História - Serial Killer - (Min Yoongi) - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), Big Bang
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang
Tags Bts, Hot, Imagine, Jikook, Min Yoongi, Romance, Serial Killer, Suga, Suícidio, Tortura
Visualizações 459
Palavras 1.472
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ain amores desculpe a demora, mas como vou ter apenas 2 messes de aula - Por conta de umas coisa que vai acontecer na escola,feriados, saresp e eleições -as escolas iram paralisar. ou seja, eles estão entupindo a gente de trabalhos e provas.
Me desculpem ❤ e eu estou fazendo um trailer para essa fic e reescrevendo a mil e uma noite!
Espero que gostem❤

Capítulo 20 - History


Fanfic / Fanfiction - Serial Killer - (Min Yoongi) - Capítulo 20 - History

            ~ Serial Killer 19 ~


" Sei o quanto você está morto por dentro... como quão imprestável se sente. Sei como se olha no espelho... e odeia oque vê "


- Bom... - Brincava nervosa com os próprios dedos, era tão difícil para si lembrar doque passava. - Eu...

- Porra s/n fala logo! - O loiro dita impaciente, já havia feito alguns minutos que a morena ficará calada com a cabeça baixa, enrolando para falar.

- Tudo começou quando eu nasci... - Começou a falar baixo, enquanto mantinha sua cabeça baixa - Eu era gêmea, minha mãe descobriu que estava grávida de um casal de gêmeos... 

Yoongi permanecia calado, se deliciando com o nervosismo da menina. Todavia, mantinha seu rosto sem expressão, apenas fitando a menina. Ele realmente estava curioso.

- Ela estava de 7 messes quando resolvemos nascer, acontece que... o inferno começou assim que eu nasci e chorei pela primeira vez... - Dita olhando o loiro de canto -O meu cordão umbilical enroscou-se no pescoço do meu irmãozinho, matando ele.

- Porra você é uma assassina desde que nasceu, e eu quem sou ruim? - Riu nasalado, s/n apenas olhou o loiro com uma expressão magoada. Mas, ela já tinha em mente que nenhuma palavra de consolo sairia dos lábios do Min. Portanto, ficou quieta enquanto o mesmo ria, ela suspirou alto fazendo o mesmo parar.

- Minha mãe entrou em depressão pós parto, se não fosse por sua melhor amiga cuidar de mim, com certeza iria morrer. Meus pais nunca queriam uma menina, me odiavam e faziam questão de cuspir as palavras na minha cara. O pior foi quando descobriram que minha mãe não poderia engravidar mais, eu era odiada por eles. - Suspirou deixando uma lágrima solitária escorrer por seu rosto - Eles queriam um menino, e eu matei ele. Fui culpada a merda da vida toda, privada de fazer tudo, e qualquer coisinha era motivo de me bater. sabe yoongie, nem todas as cicatrizes que você viu foram feitas por mim... - Riu falsadamente enquanto segurava as lágrimas nos olhos, segurando para não chorar.

Yoongi permanecia calado e com uma carranca séria 

- Eu cresci isolada, sozinha, sem amor de ninguém. Eu sempre ia no parquinho perto de casa, me sentava no balanço e ficava invejando aquelas crianças sorridentes brincando com seus pais. Eu não tinha ânimo nem mesmo de por os pés no chão para balançar o balanço, mas, eu não estava completamente sozinha. Guando eu ficava horas e horas naquela balança sozinha com uma raiva imensa de não ter a sorte daquelas crianças, Eu tinha a surpresa de alguém me balançando, Jin sempre estava lá para me fazer sorrir - Sorri em meio a algumas lágrimas - Ele me protegia e cuidava de mim, ele era filho da melhor amiga da minha mãe, a que cuidou de mim quando bebê... 

            ~ Flashbacks On ~

Era uma menina linda, de rabinho de cavalo, um vestidinho rosa e uma carinha angelical. Todavia, dentro do coração daquela pobre criança havia apenas cinzas, mágoas. Ter apenas 6 anos e ser chamada de assassina pelos próprios pais, era perturbador para uma criança.  

Todo o dia, por volta das 5 horas, quando o sol estava se pondo. Ela iria para o parquinho perto de casa e ficava no seu famoso balanço solitário, um pouco afastado das outras crianças. Nunca conseguia se enturmar com as outras crianças, Era verídico, até mesmo as crianças humilhavam a menina por não ter tal brinquedo ou coisas do tipo. A criança passou a virar amarga e rebelde, carrancuda e séria. 

Ficava olhando as crianças brincarem com seus pais, odiava aquela cena, mas invejava. Nunca nem ao menos escutou um "Eu te amo" de seus pais. 

De repente, sentiu seu balanço ser empurrado levemente. olhou por cima dos ombros e viu um Jinnie sorridente. Se não fora por seu irmão de consideração mais Velho, já teria morrido. Ela podia ser nova, mas sábia oque era cometer suicídio, pensava sobre isso, mas não tinha coragem.

- Jinnie - Dita sorrindo docemente 

- Já te falei para não sair sem mim, é perigoso!  - Começou a empurrar a menina, que assentiu sorrindo e aproveitando o ventinho gélido que batia no seu rosto.

- Jinnie você é meu super herói - Dita descendo do balanço e abraçando o mais Velho, pondo a cabeça em sua barriga por ser mais auto. Ele ainda estava com uniforme, pois estudava no período da tarde.

Foram de mãos dadas para casa, era todo o dia assim. 

             ~ Flashbacks Off ~

S/n Sorri levemente ao ter suas recordações atona, Porém ainda tinha algumas lágrimas nos olhos. 

- Eu devo minha vida para ele - Diz secando seus olhos - Por mais que eu tenha tentado várias e incansáveis vezes me matar, era fraca... nunca tinha coragem o suficiente.

Yoongi não tinha oque falar, não era bom com essas coisas e se falasse, com certeza apenas magoaria ainda mais a mulher. não que ele se importasse, mais não tinha oque falar, apenas olhava as declarações e revelações da garota.

- Quando atingimos uma certa idade, Jin teve que me deixar para fazer sua faculdade. Não nos falávamos mais, eu me senti abandonada. mas não culpava ele, não poderia ficar preso á mim para sempre. Quando atingi meus 18 anos, sai de casa. Consegui um emprego de meio período, aluguei um mini apartamento e passei a estudar. Ganhei uma bolsa de estudos na faculdade, que foi aonde te conheci. 

S/n olha para o loiro na banheira, que estava sério e prestando atenção nela. 

- Bom... é isso, tive decepções amorosas, Nudz vazados, humilhada, odiada.. - Começou a chorar baixo em um "desabafo" - Eu sou uma amaldiçoada, quando achava ter conseguido superar, alguma coisa me derrubava... era eu contra o mundo, eu sozinha, não tinha mais Jin para me proteger. E não poderia atrapalhar Ele, então permanecia quieta fingindo que tudo estava bem... essa é a porra da minha história Yoongi, feliz ? - Se altera um pouco, soando rude.

- Claro amor - Sorri sem mostrar os dentes - Você realmente é uma fodida na vida - O timbre fora duro 

- Eu não esperava palavras bonitas saídas de você, então nem me comovo com sua estupidez

- Quer que eu seja como todos os mentirosos que falava, "Tudo vai ficar bem" ou " Eu estou com você, pode confiar", até mesmo " Nunca vou te deixar" ? - O loiro Arqueia a testa sério, perguntando grosso para ela.

S/n paralisou com as palavras do loiro, realmente ela já tinha ouvido todas aquelas palavras, e essas mesma pessoas foderam com a vida dela. Diziam se preocupar e nunca à deixar, mas eram todas pessoas mentirosos.

- Eu não minto! não iria te falar palavras bonitas para você se sentir bem e acabar se iludindo com si mesma! você sabe que é uma fodida suicida filha da puta do caralho, apenas aceite. - O loiro dita olhando ela de canto, sem expressão e rude

Foi um silêncio de segundos, até s/n tomar coragem e falar 

- Obrigada 

- Pelo oque ?

- Você está sendo sincero, prefiro assim do que você dizer que me ama e depois me magoar da pior forma possível - Era verídico, as pessoas faziam isso. - Obrigada por não usar uma máscara, assim como todo mundo usa! - Sua carranca era séria

- Não me importo - Diz indiferente - Apenas aceite a porra da realidade e pare de se dar a coitadinha pelos cantos, implorando por atenção dos que estão pouco se fodendo para você!

Um silêncio ensurdecedor se instala no banheiro gelado, se podia escutar apenas pingos de água caindo da torneira. 

- e eu não estou bêbado - confessa fechando os olhos e relaxando na banheira

- seu filha da puta! Você é pesado sabia? Me fez te carregar até aqui e cuidar de você, EU TE ODEIO!!! 

O Min apenas sorri nasal e em um movimento rápido e brusco Puxou a menina pelo braço, a fazendo cair dentro da água gelada onde o mesmo estava, ficando no meio de suas pernas.

- Porra Yoongi vai tomar no ....- É calada pelos lábios do Min, um beijo calmo foi depositado. As cabeças viravam de um lado para o outro enquanto entrelaçavam as línguas quentes.

Por algum motivo, que nem mesmo s/n pode explicar, uma lágrima caio, escorrendo por sua bochecha enquanto beijava os lábios do Min. 

S/n tinha motivos por ser daquele jeito... cada um tem seus motivos, mas ninguém deve acreditar em palavras bonitas. Yoongi não fora grosso ou insensível - Tá, talvez tenha sido um pouco - todavia, ele apenas queria abrir os olhos dela, mesmo que a realidade seja um tanto cruel. 

Ele não foi grosso, ele foi realista, e a realidade machuca, mas te faz abrir os olhos e param de ser trouxa.

Não se deixa enganar por palavras bonitas, isso qualquer um pode falar, no final é você e você. 








Notas Finais


Tá uma merda '-' desculpem gente,slw tô meio insegura mas ok... Tá aí

Talvez amanhã eu já posto o Trailer eeeeeeeeh
Desculpe algum erro, depois reviso dnv ok?
Beijos na bunda❤

~ Não seja um leitor fantasma people ~♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...