História - imagine kpop e variados - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 6
Palavras 717
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tô aquiiiii, voltei curious, a menina lá do comentário, na qual esqueci o nome, desculpa, eu to come 19 capítulos aqui no meu caderno, eu não vou parar ATÉ que acabe a temporada, isso mesmo, essa só eh a primeira temporada, ainda vai ter a segunda, aí vai acabar a história toda. Mais eu não vou parar de escrever, se no caso eu parar, eh porque eu devo estar de castigo meus amores, mais quando eu não parar eh porque, obviamente, eu não vou estar de capitulo, okay, disse uma coisa óbvia mais tá. Vamos ler? Vaiiii bixin.

Capítulo 2 - Atrasada


             *S/N P.O.V*

Acordei era 06:00 em ponto, ainada tinha muito tempo até irmos ao aeroporto,  seria as 09:00 pois o avião sai meia-hora depois.

Ainda estava deitada em minha cama, não estava mais acostumada a acordar "tão" cedo assim, já que eu estava de férias, as aulas na Coréia voltaria só semana que vem (no caso, estamos nas férias de julho). Pensando em tudo isso acabei dormindo novamente.

Acordei com meu pai me sacudindo feito louco falando que eu estava atrasada e que já era 09:15. Saí em disparada da cama, peguei minha toalha e fui correndo para  o banheiro escovar os dentes e tomar banho. Estava tão nervos a com o fato de estar atrasada que nem pensei na possibilidade dele estar me enganando para ir logo.

Saí do banheiro as pressas..."sorte que já preparei tudo ontem" pensei, fui olhar a hora no meu celular que estava no criado-mudo ao meu lado e... "QUE? AINDA SÃO 08:25?". Fiquei brava com meu pai, mais depois me acalmei, pois sabia que ainda tinha bastante tempo.

A roupa era um croppet preto com manga longa,  logo em frente estava escrito a palavra "Danger" em vermelho, uma calça jeans azul rasgada no joelho e um tênis sola alta preto ( da Nike bb,  brinks ). Agora só faltava a maquiagem e o cabelo, a make foi "simples" (para mim claro) : base, rimel, delineador, lip tint e um pouco de blush para dar cor as bochechas. O penteado era apenas um rabo de cavalo estilo Ariana Grande, quer saber meu estilo? Tenho vários, não tenho específico.

Desci os escadas, fui direto para a cozinha, e lá encontrei meu pai e minha mãe. Meu pai  é coreano e minha mãe é americana com descêndencia brasileira.  Como eles se conheceram?  Em umanexo viagem de turismo do Brasil, coisa assim, não me lembro direito, eles viraram amigos e depois de um tempo começaram a namorar, se mudaram aqui para o Brasil,  se casaram  e me tiveram. Eu sou filha única, minha mãe não pode ter mais filhos, por conta de um vírus, se meus pais quiserem mais um...Eles terão que adotar.

Assim que meu pai se virou e me viu começou a rir 

- Filha, você tinha que ver sua cara quando eu te acordei falando que estava atrasada - falou rindo, eu só revirei os olhos 

- Bom dia para vocês também - eu disse abrindo a geladeira e logo fechando a mesma depois de pegar a caixinha de leite 

- Bom dia filha ! - disse minha mãe dando um beijo em minha testa, deixando ela marcada pelo batom vermelho que minha mãe usava - para de rir querido! - gritou - você- sabe que ela odeia e continua fazendo? Simplesmente nao te entendo - franziu o venho e cruzou os braços o olhando.                                         - Tudo bem mãe, já estou acostumada com as brinquedeiras do papai... - disse sentando na cadeira ao lado do mesmo, colocando  leite no voto em minha frente - bem... aonde vamos ficar durante  que não temos uma moradia em Seul?  - perguntei 

- Na casa de seu avô - disse meu pai parando de rir - quando chegarmos lá você VAI ter que nos chamar de omma e appa, sem mais e menos

- Ah...Só por causa daquela aposta né? - eu disse bufando 

- Que aposta? - minha mãe pergunta confusão

- Quando eu disse para vocês que a gente ia se mudar mais o meu amigo não disse para onde, as S/N disse que se não fosse para a Coréia ela ia continuar nos chamando de pai e de mãe, aí a gente apostou, eu estava certo, a gente vai para Coréia - meu pai

- hmmm....

- Vamo comer né família?  - eu disse e voltamos a comercadoria

 

        *08:45*

Já estávamos indo ao aeroporto, que era 15 minutos dali, chegaríamos 09:00 em ponto.

Quando chegamos, meu pai pagou o taxista ( é, esqueci de falar,  estavamos de táxi )

 

*45 minutos depois*

Já haviam revistado nossas malas e tudo mais,  agora estávamos sentados em nossas cabines, ahhhh vai demorar para krlh, pois demora mais de 30 horas (aut: quase que escrevo minutos kkk ). Estava com meus fones, para dormir mais rápido obviamente, escutando "Happier" e logo dormi.


Notas Finais


Gente desculpa por qualquer erro, porque esse celular as vezes da a louca e escreve palavras que não existe. Olha eu não quero forçar ninguém mais... SE VOCÊ GOSTOU COLOCA UM FAVORITO PAFUVOOO (ESCREVI ERRADO PORQUE EU QUIS KIRIDOSX). Tô mo anuma da aqui, quero que o cap que as Chaeyon (busters), Jisoo (busters) e Hyungseo (também dos busters) aparecem. Tchau!

Bjus curious ~♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...