História -Welcome To Presephone -(Suga bts)(18) - Capítulo 47


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Taemin, Terror
Visualizações 429
Palavras 3.235
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aaa meus amores que saudades de vcs , pois bem eu estou de volta com um cap chocante , estão prontos para ver a hye mais insana do quente o normal?? Entramos definitivamente na era Maniac bbs

Capítulo 47 - -Welcome To Presephone- Maniac 20-



[Jin pov's]

-Hyorin?- Pisquei algumas vezes para garantir que não era algo da minha cabeça ela era realmente a Hyorin.

-Sim sim!-Ela riu.- Pensei que demoraria mais para me reconhecer nesse...-Ela olhou para o corpo de hye com desdém.- Corpo!-Voltou a me olhar alegre.

Soltei seus braços e passei a mão nos cabelos.

Isso não é normal...ela já morreu a 5 anos!

-Jin quem e essa?- Sayuri se aproximou de nos com um pequeno comprimido nas mãos e um copo de água.

-Posso te explicar isso depois?-Ela me olhou confusa e olhou para hye ,quero dizer Hyorin.

Ela está no corpo da hye porém não e a hye e a Hyorin...confuso!

-Claro...-Ela disse um pouco cabisbaixa.-Olha...você!- Ela apontou para Hyorin .- Tome isso aqui!- Ela estendeu o remédio para a menina.

-Eu não vou tomar algo de um demônio!- Hyorin cruzou os braços.

Olhei para a menina e dei um pequeno sorriso, isso não é bom...ela está se aproveitando da doença da hye para tomar o controle.

-Essa menina tem braços muito finos!- Hyorin olhou para os braços de sua hospedeira e riu.

-Tome logo isso sua ...-O tom de voz da morena ao meu lado se elevou, vi a face de Hyorin(hye) se assustar.

-Calma Sayuri...-Segurei seus ombros acalmando-a.

-Por que ela está gritando comigo?-Hyorin se levantou.- Você está louca?-Se aproximou de Sayuri com coragem.

-Olha até que ela e corajosa , eu apenas não te mato por que sei que a hye também está ai!- Sayuri deu de ombros seria.

-Ui ah então você não me mata por que a outra está aqui ou porque não quer fazer papel de monstro na frente do Seokjin?- Era melhor ela ter ficado calada.

Sayuri se virou brava e apertou a bochecha da menina que se debateu e tentou bater em Sayuri, me aproximei e tentei amenizar as coisas mais quando me dei por conta, Sayuri estava enfiando o comprimido pela garganta da Hyorin sem do.

-Chega!- Segurei os braços de Sayuri com firmeza e os coloquei para trás.

-Eu realmente não queria fazer isso com a hye!- Sayuri me olhou com indiferença.

Hyorin tossia e batia a mão no peito, ela acabou se engasgando com o remédio, vi um pequeno sorriso sair da boca de Sayuri.

-Você tem muito a me explicar Seokjin!-Ela sussurrou.

-Eh eu sei...-Digo olhando serio para a menina.

Soltei a morena que logo saiu do quarto, me aproximei de Hyorin que tomava novamente o ar para os pulmões.

-Ela e louca!- Apontou para a porta aonde a segundos Sayuri passou.

-Não...ela e até que normal se formos comparar com a hye.-Apontei para o corpo da menina que revirou os olhos.

-Jin aonde está o Yoongi?- ela se sentou na cama inquieta.

-Não sabemos!- Cruzei os braços encarando a face da morena.

Espero que você esteja bem hye.

-Não sabem?? M-mas...-Ela disse assustada, suas mãos tremiam.

A mesma menina louca pelo yoongi, isso ninguém pode reverter.

-Olha fica calma ok!- Fiz alguns gestos para que ela se acalmasse.

Ninguém em Presephone gostava dessa menina, querendo ou não eu e o Yoongi convivíamos com ela , então eu acabei me acustumando com seu jeito hiperativo,escandaloso e controlador.

-J-jin...-Ela choramingou.

-Nao chora!- Dei um pequeno grito sem paciencia.-Nós vamos achar o Yoongi , mas primeiro você vai me dizer porque está no mesmo corpo que hye e como isso aconteceu!- Suspirei e me sentei ao seu lado.

-Ah você só se importa com essa pirralha!- Ela virou o rosto.

-Conta logo porra!- Bati em minha perna com raiva.

A menina se assustou e eu me controlei novamente , me arrumei ao seu lado tomando um pouco de distância.

-Desde minha morte.-Ela reprimiu os lábios.-eu acabei fazendo um pequeno contrato com um anjo sobre reencarnação, ele me disse que eu voltaria em um corpo mais forte e capaz de me defender dos ataques sanguinários de Yoongi.-Suspirei.- Porém eu não imaginava que seria em um corpo adam...muito menos que teria de dividir o corpo , desde então eu venho esperando que a sua alma enfraqueça de uma vez e eu possa assumir o controle do corpo.- Ela sorriu inocente.

-Então você vai matar a hye para ficar com o corpo?!-Levei a mão aos cabelos dando leves puxões.

-Se você entendeu desse jeito...-Ela deu uma pequena ênfase na última palavra.

Mais a hye e uma adam não pode simplesmente matá-la com as mãos...porém ela também está doente e mal pode se mover quando está no controle do corpo...isso é um problema.

-Olha eu sei que eu não deveria estar fazendo isso mas...entenda Seokjin eu apenas estou tomando um espaço que foi destinado a mim.-Ela passou o braço por meus ombros.- Eu logo logo vou estar novamente com vocês , mesmo que seja nesse...corpo!- Sua voz me embargou de nojo.

-Já fazem 5 anos Hyorin!- Disse baixo.

A garota Franziu o cenho provavelmente confusa.

-O que você quer dizer?

-Já fazem 5 anos desde a sua morte, e derrepente agora você volta e tenta fazer tudo acontecer normalmente como se nada tivesse acontecido a anos atras.-Murmurei pensativo.

-Mas jin eu fiz isso para poder ficar perto de vocês , perto do Yoongi!-Ela gesticulou com as mãos demonstrando nervosismo.

-Mas você vai levar o que no momento e mais importante para todos nós , para fazer seus caprichos malucos pelo yoongi ...acha isso certo?-Abaixei a cabeça.

Uma mistura de sentimentos estava me deixando impaciente, era bom ter Hyorin de volta ,afinal, ela foi uma lembrança importante do nosso passado...passado, mas por outro lado não posso simplesmente aburi mao da vida da hye por um acordo feito com um anjo para um menina louca por um homem que ela sabe que não pode controlar...hye agora e uma parte importante do nosso presente, abrir mão dela não é uma opção e uma escolha.

-Sim eu acho certo!-Arregalei os olhos surpreso com sua resposta.- Ela não é a maldição , uma hora ou outra ela vai acabar com vocês e destruir tudo em volta, você sabe melhor do que eu , eu estou fazendo um enorme favor a todos.-Disse convencida.

Tão irritante...

-Um favor?- Dei uma risada sarcástica.- se esse e seu pensamento medíocre pode até ser, mas não para mim, e tenho certeza de que para os meninos também não!-Me levantei.- Se você fizer algo contra a hye , sua vida aqui fora será um inferno.- Tentei parecer o mais calmo o possível.

Ela franziu o cenho brava e respirou fundo, eu Ainda não vou me acostumar a ver Hyorin no corpo de hye...

-Eu não presciso da sua apro-

Cruzei os braços esperando uma resposta , o que eu não esperava e  que ela simplesmente desmaiasse .

-HYORIN??-Me aproximei segurando seus braços novamente.

O corpo estava mole, ela havia desmaiado.

-Eii!- Balancei a garota Ainda em meus braços.

Por fim decidi deixá-la na cama , ela não morreu, mas eu pediria ajuda o mais rápido o possível.

-O que acon..-Olhei para trás vendo Haruka com Sayuri e jinwoo.

-Ah o efeito demorou mais fez resultado!- Comemorou Sayuri.

-Efeito?- Bato as mãos nas coxas e me levanto.

-Sayuri deu um remédio que deve controlar essa...-Jinwoo procurava a palavra certa para definir a situação.- Dupla alma.


Ah o remédio...menos mal , suspiro aliviado e me aproximo do trio.

-Espero que a hye melhore logo!- Haruka sorriu.- Sayuri disse que essa tal...

-Hyorin!- Indaguei.

A menina assentiu sorridente.

-Ela não é boa coisa...então devemos fazer com que a hye melhore logo!- Ela deu alguns pulinhos.

-De certa forma, Hyorin realmente não e boa coisa- Olhei para a menina desacordada.- Agradeço por cuidarem da minha dongsaeng!-Me curvei um pouco agradecendo.

-Aham...-Jinwoo disse.

-Bom de qualquer forma ela vai acordar daqui a algumas horas, pode ficarv tranquilo oppa!- Sayuri Sorri gentil.

-Sim..-Suspirei baixo.

Saímos do quarto dando um pequeno tempo de todo esse caos, fiquei sentado em frente ao quarto em um sofá, todos os outros foram receber o tal Yuichiro, olhei para a porta diversas vezes preocupado.

-Não não...-Ouvi a voz da "criança" soar de trás de mim e me virei.- Você está preocupado? Isso pode te deixar doente!- Ela inflou as bochechas dando a aparência fofa de uma criança.

-Não se preocupe eu não costumo ficar doente por preocupação.-Sorri forçado.

-Mesmo?-Ela pergunta e eu assenti.- Então eu vou te chamar para tomar uma sopa de carne com macarrão no refeitório vamos?- Ela segurou meus braços.

Olhei para a porta novamente e pensei um pouco.

-Desculpe aine eu não posso sair.-Suspirei.

A menina me olhou pensativa e sorriu em seguida.

-Vou chamar todos para comermos aqui então você não ficará sozinho!- Ela bateu palmas sorrindo.

Ela e realmente é mais animada que o Hoseok!

-Obrigada aine!- Me curvei um pouco agradecendo a garota que assentiu e logo saiu correndo pelos corredores.

Barulhenta...

Sozinho novamente voltei a analisar a porta a minha frente.

-Eu sou como um irmão mais velho!- Coçei a cabeça rindo.- Vocês são impossíveis...-Olhei para o chão preocupado.

[Flashback]

Estavamos correndo mais à frente que a menina, tão desajeitada que parecia que tropeçava em suas próprias pernas, um pouco mais atras dela alguns policiais , me desesperei ao ver que ela diminuía cada vez mais a velocidade, me virei para vê-la e parei os passos.

-Hyung o que está fazendo?- Yoongi estende seu braço a minha frente.

-Não podemos.-Neguei com a cabeça para o garoto que olhou para hye correndo e Suspirou.

-Eu vou ajudá-la.-Yoongi indagou.

Sem dar ouvidos a suas palavras me soltei e fui de encontro com a menina, vi yoongi negar e voltar a correr junto dos outros.

-Idiota!-Gesticulou.

[Flashback off]

Eles estão bem...? Eu não deveria me preocupar com eles afinal eles já sabem se cuidar ...porém eu não sinto que estou sabendo de tudo...apenas que eles voltaram a Presephone, Sayuri havia me trazido a notícia depois que aquele homem estranho que falou com Senri chegou, mas me pediram que não contasse nada para hye, mesmo querendo não posso.

-Chegamos!!!- Olho para trás e vejo todos com pratos nas mãos ,aine trazia dois pães nas mãos e um prato cheio de sopa na outra.

Jimin...-Dei uma pequena risada.

-Toma aqui!- Haruka estendeu um prato para mim.

Com cuidado peguei a sopa e encarei o prato.

Não parece ser algo comestível...

-Tem certeza que podemos comer isso sem morrer?- Olhei para as meninas com receio.

-Pode não parecer bonito...muito menos comestível, mas acredite e muito bom de comer!- Sinto uma mão tocar meu ombro olho para trás vendo Yuichiro.

O moreno de cabelos longos mas não tão longos , olhos azuis um pouco mais escuros que os de hye e um sorriso fraco nos lábios.

-Hyakuya!-Olhei surpreso para o menino.

-Não grite!-Ele me olhou.

-Todos aqui então podemos comer!- Aine bateu a colher no prato arrancando uma careta de Senri.

-Podemos!- Peguei a colher da mão de Haruka e comecei a comer.

Por incrível que pareça estava bom, claro que não era a melhor sopa do mundo mais era comestível.

-AAAH!- Senri gritou.

-O que foi?- Yuichiro reclama.

-Haruka espirrou sopa no meu braço!-Ele indagou.

-Se isso te incomoda eu limpo!- Haruka aproximou a boca do braço do menino é lambeu a pequena mancha de sopa de seu braço.

Olhei sem entender o que se passava naquela cena, Senri olhou para Haruka com tédio e afastou o rosto de seu braço.

-Virou alguma espécie de cachorro?- Ele limpou a baba da menina.

-Ei não seja mal agradecido eu limpei a sujeira!- Ela virou o rosto brava.

-Sujeira...-Senri murmurou cansado.

-Isso acontece muito?- Pergunto com um pouco de graca na voz.

-De vez em quando...-Sayuri levou a sopa até a boca fazendo alguns barulhinhos ao suga-la.

Ouvimos a porta ser aberta e uma menina de longos cabelos vermelhos e bagunçados aparecer...Yuri???

-Y-YURI?- Perguntei.

A menina me olhou e arregalou os olhos.

-Como vai?- Ela perguntou mordendo os lábios.

Depois de tantos anos , eu finalmente encontrei a menina novamente, Mikaela Yuri...a protetora de mim taehyung , o demônio que me ajudou quando eu era pequeno a assassinar minha mãe.

-Jin-nii está tudo bem?- Aine balançava as mãos em frente ao meu rosto.

-Sim.-Sorri forçado.

-Vejo que não mudou nada...-Ela se sentou ao meu lado.

-Você também não.-Encarei a sopa.

-Está tudo bem?- Ela abaixa sua cabeça um pouco para ver meu rosto.

Não estava tudo bem , primeiro o tal acidente com os meninos, depois a hye doente e agora...a menina que me ajudou a assassinar meus pais e me tornou esse monstro.

-Nada.-Pisquei algumas vezes.

-Então tudo bem!-Ela se levantou.- Soube que temos uma convidada doente.-Ao ouvir ela falar sobre hye controlei para não gritar para ela se afastar.

-Não temos ninguém doente .-Menti, mantive o tom de voz serio.

Contar sobre a doença de hye e o problema com a Hyorin para uma pessoa como Yuri , eu não pretendo entregar tudo como quando eu não a conhecia.

-Mas...-Haruka ia falar então vi Sayori tampar sua boca e a olhar com raiva.

-Então eu acho que me passaram a informação errada.-Ela disse distraída com a porta do quarto de Yuichiro.

-Sim devem ter passado.-Olhei para a sopa novamente.

Por que tudo sempre tem que cair sobre meus ombros?

-Sendo assim eu vou avisar a nossa querida Diana que não tem nada de errado por aqui.-Ela se curvou por educação e pôs a sair do local.

Respirei aliviado e voltei a comer o resto de sopa que havia no prato, estava um total silêncio , senti o peso do olhar confuso de Sayori sobre mim, ela quer respostas porém eu não posso dá-las agora, não agora.

-Por que mentiu para Yuri-chan?- Aine pergunta.

-Bom...-Procurei alguma desculpa bem elaborada para poder enganar todos da sala porém nessa tensão eu não conseguia pensar em nada muito convincente.

-Eu não gostaria que Yuri soubesse da hye por enquanto.-Encarei todos da sala que pensaram um pouco e assentiram.

-Por que?- Jinwoo me olhou com os olhos cerrados .

-Deixe ele com os mistérios dele jinwoo, já que todos terminaram posso levar os pratos?- Yuichiro indaga.

-Eu te ajudo!- Me levantei.

-Não precisa.-Ele riu.

Peguei todos os pratos e entreguei para Hyakuya que os levou para o refeitorio.

-Vou ver se a hye está melhor.-Digo indo até a porta.

-Espera eu vou com você, aquela maluca pode ainda estar no corpo da hye!- Sayori indaga se levantando também.

Assenti então entramos, o silencio dominava , por parte era um bom sinal , por outra meu coração palpitava devagar como se fosse parar, minha preocupação aumentou ao vê-la com rosto pálido e os cabelos soados jogados pelo rosto, a face dolorida da menina que ainda se esncontrava desmaiada.

-Está quente.-Sayori foi até a janela e abriu a mesma fazendo uma corrente de vento gelado percorrer o quarto.

Me sentei ao lado de hye na cama, apoiei as mãos na cama e parei ali observando a menina.

-Você realmente está escondendo muita coisa de mim...-Sayori se aproximou em passos lentos.

Fechei os olhos comprimi os lábios e suspirei fundo , eu sei que ela pode descobrir sozinha sobre tudo que eu escondo a anos em um piscar de olhos mais ela não faz...ela nunca ousou usufruir de sua autoridade como demônio para pegar a força essas informações.

-Eu não quero conversar agora.-Disse tentando manter o tom calmo e controlado.

-Está bem...-Ela se levantou totalmente triste.- Cuide bem da hye!- Ela se curvou e saiu do quarto.

Levei as mãos à cabeça e apertei os olhos, minha mente apenas se proponha a pensar na menina doente e nos meninos nesse acidente, talvez se eu não tivesse concordado com isso...a quem eu quero enganar, isso de ser bonzinho sempre nunca vai funcionar porque a qualquer momento eu tomo decisões erradas e ponho a vida de outros em risco...

-Eu não deveria me sentir bem...-Murmurei.

Como qualquer adam normal , eu não sinto o que normalmente todos devem sentir ...tristeza ? Mesmo sabendo que eles estão em Presephone algo me diz que eles não estão bem e isso não me deixa respirar...

-Está frio...-Ouço a voz da menina que antes estava desmaiada soar então olho novamente para a mesma que mantinha os olhos fechados e a mesma face dolorida.

-Hye?- Chamo seu nome apenas para garantir que não se tratava de outra.

-Eu acho que sim...-Ela abriu os olhos e pela primeira vez no dia pude sentir um peso sair de meus ombros.

Ela estava ali em sã consciência, aqueles grandes olhos azuis que rodearam o quarto e por um momento ela os fechou suspirando.

-Ainda bem.-Me levantei e fui até a janela fechando-a novamente.

Eu pude sentir o que me deixava um pouco mais alegre...ela estava "bem".

-Está tudo bem? Como se sente?- Talvez com todos esses problemas eu estivesse a bombardeando de perguntas logo depois de um desmaio,Mas não me importo.

-Não quero falar...-Seu tom de voz era baixo , franzi o cenho desconfiado.

Ali me dei conta de que ela não estava bem , seus olhos mal se mantinham abertos , sua boca pálida e ressecada, que a cada 10 segundos era umedecida por sua língua, seu corpo trêmulo e gélido ...ela estava pior.

-Eu não acredito.-Praguejei.-Você está ficando pior.-Em um tom desesperado vejo a menina mover o rosto para o outro lado com preguiça.

-Por que você se preocupa tanto?- Eu estava começando a me entristecer novamente pelo seu tom de voz baixo e doentio.

-Hye não me encha de perguntar desnecessárias , temos que te ajudar .-Levei o cobertor até seu pescoço já que as queixas de frio estavam aumentando , ela se encolheu nos lençóis e me olhou tristonha.

-Seokjin...-Assenti para que continuasse a falar.- Por que está me escondendo que sabe aonde os meninos estão?- Engoli seco, como ela soube.

-Eu não...-Ela se sentou na cama e passou a mão pelos fios desarrumados.

-Suho me disse que você sabe aonde eles estão.-Ela mordeu os lábios pálidos e olhou para o chão.- Vamos para Presephone?

Seus olhos clamavam por ajuda o que me deixou um pouco pensativo, não e uma boa escolha levar uma menina doente e que a qualquer momento pode atacar todos e assim...ah.

-Não não vamos,você está doente e temos que te tratar.- Disse firme.

-Seokjin não tem tratamento para isso...-Ela encarou meus olhos com dor.- De qualquer maneira me leve para Presephone...eu tenho que ver eles...eu tenho.-Vi uma lágrima escorrer de seus olhos.

-Por que quer tanto ver eles?Poderemos ir depois que você melhorar.-Apertei suas mãos levemente.

-Eu...não quero...ficar louca sem antes me despedir de vocês...até mesmo do...-Antes de falar o nome de quem eu desconfiava...hye começou a chorar desesperadamente , segurei seu rosto tentando acalma-lá com palavras de conforto mas nada funcionava.

-Lee por favor!-Suas lágrimas molharam minhas mãos e sua roupa, eu rosto estava quente ao contrário de seu corpo, minhas mãos se mantinham firmes em sua face , tentei não demonstrar nervosismo.

-ELE ME DESTRUIU...JIN O YOONGI ME DESTRUIU.- Ela gritava enquanto dividia a voz com os soluços.

Entre um momento e outro ela esqueceu tudo de mal que Yoongi causou a menina , porém em instantes seu cérebro fez questão de mostrar novamente do que Yoongi foi capaz de fazer.

-ELE NÃO PODERIA, EU QUERO MORRER!- Ela segurou minha gola com força, seus olhos demonstravam súplica e desespero, me assustei com sua atitude , evitei olhar em seus olhos para que depois não tivesse pesadelos atormentadores.

-E você Oppa...você vai me matar, querendo ou não!

 


Notas Finais


Eu as vezes penso como eu consigo escrever isso...?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...