História - Do I still love him? ; imagine Park Jimin - - Capítulo 29


Escrita por: e haechanin

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, HyunA
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, HyunA, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lisa, Lu Han, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Jimin Você, Romance, Tentativa De Comedia
Visualizações 123
Palavras 1.328
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Blz? Cmg naum pq eu estou morrendo de tanto chorar...isso existe (?)

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 29 - Querido professor...


Fanfic / Fanfiction - Do I still love him? ; imagine Park Jimin - - Capítulo 29 - Querido professor...

Pov's Emilly...



Eu: S-sim...- porra! Por que tive que gaguejar???

Professor Nam: Você não vai nem perguntar que tipo de ajuda é? -ele disse mostrando suas covinhas em um doce sorriso. 

Eu: Ah! Eu....- ok, eu não sabia o que falar...não sei se é pela aproximação repentina desse lindo professor, ou se é pelo fato de nossos rostos estarem tão próximos.

Professor Namjoon: Hey calma, não precisa ficar tão nervosa. -ele disse tirando sua mão de meu pulso

Eu: Desculpe professor, é que....eu acho um pouco estranho. -ele me olhou confuso, então continuei. -Você parece ser tão novo para um professor.

Namjoon: Pode me chamar apenas de Namjoon, senhorita....

Eu: Emilly.

Namjoon: Pode pegar uma cadeira e colocar próximo à minha. -ele disse apontando para sua mesa, eu fiz o que ele pediu, notei que ele havia trancado a porta.

Eu: Agora, você pode me falar que tipo de ajuda você está querendo??? -eu perguntei cruzando as pernas, para provocá-lo.

Namjoon: Bem, senhorita Emilly. -ele se sentou em sua mesa, ficando na minha frente. -Eu notei que está querendo me provocar desde que cheguei aqui. -ele disse com um sorriso malicioso nos lábios. 

Eu: Como pode me acusar tão injustamente, professor??? -eu perguntei me levantando da cadeira.

Namjoon: Não se faça de inocente Emilly...-ele disse puxando minha cintura, o que me levou a ficar entre suas pernas, por um instante pensei ter sentido algo duro próximo a minha barriga. Ah não! Será que...

Eu: Não sei do q-que está falando professor Namjoon....pode ser mais específico...? -eu perguntei me aproximando ainda mais, e também revelando minhas suspeitas....seu membro realmente estava duro.

Namjoon: Preciso que me ajude a me "aliviar" senhorita Emilly. - eu consegui me engasgar com minha própria saliva, como ele pode ser tão direto assim!? Ele quer que minha boca entre em contato com seu membro, espera ele está assim por minha causa, então eu tenho esse poder para com o meu querido professor.

Eu: Mas...e se alguém aparecer???

Namjoon: Eu tranquei a porta...-ele disse fitando minha boca. -Estou louco para ver o que essa boquinha linda pode fazer. -ele mordeu seu lábios inferior com certa força. 

Eu: Coisas que você nem sonha, senhor. -eu falei próximo ao seu ouvido. Ele roçou nossos lábios, em um ato de, eu diria, necessidade. Quando a falta de ar se fez presente nós encerramos o beijo.

Ele afroxou ainda mais minha gravata e desabotoou minha blusa, beijava e depositava chupões em meu pescoço, eu coloquei minha mão em sua nuca, eu arfava com seus toques, suas mãos tão próximas de meus seios. Ele parou de beijar meu pescoço e tirou meu sutiã, revelando meus seios médios, notei que Namjoon mordeu seu lábio inferior novamente, em seguida abocanhou meu seio direito enquanto massageava o esquerdo.

Eu: N-Namjoon...Ah! -eu gemi.

Namjoon: Shh. -ele tirou a boca de meu seio e disse. -Se você gemer muito alto seremos descobertos. -ele sorriu. -Agora, é minha vez! 

Ele tirou o cinto e abaixou suas calças, revelando um grande volume -ainda coberto pelo tecido de sua cueca-. Só de olhar para aquilo, eu senti minhas bochechas queimarem e ele soltar um fraco risinho.

Namjoon: Está pronta para abocanhar isso aqui, Emilly..? -ele perguntou abaixando, por sua vez, a cueca revelando seu membro grande e ereto. 

Eu me abaixei um pouco, ficando da altura de seu membro, e abocanhei o mesmo, fazendo esses movimentos repetidas vezes.

Namjoon: Isso! Ah....-ele gemia, colocou sua mão em minha nuca ajudando a fazer os movimentos, jogou sua cabeça para trás e continuou a gemer e arfar. Depois de um tempo ele chegou ao seu orgasmo, deixando vazar aquele líquido, que eu tomei liberdade de tomar um pouco.

Eu: Está feliz agora, senhor...? -eu perguntei me levantando e pegando meu sutiã e minha blusa.

Namjoon: Um simples boquete não irá satisfazer o meu desejo por você Emilly. -ele piscou para mim.


______________________________________________________________


Pov's S/n...



Eu acordei na cama de Jimin, dormindo com o próprio. Eu levantei um pouco minha cabeça, eu estava com minha cabeça deitada no peito do Jimin, eu olhei paa o mesmo....ele estava tão fofo dormindo, parecia um anjinho. 

Eu: Aigoo, que fofo o meu Chimchim... -eu sussurrei para mim mesma. Tirei sua mão de minha cintura com muito cuidado, e consegui sair da cama sem acordá-lo. 

Só depois de descer as escadas eu notei que estava completamente nua! 

Eu: Aish, que merda! -eu resmunguei subindo novamente as escadas.

Abri a porta lentamente, me dirigi ao seu guarda roupa e tirei de lá uma grande blusa de Jimin, tomei liberdade de peguar uma cueca dele e fui tomar um banho.

Eu não faço idéia de quanto tempo estou aqui, só sei que...eu gostei!.

Saí de meus pensamentos com o toque do meu celular...



LIGAÇÃO ON



Eu: Alô?

Lisa: S-s/n... -*ela falou com a voz um pouco falha*

Eu: Lisa??? Você está chorando???

Lisa: O m-meu appa...ele....ele morreu.- *ela disse entre soluços*

Eu: O que...? Como aconteceu???

Lisa: Hoje de m-manhã....ele desmaiou, então eu e minha omma o levamos para o hospital o mais rápido possível, mas e-era tarde demais. - *ela disse chorando ainda mais* . -S/n, eu estou me sentindo tão sozinha...

Eu: Mas você não está! Eu estou aqui, mesmo longe, eu estou ao seu lado! 

Lisa: Muito obrigado s/n, v-você tem razão. -*sua voz continuava falha*

Eu: Eu sei como é perder um pai Lisa, parece que você está desprotegida, parece que está faltando um pedaço seu. Sei que sente muita falta de um abraço de seu herói, aquele que sempre te protegeu de tudo e de todos....mas você tem amigos e uma mãe qje com certeza lhe ajudará a superer essa tristeza. Lembre-se que eu e Tae estamos sempre ao seu lado. - *senti uma lágrima solitária percorrer minha bochecha*

Lisa: S/n, n-não existe pessoa no mundo que me entende m-melhor que você, e-eu e minha mãe vamos voltar para a Coréia.

Eu: Quando você chegar aqui eu vou te abraçar tanto, que você vai até cair e eu irei cair junto! - *ela riu*

Lisa: Te amo...

Eu: Eu também te amo...

 

LIGAÇÃO OFF



Eu desliguei a chamada e me encostei na parede, caindo lentamente até chegar ao chão. Abracei meus joelhos e desabei em lágrimas, eu me sinto tão mal por Lisa, mas não é só por isso....falar do meu pai me trouxe lembranças do mesmo. Sinto tanta falta dele, seu sorriso sereno, era possível ver resplandecer em seu olhar o amor que ele sentia por nós. 

Porém, um motorista bêbado tirou a vida do meu amado appa, eu me lembro como se fosse hoje....a primeira vez que meu coração se partiu....foi quando vi meu appa dentro daquele caixão, suas bochechas não eram mais rosadas, seus olhos que antes brilhavam agora estavam fechados e nunca mais se abririam novamente, seu corpo completamente sem vida...

Essas lembranças voltando a minha cabeça, depois de tantos anos, eume lembro perfeitamente do meu herói. 

Ouvi passos, com certeza seria Jimin descendo as escadas, eu não me preocupei em levantar a cabeça e muito menos em limpar minhas lágrimas. 

Jimin: S/n...? . -sua voz claramente sonolenta me fez levantar a cabeça e olhar no fundo de seus olhos. -Por que e-está chorando??? -ele perguntou dessa vez mais preocupado.

Eu: Jimin...p-promete que nunca vai me abandonar?. -eu perguntei o abraçando com todas as minhas forças.

Jimin: Mas...óbvio que eu nunca irei te abandonar. -ele disse retribuindo o abraço.


Esse abraço me trás nostalgia, o dia em que eu estava chorando por alguém que nunca olhou na minha cara....quem diria que seria o mesmo dia em que Jimin mostraria seu lado acolhedor e atencioso para minha surpresa. Nunca pensei que um dia estaria assim com ele....

Eu: Eu te amo....-falei sorrindo, em meio as lágrimas

Jimin: Eu também te amo, eu te amo demais s/n! -ele me puxou ainda mais fazendo o abraço ficar mais apertado. 

Eu: Eu já falei que adoro seus abraços?

Jimin: Eu adoro te ver sorrindo...-ele acariciou minha bochecha comseu polegar. -Por favor s/n, não chore....meu coração se parte toda vez que te vejo com os olhinhos inchados...

Eu: Desculpe....

Jimin: Não se desculpe, minha princesa. -ele disse, logo em seguida iniciou um beijo calmo e carinhoso, seus lábios macios se encaixavam perfeitamente com os meus....




Notas Finais


Carai mano eu tô chorando aquie T · T...

Desculpe se ficou mt curto, desculpe qualquer erro.

Mt obrigado pelos 130 e pouco favoritos, EU AMO MUITO VCS!!!

Mas realmente quando eu escrevi isso, naum sabia q teria tantos favoritos e tanta gente me apoiando...♥_♥ amo vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...