1. Spirit Fanfics >
  2. - foi sua culpa. >
  3. Obrigado por ter sido meu até o fim.

História - foi sua culpa. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


ALERTA: A HISTÓRIA APRENSENTA ESTUPRO, ASSÉDIO SEXUAL, SEQUESTRO E TORTURA PSICÓLOGICA

SE FOR UM GATILHO NÃO LEIA!

Capítulo 1 - Obrigado por ter sido meu até o fim.


Nunca foi culpa minha, o jeito que você me olhava literalmente me pedia para fazer aquilo. Seu olhar hipócrita e arrogante como se fosse superior a tudo, puta merda Louis, eu amava tudo em ti, mas você sabe, o que eu mais amava era seu olhos oceanos transbordando. Enterrando seu orgulho, e me implorando para parar até perder a voz. Eu amo seus gritos por socorro mais que qualquer coisa e só de pensar em seu sangue sujando meu tapete tenho vontade de fazer tudo de novo. Memorizei tudo em ti, o jeito que andava despreocupado com a realidade em sua volta sempre me deixou excitado, seu quadril rebolando me implorando para te ter para mim.

Você sabe que foi culpa sua, não é? Eu nunca teria feito tudo isso se você não fosse assim, Louis. Sempre que eu penso em você lutando, tentando se soltar de meus braços enquanto eu te drogava, merda, eu fico louco novamente. Eu sempre me lembro daquela primeira vez.

— Você não pode se mexer, mas pode me ouvir, não é? Eu sei que pode. Ouça isso aqui, Louis: isso é culpa sua, merda, ninguém deveria ser tão lindo assim — eu disse sorrindo, enquanto tirava suas roupas lentamente — Por sua culpa, você vai me sentir entrando e saindo de ti, até ficar dormente.

Eu sabia que naquela hora você queria gritar, lágrimas caíam do seus olhos lentamente enquanto eu me movia por cima de ti. Eu nunca senti tanto prazer quanto naquele dia. Eu finalmente senti que estava onde deveria estar, sabe? Na segunda vez, você estava consciente. Eu realmente queria ver todas suas reações, e, oh, como eu agradeço por essa decisão.

— Não, por favor! — você implorava, enquanto eu te arrastava.

— Para de se mexer, só vai fazer isso ser mais difícil, hm? — eu sorri gentil, já sentia meu pau doer, porque, porra, você ficou tão lindo com o rosto vermelho de tanto chorar.

E naquele dia, enquanto eu fodia contigo pela segunda vez, eu percebi: você era meu tudo. Meu único bem precioso na vida. E eu não poderia te perder nunca, você foi destinado para ser somente meu, Louis.

Na quinta vez você já não relutava, apenas ficava chorando baixinho. Na décima terceira você não teve nenhuma reação, até parecia morto. Na vigésima você começou a sangrar, e isso apenas fez com que eu fosse mais forte. Na quinquagésima você esperneava de dor, essa foi minha reação favorita, confesso. Na centésima você realmente estava morto.

Fazer isso com você morto não tinha tanta graça. Você não chorava, não gritava, não sangrava, não implorava. Mesmo algumas vezes sendo melhores que outras, eu realmente agradeço por você ter sido meu até o fim. Nunca irei amar ninguém como amei você.


Notas Finais


sim, eu sei isso foi MUITO pesado e pertubador. mas eu realmente queria escrever uma história assim e eu queria deixar claro que eu-lirico da história é o Zayn, que é um psicopata doente então ele pode manipular a história a vontade.

obviamente não foi culpa do louis, ele só taba vivendo a vida dele normalmente.

lembrem: assédio sexual é crime! denunciem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...