1. Spirit Fanfics >
  2. ( Kim Taehyung ) A Professora Da Minha Filha... >
  3. Selinho roubado...

História ( Kim Taehyung ) A Professora Da Minha Filha... - Capítulo 17


Escrita por: Ali_Alves1201

Capítulo 17 - Selinho roubado...


Depois de uns 20 minutos ouço a campainha tocar, vou até a porta e abro a mesma vendo Tae e Hobi com feições cansadas. 

S/n: O que houve? - eles entram e eu fecho novamente a porta.

Hobi: Estávamos jogando video-game...

Tae: Depois o Jin obrigou a gente a dançar Just-dance - fala sentando na poltrona. Quando olha pro lado vê Min-Hae dormindo. - Mas já?

S/n: Ela comeu chocolate demais...- rimos. - A Yuna já tá no quarto, ela dormiu bem rápido...

Hobi: Ela nunca assiste um filme completo - ri baixinho. 

S/n: Agora eu tenho que ir, vou levar a Min pra casa - Falo pegando minha bolsa.

Tae: Por que não dormem aqui? Já está tarde - ajeita a postura na poltrona. 

S/n: Não podemos, amanhã temos que dar aula, e eu não quero incomodar - me sento ao lado de Min-Hae. 

Tae: Já disse, você não incomoda - sorri gentil. 

S/n: Obrigada Tae, mas temos que ir mesmo, não trouxemos roupas pra amanhã - dou de ombros.

Tae: Ah é, verdade...- faz bico e eu ri.

Hobi: Se quiser eu posso ir deixar a Min-Hae, assim você não chega muito tarde em casa - fala rodando a chave do carro no dedo.

S/n: Sério? - ele afirma - Valeu Hobi, eu já tô um pouquinho cansada mesmo - encosto a cabeça no sofá.

Tae: Então eu vou te acompanhar até sua casa - fala levantando.

S/n: O que?

Tae: Você está cansada, e é perigoso uma mulher tão bonita sair pela rua sozinha a essa hora - fala pegando seu casaco me fazendo corar. 

S/n: O-obrigada Tae...- sorri timida.

Eu passei o endereço de Min-Hae pro Hobi e ele a levou pra casa, ela acordou e eu expliquei, a garota ficou com vergonha mas foi assim mesmo. Eles foram na frente, eu e Tae fomos até meu carro.

S/n: Espera! - ele para - E a Yuna?

Tae: A Hee está dormindo aqui hoje...- da de ombros.

Eu suspiro aliviada e nos aproximamos do carro.

Tae: Deixa que eu dirijo, você está cansada - pega a chave de mim sem ao menos deixar eu falar algo e eu ri.

Ele entra e logo depois eu, logo seguimos pra minha casa. Durante o caminho fomos conversando sobre o que eu e as meninas tínhamos feito na "Noite das Garotas", ele riu quando eu contei do desfile que Yuna fez pra nós, e eu adorei escutar o som da risada dele, aquilo me acalmou. 

Logo chegamos no meu endereço e ele estacionou em frente a minha casa. 

S/n: Como você vai embora agora? - pergunto curiosa.

Tae: Eu vou mandar uma mensagem pro Hoseok vir me buscar - pega o celular e digita. 

S/n: Pode esperar na minha casa se quiser...

Tae: Adoraria! - sorri e saímos do carro.

Eu destranquri a porta de casa e nos entramos, coloco a bolsa na estante e ele tira o casaco. 

S/n: Quer beber alguma coisa? - pergunto o olhando

Tae: O que? - fala e eu penso um pouco.

S/n: Tem cerveja...- rimos e fomos pra cozinha, ele sentou no balcão e eu peguei duas garrafas de cerveja na geladeira. Eu abri e entreguei pro ele. 

Tae: Adoro essa cerveja - fala e toma um gole. 

S/n: Tmabem adoro...- tomo um gole também.

Tae: Não sabia que bebia! - afirma sorrindo de lado.

S/n: Ainda tem muitas coisas sobre mim que você não sabe Sr. Kim - Falo divertida e ele ri.

Tae: Quando vai me contar tudo? - pergunta me encarando.

S/n: Quem sabe amanhã quando sairmos...- dou de ombros e bebo mais um pouco. 

Tae: Agora me deixou com mais vontade de sair com você - põe a mão no peito e eu ri.

Ouvimos passos na escada e quando olhei pra trás vi minha mãe com uma panela em mãos. 

Mãe: Oi querida - ela olha pro Tae - E...oi, moço que eu ainda não conheci mas já ouvi falar muito - fala se aproximando. 

Tae: Olá, sou Kim Taehyung, me chame apenas de Tae - fala e aperta a mão da mais velha. 

Mãe: Prazer conhecê-lo Tae, sou S/M- ela coloca a panela em cima do balcão e eu vejo que tinha brigadeiro nela. 

S/n: A senhora estava comendo brigadeiro? - arqueio uma sobrancelha. 

Mãe: Sim! - fala simples. 

S/n: E ia deixar pra mim né?

Mãe: Talvez...- da de ombros e Tae ri.

S/n: Nossa mãe - Falo indignada..

Mãe: Vocês estão saindo? - fala me ignorando e colocando água em um copo.

S/n: Mãe! - bato de leve na testa.

Tae: Digamos que sim - sorri de lado pra mim e eu coro.

Mãe: E nem me contou né S/n, que filha ingrata - coloca a mão no peito.

S/n: Sem drama Dona S/m, sem drama - ela revira os olhos - Cadê a Nati?

Mãe: No décimo sono - coloca o copo na pia. Nos escutamos uma buzina do lado de fora e Tae se levanta. 

Tae: Tenho que ir agora, foi um prazer conhecer a senhora - segura a mãe da minha mãe e beija as costas da mesma.

Mãe: Já gostei de você querido! - fala e sobe as escadas. 

Saímos da cozinha e eu o levei até a porta.

S/n: Obrigada pela companhia até aqui! - ele para na entrada e me olha.

Tae: De nada! - sorri - Até amanhã S/n...- da um passo a frente, põe uma mão em minha cintura e a outra em meu rosto, se aproxima mais e deixa um selar em minha bochecha, ele vira meu rosto e em um ato rápido e delicado me rouba um selinho, eu fico extremamente corada e ele se afasta sorrindo de lado. Vira as costas e vai embora, eu fico olhando o carro se afastar  e entro em casa com um sorriso bobo, ponho a mão nos meus lábios e subo pro meu quarto correndo. 

Naquela noite eu nem consegui dormir direito, pois sempre que eu me lembrava daquele momento eu começava a sorrir que nem uma retardada.....





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...