História 10 Dias Para Conquistar Uma Mimada - Capítulo 23


Escrita por:

Visualizações 72
Palavras 1.084
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 23 - O melhor pai do mundo


Fanfic / Fanfiction 10 Dias Para Conquistar Uma Mimada - Capítulo 23 - O melhor pai do mundo

"Me sinto em um cubo mágico onde à várias e várias maneiras de juntar as cores, mas você dificilmente sabe como juntar"

Pov's Jen 

A Deus, por que esses dias não estou conseguindo dormir? Esses dias só consigo dormir com músicas ou ao contrário tenho pesadelos, pesadelos esses com a minha mãe, de vez em quando o passado das coisas que poderia ter evitado ou simplesmente não falado, você pensa que era só aquilo que eu escondia?, ah é claro que não, estamos nessa desde quando éramos crianças 

Olho para um quadro na parede do meu quarto, estou deitada já era de madrugada o quadro que custo conseguir enxergar tinha apenas uma casa com duas árvores no canto, era em preto e branco como a metade dos quadros do quarto 

O final de semana com Colin tinha me deixado voltar a ser aquela garota que ele tinha conhecido antes, que de acordo com ele era melhor eu ser daquele jeito, mas não sei, ligo o meu celular para trocar a música mas recebo uma mensagem 

-Teve beijos no final de semana? Aqui vai os meus!

Depois veio uma foto do Colin dormindo e uma mão segurando a dele, suspiro de ódio, Rose não sabe com quem está mexendo, tenho certeza que é ela

-Sem sono?

Colin me manda a mensagem logo em seguida, fico sem entender, sério o que está acontecendo? não respondo apenas me viro de lado e tento dormir 

No sonho:

Agora está tocando uma música clássica, estou dentro de uma casa. É a casa de verão, onde passava quase todos os meus verões aqui, estou escutando risadas. Eram minhas, acho que devia ter uns nove anos estou indo até essa risada quando vejo minha mãe em uma escada no centro com seu vestido sempre deslumbrante 

-não conte a verdade!

Quando vou perguntar o que ela está falando acordo assustada, coloco minhas mãos em meu rosto e retiro meus fones, isso é horrível. Desço e o meu pai já está indo tomar café 

David: pensava que não iria acordar

Jen:eu também 

Hoje obviamente era segunda o que eu odeio, voltou as aulas fazia pouco tempo e já queria mais férias, bom, ontem de noite foi muito estranho 

David: depois da escola, se arrume por que eu preciso te mostrar algo

Isso me assusta, mostrar algo na nossa família significava esconder mais um segredo, meu avô está aqui, o que é estranho também pois ele sempre gosta de pegar um voo depois do meio dia

Jen: coisa boa?

David: só o que já deveríamos ter contado!

Não, não pode ser, o sonho não pode fazer sentido, o que ela quis dizer com o não conte a verdade? Sendo que agora todos já sabem, sim ainda temos mais alguns segredos mas o que seria tão importante para ter um sonho sobre isso?

Vou ficar louca com isso. E ainda tem minhas ex-amigas, com qual estou pensando em um plano para ficarmos amigas de novo

Hoje eu não queria dirigir então peguei o motorista e fomos em direção a escola, ele estava indo abrir a minha porta mais falei que eu abriria, já não bastava praticamente todos estarem contra mim e chegar se mostrando já seria outra coisa para ficarem falando e falando. Não que eu me emportasse 

 Lana e Meg estavam na quadra como todos os dias de escola esperando as outras que antigamente também estariam me esperando

Colin:Jen, oi

Jen: olá 

Vou indo sentar na arquibancada mas um Colin querendo conversar não deixa que isso aconteça. Meghan começa a ficar olhando 

Colin:quero ir na sua casa mais vezes

Jen: tá, está sempre convidado para ir quando quiser!

Colin: isso é bom e você estava sem sono ontem?

Jen: por que não vai direto ao assunto?

Ele suspira e parece que está tomando coragem para falar, o mesmo me olha bem nos olhos e pronuncia

Colin: Meg vai fazer um jantar com as meninas amanhã e...

Jen: E?

Colin: e eu falei que você iria também 

Jen: Colin, você entende o que disse?

Colin: eu pesquisei como fazer comida vegetariana para você, vai você tem que ir!

Me sento e coloco o celular no colo para assimilar tudo isso 

Colin: não vou deixar nada acontecer com você

Ele me abraça e coloco minha cabeça em seu pescoço 

Colin: o que foi? Você parece com sono

Jen: Hey, dois dias sem dormir isso acontece

Colin: o quê? Por que está sem dormir?

Jen: nada, não é nada

Agora passamos da fase de melhores amigos para a fase namorados e agora a pergunta é quando isso começou a acontecer? O sinal toca, me levanto para ir no meu armário e ele vai jogar. Quando chego lá não acredito no que acontece 

Lana: oi Jen

Ela me olha e acena, faço o mesmo mas o que está acontecendo hoje?

Lana: Colin te falou sobre o jantar?

Jen: claro mas eu não vou

Lana: a vai sim, eu vou estar lá e vai ser legal 

Abro e fecho os olhos com desconfiança, ah por que eu tenho essa mania?

Lana: nós todas conversamos, menos Rose mas vamos fazer igual antigamente 

Jen: vou pensar

Ela fala ok e fomos para sala, Colin me puxou e me fez sentar em uma mesa em frente a dele

Colin: você está com perfume?

Jen: nem pense nisso

 Ele se põe ao lado do meu pescoço e o chupa, o mesmo da risada. Ele ama me fazer ficar nervosa só pode ser isso

Colin: ele é tão convidativo 

Depois da escola, meu pai e eu pegamos um voo para Nova York, era onde tinha a maior empresa da minha mãe, onde tudo começou, onde eles se conheceram, onde eu nasci e depois fomos para Califórnia. Minha mãe era órfã, ela nunca conheceu seus pais, meu avô tratava ela como sua filha já que ele só tinha três filhos contando com o meu pai

David: hey, antes de chegar quero te dar isso

Era um colar, um colar com um diamante no centro e um cisnei dentro dele, desde criança eu amava cisnes, eles eram tão lindos e graciosos 

David: sua mãe pediu para te dar isso no seu aniversário de 16 anos, mas não tive coragem 

Jen: é lindo!

Faço um sorriso e ele retribui, decolamos e já estava quase de noite, encontramos meu avô no carro, pela primeira vez estava com medo, medo do que iria acontecer e medo do que está acontecendo 

Jen: por que estamos nessa casa?

David: por que precisamos contar algo

A casa era uma das primeiras que meus pais compraram, a primeira onde eles moraram 

Avô da Jen: não sei por que vamos contar, elas se odeiam você sabe disso, vai bagunçar tudo

David: ela precisa saber, antes que algo aconteça 

 





Notas Finais


Olá gente, sei que demorei mas estava juntando idéias, o segundo capítulo da minha outra fanfic vou reescrever pois não achei que ficou legal só o segundo! E o que será esse segredo? E o que aconteceu de noite com o Colin?.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...