História 13 years of promise (Imagine BTS) - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Eunha, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Imagine, Jimin, Jungkook, Taehyung
Visualizações 30
Palavras 2.068
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Jennie


Fanfic / Fanfiction 13 years of promise (Imagine BTS) - Capítulo 14 - Jennie

Pov's S/n

Taehyung: Viu? Chegamos a tempo do recreio!

S/n: Que bom né! Não quero perder mais aulas. Fora que eu vou contar pra ele hoje..

Taehyung: Tem certeza disso?

S/n: Claro..Afinal, eu tenho o dever de contar isso para ele e eu já enrolei demais..

Taehyung: Então vai lá pequena.- ele me abraça e deposita um beijo na minha testa.

O Jimin deve estar perto da cantina com os amigos dele.. Então ando até a mesma e vejo ele sentado em uma mesa com os garotos que implicaram comigo no início do ano e com a besta da Sora e aquela tal de Jennie.

S/n: Jimin, será que posso falar com você rapidinho?- faz 2 meses que não falo com ele então isso é meio estranho...

Sora: O que você quer com ele sua escrota? Não aprendeu ainda que deu lugar e bem longe da gente?- diz ela se levantando.

Ai que lindo,todos calaram a boca para servirem de plateia pro showzinho da Sora. Apenos olho pra cara dela com o olhar mais foda-se que eu tenho e dirijo meu olhar pra Jimin novamente.

S/n: Então, podemos falar agora ou não?

Sora: Você é surda ou o que sua esquisita? Cai fora!- ela me empurra e acabo caindo no chão, ralando um pouco a mão.

Jimin: Sora! Qual o seu problema?- ele segura meu braço e me ajuda a levantar.

Sora: Como é? Jimin, meu amor, acho que você não quer que isso chegue no meu pai não é?

Ele fica pálido. Como assim chegar no pai dela? Isso afeta tanto assim ele?

Sora: Agora que você entendeu meu Jiminzinho, vamos embora! Deixa essa garota ai.

Sora passa por mim esbarrando em meu ombro e leva Jimin com ela.

S/n: Tão olhando o que?- digo e finalmente todos voltam a comer e conversar normalmente.

Preciso me acalmar, melhor ir pra um lugar calmo. Subo até o telhado e vou até a beirada.

S/n: Ar fresco..- deixo escapar um suspiro.

Jimin: Aqui é muito bom mesmo.- diz ele parando do meu lado.

S/n: AI GAROTO QUE SUSTO! Eu podia ter morrido agora sabia?- digo botando a mão no peito e fazendo drama.

Jimin: Aham sei.. O que queria falar comigo?

S/n: Perai.. Antes, como você escapou da cobra?- digo e ele ri do apelido fofo de Sora.

Jimin: Bom,a "cobra" -diz ele fazendo aspas com as mãos- acha que eu estou no banheiro. Então fala logo..

S/n: Grosso como de costume né?!Enfim... Não é algo que eu posss falar rápido assim, é algo sério Jimin..

Jimin: O que é então?- ele parece preocupado...

Aish não sei como dizer isso a ele, é muito estranho ver o pai da minha criança na minha frente e ele nem saber de nada.

S/n: É q-que.. N-na verdade eu... Engordei nos últimos dois meses.

Jimin: Ah.. Agora que você falou que eu reparei. Eu tenho um amigo que conhece uma bos academia, de você ayiser o contato é só dizer. Era esse o assunto importante?- diz ele rindo

MEU DEUS COMO EU SOU IDIOTA! Agora ficou ainda mais difícil. Ahhhh odeio quando eu falo coisas aleatórias por causa do nervosismo!

S/n: Bem.. Tem a ver com o assunto importante..- respiro fundo na tentaiva de me acalmar.. Você consegue S/n..

S/n: Jimin.. Na verdade a dois meses atrás eu descobri que---

Sora: Jimin... Não sabia que a escola havia reformado e posto o banheiro no terraço.

Sora estava parada em frente a porta com os braços cruzados e aquela cara cínica. Como essa garota me irrita! Eu juntei tanta coragem atoaaaaa!

Jimin: É.. Bom.. É que a S/n tinha algo importante pra falar comigo e--

Sora: Ah.. É mesmo? Pode dizer então S/n! Jimin está aqui para ouvir.- ela vai até perto dele e entrelaça suas mãos nas dele.

S/n: Quer saber? Deixa pra lá! A gente se ve por ai Jimin.

Saio dali o mais rápido possível.  E agora? Meu deus eu nunca vou conseguir falar isso pra ele.

[...]

Professora: Então é isso alunos! Estudem bastante para as provas. Estão dispensados.

Jisoo: Até que enfim!- Diz Jisoo arrumando seu material assim como todos ali presentes.

Jungkook: S/n, não pense que eu não estou bolado com você em.. Você podia ter me contado!

S/n: Ai Kookie desculpa! Mas não era tão fácil assim contar esse tipo de coisa..- digo apertando suas bochechas.

Jisoo: Enfim, vamos logo por que o Tae está nos esperando.

Seguimos andando até o portão.

S/n: Bom gente.. Como eu vou para cada hoje, vou passar no mercado antes para comprar coisas para janta. Do jeito que a minha mãe é, ela deve estar só comendo besteiras!

Taehyung: Quer que eu vá com você?

S/n: Nha! Não precisa! Tchau Oppa.- digo dando um beijo na bochecha dele e logo me despedindo do pessoal.

[...]

Está frio e eu não conheço muito bem essa parte de Seoul, mas tenho quase certeza que estou perto do mercado! Atravesso no sinal e avisto um letreiro indicando que havia um mercado ali.

S/n: Ahá! Te ach---

De repente sou puxada brusacamente para dentro de um beco.

Jennie: Eae S/n? Lembra de mim?

S/n: Você..

Jennie: Pois é, pelo visto lembra. Então.. vou ser bem direta. Eu não tenho nada contra você! Por mim você poderia viver sua vida insignificante e fazer o que bem quiser dela, tá legal? Mas o lance é que você ta se metendo demais com o namorado da minha amiga.- ela estoura uma bolha de chicleta enquanto está apoiada em uma parede.

A dois caras me segurando. Pelo visto são aqueles garotos de novo, o tal do Yoongi e o Namjoon..

Jennie: Então assim querida... Não posso deixar isso sair barato. Meninas podem fazer o que quiserem com elas, já fiz o que devia fazer.

Ela se afasta de mim com Namjoon e Yoongi depois deles me tacarem no chão. Umas 5 meninas se juntam ao redor de mim e começam a me chutar.

????: Aprendeu agora sua vadiazinha? NÃO SE META COM A SORA!- disse uma delas chutando minhas pernas.

A todo momento eu só sabia proteger minha barriga... Isso não pode estar acontecendo.. E-eu não quero que elas machuquem meu bebê.. Eu não posso deixar!

S/n: P-parem por favor..- digo com uma voz fraca e com uma lágrima escorrendo pela minha bochecha.

[...]

Pov's Jimin

Não to acreditando que o Yoongi e o Namjoon furaram comigo! Onde eles se enfiaram?

Jimin: Que merda! Nem pra darem satisfações. Agora to indo sozinho pra casa, affs.

Passo em frente a um beco escuro e escuto pessoas xingando e batendo em alguma coisa. O que que ta acontecendo aqui? Entro um pouco no beco e me deparo com o grupinho de amigas da Jennie batendo em uma garota. Assim que elas me veem todas param e olham para mim.

Jimin: Mas que caralhos?- olho para o rosto da garota e percebo que é a S/n.

Jimin: VOCÊS ESTÃO MALUCAS?- digo e elas saem correndo dali.

Corro até a menina que já se encontrava inconsciente no chão. Seus braços e pernas estavam roxos e sua boca cortada. Pego a mesma no colo e procuro logo um táxi.

Jimin: EI TÁXI!- digo e entro no mesmo.

Jimin: Pro hospital por favor! S/n.. vai ficar tudo bem..

Percebo que ela em momento nenhum tirou a mão da barriga.. Que estranho, ela deveria estar protegendo o rosto, não a barriga.

[...]

Recepcionista: Senhor? Senhor!- diz a enfermeira me sacundindo.

Jimin: O-Oi!- digo um pouco sonolento.

Recepcionista: Já são 1 da manhã... Os parentes da paciente já chegaram, o senhor pode ir pra casa.

Jimin: Não obrigado.. Vou esperar a paciente..- a recepcionista dá de ombros e volta para o balcão.

Nem havia reparado que sua mãe havia chegado.. Elas são bem parecidas.

Senhora: Minha filha...- diz a moça chorando.

Me parte o coração ver ela assim.. Tudo culpa da Sora.. Merda! Por que fui me envolver com essa garota? Isso é tudo culpa do meu pai.. Mas agora não adianta lembrar dessas coisas. Me levanto e vou até a mãe dela.

Jimin: Oi moça.. Eu.. Eu sou um amigo da sua filha.-digo segurando sua mão.

Senhora: Ahn? Ah! Foi você que trouxe ela, né? Muito obrigada por salvar minha garotinha..- ela me abraça e acaba chorando mais um pouco.

Senhora: Querido.. Qual seu nome?

Jimin: Me chamo Park Jimin... Eu estou realmente preocupado com S/n então entendo como se sente mas para ajudar ela precisamos ficar calmos.- digo segurando sua mão.

Senhora: Tem razão.. Obrigada meu jovem.

Somos interrompidos pela médica que vem andando em nossa direção.

Médica: Responsáveis pela Kim S/n!

Senhora: Aqui! Eu..

Médica: Senhora sua filha já está bem e já pode receber vistas. Por favor vá um de cada vez. O número da sala é 501.

Senhora: Muito obrigada doutoura!- As duas se despendem com uma reverência.

Senhora: Jimin... Assim que eu terminar de vê-la te chamo ok?

Jimin: Ah, não precisa, está tudo bem! Eu só queria ter certeza de que ela ficaria bem.

Senhor: Que isso! Tenho certeza de que S/n adoraria te ver!

Jimin: Tudo bem então.- sorrio para ela antes da mesma ir em direção a sala.

[...]

Pov's S/n

Acordo lentamente e percebo que estou em uma maca.

Omma: Querida! Você acordou!

S/n: Omma? O que aconteceu?- digo ainda um pouco abatida.

Aos poucos vou me lembrando.. do mercado..da Jennie.. Ao me lembrar das coisas instintivamente coloco minha mão sobre a barriga.

S/n: O-Omma? Está tudo bem né?

Omma: Fique calma minha flor! O bebê está bem. Você chegou no hospital com os braços na barriga e não soltava de jeito nenhum, mesmo estando inconsciente.

S/n: Então está tudo bem... Que bom.

Omma: S/n, sei que não é o melhor momento para isso.. Mas isso ficou na minha cabeça o dia inteiro. Eu sou sua mãe e tenho o direito de saber disso. S/n, quem é o pai dessa criança?- minha mãe estava séria demais, me assusta um pouco quando ela fica assim.

S/n: Um colega de classe meu.. Park Jimin.- minha mãe ficou em silêncio durante uns 30 segundos.. Mas depois sorriu.. Que estranho!

Omma: Entendo.. Bom, vou sair já que tem alguém aqui pra te ver! Depois eu volto!

S/n: Espera o que? Quem que está aqui mãe?

Ela nem me responde, apenas sai da sala.

[...]

Pov's Mãe da S/n

Sigo até a recepção e encontro Jimin sentado me esperando. Eu acho que já aceitei o fato da minhs princesinha estar grávida.. Tudo bem que foi algo repentino e eu me preocupo com sua vida mas agora que já aconteceu eu devo ficar ao seu lado... Jimin parece ser uma boa pessoa. Acredito que S/n ainda não tenha contado para ele.

Senhora: Jimin.. Pode entrar já.

Jimin: Ah ok!

Tenho um pressentimento bom sobre esses dois.

Pov's Jimin

Entro no quarto e vejo S/n deitada olhando para fora da janela.

Jimin: Hey...- digo me sentando em uma poltrona do lado de sua maca.

S/n: Jimin? Era você que estava aqui? Mas... como?

Jimin: Fui eu que te trouxe, encontrei você em um beco quando estava voltando pra casa..

S/n: Voltando pra casa? Mas a horas da saída da escola foi a 6 horas atrás!

Jimin: Bom... eu fiquei esperando você acordar.- digo desviando o olhor para um canto qualquer da sala.

S/n: Jimin... Você deve estar cansado..Vá para casa.- ela coloca sua mão em minha bochecha deixando um carinho ali enquanto sorri.

Por que ela me deixa assim? É tão.. Hipnotizante.. A puxo mais pra perto e a envolvo em um abraço, a princípio a mesma pareceu surpresa mas logo correspondeu ao abraço.

Jimin: Fiquei preocupado... Quando se trata de Sora não sei mais do que é capaz de acontecer..

S/n: Então por que continua com ela?

Jimin: É complicado.. Nossas famílias.. São complicadas. Enfim, tudo é complicado

S/n: Nossa, só pela quantidade de vezes que você disse "complicado" já da ors ter uma noção.- diz ela rindo.. Sua risada é tão gostosa de se ouvir

Quando estava prestes a dizer alguma coisa médica entra na sala e nós desfazemos o abraço.

Médica: Ah Olá! Eu só vim aqui para botar sua pulseira..

S/n: Pulseira?

Médica: Ah é apenas para indicar os pacientes com alguma exceção de medicamentos. Sabe, a vermelha é para doenças cardíacas, a azul para doença respiratórias e tem muitas outras cores. Tem uma listinha do lado da dua maca.

A médica chega mais perto de S/n e coloca uma pulseira rosa clarinho nela.

Médica: Prontinho.. Já vou indo.- diz ela antes de sair da sala.

Jimin: Rosa? O que significa?- pergunto para S/n pois não tenho como ler a lista já que ela está do lado oposto da maca. S/n olha para a lista e depois olha para mim.

S/n: Jimin eu não posso adiar ainda mais essa conversa.- diz com lágrimas nos olhos.

Jimin: Ei calma não precisa chorar!- digo a abraçando.

S/n: Nunca foi minha intenção esconder isso de você, mas eu precisava pensar um pouco sobre tudo que estava acontecendo e também foi muito difícil me aproximar de você com Sora por perto..

Apenas a observo morder seus lábios antes de abaixar a cabeça. Ela parecia estar muito nervosa

S/n: Jimin eu.. Tô grávida.


Notas Finais


Hehehehe tenso
Até a próxima xuxus ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...