História The Secret World - Jeon Jungkook (BTS) - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jeon Jungkook, Vampiros
Visualizações 181
Palavras 2.529
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe a demora pra postar meus bens , prometo que esse final de semana posto mais um capítulo tá bom?
❤❤ Boa leitura

Capítulo 16 - Desistir.


Fanfic / Fanfiction The Secret World - Jeon Jungkook (BTS) - Capítulo 16 - Desistir.

- O que é isso? - Sussurro olhando em direção ao barulho 

- Fique aqui e se vista - Jungkook disse baixo se afastando,  pego minha blusa do chão e me visto observando-o 

- Aonde você vai?  - Pergunto me aproximando , ele estende a mão pra que eu fique , mas não obedeci e agarrei seu corpo por trás 

- Teimosa - Murmurou 

Assim que chegamos na sala , olhei para a entrada e não vi nada , apenas um papel jogado em frente à porta que estava entreaberta 

Caminhei até lá e fui xingada pelo Jeon,  não dei ouvidos a ele e peguei o papel lendo aquela letra escrita por , sangue !?

" Você sabe muito bem com quem está se metendo (S/N) , ou fique longe do meu filho ou terei que fazer o pior para que isso seja resolvido , essa relação causará mortes se for adiante "

Ass : Kim Namjoon.

Minha respiração fica lenta e sinto minhas mãos soarem , olho para todos os cantos da casa a procura dele , mas não o vejo em nenhum lugar 

- Deixa eu ver - Jeon tenta pegar o papel da minha mão mas eu o rasgo em pedacinhos , ele me olha indignado com meu ato - Porque fez isso? 

- Por nada - Caminhei até a cozinha e joguei os pedaços no lixo , encarando pedacinho por pedacinho , lembrando de cada letrinha e palavra que foi escrita com sangue humano 

- O que tinha naquele papel (S/N) ? 

me viro para ele e o vejo me olhando assustado , meu coração se dispara e meus olhos se enchem de lágrimas,  só de pensar que terei que manter distância dele meu coração se espatifa em pedacinhos minúsculos 

- Sai daqui - Falo mordendo meu lábio inferior para evitar o choro 

- O que?  - Ele se aproxima levantando meu rosto com suas mãos - Porque está fazendo isso ?

- Por favor - Peço tentando desviar meu olhar do seu - Para o seu bem ...

- Se quer meu bem , me mantenha perto de você - E novamente meu coração se amoleceu,  suas mãos entrelaçaram-se na minha cintura e sua cabeça se encostou no meu peito 

Eu mantinha minhas mãos paradas, não queria tocá-lo,  tinha medo de amá-lo mais do que amo , não quero perder o que eu acabei de ganhar 

- Jeon , por favor se afaste - Tento tirá-lo de perto mas ele insiste em ficar colado no meu corpo 

- Porque aquele pedaço de papel mudou sua cabeça de uma hora pra outra  (S/N) ? - Ele levantou sua cabeça e seus olhos estavam avermelhados,  tão lindos - Porque a minutos atrás estávamos juntos como um casal e agora pra você viramos inimigos ?

- Inimigos?  - Arqueio a sobrancelha - Não disse isso em nenhum momento 

- Então porque quer eu longe de você? - Tira as mãos de mim e me encara 

- Seu bem , para o seu bem - Encaro bem seus olhos e ele sorri soprado encarando o chão 

- Era meu pai ,não era ?

Um frio corre minha alma e algo me dizia que não daria certo se eu dissesse que era seu pai , engulo seco e nego com a cabeça rapidamente 

- Era só, o Tae - Minto e Jeon trinca o maxilar me olhando , seus olhos mudam a cor para vinho,  tão escuros que chegava a dar medo 

 Fiz merda , falei merda,  porra! 

- O que ele disse !? - Jeon se aproxima e eu me afasto 

- Nada Jeon , não é nada - Pego um copo e encho de água no filtro , em seguida tomo tudo em um gole e fixo o garoto que andava de um lado para o outro,  tenso - Esta parecendo um mosquito tonto 

- Calada ! - ele grita a bate a mão em um copo que por sorte era de plástico,  mas mesmo assim ele se quebrou com impacto do chão,  Arqueio as duas sobrancelhas 

- Tá louco ?

- Eu vou te mostrar oque é ser louco se não me disser o que tinha naquele papel 

Ele se aproximou me encurralando na bancada , e novamente ele me Encarou com aqueles olhos que me estremeciam até a alma , revirei os olhos e o afastei com minhas mãos

- Eu vou ir dormir,  se quiser ir embora a porta está aberta - Disse saindo da cozinha e indo em direção às escadas 

- É tão surpreendente a sua mudança de humor,  ora manda eu ir embora,  ora está nem aí pra mim ,ora me quer como uma louca , eu não te entendo  (S/N) , eu realmente tento ter algo com você,  mas no final você sempre estraga tudo,  que se foda as regras , que se foda quem somos , não podemos se amar em paz ? - Breco meus passos e sinto uma lágrima escorrer em meu rosto,  e por mais que doesse ele estava certo , tudo o que ele fazia eu estragava 

- Apenas me esqueça então - Subo as escadas rápido e me tranco no quarto escutando um palavrão alto sair dele 

Me jogo na cama e aperto o travesseiro contra meu rosto,  dessa vez não chorei , eu já estava cansada disso , tanto chororo pra no final não dar em porra nenhuma...


Jeon Jungkook On.

Fiquei encarando aquelas escadas com as mãos fechadas , por mais que ela me queira longe eu não irei ... Ficarei até o último dia de minha vida ao seu lado, querendo ou não 

Olho em volta e pisco algumas vezes pra deixar de ser mole e parar de chorar,  onde já se viu Jeon Jungkook filho de Namjoon chorar por mulheres? 

Ah , e aquele moleque Taehyung não me escapa,  acha que pode ficar mandando na minha garota?  Está muito enganado , irei resolver isso o mais rápido e preciso que for 

- Esse idiota - Murmuro andando até a porta de saída,  mas antes Subo correndo até o quarto dela e espio pela fechadura para ver se já estava adormecida,  e lá ela estava,  dormindo como um anjo do mal 

Recebo uma ligação e corro rapidamente até o andar de baixo xingando mentalmente pelo barulho do toque alto , atendo vendo que seria Stephan 

- Alô? 

- Onde você está? 

- Isso te interessa? 

- Precisa vir rápido até sua casa , Seu pai está lá atrás de você 

- Meu pai? 

- Ou você vai até ele ou ele vai até você 

Desligo o celular rapidamente e corro pra fora de casa , preciso ir até ele , ou vai ser pior ele descobrir onde ela mora 

...

Chego na minha casa e vejo tudo apagado , típico de Namjoon,  uma espera silencioso e assustadora 

Entro em casa e ligo a luz principal da casa , estreito um pouco os olhos ao ver uma silhueta se aproximar,  era ele , estava com o canto da boca cheia de sangue e eu odiava quando ele fazia isso 

- Pai - Suspiro tirando meu casado e o deixando sobre o sofá 

- Onde estava Jungkook ?

- Por aí - Dei de ombros e ele se aproximou - Pai,  porque ainda está aqui nesse mundo? 

- Estou atrás do amuleto vermelho Jeon, e por outros motivos também 

Sinto minha garganta secar , sei bem qual seria esses outros motivos , ele se aproxima mais e eu sinto o cheiro de sangue humano sair de sua boca 

- Porque ainda se alimenta de humanos? - Me viro cruzando os braços 

- Preciso me alimentar Jeon , aliás - Ele sorri e eu junto às sobrancelhas sem entender - Quem foi a última pessoa que você se alimentou ?

Engulo seco ao lembrar dessa pessoa

- Não lembro - Encaro meus pés 

- Posso sentir o cheiro dela em você Jungkook , uma vampira linda - Arregalo os olhos e Encaro rapidamente seu rosto 

- O que está falando?  - Tento mentir mas ele dá uma risada alta e debochada 

- (S/N) , é ela , eu quero ela , sempre quis , e você está me ajudando com isso filho,  obrigado - Assim que ele fala sinto meu sangue ferver , trinco meu maxilar e o empurro forte pra trás 

- Se encostar um dedo nela eu acabo com você !- Grito e ele sorri medonho 

- Pobre Jungkook , sinto pena de vocês dois , não duraram muito tempo se continuarem juntos e você sabe que acontecerá com você..

- Foda-se o que acontecer comigo! , eu vou ficar com ela sim e não vai ser você que vai me impedir disso! - Disparo e ele simplesmente sorri se aproximando da saída 

- Não sou eu , são as regras 

E assim ele sai batendo a porta com força 

(S/N) On.

Acordo com dor no pescoço e resmungo passando a mão no local, procuro pelo meu celular e ligo a tela do aparelho vendo que já era 07:20 da manhã,  preciso me arrumar para o trabalho 

Saio da cama e corro até o banheiro tomando um banho rápido , sinto algo mais grosso descer em minha pele e abro os olhos vendo que seria sangue , porra isso não vai parar de sangrar nunca ? 

Desligo o chuveiro e aperto o corte no meu pescoço com a toalha , saio do boxe e me enrolo em outra toalha

Visto uma calça jeans preta rasgada no joelho , uma blusa de mangas preta e um casaco cor camuflada por cima , faço um curativo no meu pescoço e arrumo meu cabelo em um rabo de cavalo bagunçado,  faço uma make simples e pego minha bolsa de costas colocando meu dinheiro 

Saio do meu quarto e desço as escadas , tomo um susto ao ver Jeon parado no meio da sala , ele estava me observando com as mãos no bolso e um sorriso de orelha a orelha , ainda lembrava das suas palavras na noite passada 

- Jeon ? - Junto às sobrancelhas e ele se aproxima 

- Bom dia princesa - Ele beija minha testa , fico sem reação e Encaro seu rosto branco 

- O que está fazendo aqui? Como entrou? - Pergunto e ele sorri balançando a cabeça 

- Um Ótimo bom dia pra você também.

Reviro os olhos e bufo passando por ele , indo até minha cozinha 

- Ya,  agora vai me ignorar? 

Não dei ouvidos e peguei uma maçã,  dando uma grande mordida enquanto andava até a sala , mas fui impedida de dar mais algum passo quando suas mãos agarraram meu braço 

- Me solta

- Fala comigo - Ele me vira pra ele

- Jeeeeoooon - Grito fechando os olhos com força enquanto sentia ele me colar mais em seu corpo 

- Shh , fica quieta - Ele segura meu cabelo e o solta 

- Meu rabo de cavalo! 

- Prefiro você de cabelo solto - Ele joga longe meu elástico e sorri , Encaro seu rosto com raiva 

- Não tô nem aí para oque você prefere seu idiota - Tento empurrá-lo mas não consigo 

-Me beija - Ele faz bico e se aproxima 

- Saaaai - Coloco a maçã na sua boca e me solto de seus braços,  correndo até a porta e a abrindo

- Sua ...

Ele corre atrás de mim e eu solto um gritinho correndo também

- Estou atrasada Jeon , não tenho tempo pra você - Digo ainda correndo , chego ao portão da minha casa e o destranco mais rápido possível,  mas antes deu sair ele segura meu antebraço 

- Eu te levo 

...

Acabei por aceitar e ele me levou até a empresa 

- Tem certeza que quer trabalhar?  Você não precisa.  (S/N) você tem dinheiro e....

- Meu pai não fala mais comigo , não me dá mais dinheiro , ele sumiu - Suspiro e Encaro minhas mãos 

- Eu posso te ajudar com isso - Sua mão pega na minha a apertando , sorrio sem mostrar os dentes e fixo seus olhos 

- Não precisa - Beijo sua bochecha e ele suspira , antes deu voltar a cabeça ele segura meus cabelos me puxando pra um beijo , sua língua adentra minha boca e sinto minhas lágrimas automaticamente descerem meu rosto , ele encerra o beijo com selinhos e me encara preocupado 

- Porque tá chorando ? - Ele limpa minhas lágrimas com o seu polegar

- Você sabe , somos filhos de pais que se odeiam Jungkook e...

- Por favor,  esquece isso - Ele beija minha testa carinhosamente em seguida minha bochecha 

- Mas não quero que você se prejudique por causa de mim - Passo minha mão sobre seu rosto branco e lisinho 

- Eu te amo (S/N) , faria tudo por você 

Ouvir aquelas palavras me fez se explodir de felicidade por dentro,  ouvir que ele sente o mesmo por mim chega a ser mágico, eu o amo também,  mas aquilo era errado , ele não podia me amar , não agora com esses problemas loucos 

- Você não pode - Me afasto e mordo meu lábio inferior - Não pode me amar Jungkook 

- Não posso controlar meus sentimentos (S/N) - Ele segura meu braço mas eu desvio abrindo a porta do carro 

- Só não se apegue em mim - Saio do carro e ando até a entrada da empresa 

- Tarde demais - Sua voz ecooa meus ouvidos e rapidamente me viro vendo seu carro sair , a voz dele estava tão perto,  tão nítido 

- (S/N) ?

Escuto uma voz familiar e me viro vendo Justin,  sorrio e aceno pra ele se aproximando 

- Oi , porque não me mandou mensagem? 

- Eu mandei , mas você viu e não me respondeu 

- Eu fiz isso? 

Pego meu celular e entro no kakao, abrindo o chat do número dele 

- É , realmente tinha uma mensagem sua - Sorrio sem graça - Desculpa por não responder 

- Tudo bem - Ele sorri - Eu trabalho aqui do lado 

- Sério?  - Sorrio 

- Sim , podemos almoçar juntos hoje se você quiser ..

- Sim , vamos - sorrio 

...

Mando alguns relatórios por e-mails como minha chefe pediu e descanso um pouco meus braços,  meu celular vibra então o pego vendo que tinha mensagens no meu kakao

Tae : Oii Sweet , está tudo bem ?

Eu : Oi , está sim :) 

Com certeza eu Minto 

Abro o o outro chat enquanto o Taehyung não me respondia 

Justin : Daqui a pouco eu passo aí pra te pegar 

Eu : Tá bom :* 

Abro o outro chat e sinto meu coração se acelerar 

Cretino : Olá minha vampira favorita ♡ 

Tento não sorrir mas não consigo 

Eu : Oi.

Um pouco seca , talvez? 

Cretino : Vou te levar pra almoçar está bem ? Não adianta negar , eu não vou desistir de você 

Abro minha boca,  e agora ? O que eu vou falar pra ele ? Vou falar a verdade...

Eu : Desculpe,  mas eu já vou almoçar com o Justin 

Cretino : Aquele garoto estrangeiro? Você tá louca ?

Nem respondo e reviro os olhos 

"Eu não vou desistir de você" 

Ele realmente está me amando? 





Notas Finais


Ele está amando ela , fofo não é?
Talvez possa ser perigoso também, Jeon se controle, pode causar danos à você meu amor , ninguém aqui quer ver você machucado não é guys? 😂😂❤
Thanks pelos favoritos , estamos quase no 100 , omg 💜💜
Enfim , byebye amo vocês 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...