História -. Um amor (quase) Impossível - Namjin - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 18
Palavras 829
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOOOLTEI CAMBADAA <3

É isso... Boa Leituraaa <3

Capítulo 5 - Conclusões!


Fanfic / Fanfiction -. Um amor (quase) Impossível - Namjin - Capítulo 5 - Conclusões!

P.O.V  JIN

Depois do ataque de estranheza que Jungkook teve falando sobre Danoninhos e queijos, desliguei o celular e fui tirar uma sonequinha. Logo após umas duas horas mais ou menos acordei com batidas estéricas na porta de casa. Estranhei, pois, do que eu sabia não estávamos esperando visita. Levantei apressado e fui correndo até a porta, logo a abrindo e dando de cara com Namjoon, todo suado e com um semblante aterrorizado na cara. 

- Meu deus Namjoon, que que aconteceu? - Disse segurando em seus ombros - FALA NAMJOON TU TA ME ASSUSTANDO!! - Gritei e logo recebi sua atenção imediata.

- Tem.. te... uma pessoa lá... uma pessoa na minha casa!! - Disse com os olhos arregalados. 

- Como assim Namjoon, óbvio que tem! Deve ser seus pais... - Disse tentando tranquiliza- lo.

- Não Jin, é um homem. Ele entrou... e... começou a andar pela casa.- Levei ele pra dentro e logo o aconcheguei no sofá.

- Você veio a pé até aqui? De noite? Nesse frio? - Disse olhando pra ele que estava com os lábios roxos de frio.

- Eu entrei em pânico, a sua casa é a mais perto... - Disse abaixando o olhar.

- Tudo bem... Mas e seus pais? - Perguntei preocupado.

- Eles não estão em casa, viajaram pela tarde à negócios. - Disse ele me olhando.

Fui até a cozinha e peguei tudo que precisava para fazer um chocolate quente para pelo menos manter ele aquecido. Enquanto preparava, notei Namjoon meio inquieto na sala, olhando para os lados e se ajeitando inúmeras vezes no sofá.

- Namjoon? Tudo bem? - Perguntei da cozinha.

- Que? Ah, sim... - Respondeu rápido.

Deixei o chocolate esquentando um pouco e fui até ele.

- Tudo bem mesmo? - Perguntei preocupado colocando minha mão sobre a dele.

- Sim... - Falou olhando para nossas mãos - Não...

- O que foi? Me conta vai! - Me ajeitei no sofá para ouvi-lo.

- Bem... eu não estou acostumado a ser mimado assim... chocolate quente, carinho... - Disse meio tristonho.

- Se não estiver gostando eu paro! - Disse olhando pra ele.

- Não!! Não... - Disse rápido e logo após percebeu e tentou se redimir - Meus pais nunca tiveram tempo para me mimar assim, eu cresci a base de babás e empregadas. Quando fiz 13 anos a minha família se desmoronou de vez, minha mãe descobriu que meu pai a traia com uma das empregadas lá de casa. Mas por uma escolha dela, resolveu continuar com o mesmo pois não conseguiria nos manter sendo mãe solteira e sem emprego fixo... - Disse já meio acabado com toda essa história.

- Eu sinto muito... realmente não imaginava que você poderia ter passado por tudo isso, saiba que pra tudo o que precisar eu estarei aqui! - Disse o encarando sério, ele nada disse em voz alta, apenas um sorriso de canto enquanto olhava para baixo e agradecia baixinho, parecia não querer que eu escutasse.

Olhei mais uma vez pra ele e fui em direção a cozinha. Peguei os dois chocolates voltei para onde o mais novo estava. Sentei do seu lado e lhe entreguei a xícara e ficamos tomando chocolate quente e conversando até resolvermos que iriamos dormir.

- Jin, tem certeza que é uma boa eu dormir aqui? - Perguntou andando atrás de mim.

- Nunca tive tanta certeza senhor Namjoon! - Disse rindo e olhando pra ele.

Logo após, fomos até o quarto, montei uma cama improvisada no chão e obriguei Namjoon a dormir na minha. 

===============================

- 3 horas antes - 

P.O.V  NAMJOON

Depois de uma hora e meia mais ou menos, escutei uns barulhos vindos da parte de baixo da casa e logo fui apressado ver o que era. Chegando até o meio da escada, pude ver a silhueta de um homem. Ele era alto, tinha cabelos ruivos e estava usando uma roupa completamente cinza. Sem fazer barulho fui até o telefone, tentei discar o numero de alguém, mas estava ocupado. Saí correndo para meu quarto e tranquei a porta, logo pensei: 

- A janela! 

Fui até a mesma e abri com cuidado para não fazer barulho, desci e pulei para o jardim. Comecei a correr em uma direção aleatória até lembrar de alguém que poderia me ajudar! Jin! Fui até a casa dele que me recebeu com muito carinho, até demais pra mim, e eu lhe expliquei tudo o que aconteceu. Ele fez chocolate pra mim, e ainda tive a oportunidade de me abrir, contar sobre tudo o que aconteceu comigo, sobre meus pais, minha infância. Ele entendeu de uma forma que ninguém entenderia, eu vi a pena e a compaixão em seus olhos, coisa que eu nunca tinha visto em alguém antes. Para completar, ainda dormiu no chão pra mim não ficar desconfortável! Cada dia mais eu percebo que eu realmente estou apaixonado por ele, apaixonado por um garoto! E pelo visto, apaixonado pelo meu melhor amigo...


Notas Finais


Gente, desculpem qualquer errinho. Treinei o dia todo e estou exausta, mas mesmo assim não queria deixar vocês sem uma atualização! <3

Comecei uma outra fanfic e gostaria que vocês fossem dar uma olhadinha!

Link Fanfic nova: https://www.spiritfanfiction.com/historia/you-saved-me--yoomin-12086751

Link do meu canal: https://www.youtube.com/channel/UCARz7aSo21TumBKz1A-t6hw?view_as=subscriber

É isso amoress, beijos e até a próxima :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...