1. Spirit Fanfics >
  2. 100 Dias Com Você >
  3. Dia II

História 100 Dias Com Você - Capítulo 2


Escrita por: e AllBlue_Project


Notas do Autor


Cheguei com mais um capítulo! Sei que demorei, mas estou aqui e peço perdão!
------------------------
Créditos à @Kenylan pela Leitura Critica e betagem;
Créditos ao @AllBlue_Project

Capítulo 2 - Dia II


Robin vira mais uma página do livro emprestado por Sabo. Estava adorando a trama apresentada. Ele havia acertado em cheio quando indicou o livro para ela. Retratava a trama de um senhor que estava a procura de algum romance.

A morena pega a caneca, bebendo um pouco de café. Era a única acordada até agora na casa e se encontrava no quarto dele para qualquer coisa que acontecesse. Estava se adaptando com a casa e com seus moradores. Uma mudança muito boa por ter conhecido os três irmãos e Sydri. Eles tinham uma convivência única, engraçada e muito agradável. Logo ele deveria tomar os remédios das nove da manhã. Ela desvia o olhar para o loiro dormindo na cama a alguns metros do sofá onde estava sentada. Balançando a cabeça para afastar os pensamentos, Robin volta a se concentrar na leitura do livro e a degustar do café preparado por si mesma.

— Você já está acordada? — a voz dele ecoa pelo quarto. Ela desvia o olhar do livro para ele e abre um sorriso.

— Sim. Bom dia, Sabo-kun — fala, fechando o livro, mas mantendo a página recém lida com o indicador. Sabo logo reconhece o livro na mão dela.

— Bom dia. Está gostando do livro? — pergunta, se sentando na cama.

— Sim. É um livro ótimo — responde, fitando o loiro. — Obrigada pela recomendação! — Ele abre um sorriso.

— Tenho mais recomendações para você, Robin-san — afasta o cobertor e se levanta, andando na direção da estante repleta de livros. Robin observa cada movimento dele antes de se levantar e andar até o loiro.

— Vejo que os livros são uma ótima companhia para você, Sabo-kun! — afirma, fitando ele.

— Bom… É uma forma de me manter distraído, já que nem sempre posso desfrutar da companhia dos meus irmãos… — diz, estendendo a mão e pegando um dos livros da última prateleira. Ele suspira. Às vezes se sentia triste por contrair essa doença que não possuía cura. Sentia sua vida se esvaindo aos poucos conforme o tempo passava. Esse seria o quinto ano desde que recebera o diagnóstico e muito provavelmente seria seu último ano na terra. Mas havia tido uma vida feliz ao lado de seus entes e gostaria de aproveitar até o último momento.

— Entendo… — murmura, olhando o livro na mão direita dele. Ela desvia o olhar para ele, notando um brilho melancólico nos olhos azuis dele.

— Bom… Mas esse é um dos meus livros favoritos, Robin-san. Espero que goste da leitura — estende o livro para ela.

— Um livro de terror… Uma boa escolha — sorri, colocando o livro junto do que estava lendo atualmente. — Hora que eu terminar ambos, irei pedir mais recomendações, Sabo-kun. Você acerta em cheio — pousa a mão no braço dele. A atenção dos dois é desviada pela abertura brusca da porta.

— Bom diaaaa! — Luffy exclama. — O café da manhã tá prontoooo! — sai correndo. Robin solta um risinho e anda na direção da porta.

— Você não vem? — Vira um pouco o rosto, olhando ele.

— Sim, sim — anda até ela. Os dois seguem na direção da cozinha. — Bom dia! — sorri, se sentando ao lado de Luffy.

— Bom dia — Robin murmura, pegando os remédios de Sabo e colocando na frente dele antes de se sentar ao lado de Ace e se servir com café.

— Já terminou de comer, Luffy? — Ace pergunta. — Se você demorar, eu não vou te levar pra faculdade —  Ace olha o mais novo.

— Espera, Ace! — resmunga, comendo mais depressa. Robin solta uma risada baixa, bebendo mais um gole do café. Com certeza, iria amar o convívio com eles.

— Ah, hoje depois do meu trabalho eu irei passar no mercado — Ace fala, colocando o prato na pia. — Então, você vai ter que pegar carona com alguém, Luffy.

— Okay… — Luffy fala, dando uma última mordida no sanduíche e se levantando. — Até mais tarde, Sabo, Robin. — Corre na direção da garagem. Sydri se despede e segue o cunhado.

— Até mais, gente — Ace anda na direção da garagem. Robin termina de tomar o café e se levanta, colocando a xícara na pia.

— Você vai fazer alguma coisa hoje, Sabo-kun? — pergunta. — Podemos dar uma volta pelo jardim — cruza os braços, olhando ele.

— Seria ótimo — Sabo se levanta e coloca o prato dele e de Luffy na pia. — Vamos! — começa a andar na direção do jardim com ela.

— É realmente bonito… — se senta no balanço de madeira, olhando as flores presentes. Ele se senta ao lado dela, olhando a piscina.

— Era da antiga dona da casa… Makino-san e Sydri que cuidam atualmente — explica, pousando o cotovelo nas costas do balanço.

— Entendi… — murmura, olhando o céu.


 

******
 

 

Havia passado o restante da manhã no jardim com a companhia de Sabo e agora Robin estava no quarto do loiro, lendo enquanto ele dormia devido ao cansaço. Ela abaixou o livro ao ouvir batidas na porta, desviando o olhar para a mesma. Makino adentra o quarto fazendo o mínimo de barulho possível.

— Vim chamar vocês para almoçar, Robin-san — sussurra. — Quer que eu acorde o Sabo-kun?

— Não precisa. Obrigada! — Makino assente e fecha a porta. Robin se levanta e anda na direção da cama, cutucando ele de maneira leve. — Sabo-kun!  — chama o loiro e para com as tentativas ao ver ele despertar. — O almoço já está pronto…

— Okay — murmura, coçando os olhos antes de se levantar. Ela sai do quarto com ele atrás. Os dois entram na cozinha e se sentam, começando a comer em silêncio e sem o falatório de Luffy como no café da manhã.

— Você vai fazer alguma coisa depois, Robin-san? Podemos assistir filmes ou alguma série — olha ela.

— Claro — ela sorri, começando a comer. Sabo sorri e começa a comer também. — Tem algum título em mente?

— Não… — responde, um pouco pensativo. — Alguma sugestão?

— Podemos assistir um suspense — olha ele.

— Certo — volta a comer, dando o assunto por encerrado. Assim que o almoço acaba, os dois vão pra sala de TV assistir alguma coisa.

— Esse filme parece ser bom — Robin olha um dos diversos filmes presentes no catálogo proposto.

— Vamos assistir então — coloca o filme escolhido e se senta ao lado dela. Os dois passam a tarde assistindo filmes e séries e conversando.

— CHEGUEEEEEI!!! — Luffy anuncia sua chegada, entrando na sala de TV. Robin e Sabo abrem um sorriso ao ver ele. Ele se senta ao lado do irmão. — Vocês estão assistindo? Posso jogar videogame?

— Pode sim — Sabo responde. Luffy sorri e liga o videogame, começando a jogar. — Como foi na faculdade? — pergunta.

— Legal! Zoro me deu carona pra cá — fala. — Inclusive, hoje iremos sair — olha o irmão por breves segundos antes de voltar a atenção para o jogo.

— Você não devia se arrumar? — Robin pergunta, olhando ele.

— Nah… É só trocar de roupa e tacar perfume — ela dá risada e assente. Sabo nega com a cabeça, pousando a mão no rosto enquanto ela dá mais risada devido a reação negativa do loiro.

— Chegamos — Ace abre a porta. Sydri sorri, olhando para eles. — E trouxemos pizza!

— PIZZAAA!!! — Luffy se levanta em um pulo e corre na direção da cozinha.

— Devagar! — Ace ordena, olhando ele. Robin se levanta, dando mais risada. Ela segue os quatro na direção da cozinha. — Como foi o dia, Sabo? Robin? — pega o cortador, abrindo a caixa de pizza e começando a cortar em oito pedaços.

— Foi bom. Assistimos alguns filmes — Sabo responde, pegando o prato da geladeira e esquentando no microondas. Ele suspira, desejando comer uma fatia de uma das pizzas, mas se fizesse isso levaria uma bronca do médico e poderia até mesmo piorar seu estado de saúde.

— Come pizza, Sabo! — Luffy exclama, mordendo um pedaço da fatia.

— Ele não pode, Luffy. — Ace olha o irmão, se sentando e começando a comer. Sydri pega a fatia das mãos dele, começando a comer. Ele suspira e pega outro pedaço. Robin dá risada, começando a comer. Sabo se senta ao lado dela, começando a comer a comida preparada por Makino.

— Que horas você vai sair com o Zoro? — Sabo olha Luffy.

— Logo — responde, terminando de comer e se levantando. Ele corre na direção do quarto e se troca. — Tchau, gente! — anda na direção da garagem.

— Vocês querem fazer alguma coisa? — Ace pergunta, olhando Sabo e Robin.

— Podemos jogar um jogo de tabuleiro… — Sydri sugere.

— Pode ser — Ace responde, pegando mais um pedaço de pizza.

— Já é seu quarto… — Sydri murmura, olhando o namorado.

— É o último! — olha ela, abrindo um sorriso. Ela dá de ombros, bebendo um gole de coca. Ele coloca o prato na pia e lava as mãos antes de ir pegar os jogos. Os quatro terminam a noite jogando Monopoly.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Até o próximo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...