História Once Upon A Time... (TaeKookMin - VMinKook) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, K.A.R.D
Personagens B.M, J.Seph, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jiwoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Somin, Suga, V
Tags Jikook, Jimin, Jungkook, Taekookmin, Threesome, Vkook, Vkookmin
Visualizações 299
Palavras 1.288
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


I'm Back !
Cap. Novinho em folha, no caso em tela. :3 (eu sou idiota)

Boa LayTura <3

TAEHYUNG ON. Pessoa ! Primeiro "ON" do garoto respeita moça(o) :*

Capítulo 10 - Chapter; 9


Fanfic / Fanfiction Once Upon A Time... (TaeKookMin - VMinKook) - Capítulo 10 - Chapter; 9

...e fomos dormir...

H. 

Taehyung On


Kook e eu fomos dormir ontem a noite, por um lado a noite foi ruim e pelo outro... Também. Disse para Kook que já estaria subindo para o quarto, no caso estava com sede e fui beber água na cozinha. A mansão estava completamente escura a não ser os abajus da sala já que Kook e eu estávamos sentados nos sofá assistindo alguns filmes e conversando sobre ele passar a tarde de ontem com a Somin a amiga do meu maninho, vulgo Matthew, e eu como sempre acabei falando coisa que não devia, então Kook falou que iria subir para dormir, obviamente percebi que ele subiu as escadas triste. Odeio ver o Kook assim, e eu tentei me desculpar mas ele fingiu que não me ouvia e apenas falou:


" Amanhã nós conversamos, Boa noite bolinho ", então eu assenti e retribui:


" Ok, boa noite kookie " e "me deculpe pelo o que falei, não foi minha intenção " fui até ele e dei um abraço e o mesmo retribuiu, e subiu as escadas.


Logo depois eu fui para cozinha beber água e olhei para o relógio do lugar e vi que já passava da meia noite, até que... Aquela peste enjoativa, vulgo Jiwoo, apareçe na cozinha entrando pela porta dos fundos e me dando um susto. E lá vem memórias...

Memories On

- Que susto, Jiwoo. - falei me apoiando na mesa com a mão no peito e suspirando. - você quer me matar do coração? Só pode, bem provável que já está bebada de novo, você tem que se tratar Jiwoo. - falei ainda recuperando o fôlego.

- Aah... Não oppa! Eu não quero te matar não, e eu não estou bebada... - disse Jiwoo sorrindo e jogando a jaqueta escura dela na mesa, em seguida abrindo a geladeira e pegando uma jarra com suco. - você que quer me matar oppa, com essa calça, e ainda sem cueca, o meu irmão não vai gostar de ver você me seduzindo assim. - disse a mesma pondo suco em um copo e se encostando no fogão de frente para mim sorrindo maliciosamente.

- A-Ah, eu apenas vim beber água, não vim seduzir ninguém, - disse pondo as duas mãos sobre minha calça moletom cubrindo meu amiguinho que estava um pouco marcado e com o rosto vermelho de vergonha.

- Hey, oppa! Não fica com o rostinho vermelho não. - disse Jiwoo vindo em minha direção e com o polegar e o indicador segurou meu queixo. - apesar de ficar fofo com essa expressão. - ri.

Não vou mentir, fiquei com medo dela me amarrar em uma cadeira e me forçar a transar com ela *risos* eu sou medroso mesmo. Nem dúvido nela.

- E e-então por que não voltou chapada como sempre? - disse, tirei a mão dela de meu rosto e me desvieie indo em direção a geladeira beber um pouco de água. - May disse que você iria pra "farra", esaa noite.

- Não, não fui beber, um garoto da faculdade me convidou para um jantar. - disse ela fazendo uma careta.

- E-e foi bom o encontro? - disse, por que eu sempre gaguejo perto dessa garota? Acho que tenho medo do que ela seja capaz de fazer, talvez seja pela aquela frase que ela me falou na noite pasada " Se não por bem, vai ser por mal. ", mas ela estava embriagada, acho melhor não acreditar nas palavras de uma bebada... Não é?

- Foi uma merda aquele jantar, o garoto só comia, aff... Passei até vergonha. - ela revira os olhos. - seria legal jantar com você. - diz ela se aproximando de mim e sorrindo.

- Dê uma chance ao garoto Jiwoo, talvez ele seja um boa pessoa. - falei saindo da cozinha e ela me seguindo. - e nós podemos jantar juntos amanhã isso quer dizer, com o Jungkook, Jimin e May. - disse contando nos dedos.

- Ah, oppa! Não finja que não entendeu, quero jantar com você, a sós. - disse Jiwoo apontando.

- Esqueçe Jiwoo... Você quer ter algo comigo, mas não vai ter, apenas amizade ok? Aliás eu não gosto de garotas eu sou Gay! É difícil de entender? - disse desinteresado naquela conversa. - o que tivemos à dois, três... Sei lá quantos anos, foi apenas uma noite Jiwoo, foi antes de me descubrir homossexual, antes de conhecer seu irmão, Jungkook. - disse já com vontade de virar as costas para ela e subir as escadas sem falar um pio.

- Não Taehyung, nunca vou entender, eu sou completamente apaixonada por você, seu desgraçado, sou completamente louca por você não percebe? Desde que você foi embora com meu irmão eu fiquei triste, magoada, e sem saber o que fazer, então tive que procurar algo para me destrair, e achei a bebida o álcool, mas...mas... E-eu sei que isto errado, mas era e é a única coisa que por algumas horas me faz esqueçer de você, maldito, - disse Jiwoo em um tom alto, já chorando e tremendo pondo as duas mãos sobre a cabeça. - eu queria e quero esqueçer de você mas, não consigo. - disse a mesma dessa vez com a voz rouca e baixa. - Taehyung, você acha que não me sinto tristo e ao mesmo raiva de ver você com Jungkook aos braços como... como... uma Prostituta?! - disse e a mesma se tocou no que acabará de dizer.

Nesse momento eu tomei um choque ao ver Jiwoo se referir a mim daquela maneira, qual é? Eu sou uma pessoa sensível. Ouvir ela me chamar de "prostituta" foi o cúmulo, a vontade de chorar era grande mais a vontade de xinga-lá era maior. Eu sabia que depois do que eu iria falar a nossa relação iria mudar.

- Jiwoo sua vaca, vai tomar no olho do teu cú, você me chamar de prostituta?! Olha quem fala, quem é que chega à meia-noite bebada e drogada ein?! E dizia que só  sai as noites só pra algum macho idiota comer o seu lindo anús!. - disse indo em cima dela e minha expressão não era uma das melhores. - e se eu estou nos braços de Jungkook, fique sabendo que ele é meu namorado e eu tenho todo direito do mundo de ficar ao lado dele se eu quiser beijar ele eu beijo e se eu estiver com vontade de transar eu transo com ele, por que ele é meu e eu sou dele... Agora, quem é a "prostituta" ? - disse virando de costas para ela e subindo as escadas, apenas dei Boa noite, e vi ela ficar de queixo caído.

Subi as escadas e entrei no quarto, e percebi que fiz muita merda ao falar com Jiwoo daquela maneira, apenas tirei minha roupa e fui para o banheiro e tomei uma ducha rápida e puz uma calção moletom cinza e uma camisa larga branca e olhei Jungkook ele parecia que tinha caído no sono a pouco tempo. E pensei:

~acho que ele deve estar dormindo...~

E deitei ao lado dele. Apenas senti minha cintura ser coberta, quando olhei, eram os braços de Jungkook.

- Amanhã você me conta, bolinho,...aaauhh...agora durma. - disse ele, e apenas arregalei os olhos e falei.

- O-o-ok Kookie, a-agora vá dormir... B-boa noite, meu amorzinho. - falei com voz de robô e dei um selinho rápido nos lábios de Jungkook e virei de costas para ele.

- Me ferrei, do jeito que Jungkook é, ele vai me matar por ter falado aquilo com ela,e vai matar a Jiwoo pelo que ela falou de mim... ferrou, essa semana vai ter funeral.

- Acho que vou ,bolinho - disse Jungkook.

Aarrg... Odeio esse apelido, bolinho. Aah, Jeon não tem um apelido melhor não?!

Por favor, só não me chama de MoongTae igual ao Matt.


(...)

Taehyung Off


                

                                          [Continued...]


Notas Finais


Aeeeh.... Muito 'bigado' por ter lido até aqui. Eu tinhamu, mas amo @BunnyCutie mais ainda <3 Não fique triste. :3

Desculpe erros, não foi minha intenção pelamor de Jinsus. :-!

Estou com sono, por isso o Cap. Saiu um pouquinho curto, pq se não estivese com soninho ele ficaria maior, 'Sorry'. E espero que me copreenda, tenha pena "Jimin" sôr! Vou comer PuJin (chupa essa piada sociedade ;-)

Boa noite/manhã/tarde <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...