1. Spirit Fanfics >
  2. ... Meu palhaço... >
  3. Mel

História ... Meu palhaço... - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Mel


Às vezes estamos apenas procurando um amigo no dia-a-dia. Queremos alguém pra rir de coisas que só vocês dois entendem. Uma companhia para todas as horas.


E, era isso que Militão estava sendo para Marcelo. Os tinham se aproximado muito durante esses meses, e jogos de vitórias. Como eles revezavam ficar no banco, sempre estavam vendo memes ou trollando um ao outro. 


E.M/ Anda, Case! — Disse ao o empurrar para frente. Casemiro não sabia como estava metido nessa. Eles estavam carregando um balde de mel para derrubar em Marcelo. 


C.H/ Isso vai dar errado, não quero me meter. — Ele soltou o balde no meio do corredor. Militão deu um peteleco nele bravo. 


E.M/ O jogador de free, vai com calma que sabe que tá me devendo. Além do mais… — Se aproximou com um tom maléfico. — Não quer se vingar pela última vez? — Ele pensou um pouco, mas assentiu. 


Na última festa deles, Marcelo conseguiu ganhar no ping pong e jogou Casemiro na piscina, mas… durante o inverno intenso de Madrid. Ele teve que ficar sem ir por dois treinos. Teve que mentir, e todos pensaram que ele estava de luto por perder uma rankeada. 


C.H/ Tá, mas… só dessa vez! — Disse ao pegar o balde. Militão assentiu animado e mandou mensagem para James. Outro que também queria se vingar do lateral. 


E.M/ Certo, ele tá no vestiário! — Desligou o celular animado e foram correndo até lá. O lateral tinha acabado de sair do banho e terminou de se arrumar. Tentou sair de lá, mas James e Brahim não deixaram. Ele achou muito estranho, e começou a ficar em alerta. Mandou uma mensagem pro Caio completamente na encolha. 


Alguns segundos depois do envio da mensagem, apareceu o digitando, mas… ele, junto do celular e suas coisas, foram completamente meladas. Ele se levantou muito surpreso e os encarou rindo. Marcelo respirou fundo e arqueou as sobrancelhas. Os três apontaram para Militão e saíram correndo. 


E.M/ Merda… — Foi a única coisa que pôde dizer. Começou a correr de Marcelo pelo vestiário todo. Os dois rindo e fazendo muito deboche. — Cê não me pega. — Foi até os chuveiros e Marcelo desligou as luzes. — Merda, ele conhece aqui mais do que eu. — Se escondeu no último chuveiro e ouviu passos até lá. Segurou a risada e se sentiu sendo abraçado pelo lateral. Os dois completamente sujos agora. 


M.V/ Achou mesmo que ia conseguir fugir de mim? — Assentiu ao dar um sorriso de canto. — Cê sujou a minha mochila favorita. — Eu limpo… ou compro uma nova. — Ele negou semicerrar os olhos. — Eu quero que me compense. 


E.M/ Não, esqueceu que isso foi uma vingança? — Sim. — Respondeu rápido. — E o que você quer? — Você. — Brincou e Militão ficou surpreso. — Posso dar um jeito nisso. — Marcelo deu um sorriso de canto ao ver o zagueiro tirando sua blusa e ligando o chuveiro. 


[...]



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...