1. Spirit Fanfics >
  2. 12 horas para me salvar >
  3. Dia 24 - I

História 12 horas para me salvar - Capítulo 21


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura meus amores ❤❤❤❤❤

Capítulo 21 - Dia 24 - I


08:20 da manhã 


Naruto estava um pouco nervoso aquela manhã. Digamos que seu dia não começou tão bem assim. Hinata havia tido uma crise de asma durante a noite e imediatamente foi levada ao hospital. Apesar do susto, as coisas se resolveram rapidamente e logo ambos estavam na faculdade de novo.

Apesar de insistir em querer ficar junto da morena para ajudar, a própria rejeitou a presença de Naruto. Na verdade, ela rejeitou a presença de todos. Temari e Shikamaru foram para suas respectivas aulas e Naruto se viu obrigado a fazer o mesmo.

Na sua mente tentava achar uma resposta para isso. Não via esse estado distante e arredio na amiga desde... desde o dia em que se viram no restaurante. O loiro tamborilava os dedos no caderno e com a caneta, quando ouviu seu nome ser gritado bem alto.

- AH, SIM... PRESENTE! - Naruto se levantou assustado e arrancou risos da turma toda.

- Eu nem estava fazendo chamada seu ignóbil! Sente-se no seu lugar. - a sensei reclamou e o loiro a obedeceu. - Francamente se continuar assim vai ter problemas. 

Anko era daquelas senseis chatas que pegavam no pé de todos, sem motivo ou com motivo. Ela tossiu e pediu silêncio novamente para a turma. 

- Como eu estava falando antes, e espero que dessa vez você esteja prestando atenção Naruto... - o loiro se encolheu na cadeira sem jeito. - Temos um aluno transferido de Kirigakure que a partir de hoje fará parte de nossa turma: Hozuki Suigetsu!

Só agora Naruto percebeu o rapaz ao lado da sensei. Ele era mais ou menos do mesmo tamanho do loiro, tinha cabelos platinados no ombro e olhos de cor violeta. Suigetsu deu um sorrisinho sapeca para a turma e um aceno. 

Anko-sensei pediu que ele se sentasse e apesar de várias garotas jogarem charme e meio que dessem a entender que havia um lugar para ele perto delas, o mesmo foi até o fundo da sala e se sentou ao lado de Naruto. 

- Então você é o famoso Naruto né? - Suigetsu deu uma risadinha.

- Como? - Naruto o encarou sério. 

Quem era esse cara? E como ele conhecia o loiro? Okay, Naruto era mesmo popular na faculdade mas um aluno transferido não deveria saber dele assim tão rápido. Ah menos que... não, impossível! Ele não podia ser amigo de Kiba também, seria muita teoria da conspiração.

Talvez ele só quisesse tirar onda por conta da bronca da sensei.

- Eu ouvi falar muito de você mas nunca achei que estudaríamos juntos algum dia. - Suigetsu falou.

- O que? Quem te falou sobre mim? Nunca te vi na minha vida toda. - Naruto falou.

- Vejo que já se tornaram amiguinhos mas na minha aula NINGUÉM conversa. - Anko surgiu entre os dois e lançou um olhar mortal para ambos.

Naruto na mesma hora se calou. Precisava de muitos pontos nessa matéria e não deixaria um esquisito atrapalhar seus planos. A aula ocorreu normal após isso mas a cada minuto o loiro olhava para o lado tentando adivinhar como o novato sabia sobre ele.

Suigetsu prestava atenção na aula mas após uns minutos começou a rabiscar algo no caderno. Apesar da curiosidade de Naruto falar muito alto, deixou isso de lado e resolveu prestar atenção mesmo na aula.

Quando finalmente foram liberados, Naruto seguiu o platinado até o corredor.

- Quem te falou sobre mim? - Naruto perguntou. 

- Relaxa cara! Parece até que tá escondendo algo da polícia. Eu heim.... - Suigetsu riu e olhou pro lado. - Bem que o Sasuke disse que você é nervosinho.

- Sasuke? - Naruto falou surpreso. 

E como se tivesse ouvindo a conversa, o moreno apareceu no fim do corredor e chamou os dois com um aceno.






***







Naruto bebia um gole de H2O que Sasuke havia comprado para os três. Segundo Suigtesu, aquilo era uma tradição que ambos faziam quando menores. 

- Deixa eu ver se entendi... - Naruto deu uma pausa na bebida e apontou para os dois ao seu lado. - Vocês se conheceram num clube de natação no ensino médio e ficaram amigos?! 

- Então eu voltei pra minha cidade natal e agora estou de volta. - Suigetsu falou.

- Mas pra quê tanta mudança assim? - na mesma hora em que falou isso o loiro se arrependeu. 

O olhar de Sasuke foi mais que o suficiente para dizer que aquele era um assunto delicado e proibido. O clima entre os três pareceu pesar.

- Ah tá tudo bem cara, relaxa. - Suigetsu deu um tapinha no ombro do moreno e sorriu para o amigo, dizendo que estava tudo bem. - Na verdade o meu coroa se divorciou da minha mãe quando eu tinha uns 10 anos. E desde então eu fico me mudando de cidade, passo uns anos morando com ele e outros anos morando com ela. Guarda compartilhada sabe? 

- Ah... desculpa eu não sabia que era isso. - Naruto se sentiu meio mal de repente. Havia pre-julgado o platinado sem nem saber seu passado. - Eu sinto muito estar sendo um típico cara chato, haha.... hoje só não é um bom dia pra mim também. 

- Ótimo, somos em 3 então. - Sasuke jogou a garrafa vazia no lixo mas errou a mira, fazendo-a cair no chão. - Merda...

- Tá de boas. Não quero que role aquele clima de ciúmes entre nós. Não vou me meter na sua relação de amor e ódio com o Sasuke. - Suigetsu levantou os braços e se levantou do banco, como se quisesse demonstrar isso.

Mas na mesma hora Naruto o puxou de volta.

- Nada disso! Qualquer um que for amigo do Uchiha é meu amigo. Porquê pra aguentar esse aí... ai, ai... - Naruto e Suigetsu começaram a rir.

- Ah que lindo, vão se juntar pra me zoar. - Sasuke falou entediado. 

- Óbvio. Somos seus amigos, é meio que nossa obrigação. - Suigetsu cutucou o moreno com o cotovelo. 

- Oe Sasuke, já resolveu aquela parada lá? - Naruto perguntou e deixou Suigetsu confuso. 

- Pode falar, ele sabe. - Sasuke falou. - É a questão do meu emprego.... eu consegui um no período da noite, vou ser meio que um secretário num consultório médico aí. Não é muita coisa mas.... é melhor do que ficar parado e ver meu tio afundar. 

- Ah saquei... e ele ainda não conseguiu recuperar o prejuízo? - Suigetsu falou.

- Mais ou menos. Eu digo que vai demorar uns meses.... se é que ele vai conseguir. Tô pensando até em vender meu carro se a situação ficar pior. - o moreno falou.

- E eu vou amar ver seu cabelinho voando pela janela do ônibus. - o loiro fez uma piada e conseguiu conquistar seu objetivo: fazer ambos rirem.

O clima descontraído voltou a conversa entre os 3. Em poucos minutos o novato já podia ser considerado amigo do loiro, uma das vantagens de ser tão extrovertido e palhaço como o Uzumaki. Sasuke atendeu a uma ligação de Sakura e logo depois se sentou perto dos amigos.

- Quem diria... o grande Sasuke namorando. Tenho que conhecer a mina que te pegou de jeito. - Suigetsu deu um leve soco no braço de Sasuke e recebeu de volta um tapa nas costas. 

- Cala a boca...... - Sasuke sorriu e logo ficou com as bochechas coradas. - Ela é incrível mesmo... inteligente, linda, extrovertida....

- Com um corpo escultural? Porque eu lembro que você... AI!

Sasuke deu um beliscão no amigo.

- Te proíbo de dizer uma palavra sobre o corpo dela. - Sasuke falou.

- Tá, tá.... eu heim, amor é coisa séria. Mudou você todinho. Mas e você Naruto, tá na mesma que ele? - Suigetsu perguntou esfregando o braço. 

- Eu???? - o rosto do Uzumaki passou para um tom de vermelho mais forte que um tomate. - Ah não... eu... eu não... haha... eu só..... não tenho namorada não....

- Não tem porquê não quer..... - Sasuke deixou escapar e recebeu um tapa do loiro.

- Você sabe que não é assim.... - Naruto falou.

Parando pra pensar o loiro não se via namorando com ninguém em específico agora. Achava que sua vida estava boa do jeito que estava. Mas se perguntassem se seus pensamentos esses dias só o faziam lembrar de alguém muito especial..... ah, isso ele não tinha como negar.

E foi um desses pensamentos que levaram o loiro para longe daquele banco numa das praças do campus. Como ela estaria agora? Estaria se sentindo melhor? Será que na verdade ela não queria um tempo longe dele? Será que ele fez algo de ruim? Mas o que? E por quê?

O devaneio de Naruto durou pouco tempo com as palavras de seus amigos sendo digeridas.

- Mas aqui só tem gata mesmo! É tipo um paraíso. E você Sasuke, tá perdendo toda a diversão. - Suigetsu falou.

- Pode falar a merda que quiser, quando estiver apaixonado você vai entender.... aposto que vai sofrer mais do que eu ou do Dobe aí... - o moreno riu.

- Ah então ele tá na mesma.... coitado de mim, terei que dar atenção para todas as solteiras do campus. Ai que difícil... - Suigetsu riu por uns segundos mas logo parou. - E por falar em incrível....

Naruto olhou para onde o mesmo olhava e avistou Karin vindo em sua direção. Pelo modo como ela estava de cara fechada, o loiro adivinhou o que houve. Se levantou e enquanto ia até a prima, se pegou pensando nas palavras de Suigetsu. 

Tinha que admitir que a prima era mesmo bonita embora não fizesse o seu tipo. Mas como eram primos, óbvio que o loiro nunca sentiu nenhum desejo a mais além de carinho pela mesma. Na verdade gostava secretamente de pensar na mesma como sua irmã mais nova (embora tivessem a mesma idade).

Mas o loiro não percebeu que ela vinha tão rápido a ponto de se chocar com ele e ambos darem uns passos para trás. 

- Uoou, tá tudo bem Karin? Você... - Naruto foi interrompido. 

- É claro que tá tudo bem. Por quê não estaria? - a ruiva tentou soar animada mas o loiro sabia reconhecer a falsidade e tristeza em sua voz.

Sabia que quando ela estava assim, falar do problema não seria a solução. Teria que distrai-la primeiro e depois conversariam.

- Já falou com o Sasuke? - Naruto falou.

- Oi Sasuke. - Karin falou.

- E aí Karin. - Sasuke acenou e continuou sentado.

- Ah e esse aqui é o Hozuki Suigetsu. Ele é um aluno transferido da minha turma. - o loiro apontou para o novo amigo.

- Oi. - Karin falou tentando soar simpática. 

- Oi. - Suigetsu falou mas ao contrário de Sasuke, se levantou e estendeu a mão para a ruiva.

Karin foi tomada de surpresa mas logo recobrou o controle. 

- Que coisa mais de velho apertar a mão. - falou e embora não quisesse soar desagradável, era impossível se controlar. Quando estava nervosa aquele ponto era como um sistema de defesa sair dando patadas e ser grossa com todos e qualquer um. Era algo horrível mas aquela era ela.

- É verdade mas os velhos até que são espertos sabe? - Suigetsu falou deixando os primos curiosos. - Afinal é dando as mãos que depois eles podem dar um beijo na mão da moça...

Karin se espantou com a cantada cara de pau do garoto e riu bem alto.

- Sinto muito mas eu não vou cair nessa. Mais sorte praticando algo melhor. - Karin puxou o loiro com um braço e acenou bem falsa para os garotos.

- Ah pode apostar que da próxima eu vou fazer algo melhor. - Suigetsu sorriu enquanto via os Uzumaki indo embora. 

- Cara. - Sasuke pôs a mão no ombro dele. - Não é por nada não mas.... de todas as meninas que você viu hoje, tinha que dar logo em cima da prima dele?

- Eles são primos? Até parecem mesmo..... mas você diz isso porquê ele é ciumento?

- Sim mas nem tanto por isso. A Karin já namora, com um cara daqui até. 

Suigetsu olhou de novo para a ruiva e o loiro. O modo como Naruto falava com ela.

- É mas parece que esse namoro não tá tão bem assim.... - Suigetsu falou.

- O que? - Sasuke perguntou. 

- Nada, nada... só suposição....









***







- O que foi Karin? Dá pra me falar logo. - Naruto falou meio cansado.

Ficou tão surpreso com a audácia de Suigetsu  (embora o mesmo não soubesse do parentesco dele e da prima) que nem disse nada. Deixou-se ser arrastado pela ruiva por uma boa parte do campus mas quando já fazia uns 40 minutos começou a se cansar. 

- Tá bom, me diz o que houve. Que merda o Sai fez agora? - Naruto se soltou e parou no meio da calçada.

- Ah você nem imagina! Há dois dias o babaca saiu com a loira do banheiro e foram não sei pra onde. Só fico feliz que ontem ela voltou puta por algum motivo. Mas nem durou muito a minha alegria, ele ficou todo ríspido comigo.... - Karin bufou.

- Até quando você vai ficar nessa droga de relação e contando as mágoas pra mim? Já não sofreu o bastante?

- Olha eu não te chamei aqui pra isso.

- Não? E pra que foi então?

Karin olhou para os lados nervosa e cruzou os braços. Opa, isso não era um bom sinal!

- Acho que a sua amiga tá com problemas.... bem sérios.... - a ruiva soltou de uma vez.

- O que? A Hinata? Por que? - será que Karin descobriu as cicatrizes no pulso da morena? Ou sobre a gravidez? Mas o loiro podia contar algo? Não, se Hinata não contou nada então ele também não diria.

- Olha..... eu prometi não contar mas..... ela vem sendo perseguida por umas meninas e.... - uma moto passou na rua e o barulho abafou a voz de Karin.

- Como? - Naruto perguntou chegando mais perto para ouvir. 

A coragem que Karin tomou para falar sobre Shion e seu bando se dissipou. Resolveu que falaria só o mais urgente ali.

- Eu achei que você já tinha visto mas como você tá normal, é provável que não tenha visto ainda. Vem ver. - Karin puxou o loiro até um dos quadros de avisos enorme que haviam no campus.

Uma pequena multidão estava na frente e o loiro demorou para chegar mais perto. Mas quando chegou ficou paralisado. Uma foto. Bem grande. De Hinata e um cara mais velho estava pregada ali. Na foto o homem botava a mão no ombro dela e ambos sorriam.

Uma legenda dizia "Pegos no flagra! A doce Hyuuga Hinata é na verdade a aluna que engravidou do sensei Yamato do curso de literatura. Uma vergonha."

- Eles acham que os dois tem um caso..... e têm até um vídeo que tá circulando nas redes. Esse aqui.... - Karin mostrou no celular um curto vídeo com a qualidade razoável, onde um zoom era dado nos dois.

Ambos estavam no meio de uma conversa e Yamato pôs a mão no ombro de Hinata.

"Eu sei do seu status mas eu posso te ajudar" a voz era mesmo a do sensei mas o áudio parecia ter sido modificado um pouco. 

Karin esperou alguma reação por parte do primo e mesmo assim se assustou quando o loiro gritou:

- QUEM FEZ ISSO? QUEM PREGOU ESSA FOTO AQUI?

Os alunos ao redor ficaram com medo e disseram todos ao mesmo tempo que não sabiam. Naruto pegou a foto e a rasgou em vários pedaços, jogando numa pequena fonte que tinha ali.

- Onde? ONDE TEM MAIS DESSAS? - Naruto gritou e Karin falou assustada que só nos murais ao redor do bloco de Letras e ao redor da Secretaria. 

O loiro foi em todos os locais e deu um fim em todas as fotos. Perguntou para várias pessoas mas ninguém sabia quem havia feito isso ou compartilhado o vídeo originalmente. O Uzumaki sentia um misto de ódio e enxofre dentro de si, como uma bomba prestes a explodir. 

No caminho de volta para o dormitório, após tentar ligar várias vezes e a morena não atender, acabou esbarrando em Temari e Shikamaru. 

- Olha ele ali! Naruto! - Tema gritou e correu até o loiro. Pelo olhar de Karin, a loira sacou que o amigo também não estava nada bem.

- Ei, eu falei com o Choji e nós estamos tentando hackear a conta de quem postou isso. Mas ao que tudo indica foi uma conta fake que se excluiu após a divulgação. - Shikamaru falou.

- Nós também estamos tentando olhar nas câmeras de segurança para ver quem pregou as fotos mas os cretinos estavam de capuz e num ângulo em que não dava para ver bem o rosto ou o corpo todo. - Temari falou.

- Naruto! - a voz de Sasuke misturada a de Sakura soou por perto. O casal corria esbaforido e pararam perto do loiro.

- A gente viu as fotos. Eu tentei ligar pra você mas... - Sakura se calou ao ver o estado do amigo. 

- Cadê a Hinata? - o loiro perguntou. 

- Não tá no quarto. - Temari falou.

- E nem no bloco dela. - Sasuke falou.

Nesse momento todos olharam para Karin, que ficou entre Temari e Naruto. 

- Eu sei onde ela está.... mas não é um sinal bom. - a ruiva falou.

- Onde? - Naruto fervia em raiva.

- Na reitoria. Chamaram ela para lá junto com o Yamato-sensei.

Em vez da raiva, um novo sentimento surgiu dentro do loiro: preocupação. Não só pela amiga mas porquê outro alguém inocente estava metido nisso. Numa confusão que ia além de um namoro que acabou mal.

Traição. Estupro. Gravidez indesejada. Traumas psicológicos e físicos. Mentiras. Desconforto social. E além de tudo isso, o nome de duas vítimas que seriam manchados por todo o campus e centro acadêmico. A possibilidade de alguém perder o emprego que lutou e trabalhou duro por anos. E o brilho de um futuro melhor para uma jovem, esmagados no chão. 

- Alguém foi longe demais... - Naruto rosnou.









Notas Finais


Soltei a bomba e corri :v


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...