História 10 passos para conquista-lo; (vkook) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Tags Markson, Namjin, Vkook
Visualizações 296
Palavras 1.484
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIIII MEUS MOCHIS! Perdoem a Unnie novamente, por demorar a trazer um conteúdo novo. A Unnie aqui estava muito dedicada a escola afinal é final de bimestre. Maaaas, terei duas semanas de férias e isso é sinônimo de muitos capítulos novos. Vou tentar atualizar diariamente pois não quero que um certo bolinho tenha que ler essa fic pela quarta vez.
Boa leitura ❤

Capítulo 11 - Capítulo 11


Eu ria, por um motivo bobo, o qual eu não lembro. A garota loira que estava ao meu lado, arranhava discretamente minhas costas, o tecido finos ia para baixo e para cima. A roda de amigos conversava animadamente e eu observava tudo ao redor, já sentindo o cheiro de álcool impregnar minhas narinas. Lisa gritava algo para que todos prestassem a atenção.

–OLHEM AQUI VADIAS! – Ela bateu palmas –VAMOS... Jogar um jogo, que tal? – Todos respondemos um "SIM!" bem alto mostrando nossa animação.

–Que jogo Lis? – Jimin perguntou depois de bebericar um pouco do álcool em seu copo de plástico vermelho.

–Jogo da garrafa. 

–Qual deles Lis? – Jack continuou.

–Sim ou não. – Sorriu encarando a garrafa vazia na mão de Namjoon –Me de essa garrafa oppa! – Namjoon esticou o braço.

–Vocês são tão crianças. – Eu ri –Mas também quero brincar. – Soltei Sae dos meus braços, mas ela continuava agarrada.

–Que os jogos comecem. – Yoongi riu.

As rodadas foram indo. Jackson respondeu a pergunta de Jennie, que cá entre nós, não era nem um pouco discreta.

–Tae e Jimin. Faça sua pergunta Jimin, e TaeTae... – Jennie soou fofa –Tera que responder.

–Prevejo merdaaa... – Baek cantarolou fazendo-me rir baixo.

–Vem com tudo Jimin. – Encarei o baixinho que sorriu sapeca, estou ferrado em suas mãos –Ou você pode pegar leve. Né, amigo? 

–Você... – Deu uma breve pausa –Você... – Parecia pensar em como vai estragar minha vida com apenas uma pergunta –Você gosta do garoto que senta perto de você, certo? – Sua voz era tão inocente que até parecia uma criança. Uma criança com o demônio no corpo. Seu sorriso que antes era fofo, e fazia seus olhos se transformarem em dois risquinhos. Agora era um sorriso malicioso, Jimin sabia onde isso ia parar,  ele já tinha sacado todos os olhares que eram direcionados ao moreno que sentava a minha frente na sala de aula. Ele sabia o porquê de eu andar totalmente distraído a uns tempos, mas ele queria que todos além dele soubesse também.

–Que... Que garoto? – Ri baixo tentando disfarçar o nervosismo que faltava transparecer meus olhos. 

–Hum... – Colocou a mão no queixo como se tentasse lembrar o nome. Mas a real, ele já sabia –Jeon Jungkook? – Uma gargalhada alta foi dada por Jackson –O que foi otário?

–Jeon quem? – Chanyeol perguntou.

–Também não entendi amor. – Baekhyun abraçou o namorado.

–Acho que é Jeon Jungguk. – Jennie respondeu.

–Não, é Jeon Jeonguuk. – Namjoon disse como se fosse óbvio.

–Vamos continuar o jogo. – Lisa virou a garrafa dando continuidade ao jogo.

Eu não respondi a pergunta dele. Depois do acontecimento, sai da roda sendo acompanhado por Sae. Que não parava de me encher para saber quem era o "Jeon Jungkook". Ela foi para casa me deixando sozinho. Me sentei no lado de fora da casa de Lisa, enquanto observava a neblina gelada começar a cair aos poucos. 

Suspirei. Lembro do dia em que cheguei na nova cidade. Sempre tínhamos que nos mudar por conta da empresa. Omma me disse que ia ser bom, uma nova cidade, nova escola, novos amigos. Mas na realidade, eu já estava cansado de coisas novas. Já tinha meus amigos, e tudo estava ótimo. Eu tinha uma namorada que era especial para mim. Nunca fui alguém de muitos amigos, eu geralmente era alguém que passava despercebido. Mas aqui tudo era diferente. Eu tinha vários amigos, as pessoas me conheciam. Elas queriam ser próximas a mim, e isso me deixou com medo no começo. Eu não ficava com muitas pessoas, todos achavam que era pelo fato de eu ser o "popularzinho requisitado". Não, não é bem assim. Acho que o medo de me apaixonar novamente me atingiu. Depois que eu tive que partir, e dar um fim no relacionamento mais duradouro que havia tido, acho que é sensato dizer que com toda certeza eu tinha medo de gostar de alguém.

Bem, até eu começar a reparar no meu vizinho, de forma diferente. 

–Me desculpe ter feito aquela pergunta. – Jimin se sentou ao meu lado –Sei que eles não vão parar de te encher por causa disso.

–Bem, não tem problema. – Risquei o chão com uma pedrinha –Eles não vão lembrar disso amanhã, se continuarem bebendo assim, eles não vão lembrar nem dos próprios nomes. – Rimos.

–Mas, eu tinha razão né? – Encostou a cabeça no meu ombro –Você gosta mesmo dele.

–Odeio quando você tem razão. – Murmurei baixo –Mas não quero que ele saiba disso, tipo nunca.

–Por que? Ainda naquela baboseira de "Não se apaixonar porque logo eu vou embora"? – Assenti –Espero que você morra!

–Ya! Que amigo.

–Não tenha medo ok? Eu sei que em algum momento isso vai acontecer, mas tente. No momento em que se sentir seguro... – Suspirou –Tente!

                       ✓✓

Já era outro dia, e ambos apaixonados não sabiam como fazer o convite ainda. Mesmo depois de reler os passos, ainda se parecia algo impossível. 

–Já sabe como vai convidá-lo? – Jisoo perguntou.

–Não! E não faço a mínima idéia onde vamos. Tipo cinema? Lanchonete? Sorveteria?

–Cinema seu otário! – Rosé deu um tapa no braço do amigo –Estava escrito para levá-lo ao cinema. Então é pra lá que vocês vão.

–Ok, como vou convidá-lo?

–Me de seu celular. – Mark esticou a mão esperando o aparelho –Vamos logo! Me dê? – Jungkook o olhou sugestivo, mas entregou.

{Jungkook}

Pode me encontrar agora? ✓✓

A mensagem foi visualizada em menos de 9 segundos.

–O que você está fazendo? – Jungkook o encarou assustado –Não me diga que... Ah meu Deus! Você não fez isso né? – Pulou em Mark –Me devolva essa merda!

–Nossa! Ele já vizualizou. – Mark disse surpreso ignorando o outro, e Jungkook sorriu bobo esquecendo da raiva que a pouco havia tomado conta de si.

{Tae amor}

Claro ✓✓

Me encontre nos bancos perto da quadra ✓✓

Preciso falar com você ✓✓

–Parece sério. – Jin disse –Acho melhor ir logo.

–Ok, estou indo!

–Espere! – Rosé o puxou pela manga do moleton –Só um tchan. – Ela então, tirou do bolso um brilho labial cor rosa fraco passando delicadamente na boca do outro. –Faz assim! – Espremeu a boca e o amigo copiou seu ato –Um jeitinho no cabelo. – Fez um pequeno topete nas madeixas pretas –Prontinho pequeno Jeon! Agora vá logo!

–Fighting! – Disseram juntos.

Já estava em sua terceira bala de menta, não queria estar com bafo na hora de encontrar o amado, então comeria uma fábrica inteira de balas se fosse necessário. Nunca havia encontrado, e nem conversado com ele na escola. Tirando a vez que fora em sua casa, eles só se comunicavam pelo celular. Não que estivesse preocupado com o que iria falar, afinal o assunto sempre surgia das cinzas, mas agora se tratava de algo um pouco mais pessoal. Um encontro.

Avistou os cabelos chamativos sendo balançados pelo vento frio que paerava pelos ares. Sorriu bobo por pensar em quão lindo seria uma foto com ele ali, parado, apenas sendo ele mesmo. Até parou o tempo, mas voltou a realidade ao ver que Taehyung acenava em sua direção. Triturou a bala com seus dentes, engolindo calmamente os caquinhos doces.

–Não pensei que esse dia iria chegar. – Tae sorriu e Jungkook sentou ao seu lado.

–Já nos vimos pessoalmente.

–Não na escola. 

–É, você tem razão. – Suspirou –Então, o que queria me falar?

–Pode dizer você. Afinal você me mandou mensagem.

–Não pode dizer você, parece algo sério.

–Nem tanto. Mas pode dizer você.

–Não Tae. – Insistiu –Pode dizer primeiro. Estou curioso.

–Eu também. Mas diga.

–Então, quer sair comigo? – Perguntaram juntos, se encarando assustados logo em seguida –Eu aceito! – Responderam juntos novamente, fazendo o rosto branco de Jeon ficar rubro.

–Como é? – Jungkook perguntou chocado.

–Uh.. – Afagou os próprios cabelos meio sem graça –Entendo se não aceitar, é...

–Eu aceito. Pode ser um cinema? O que acha?

–Era o que eu iria propor. – Riu –Estamos conectados. Primeiro falamos juntos e agora pensamos juntos também.

–Pabo! – Jungkook abaixou a cabeça envergonhado –Isso me lembrou uma música.

–Também me lembrou uma. Wow! – Disse altou –Pode ser nossa música, não? 

–Não sei... Quem sabe. – Deu de ombros se fazendo de difícil.

–Aaah você é tão difícil. – Tae disse mas Jeon não o ouviu, pois o sinal o atrapalhou – Preciso ir, uh? – Segurou o queixo de Jeon erguendo calmamente –Até hoje a noite. Passo na sua casa ok? – Jungkook assentiu, então Tae rapidamente, selou a bochecha vermelha do outro, o deixando ainda mais constrangido. 

–Até Tae! – Respondeu depois que Kim já havia sumido de sua vista, também foi a hora em que descongelou. Talvez estivesse louco e tudo isso era idiotice, mas, poderia o jovem Jeon estar mais apaixonado que antes?

Tocou a bochecha quente, e ainda sem expressão, suspirou pesado.

Uma coisa ele tinha certeza, algo que antes, visto aos seus olhos era impossível, agora parecia um daqueles doramas com histórias clichês e bobinhas, Tae estava – nem que pouco, ou muito – gostando de si também.

{Tae amor}

Você estava falando sério quando disse que aceita né? ✓✓

{Jungkook}

KKKK sim por que? ✓✓

{Tae amor}

Pra me certificar que tudo isso não é um sonho ✓✓








Notas Finais


Hummmmmmmmm q dlç


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...