História 10 coisas que eu odeio em você - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você, A Origem dos Guardiões, Como Treinar o seu Dragão, Enrolados, Frozen - Uma Aventura Congelante, Valente
Personagens A Fada dos Dentes, Anna, Astrid, Breu, Elsa, Flynn Rider, Hans, Jack Frost, Kristoff, Mérida, Personagens Originais, Rapunzel, Soluço, Stoico, Valhallarama
Tags Jelsa, Romance
Visualizações 27
Palavras 985
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente!
Detalhe:Alguém vai morrer nesse capítulo e essa perda vai reaproximar um pouco Jack e Elsa.
Boa leitura!

Capítulo 25 - Casa do Lago


Fanfic / Fanfiction 10 coisas que eu odeio em você - Capítulo 25 - Casa do Lago

No dia seguinte...

Pov's Elsa

Eu estava largada no sofá,com as pernas sobre o colo de Anna,que entendiada,passava de canal em canal na TV,para ver se passava alguma coisa interessante.

-Que tédio!!!!-esbravejei aborrecida me sentando e recolhendo minhas pernas.

-Falou meu pensamento agora-respondeu Anna risonha ainda passando os canais.

-Me dá isso aqui!-tomei o controle da sua mão e desliguei a TV.

-Tá bom então...-resmungou ela se levantando e se afastando.

Bufei quando o telefone começou a tocar.

-Mãe!O telefone tá tocando!!!-alertei não querendo me levantar de jeito nenhum.

Mamãe surgiu,passando as mãos no avental e então,pegou o telefone atendendo.

-Oi mana-sorriu.As palavras dela responderam imediatamente que era Tia Adriana no telefone.

Franzi a testa preocupada quando vi os olhos da minha mãe se encherem de lágrimas.

-Não pode ser...-murmurou atordoada e com a voz trêmula.

Desviei meu olhar para papai que largava seu jornal e se levantava da poltrona,indo até mamãe.

-Me dá aqui querida-pediu cauteloso pegando o telefone e colocando no ouvido-Oi cunhada.

Anna se aproximou e trocamos um olhar de temor,enquanto víamos meu pai suspirar tristemente.

-Mas que pena...-confessou desviando o olhar para a mamãe,que lutava inutilmente para secar as lágrimas que escorriam-Vou avisar as meninas.Não se preocupe,as despesas do enterro ficam por minha conta.

Arregalei os olhos assustada.

Enterro?Meu Deus!Quem morreu?

Observei meu pai desligar o telefone e o colocar sobre a mesinha.

-P-Pai...-Minha voz saiu trêmula-Quem morreu pai?-perguntei temerosa.

Ele respirou profundamente antes de me encarar.

-Sua avó Elizabeth-respondeu.

Paralisei completamente.

-NÃO!-gritou Anna apavorada levando as mãos à boca,já com os olhos cheios de lágrimas.

Eu não conseguia demonstrar nenhuma reação,mas as lágrimas desceram silenciosamente pelo o meu rosto.

Elizabeth Marie.Mãe da minha mãe e de Tia Adriana.Avó de Anna,Punzi e minha.

Ela morava com Tia Adriana.Ela gostava muito de conversar comigo e com Anna,principalmente quando o assunto era meninos.Vi suas fotos de quando ela era jovem e eu era sua cópia.Foi dela que puxei os olhos azuis-gelo e os cabelos platinados.Meu nome foi escolhido em sua homenagem,pois Elsa,é abreviado de Elizabeth.Eu amava minha avó,ela era meu porto seguro depois dos meus pais.

Mas agora...ela se foi.

Pov's Jack

-A avó da Elsa faleceu?-perguntei assustado.

Senti meu coração apertar,ao pensar no quanto minha albina deve estar sofrendo.

-Sim-assentiu minha mãe tristonha-Quase a cidade toda foi convidada,até você.Acho que Richard precisa de você lá pra consolar a filha dele.

-Não mãe!O pai da Elsa me odeia!-neguei de olhos arregalados.

-Fale por você!-declarou Emma descendo as escadas vestida toda de preto-Eu não vou deixar de consolar a Elsa!

Ela me pegou no meu ponto fraco.Piralha maldita.

Bufei.

-Vou mudar de roupa,já volto-declarei passando por ela e subindo as escadas.

(...)

Eu,juntamente com mamãe e Emma,adentramos a igreja,vendo que estava lotada.Tinha muitas pessoas,acho que a cidade toda estava aqui.Reconheci vários rostos.

Ergui minha cabeça um pouco e avistei Elsa abraçada com Anna.As duas choravam,próximas ao um caixão.

-Jack?

Virei-me surpreso vendo Richard se aproximando.

-Por favor...ela precisa de você...-confessou.

Se eu não estivesse num funeral,eu diria que isso era um sonho!

Assenti antes de caminhar até Elsa.

Arregalei os olhos surpreso quando ela me abraçou com força e escondeu o rosto em meu peitoral,chorando mais ainda.

Não tive outra escolha,a não ser retribuir o abraço.

Ouvi os soluços da Snow abafados em meu peitoral e como uma forma de consolá-lá,passei a acariciar seus cabelos.

(...)

Horas depois...

Pov's Elsa

-Elsa,querida?

Ergui o olhar tristonha para encarar minha mãe,que sorria tristemente.

-Eu e seu pai pensamos...que seria bom,você,Anna e Punzi...passarem o final de semana na nossa casa do lago-comentou-Vai ser bom para distrair vocês.

Eu e Anna nos entreolhamos.

Sorri minimamente.

-Tá,tudo bem-dei de ombros.

(...)

Sério.Eu podia odiar meus pais por essa armação!Porque deixaram o Jack vir?De que lado eles estavam?

Tudo bem que chorei abraçada à ele durante o enterro inteiro,mas foi num momento de fraqueza!Não significa que eu perdoei ele!

Adentramos a bela casa e cada um deixou suas malas no canto da sala.

-E aí?-questionou Merida cruzando os braços enquanto Seeylfe,Anna e Flynn corriam até a cozinha interligada com a sala-Como vai ficar a divisão dos quartos?

-O Jack pediu para ficar sozinho-respondeu Kristoff me surpreendendo-Você vai dividir o quarto com a Elsa.O resto dos casais vão ficar juntos,inclusive eu e Anna.

-É bom se comportar,viu Bronte?-alertei ameaçadora enquanto Anna,Flynn e Seeylfe disputavam por um pote de sorvete que haviam achado.

-E eu?Vou ficar com quem?

Nos viramos para ver quem falou isso.

Arregalei os olhos chocada.

-Hans!?!-exclamamos ao mesmo tempo.

-Oi gente-sorriu amigável.

(...)
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

-É um prazer rever todos vocês-declarou sorridente.

Mas ele desfez o sorriso quando um pouco de sorvete atingiu seu rosto,sujando-o.

-Se não sair agora,jogo mais sorvete!-ameaçou Seeylfe.

-Veio perturbar quem,Silvys?-perguntou Anna irritada-Esqueceu da surra que eu te dei,foi?

-Calma galera!Eu convidei ele!-exclamou Dylan defendendo o irmão.

-E com que direito você teve de convidar esse desgraçado pra cá?-questionei irritada.

-Prometo!Eu vou me comportar!-afirmou Hans-Onde eu vou ficar?

-Vai dormir no sofá!Comigo você não fica!-esbravejou Jack aborrecido antes de subir as escadas.

(...)

Minutos depois,estavámos todos perto do lago.Todos jogavam vôlei,exceto eu e Punzi.A Corona estava com roupa de banho e pegava sol.Eu apenas lia um livro.

Os gritos animados me fizeram erguer a cabeça,para ver Jack e Dag fazerem um cumprimento de comemoração.O Frost se afastou quando Seeylfe beijou Dag como prêmio.

Suspirei.

-Está mais distraída,Elsita?

Virei meu rosto para encarar Punzi.Ela tinha um sorriso dócil.

-É...-dei de ombros-Deu pra esquecer a dor um pouco...

Ela deu um enorme sorriso malicioso.

-Admite-pediu-Ficou feliz quando Jack aceitou vir,né?

-Não!-menti sentindo meu rosto corar,o que despertou risadas na Corona.

-Tá bom,me engana que eu gosto-debochou colocando o óculos escuros e prestando atenção no jogo,no momento em que Seeylfe jogava com força,a bola de vôlei na cabeça de Flynn.

Suspirei,fechando o livro e passando a prestar atenção no jogo também. 


Notas Finais


Até!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...