História 1:52 da madrugada de sábado - Capítulo 1


Escrita por: e Levivi_221-2

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Personagens Originais
Tags Amizade, Drama, Jungkook, Suícidio, Triste Mas Tô Bem
Visualizações 24
Palavras 313
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - 1:53(...)


Toda vez que eu olho para as estrelas, lembro de você.


Lembro dos nossos sorrisos e das brincadeiras ridículas que fazíamos, dos seus abraços, da sua risada e do seu cheiro.


Lembro que toda vez, 01:50 da madrugada de sábado, eu e você ficávamos sentados perto da linha do trem, esperando ele passar. Um pacote de salgadinhos em suas mãos.


Lembro que toda vez, 1:52 da madrugada de sábado, ele passava como se estivesse na velocidade da luz.


Lembro que toda vez você ria e jogava um punhado de salgadinhos naquela lata ambulante e dizia que queria ser maquinista, apontando e rindo para a luz dos faróis do trem.


O dia parece mais frio sem você, Guk-ah.


Lembro que toda vez que eu olho para a luz do trem, lembro de eu, você e um pacote de salgadinhos.


O mundo não é o mesmo sem você, cara.


Lembro que toda vez que eu chorava, perguntando o motivo de não ter conseguido te tirar da sua dor, eu sentia ela. Perfurando cada vez mais e mais meu coração, como uma lâmina.


Lembro do teu sorriso. E eu sinto muito a sua falta.


Toda vez que eu olho para as estrelas. Eu vejo eu e você, Guk-ah.


Eu vou te encontrar já, já.


É 1:52 da madrugada de sábado. Eu, minha estrela e um pacote de salgadinhos vazio.


Minha luz se aproxima, pelos trilhos que me levará a você.


Lembro que toda vez, 1:52 da madrugada de sábado, você me olhava e sorria, logo depois falava que queria ser maquinista.


Lembro que toda vez, 1:52 da madrugada de sábado, eu te olhava e sorria.


Lembro que toda vez, 1:52 da madrugada de sábado, eu percebia que já havia te perdido há tempos.


Lembro que toda vez, 1:52 da madrugada de sábado, o pacote de salgadinhos estava cheio.


Lembro que naquela vez, 1:52 da madrugada de sábado, eu decidi virar uma estrela.


Lembro que naquela vez, 1:53 da madrugada de sábado(...)





Notas Finais


Essa foi a única maneira que encontrei de expressar o que eu sinto, apesar de nada tão grave ter acontecido, eu acho, foi isso que saiu.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...