História 12 de Outubro - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Jimininsuportável
Visualizações 64
Palavras 641
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello! Meio adiantado mas ta ai.

Espero que gostem.

Sem bônus.

~Boa Leitura <3

Feliz dia das crianças Anjus de Luz☁

Capítulo 1 - First-Unic


Ok. Mais um dia 12 onde eu teria que aguentar uma criança birrenta. É, nem tanto mas....

Ops, nem me apresentei, Olá me chamo Jeon Jeongguk, sou um jovem literalmente ferrado, mas nem tão jovem assim já que estou na fase dos meus 25 anos. O pior nem é estar ficando velho, e sim ter que aguentar o ramelento do meu primo. Antes que me perguntem quem é, Jimin, um garotinho de 15 anos. Sim 15 mas parece que tem 6 pelo comportamento, principalmente o seu jeito de agir. E o que tem de mais cuidar de um adolescente de 15 anos?

Bom, hoje como vocês devem saber, é dia 12 de Outubro, mais especificamente, dia das crianças ou o dia em que eu vou torrar minhas economias e acabar com o pé roxo e inchado. Todo santo dia das crianças, minha tia deixa Jimin comigo para passar o dia se divertindo- lê-se me atormentando- e eu sou o cobaia nessa história. Basicamente, Jimin é uma criança em pessoa, ou pior, tenho dó das crianças do parque onde vamos.

[...]

-Jungguk! Jungguk! Eu quero ir comprar bastante coisas, vamos pro shopping!

Agora, estou me sentindo um boneco de pano sendo arrastado pra lá e pra cá dentro daquele lugar, nunca vi alguém baixinho- Jimin possuía 1,56 de altura,bem baixinho pra idade dele mas, ta- caminhar tão rápido como ele, acho que eu perderia de lavada se fosse apostar corrida com ele, mesmo eu tendo meus 1,88.

Chegamos no lugar tãooo desejado por Jimin, obviamente a loja de brinquedos. Sim, você não leu errado.

Eu estava tranquilo sentado em um banco ali perto do lugar onde Jimin estava escolhendo suas coisas, quando escutei um grito. E eu sabia que era do Jimin.

-AAAAAAAH ME DA ESSA POLLY! ELA É MINHA EU QUE VI PRIMEIRO!

Jimin adora fazer escândalo. Fui até onde ele estava e o vi brigando com uma garotinha de talvez uns 5 ou 6 anos, por uma simples Polly.

-Olha o seu tamanho! E vc é menino, meninos não brincam de Polly!

Vish. Agora sim, acho que seremos expulsos do shopping sem ao menos levar algo.

-e quem é você pra dizer do que eu posso brincar ou não em? Se EU quiser, posso até brincar de enfiar o Ken no meu Cu, e você não pode fazer nada. Porque a vida é minha, e você não pode dar palpite e nem mandar nela, então Vai. Se. Foder.

Arregalei meus olhos. E a garotinha olhou feio para o mesmo, olhei para o lado e os pais da garota estavam me encarando com uma cara de chocados.

-Você tem uma boca muito suja, toquinho de amarrar bode. E essa Polly aqui- apontou para a mesma- É MINHA!

-MAS EU PEGUEI PRIMEIRO! VOCÊ ARRANCOU ELA DA MINHA MÃO! SUA QUENGA ME DEVOLVE!

-JIMIN! OLHA O RESPEITO!- gritei assim que ouvi aquelas palavras saindo de sua boca.

-mas essa Polly é minha! Me da garota!

-Jimin é uma simples polly Poha!

É. Agora eu fui um pouco mal educado, mas foi preciso.

-É edição limitada e eu preciso dela pra minha coleção!

-Jimin, vamos embora dessa merda, deixa essa Polly pra la e escolhe outra.

-Não.

-O que disse?

-Não! Eu. Quero. Essa. Polly.-ditou mandão-Não quero outra coisa. Agora menina feia, me da essa Polly ou então eu ARRANCO SEUS CABELOS FORA.

A garota o olhou assutado e entregou enfim a maldita Polly. A menina saiu andando com seus pais bufando. E jimin ficou comemorando.

-Agora Jimin. Você não irá levá-la só pelo barraco que fez.

-Mas o QUE? Eu vou levar sim- cruzou os braços e ficou me encarando com aquela cara de gatinho bravo.

-Você não me assusta criatura. Agora guarda isso ai e vamos pra casa.

-Eu vou conta tudo pra minha mãe você vai ver-murmurou choroso com um grande bico em seus lábios- Bobão feioso!

-criança mimada!


Notas Finais


⚠R E V I S A D A

↖Esta One foi alterada


〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰

▫Espero que tenham gostado. Até mais.

<3

▫Att; @BabyJimi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...