História 10 Mandamentos-Interativa - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Personagens Originais
Visualizações 24
Palavras 2.219
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Pansexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um cap, desculpa não postar mais cedo, tive pouco tempo para escreve essa semana.

Capítulo 16 - Cap 16 Death capital


A viagem à capital dos mortos durou um dia e meio. Crow e Khalisa focagem reclamando que se aquilo não acabasse eles riam matar alguém. Han não levou isso já brincadeira. Quando chegaram na capital, eles viam o esqueleto de gigante. Era um esqueleto de um gigante que havia morrido há séculos atráz, que marcava o território da capital dos mortos. Lilith foi o primeira a pergunta.

Lilith-O que aconteceu?-Ela via as feridas no corpo do gigante, ele/ela havia lutando bastante de bater as botas. Lux foi o premedito a reponder.

Lux-Esse era o último dos Reis gigantes, Ymir-Ele conhecia a história-Lutou pela liberdade de seu povo e tentou criar uma casa para os gigantes. Foi umas das primeiras vítimas dos primeiros dias da santa aliança-Os mitos sobre a batalha da santa aliança e o execito de Ymir eram contados até hoje para criança, com alterações que faziam o gigante ser o um "vilao"-No final, ele se deu um último suspiros para tar tempo as criança e Mulhres do Clan do gigantes saíram da Bretanha.

Darlyng-E para onde foram?-A jovem Demonio vermelha perguntava. E Lux deu os ombros.

Lux-Para o norte-Ele caminha pelo corpo do gigante-Se conseguiram achar paz, não sei-Lilith olhava para aquilo, um rei que lutou por sua espécie reduzindo a um vilao de histórias infantis. A humanidade realmente era cruel-E como chegou aqui?

Lux-Uma padre da igreja moveu o corpo para esse lugar, para ter um descanso merecido-Hans tomou a vanguard.

Han-Alphas sempre me contaram sobre como Ymir era um exemplo de rei, e era assim que devemos no lembrar dele!-Seu pequeno discurso anima a moral de muitos. Até que ouvem barulho pede traz e Lux pula para traz de Hans. Antes de pergunta o houve ele o vê quem o lançou. Um ser negro com máscara de Caveira. O pior era que ele não estava sozinho. Diversas criaturas como aquelas rodeavam a área-Atquem!-Ele Diza cortando o que estava na frente de Lux, e todos se moviam para o combate. 

Lilith criava espadas e lanças és jogava contra os monstros, alguns morriam num golpe e outras morriam mais difícil. Quando um monstro tetânica golpe-la por traz era supreendido por um golpe de um Golem. Darlyng acertava eles suando suas armas, com sua espada ela queimava, com a lança os congelado e com as pistolas atirava neles sem parar. Sua mãe, estava no paraíso. Ela suava sua foice e corava sem para as criaturas, sorrindo loucamente. Nenhum dos mandamentos notou seu comportamento em combate. As que sobrevivam ao primeiro corte, eram mortas lentamente por veneno. Era um meio cruel de matar. Lyla e Aurora eram protegias do Subaru. Toda vez que uma criatura vinha com fogo nos olhos, ela era congela. As duas não tinham dons de combate, mais uma vez ou outra Um daqueles seres gritava muito, faz-nos Lyla usar seu madamento para matá-los num instante, tranforma do suas cordas focais em rosas espinhosas. Subaru estava tentado dar um bao impressão em Aurora, que estava olhando agradecida, mais ele ainda via medo nela. Isso o deixa um pouco triste. Crow era o mais chateado. Ele esperava encontrar saqueadores, não monstros. Ele lutava selvagemtne para estraçalhar sua ira nas criaturas. Com suas Albion Blades ele queriamava e cortava os monstros. Era de dar pena nas criaturas. Lux usava sua lamina e suas chama infernais para queimar os que resistiam. Hayato usava sua espada estranho para corta os outros, mais numa poder bem menor. Ele não parecia ser o mais forte dos mandamentos. Hans lutava contra tudo e todos. Ele queimava e cortava todos, e quando era cercado usava o Hit Impact e destruía muitos. Esse confrontou durou 1 hora antes de Khalisa dizer.

Khalisa-Ta ficando chato-Muitos dos membros estavam cansados-As criaturas não paravam de vir-Temos que ter uma distração,-Hayato se aproxima.

Hayato-Dragon Purge-Ele levará sua espada e dela chamas surgem formando um imenso Dragao de fogo. Ele queima e destruía os demônios. Uma minoria. Ele só atrasava uns-Vamos logo-Uma das criaturas tenta ataca-Lo pelas costas.

Han-Hayato!-Ele pula para salvar o amigo e ambos se viram contra o Demonio e somem.

Lilith-Hans!!!-Ela vira seu líder desparecer, mais nada podia fazer. A jovem de ia saindo com seus companheiros para um local seguro.

////

-Você morreu?-Diz uma vai infantil ao lado de Hans. Ele Havia desmaiado,é só se notara onde estava, uma pequena floresta nublosa. Hayato estava acordando do lado dele. A voz veio de uma criança que estava ao lado dele. O cavaleiro se belisca.

Han-Nao, ainda vivos-O jovem segurava um lanterna, e começa a andar.

-Me sigam-Os dois mandamentos sem muitas opções seguem a criança. Eles passa numa espécie de Templo, com cinco estátuas-Sao os 5 anjos da morte. Na grande guerra eles era repousáveis por garantir que os mortos não entrassem o combate.

Hayato-Meu pai  me contava que eles eram tão forte quanto os 4 arcanjos-O jovem olha para o bronzeado, que do nada fica meio tenso.

-Eles eram. É apenas em situações de necessidade extrema-Do nada os dois veem, um pouco de fumaça de chaminé-Minha mãe ja preparou o almoço-Ele se vira para os dois-Estao convidados.

////

A capital dos mortos era uma cidade fantasma. Casas fazias, sem sinas de corpos, mais com um ar de morte. Lilith, que havia assumido a liderança desde o desaparecimento de Hans, olhava para o local. Ela sentia medo, mais não podia se dar ao luxo de demonstrar.

Lilith-Busquem por qualquer sinal de onde aquelas coisas vieram-As dublas se eram as mesmas(só que Lilith ficou junto de Lyla). 

Aurora olhava para um templo ao lado de Crow. Ela adentrou e não conseguiu evitar de dar uma reza. Crow ficava cada vez mais entediado com a missão, nem a parte do monstros os divertia. Lux e Subaru estavam próximos, olhando literalmente na outra casa. O vampiro de olhos azuis, continuava a admirar Aurora de longe. Ele achada que ganhará uns pontos ao protegê-la. O de olhos vermelhos olhava para os perímetros, e notava que as criaturas não tinham ido. Elas continuam lá, procurando formas de matar. Lux não ia abaixar a guarda. Lilith e Lyla olhava um imenso jardim que Cobria uma boa parte da cidade, incluindo casas e ruas. A moça de cabelos marrons amava aquele lugar. Tinha lírios, rosemaris, e rosas. Lyla amava rosas. Seus pais sempre compravam. Seus pais... Fazia tempo que a mesma não pensava neles. O que eles pensariam dela? Que ela era uma assassina? Uma monstra? Depois dos 10 anos de serviço eles aceitariam devolta? Essas dúvidas fazem lágrimas sair de sua olhos. Lilith não entrou o motivo do choro, mais foi conforta a amiga. 

Khalisa-Pessao!!!-Ela dizia ao lado de sua filha, e do corpo. Era um corpo de um mago destruído, torturado e desmembrado. Lilith e Lux foram os primeiros a chegar-Ele era um necromante-Suas vestes negras o entregavam.

Lux-Essa magia é proibida-Ele olha o cadáver-E ele pagou o preço de deus crimes.

Lilith-Ele invocou as criaturas?-Lux e Khalisa não tinha as respostas, e então Darlyng decidiu buscá-las.

Darlyng-Force Magic!-Ela diz é um livro surge na sua frente ela pega e começa a fole-a lo-Dragur, Revanets,...-Lilith foi ver o livro que estava em branco.

Khalisa-So ela pode ler-Explicava a deusa azul. Darlyng olhou para uma página com certo terror. Ela sabia o nome das criaturas, que os atacaram.

////

-Hollows-Diza a mulher colocando comida nos pratos para Hayato e Hans-Espíritos esquecidos que se renderam as características mais cruéis da Alma-Ela colava comida para seu filho.

Han-Quando isso começou?

-Com o necromante-Ela voltava a contar a história-Alguns Dias atráz um necormanre veio busca uma forma de traz seu amor devolta. Mais ele só consegui trazer Hollows.

Hans-Que matam tudo que veem.

-Não tudo-A moça se senta para comer-Hollows só atacam seres com Almas mortais-Hayato fica um pouco incomodado-Seres que nasceram na pureza dos céus ou da escuridão não os interesso, ou até temem-Ela olhava para Hayato ao dizer essa frase.

Han-Como paramos eles?-Hans estava ouvindo a história.

-Simples-ela responde depois de comer-Mate o grandão-Nas sombras da floresta um grande ser demoniaca caminhava. Ele ia em diferencia a cidade onde os mandamentos estavam.

///
 
Depois do Almoço, Han e Hayato tiveram a gentileza de limpar os pratos. O oporem de olhos verdes notou as indiretas da anfitriã. 

Han-Dremmur me contou o que você fez?-Ele não sim importa-Assasinar uma vila inteira por que fez isso?-Hayato continua sem ligar-Sua família estava na vila?-Ele, num movimento de resposta quebra o prato.

Hayato-O que quer insunuar?-Esses era um dos curtos momentos de emoção dele, uma pequena explosão-Mude de assunto-O líder atende ao pedido.

Han-Onde consegui essa espada?

Hayato-De um lugar chamado Edo. É um país similar a Bretanha, tem cavaleiros chamados samurai, demônios chamados Yokai, e até mesmo deusas-Sua resposta não tem emoção, ao contrário de Hans que ficou curioso-Eu conheço um jovem samurai, seu nome era Nobunaga, ele era um sonhador. Da última vez que nos vimos ele me deu essa espada-Diz olhando a lamina nas costas.

Han-Foi com a família?-Essa pergunta o deixa ainda mais perturbado.

Hayato-Sim. Foi uma viagem familiar-Ele evita se lembrar de sua família, e de seus pecados. Um grito quebrar  silêncio, era uma voz conhecida.

Han-Lilith!!!!-Ele sai correndo da casa, Hayato o segue-Proteja os civis-Diz para Hayato que faz musical que sim na cabeça.

Han corre com todas as força e vê a cidade desturiada, e ele tinha achado o grandão, ele era muito grande. Comparando a um Arranha-céu da atualidade. Ele tinha muitos braços, e num deles Lilith estava. Hans se vira para o campo de batalha. Lyla e Aurora eram protegidos por Subaru(seu mandamento as tornava totalmente seguras), enquanto Lux, Crow, Darlyng e Khalisa lutam conta o grande. As Whinter voavam pelo ser, o atacando. A mãe cortava os membros e as filhas atirava com a Gunling a uma distância segura. De baixo Crow usava suas lâminas de fogo para ferir os pés, Lux tambem com suas chamas negras, que eram bem mais efetivas. Han literalmente se jogava no campo de batalha. Lux o nota.

Lux-Captiao-Ele é recebido com um cascudo.

Han-Situação!

Crow-Tamos ferrados aqui, e elas ferrada pelo lá- Khalisa leva um golpe de um braço do gigante, e é caída. Mais depois volta com sangue nos olhos-É, todos ferrados.

Han-E a Lilith?-Ele olhava para amiga-Por que ela não cria algo para se soltar?

Lux-Ela tem medo de altura!-Sei que parece estranho. Ela era uma deusa com assas, certo. Mais esse medo surgiu depois de ser literalmente jogado do reino celestial. O sentimento de ser golpeado pelo chão apenas assistindo sem fazer nada, a deixou marcada-Alguma ideia?-Hans analisava a situação. Nesse momento Khalisa e sua filha, fazem um ataque combinado.

Khalisa/Darlyng-Dark Impact!!!!-Ambas lanças rajadas ed Skul e Eduardo e batem feio contra o gigante, que o faz soltar Lilith. A jovem cai em puro pânico. Todas as suas emoções e lembranças da queda voltam com toda força! Ela não sabe o que fazer, além de chora.

Aurora-Lilith!!!!-Han faz um sinal para Crow, o mesmo o segura com suas lâminas el lança para a jovem loira. Ele a segura e é jogado para uma área remota da floresta, longe do conflito.

Han-Lilith, você está bem?-A jovem segura o cavaleiro com todas as suas forças, seus corpo tremia, cheia de medo. Ele nunca a assim, tão assustada, tão frágil. Han apenas a acolheu-Esta tudo bem-Ele olha para o monstro caído-Ja acabou-A voz calma dele ajuda a jovem a voltar para seu estado natural.

Lilith-Quem..-Ela ainda escória seus sentimentos-Quem te deu permissão para me segura?-Han à solta no chão. Ambos ficavam de certa forma felizes por um está com o outro. Mais isso se muda quando eles ouvem um gigante barulho. O grandão ainda estava vivo, mais mudava a sua direção para um outro lugar, deixando Hans com a expressão assustada, e é notado para híbrida-Oque aconteceu?

Han-Ele está indo até os civis!

///

Na vila, o reto dos mandamentos via o monstro ir embora, sem saber, quem fazer.

Subaru-Vamos fazer alguma coisa?-Lyla e Aurora estavam assustadas com o monstro, mesmo indo embora.

Aurora-Temos que matá-lo?-Ela Diza com certo medos para seu companheiros-Certo?-Lux analisa o campo. Ele e Crow estavam relativamente cansados do confrontos, e Aquele último ataque esgotou Khalisa e Darlyng. Todos os membros defensivos estavam bem.

Lux-Nao acredito que temos condições de ataca-lo-Ele se senta-Acredito que temos que deixar para nosso capitão para resolver-Lilith e Hans estavam correndo atrás do monstro. Han lançava ataques de fogo sem para com a espada, e Liliht lançava armas sem para o ser. Mais não adiantava, o seu continua seu caminho para a casa.

Hayato via a o ser se aproximando e tomava medidas. Ele pegava sua Katana  e lançava, e coloca no chão.

Hayato-Dragon Purge!-Surge uma gigante Dragao de fogo conte ao ser. O queimando e o ferindo, mais não o suficiente, o ser caminhar sem muita dor. Ele aumentava a força, mais não dava efeito. A moça aparece ao lado dele.

-Não irá funcionar-Ela chegava a seu ouvido, e dizia certas palavras-Aceite seu pecado-Sua voz muda para uma mais jovem-E encontrar paz-Sua marca demoniada aparece consgminod seu corpo. Seu dragão se torna um dragão de chamas negras p, consumindo completamente o ser. Lilith e Hans viam o ser queimando até o nada. Mesmo depois de ter terminado sua missão, Hayato ainda estava consumido pela escuridão.

Hayato-Isso...-Ele diz numa voz distorcida-Nao é o suficiente!!!!!!


Notas Finais


Não dou previsão para o próximo, mais acredito que haverá. Até.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...