História 100 Contos de Terror - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Tags Terror
Visualizações 36
Palavras 482
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - O Palhaço


Fanfic / Fanfiction 100 Contos de Terror - Capítulo 1 - O Palhaço

                                                 O Palhaço 


Helena chegou pontualmente as nove da noite na casa onde iria cuidar de duas crianças enquanto seus pais iriam a um jantar de negócios na cidade vizinha, eram crianças pequenas, mas ela já tinha experiência. O casal, depois de dizer as regras a Helena, foi a seu compromisso deixando as crianças com ela. Elas já haviam ido se deitar, o que evitou que Helena conhecesse as crianças e seu quarto (que era no andar de cima).

Passado algum tempo, ela escutou o choro e uns gemidos das crianças que estavam no quarto e foi ver o que havia acontecido. Chegando lá, as encontrou chorando muito.

_O que foi? - perguntou, Helena.

_Eu não gosto de palhaços, eu tenho medo deles, tia! - Respondeu a criança mais nova, apontando para um boneco de palhaço em tamanho real.

Minutos depois após confrontar as crianças cantando canções e contando histórias, e se recuperar do susto também, parou para pensar, porque os pais deixariam um boneco tão assustador no quarto de duas crianças? Mas, como não queria arranjar encrenca, para não perder o emprego, preferiu não questionar, e só simplesmente voltou para o térreo da casa e voltou a mexer no celular.

Algum tempo depois, ela escutou um barulho bem alto, que logo veio acompanhado de choro que, novamente, veio do andar de cima. Helena, já com receio, voltou ao segundo andar e encontrou as crianças chorando e bem mais assustadas do que antes.

_Ele estourou o balão, para nos assustar, fica fazendo isso de propósito! - Elas responderam ao mesmo tempo.

Helena já estava muito preocupada com isso. Reparou um balão estourado no chão e congelou de medo, quando olhou para o palhaço, e viu que ele estava em uma posição diferente do que a da última vez, decidiu tomar uma iniciativa. Primeiro, ela acalmou as crianças e disse que iriam ligar para os seus pais e pedir para eles retornarem para casa o mais rápido possível. Segundo, quando retornou para o térreo, novamente, pegou seu celular e ligou para o número deixado pelos pais das crianças. A mãe atendeu na primeira chamada.

_Oi Srta. Alice, é Helena, estou ligando para saber se posso por o boneco de palhaço, que está no quarto das crianças, em outro quarto, porque está assustando elas e não estão conseguindo dormir.

_Como assim? Nossas crianças não tem nenhum boneco de palhaço em seu quarto. Helena, por favor, pelo amor de Deus, tire minhas filhas dessa casa agora! - Respondeu a mãe assustada.

_Um momento, Srta. Alice.

Neste momento, Helena deu-se conta que não ouvia nenhum barulho sequer na casa, nem das crianças e nem do tal do palhaço, resolveu ver o que tinha acontecido, e enquanto subia as escadas escutou muitos gritos assustadores.


...


Minutos depois os pais chegaram em casa, já com a polícia, e encontraram as duas crianças mortas, juntamente com a babá. Elas estavam com maquiagem de palhaço e um balão enrolado nos seus pescoços. Morreram asfixiadas. 




Notas Finais


Esse não foi muito assustador, não é?

No próximo capítulo vou caprichar mais!

Vejam minhas outras estórias!
@Yaguinha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...