História - Isshun Issho Ni - Capítulo 11


Escrita por: e wiine_

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Gaalee, Naruhina, Narusaku, Nejiten, Saiino, Sasusaku, Sasuten, Shikatema, Winefic
Visualizações 17
Palavras 1.567
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu tava tentando escrever um hentai e esqueci que tinha outras coisas pra escrever '-')b E meu spirit não logava de jeito nenhum! Fora que eu tô tristonha com umas merdas que aconteceram comigo essa semana e a passada.

Capítulo 11 - Agimos por impulso


 NEJI - NARRAÇÃO 

———————————


 

Sai nervoso daquela lanchonete que só serviu pra desgraçar minha relação que já não era das melhores. Fui direto para casa da minha prima, agora éramos dois Hyuuga revivendo aquela guerra com os Mitsashi. Ela me acolheu e parecia ter voltado a ser a Hinata fofa e gentil, o que eu agradecia mentalmente por ter acontecido.

Hinata - Me conta o que aconteceu - disse colocando uma xícara de chá na mesa em frente - Eu não ouvi nada sobre, mas posso dizer que tem algo da Tenten no meio - se sentou ao meu lado com um sorriso gentil - Eu não vou te xingar e nem nada assim, só tentar te ajudar.

Neji - Tudo bem, eu estava conversando com o Naruto, tínhamos acabado de voltar da casa do Gaara e...


Flashback on 


Neji - Nem acredito que o Lee é gay, eu nunca iria esperar isso - ria sem graça - Ele sempre teve uma queda pela Sakura.

Naruto - Eu meio que já sabia disso, os dois não se desgrudaram por um minuto desde que viraram amigos - se apoiou em um poste atrás de si - Falando nisso, você e a Tenten estão  juntos?

Neji - Estamos huum… Ficando? Acho que é isso - sorri sem graça - Parece que alguém resistiu aos encantos do Neji.

Naruto - Que encantos? - perguntou brincalhão, mas desfez esse sorriso ao ver alguém parando ao meu lado e tocando no meu ombro - Hidan? Pensei que estivesse em viagem com a banda.

Hidan - A viagem foi adiada, então vou amanhã cedo - me encarou sério - Neji, certo? - confirmei e ele prosseguiu - Eu estava passando e ouvi sua conversa com o Naruto, então eu deveria te avisar que a sua querida Tenten está com outro naquela lanchonete de esquina perto do parque. Vi eles trocando carícias, beijos e até algo mais - no começo pensei em ignorar, mas ele me pareceu verdadeiro com o passar do tempo - Vão lá ver, eles provavelmente ainda estão lá - soltou do meu ombro e continuou seguindo seu caminho

Naruto - Esse Hidan é uma figura - começou a rir enquanto ele se afastava, mas parou ao me olhar - O que foi? Não liga pra ele não! Esse é um mentiroso de classe alta.

Neji - Eu vou lá - falei sério e me pus a caminhar até lá.

Naruto - Não! Provável que ela nem esteja lá e se estiver mesmo, vai estar com algum amigo e nada mais - começou a me seguir - Vamos lá e provamos que é mentira então. 



Flashback off 



Neji - Depois disso eu fui lá e encontrei a Tenten com o irmão do Gaara, fiquei nervoso e acabei agindo por impulso, tive uma discussão pequena com ela e bem, não foi bom - encarei a xícara de chá e suspirei fundo - Acho que fui um pouco precipitado.

Hinata - Foi sim e por isso trate de conversar com a Mitsashi, assim como eu farei mais tarde - beijou minha testa e sorriu - Vai descansar um pouco, amanhã temos que resolver aquele problema da família, se lembra? Papai vai vir para cá especialmente para isso.

Neji - Tem razão - disse bebendo o café enquanto permanecia sentado vendo as horas passarem. 



TENTEN - NARRAÇÃO 

———————————



Eu e Kankuro saímos andando por aí enquanto eu tentava me acalmar e pedia desculpas para ele desesperadamente, até ele segurar meu braço e pedir para que eu me acalmasse.

Kankuro - Relaxa, a culpa não foi sua e você sabe disso - disse em um tom calmo e amigável - E eu nunca pensei que o Neji fosse ciumento assim e nem que estavam juntos. 

Tenten - Nem estávamos de verdade e duvido muito que vamos ter - suspirei fundo - Kankuro, se não se importar, eu gostaria de ir pra casa e descansar. 

Kankuro - Eu te levo. 

Tenten - Não precisa, é longe da sua e eu não quero te incomodar mais do que já incomodei - dei um sorriso forçado para ele - E eu acho que preciso ficar um pouco sozinha, estou um pouco perdida nos meus pensamentos - acenei para ele e corri para a faixa de pedestre, andando por ela. 

 Meu braço foi puxado com força enquanto eu estava no meio da rua, senti um vento forte passar por mim quando o carro cruzou a linha e passou direto - É por isso que eu vou te levar, você está perdida - disse Kankuro atravessando o resto da rua comigo.

 Ficamos em silêncio até chegar na porta de casa, encarei-a e me sentei na calçada enquanto fitava a rua.

Tenten - Obrigada, mas agora é melhor você ir ou vai chegar tarde em casa - abracei minhas pernas.

Kankuro - Você é igualzinha a Temari - se sentou ao meu lado e me puxou para si enquanto fazia um cafuné e bagunçava meus coques - E eu te conheço a tempos, sei exatamente como você fica com términos. 

Tenten - Você me conhece bem, que saco - comecei a chorar involuntariamente enquanto o abraçava. Ficamos assim por alguns minutos até eu me recompor - Essa é a última vez que eu vou chorar, eu prom…

Kankuro - Não promete algo que você não vai cumprir. Eu sei que vai chorar em algum momento, seja qualquer situação, então não prometa - se afastou de mim e sorriu - Amanhã você vai sair?

Tenten - Não mesmo.

Kankuro - Então eu venho aqui te buscar pra sairmos, não quero ter uma amiga deprimida trancada no quarto o dia todo enquanto fica chorando pelo leite derramado - beijou minha bochecha e bagunçou mais meu cabelo - Amanhã é domingo e eu provavelmente não vou precisar fazer nada, então acho que posso ceder meu tempo preciso para a senhorita. 

Tenten - Me sinto honrada, obrigada por me conceder esse momento incrível ao seu lado - falei brincalhona na tentativa de afastar qualquer pensamento ruim que vinha na cabeça - Agora é melhor você ir mesmo, não quero que seja assaltado ou chegue tarde em casa. 

Kankuro - Um cara forte desses ninguém vai assaltar - se levantou e limpou suas roupas - Até amanhã - beijou minha mão e saiu andando. Ele é o exemplo perfeito de um cara que minha mãe sempre sonhou que eu casasse, cavalheiro e até engraçado.

Tenten - Até - limpei minhas lágrimas e me levantei. Suspirei fundo e abri a porta de casa, entrando - Droga, droga, droga! - pensei vendo Kiba e minha mãe sentados na sala. Fechei a porta e soltei meus cabelos, tentando os arrumar e tampando meu rosto com eles - Eae, estão bem? Que bom. Tô cansadona e vou dormir, falou aí - caminhei rapidamente até a escada, mas parei ao ouvir a voz séria da minha mãe. 

Hana - Onde estava, Tenten? Você sempre me avisa, mas hoje decidiu sair sem falar nada! Me preocupei e liguei para o Neji, que por sinal parecia bem mal e disse que eu deveria ligar para outra pessoa, não ele - ela cruzou os braços e me encarou - Anda, responde. 

Tenten - Estava na floricultura da Ino, depois encontrei um amigo e estávamos juntos até agora - tentei parecer o mais bem possível, mas isso foi pro ralo quando ouvi "deveria lugar para outra pessoa, não ele" - Kiba. Meu quarto. Agora - suspirei fundo e encarei minha mãe - Prometo que não farei novamente, desculpa - andei até meu quarto com Kiba me seguindo, ele era meu porto seguro e eu contaria tudo para ele.

 Entramos e eu logo fechei a porta, tirei meus sapatos, blusa e calça e me joguei na cama. Eu não me incomodava com Kiba me olhando assim, ele já estava acostumado com isso e eu também, crescemos juntos e extremamente íntimos por anos.

Kiba - Hinata mandou mensagem pra mim e disse que você precisaria conversar, então aqui estou - colocou a cadeira que tinha ali na frente da porta e se sentou - O que aconteceu? Tá óbvio que você andou chorando e você não é disso.

Contei o que tinha acontecido e ele ficou um tempo quieto, mesmo tendo ouvido tudo, não entendia o motivo de eu estar chorando. 

Kiba - E chorou por quê? Não é uma situação que leve você a chorar, mas sim se zangar - cruzou os braços e suspirou ouvindo seu cachorro arranhar a porta.

Tenten - Chorei de raiva, não de tristeza. Primeiro que o Hidan voltou a me atormentar a uns dias e eu já tô cheia disso! E segundo, o Neji me conhece a anos e não confia em mim, eu não quero mais me manter em um relacionamento sem confiança. Nós realmente fomos muito rápidos tentando ter uma relação - me espreguicei e levantei com o cabelo todo bagunçado - Deixa ele entrar - andei até minha mesa onde eu trabalhava e liguei o computador - Vai dormir aqui hoje?

Kiba - Provável que sim, a tia Hana não vai deixar eu ir embora - se levantou e afastou a cadeira, abrindo a porta e em seguida segurando Akamaru - Seu chato - fechou a porta novamente.

Tenten - Então vamos assistir alguma coisa, qualquer droga que nos faça rir - me joguei na cama ao colocar um filme de comédia dramática.



 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...