1. Spirit Fanfics >
  2. 10 motivos que me fizeram ficar apaixonado por ele - Sterek >
  3. Final Feliz

História 10 motivos que me fizeram ficar apaixonado por ele - Sterek - Capítulo 11


Escrita por:


Capítulo 11 - Final Feliz


Depois de todos esses motivos eu acho que chegou a hora de me declarar... Eu preciso fazer isso de preferência agora, é eu vou fazer agora.

Entro no Camaro em direção a casa do Stiles, talvez eu esteja um pouco acima da velocidade recomendada mas quem liga? O que importa é que eu vou me declarar.

Já estava na rua da casa, e pensando realmente em desistir. Por que Stiles iria gostar de mim? Eu sou um ogro com ele.

Calma Derek vai dar tudo certo... Você só precisa respirar fundo e bater na porta.

Chego na frente da casa e bato na porta.

Se pensar bem é a primeira vez que eu bato na porta dele, normalmente eu entro pela janela.

Posso escutar os passos dele pela casa, ele estar descendo as escadas e tropeçou em alguma coisa, se aproximando na porta e abre.

- Derek? - Fala ele, ele está apenas com uma calça de moletom, me deixando a linda vista dos seus pequenos musculosos.

- Eu é... Eu preciso falar com você - Falo gaguejando. Merda eu gaguejei.

- Ah tudo bem, entra.

Entro dentro da casa, e Stiles aponta para mim sentar no sofá. Sento e ele se senta ao meu lado.

Ele me encara e eu encaro de volta me perdendo nos olhos cor whisky que eu poderia ficar olhando pelo resto da minha vida.

- Derek? Aconteceu alguma coisa?

- Que... A não, não aconteceu nada - Começo a ficar nervoso - É só que eu preciso confessar uma coisa.

- Pode falar - Ele diz sorrindo.

- Eu gosto de alguém e não sei como falar - Digo, merda eu arreguei.

Vejo o sorriso dele enfraquecer um pouco, mas depois volta ao normal.

- E quem é a pessoa? - Pergunta.

- Eu não posso falar - Afirmo. O que eu tô fazendo?

- Então me fala um pouco sobre ela - Pede.

- Na verdade é ele - Informo.

- Okay, então me fala sobre ele - Fala ele.

Começo a sentir um cheiro de tristeza vindo do Stiles, como se ele estivesse triste por eu gostar de alguém... Será que, não, ou sim?

Como eu não percebi isso antes? Ele gosta de mim... ELE GOSTA DE MIM. O coração dele sempre acelera quando eu chego perto, ele até fica mais agitado.

- Tá, o cara é lindo. Tem pintas espalhadas pelo corpo que são lindas, o corpo magro porém com musculosos é incrível, ele é perfeito - Falo isso olhando nos seus olhos.

- Ele deve ser lindo mesmo - Fala com um sorriso triste - Você devia falar isso para ele.

- Eu já falei.

- E o que ele falou?

- Ele falou “Ele deve ser lindo mesmo”.

- Nossa que... Idiota - Xinga ele.

- Sim ele é um idiota - Falo revirando os olhos sem ele perceber - Então o que eu faço?

- Você pode roubar um beijo dele - Aconselha. 

- E se ele não gostar?

- Quem não iria gostar? Digo é... Você não vai saber se ele gosta ou não se não fizer - Diz Stiles se embolando.

- Okay, eu vou fazer isso - Afirmo.

- Quando?

- Agora.

- Agora como assi.... - Eu interrompo ele com um beijo.

O beijo começou calmo, o que me fez sentir o adorável gosto dele que me lembra a mel. Fomos acelerando o beijo até que perdemos a respiração.

- Então isso quer dizer que você gosta de mim? - Pergunta Stiles inseguro.

- Não... Isso quer dizer que eu amo você.

- Com todos os meus defeitos? - Pergunta.

- Que defeitos? Você é perfeito Stiles - Afirmo - E só minha opinião conta.

- Okay, Sr. Só Minha Opinião Conta - Ele brinca.

- Posso te beijar de novo? - Pergunto.

- Não precisa pedir duas vezes.

O beijo foi intenso, como se precisássemos disso para respirar.

Quando menos percebi já estávamos deitados no sofá, com o Stiles em cima de mim.

Ele desse os beijos para o meu pescoço me fazendo gemer.

- Sti - Falo manhoso.

- Sim? - Diz ele sem deixar o meu pescoço.

- O seu pai pode chegar - Aviso.

- Ele vai trabalhar a noite inteira.

- Mas e se ele chegar?

- Ele não vai. E qualquer coisa você consegue ouvir ele não é?

- Não... Você me destrai.

- Distraio? Bom saber - Fala Stiles com um sorriso sacana - Vem vamos para o quarto.

Ele me puxa para o andar de de cima. Quando entramos no seu quarto ele me prende entre ele e a porta trancando a mesmo.

- Posso? - Pergunta ele segurando a barra da minha brusa com uma mão e a outra esfregando nas minhas costas.

- Humrum - Afirmo.

Ele começa a puxar a brusa para cima fazendo ela passar pela minha cabeça saindo do meu corpo. Ele vai descendo os beijos.

Boca, maxilar, queixo, pescoço, ombros, peitos, barriga.

E todo esse processo me fazendo gemer.

Ele sobe de novo e para nós meus mamilos os sugando.

- Stiles - Gemo.

- Parece que alguém tem um ponto flaco - Ele brinca.

- Stiles - Dou um tapa no ombro dele.

- E uma mão pesada - Resmunga.

- Vamos deitar? - Pergunto.

- Você já quer ir para essa etapa... Derek eu sei que eu fiz essa coisas mas eu - Dou um selinho nele para calar a sua boca.

- Stiles eu só estou com sono - Falo rindo - E quando a gente for fazer amor vai ser especial.

- Especial?

- Sim, vai ser depois de eu te pedir em namoro - Afirmo.

- Vai me pedir em namoro?

- Vou.

- Ótimo, me poupa trabalho - Diz ele sorrindo.

- Quer levar outro tapa?

- Não valeu, amor - Fala com um sorriso amarelo - Vem vamos deitar.

Ele arruma as cobertas na cama e entra em baixo das mesmas, me chamando. Eu deito junto com ele encostando no seu peito.

- Eu te amo Stiles Stilinski.

- Eu te amo Derek Hale.




Fim.





Notas Finais


Eu ia fazer uma cena Hot mais aí eu desisti, então fincou esse final meu Nhe.
Talvez um dia eu refaça ele sei lá.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...