pequenas bolinhas pretas.

- Oh, olha senhor papyrus – Ela se aproxima dele com as mãos juntas uma da outra – O que faz aqui?

Ele mostra para ela. Era um caça palavras.

- Oh! Um quebra cabeça? – Ele balança a cabeça concordando

-....Você..... gosta? -Ele pergunta, de forma que parecia não compreender muito bem.... mas o máximo para se comunicar.  


- Oh.... – Ela olha para ele pensa um pouco mas sorrir – Gosto! Podemos fazer juntos?

Ele cora e olha para o lado deixando ela ajuda-lo.

- Senhor Papyrus o Sr. Sans sabe que está aqui? – Ele balança a cabeça de forma negativa – Por que?

- Sans... nunca me deixa sair.... eu gosto de sair


- Certo....

Quando finalmente terminam achando todas as palavras ele de da um espaguete suspeito para ela.

Era um espaguete que tinha cabelo humano e olhos.


- Oh.... – ela olhou segurando o prato – Pra mim? – Ela não quer comer.... mas também esta feliz com aqui – É a primeira vez que me dão algo para comer.... em vez de tentarem me comer.... – Ela olha para ele muito feliz corando – Obrigada!



 


Notas Finais


Obrigada a todos que participaram ~~

*me curvo*

E obrigada também para os que so gostam de treta e lerem ate aqui HASUAHUSAHSUA

*me curvo de novo*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...