História - Meu melhor amigo - Lee Félix ; Stray Kids; - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias A.C.E, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Red Velvet, Stray Kids
Personagens Bang Chan, Chan, Donghun, Han Ji-sung, Hwang Hyun-jin, Irene, Jason, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Joy, Jun, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Seung-min, Kim Taehyung (V), Kim Woo-jin, Lee Felix, Lee Min-ho, Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Seo Chang-bin, Seulgi, Wendy, Wow, Yang Jeong-in, Yeri
Tags Blackpink, Chan, Chang-bin, Hyun Jin, Jennie, Jeongin, Ji Sung, Jisoo, Lee Felix, Lisa, Min Ho, Rose, Seung-min, Stray Kids, Woo Jin
Visualizações 497
Palavras 1.184
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Harem, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá bolinhos de queijo, tudo bem com vocês? Comigo tudo ótimo!
Espero que gostem ;)

Capítulo 2 - Briga ; Choro ; Cafuné ; Sardas ;


Fanfic / Fanfiction - Meu melhor amigo - Lee Félix ; Stray Kids; - Capítulo 2 - Briga ; Choro ; Cafuné ; Sardas ;

~* Roseanne Park Chae-young *~

Quando chegamos a sua casa, sem dizer uma palavra sequer, Félix me puxou pelo braço até seu quarto e bateu a porta com força. Para o meu alívio, o quarto estava arrumado. E muito bem arrumado por sinal. Até que esses meninos não são de tudo uns vagabundos.

- Você realmente ia ignorar a minha mensagem? - ele perguntou cruzando os braços.

- Sim. - respondi espontâneamente, o que o deixou irritado.

- Eu sou seu melhor amigo! - ele praticamente gritou.

- Eu sei. E melhores amigos, não empatam relacionamento um do outro. - falei séria também cruzando os braços. - Félix, você transa com as minhas amigas e me deixa morrendo de tédio na sala! Que tipo de melhor amigo faz isso? Eu só quero ser feliz, Félix. Por que é tão difícil você entender isso? - perguntei sentindo as lágrimas inundarem meus olhos.

- Eu só quero o que é melhor para você! E o melhor não é ele! - o maior voltou a falar alto me assustando. Ele não costumava ser assim comigo e aquilo estava me assustando. - Rose, eu sou homem também. Eu sei como as coisas funcionam. Você acha que eu não vi ele olhando para os seus peitos? - ele perguntou e eu ri alto.

- Essa história de novo, Lee Félix? - perguntei de volta. - E daí que eu tenho peitos grandes? As pessoas vão olhar mesmo! Principalmente os homens! Você sabe que eu já me acostumei com esses olhares e eu não dou a mínima importância! Você também olha, Félix! - falei e ele segurou meus ombros.

- Eu não quero que nenhum garoto te olhe como eu olho, está entendendo? - ele indagou friamente olhando em meus olhos. - Chae-young, eu te olho com desejo. E eu não faço nada com você porque você é minha melhor amiga. Você tem que entender que meus hormônios estão feito loucos no meu corpo. E é a mesma coisa com aquelas crianças com quem você se envolve. Eu consigo me segurar, mas e eles? Você acha certo perder a virgindade com um carinha qualquer que só te quer por ter peitos grandes? - ele indagou e as lágrimas escorreram sob o meu rosto e Félix me abraçou apertado.

- Eu deveria te odiar por falar que quer transar comigo, mas eu reconheço que tenho um corpo bonito. Então vou fingir que não ouvi nada. - falei em meio a crise de choro.

- Desculpa. - ele disse afagando meus cabelos. - Por favor, me escuta. Eu sei o que é melhor para você. - ele voltou a dizer.

- Tá. Só não... Estraga o meu relacionamento com o Jeongin. Eu gosto dele e tenho certeza que você vai gostar também. - falei e a minhas voz saiu abafada por eu estar com o rosto enfiado em seu peito.

- Tudo o que eu acabei de falar não valeu de nada. - ele disse suspirando fundo frustrado.

- Uma chance, Félix. Apenas uma chance. - pedi olhando em seus olhos, eu o vi ele hesitar e então ele balançou a cabeça afirmando.

- Eu prometo nunca mais te fazer chorar. - ele disse segurando meu rosto com as mãos.

Eu apenas concordei com a cabeça. Antes de sairmos do quarto, eu lavei meu rosto em seu banheiro e retoquei a maquiagem com o estojo reserva que tenho aqui na casa dele. Como eu já disse, eu praticamente moro aqui. Meus pais vivem viajando e eles tem muita confiança tanto nos pais de Félix, quanto nele próprio.

- Você nem transa tanto assim para ter esse monte de preservativo. Jesus. - comentei ao sair do banheiro. - E se você guardar no meu estojo, a gente vai sair no soco Lee Félix. - comentei apertando os olhos para ele que me olhava como se eu não estivesse falando com ele.

- Não sei do que você está falando. - ele disse erguendo as mãos e eu ri. - Vamos lá com os meninos. - ele disse me puxando pela mão para fora do quarto.

- Que demora. - Hyun-jin disse bufando.

- O que vocês fizeram? Sexo? Porque misericórdia! - Chan disse e eu ergui as sobrancelhas me sentindo levemente ofendida.

- Vocês realmente acham que eu iria perder minha virgindade com essa coisinha? - Félix disse fazendo uma careta e uma voz mais fina, o que fez os meninos rirem.

- Me senti ofendida. - falei cruzando os braços e o Félix me abraçou por trás.

- Essa era a intenção. - ele disse mordendo meu ombro.

- Aí, aí! Saí daqui seu canibal! - falei me afastando dele enquanto passava a mão onde ele havia me mordido.

- Tadinha da nossa garotinha. - Min-ho disse me puxando para sentar no colo dele no sofá e eu apenas fiz uma carinha triste e me aconcheguei em seu colo.

Eu tinha esse tipo de intimidade com os meus amigos, não é como se eu tivesse nascido ontem. Eles fazem isso com segundas intenções, eu sei. Mas às vezes eu me finjo de inocente apenas para ganhar a devida atenção que mereço.

Depois de algumas horas, os meninos foram embora e eu fiquei com Félix assistindo mais alguns filmes. Ele estava deitado no meio das minhas pernas com a cabeça apoiada na minha barriga. Eu sempre fui muito carinhosa, principalmente com ele. Quando éramos mais novos, seus pais costumavam discutir muito e eu fazia cafuné nele quando ele chorava. Eu me sentia mal por não ter o que dizer, então apenas nos deitavámos juntos e eu fazia carinho nele.

- Rose. - ele me chamou e eu o olhei. - Vamos para o meu quarto, ou eu vou acabar dormindo aqui mesmo. - ele disse se sentando e eu ri de leve assentindo com a cabeça.

De fato, eu não conseguia ficar brava com ele. Mesmo que ele tenha me feito passar vergonha, mesmo que ele tenha estragado meu "encontro" com Jeongin. Eu não conseguia ficar ressentida.

Fomos para o seu quarto e nos jogamos em sua cama. Ele ligou a televisão e colocou em uma daquelas séries policiais que eu tanto amo e

ele se deitou ao meu lado. Era a primeira vez em muito tempo que ele não escondia suas manchinhas tão bonitas. Félix era agraciado por sardas, mas ele não gostava delas então normalmente ele as esconde com corretivo.

- Vai ficar me encarando ou vai assistir a sua série? - ele perguntou erguendo uma das sobrancelhas.

- A visão está bonita. - respondi ainda o olhando.

- Não tem nada bonito aqui não. Você sabe que eu estou sem maquiagem. - ele disse e eu revirei os olhos.

- Você sabe que eu amo essas suas manchinhas, não sabe? - perguntei e ele assentiu com a cabeça e se escondeu por baixo do edredom.

- Você deve ter problema de visão. Eu já te falei isso. - ele disse ainda escondido.

- Para de graça, Félix. Suas manchinhas são lindas e você sabe disso. - falei cruzando os braços e ele me olhou. - Por que as esconde ? - perguntei erguendo as sobrancelhas.

- Rose, vamos assistir a sua série por favor. - Félix disse e eu suspirei fundo frustrada. 


Notas Finais


Espero de coração que tenham gostado e por favor, não se esqueçam de comentar aí o que acharam.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...