História 10 motivos para esquecer Jacob Black! - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Personagens Embry Call, Jacob Black, Leah Clearwater
Tags Romance Amizade
Visualizações 88
Palavras 569
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Demorei, mas voltei!
Boa leitura!

Capítulo 4 - 2 capítulo - parte 2


- Leah, eu estava pensando e... você não tem nada ainda programado para a criança. Todas crianças precisa de roupas, de fraldas, de coisinhas fru-fru. Você também precisa ir no médico, e preparar o quartinho. Têm várias coisas, sua mamãe desnaturada.

O Embry estava a dois dias no  meu ouvido falando isso, e eu sempre arrumava uma desculpa. Na verdade, eu não sabia por onde começar. Era um criança, uma responsabilidade, e eu achava está sozinha.

Eu sabia que tinha que começar a arrumar tudo, eu sabia que não ia demorar até meu bebê nascer. E eu já queria estar preparada.

Eu ia procurar um emprego também, daria para viver bem com minhas economias, mas elas não duraria a vida inteira. E eu não deixaria faltar nada para a minha criança, Jacob.

- Vou começar a organizar as coisas ainda essa semana, Embry - respondi enquanto comia um pedaço de pizza - E você já sabe para onde vai?

Desde de quando descobri a gravidez, a minha fome tinha triplicado. Nada me satisfazia, eu era um buraco sem fundo ambulante.

A companhia do Embry era agradável, mesmo sem adimir pra ele. Até porque ele ia ficar falando e falando sobre isso a semana inteira.

- Sobre isso... - ele coçou a cabeça e deu um sorriso amarelo - Acho que vou ficar aqui, até a criança nascer. Antes de você começar a falar, deixa eu explicar. Olha, eu e você fugiu do lugar de onde a gente nunca tinha saído antes, você não conhece ninguém aqui e nem eu. Você vai ter um bebê, e isso requer cuidados, e posso te ajudar com isso, eu nunca te deixaria passar por essa sozinha. A gente cresceu e conviveu a vida inteira juntos, e você acha que eu sou capaz de te deixar sozinha em uma cidade desconhecida, e ainda por cima esperando uma criança?

Naquele dia eu me surpreendi com Embry, eu vi uma evolução dele de garoto malandro para um garoto maduro.

- Como é que é? Embry o que você tem na cabeça? Você não pode deixar de viver sua vida para ficar aqui, porque simplesmente acha que eu não sei cuidar de mim e da criança.

- Eu não vou deixar de viver, eu vou viver muito. Porém vou viver e te ajudar ao mesmo tempo e têm mais, eu só ficarei aqui até o garotão aí nascer, depois eu procuro meu caminho.

Eu fiquei chateada, não por ele, mas sim porque no fundo eu queria que você que estivesse ali comigo.

- Garotão? - perguntei chocada

- Sim Leah, você vai vê só, esse serzinho que está dentro dessa barriga, quer dizer bolinha é um menino.

- Ah pronto, não sabia que você era médico.

- Não sou, mas esqueceu do que eu te disse. Eu sei de tudo, bolinha.

- Vai se ferrar - falei e ele sorriu, e não pude deixar de perceber que o sorriso dele era semelhante com o seu.

Vocês tinha muito em comum, não só os gosto, até na aparência também. Ele não era idêntico a você, mas vocês tinhas alguns traços iguais.

Eu tinha que adimir, não seria ruim ter o Embry ali. Naquela época eu não gostava de ficar sozinha, porque toda vez que eu ficava sozinha eu lembrava de você, e eu não queria isso.

E esse é o segundo motivo para te esquecer:

Você é a parte trágica do meu passado, e eu faço de tudo para deixá-lo soterrado.


Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...