História 18 Years - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Red Velvet
Personagens Chanyeol, Wendy
Tags A Bad Dos 18 Anos, Chanyeol, Exo, Fluffy, Hetero, Kpop, Red Velvet, Romance, Wendy, Wenyeol
Visualizações 44
Palavras 573
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drabble, Drabs, Fluffy, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAA <3 gente eu escrevendo uma hetero #berro
Essa é a pra minha neném HannieBlue (TE AMO CAMILAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA)
Ela me mostrou o maravilhoso 2Bolo (Como chamamos Wenyeol <3)
Espero que goste KamiKami <3

Capítulo 1 - ;único - Entre refrigerantes e a Lua


A luz da Lua reluz na calçada onde Seungwan está sentada com Park ChanYeol, que ergue uma garrafa de Coca-Cola no ar, brindando no copo da Son mais nova, sorrindo para o luar.

“Dezoito anos, huh?” ChanYeol pergunta calmamente e Wendy concorda silenciosamente, bebendo em um gole só todo o refrigerante do copo. A música continua saindo dos alto-falantes do iPhone de ChanYeol, e a dupla a cantarola calmamente.

 

Eu lembro ano passado quando eu disse para você
Que eu ficaria sempre aqui e nunca te deixaria
Eu disse para você que a luz dos seus olhos fez parecer
Que estávamos dançando ao luar
Lembra ano passado quando você me disse
Para sempre ficar aqui e nunca me deixar
A luz dos seus olhos fez parecer
Que estávamos dançando ao luar

 

“Estamos ficando velhos, oppa” Wendy por fim diz e ChanYeol a olha curioso. A garota ajeita seus longos cabelos cor mel, enquanto suspira fundo. “Oppa, isso me faz pensar em tantas coisas”.

Seungwan, então, começa a falar cada pensamento seu, não se importando com o vento forte que balança seus cabelos, com a música que ainda toca e com os olhares um tanto confusos do Park.

Ela conta quantas vezes se apaixonou, quantas vezes deu errado. Ela diz que se não tivesse passado por tudo que passou, não seria quem é, e ela concorda que adora quem ela se tornou até agora.

O mundo parece pequeno para os pensamentos da grande Wendy, e ChanYeol a entende.

O Park bebe mais um gole do refrigerante que já está quente, enquanto levanta do meio-fio e puxa a Son em seguida, ajudando a garota a se levantar.

ChanYeol tenta alguns passos de dança, arrancando risadas de Wendy, que o acompanha extremamente sem ritmo. Ao som do Ukulele da música, ChanYeol e Seungwan passam a próxima hora dançando, bebendo refrigerante e trocando lembranças que já haviam esquecido que existiam.

O garoto de cabelos negros pega na mão de Wendy, puxando-a para mais perto, enquanto continua dançando em passos desconcertados.

“Wendy-yah, você está tão linda hoje” o Park diz com um sorriso bobo nos lábios rosados, rodopiando a garota no ar, qual gargalha, fechando os olhos e sentindo o vento bater em seu rosto.

“Oppa, você também, você também…” Ela sussurra, no entanto ChanYeol consegue ouvi-lá. “Os seus olhos me lembram o luar”.

“E os seus me lembram chocolate, e eu amo chocolate” ChanYeol responde sem medo, fitando os olhos castanhos de Wendy, que sorri e passa os braços pelo pescoço do Park.

“Oppa, eu te amo” Ela diz, sua saia dança em conjunto da brisa. ChanYeol a puxa para um abraço, e Seungwan continha com os braços entrelaçados ao pescoço do moço.

“Eu te amo também, Wendy-yah” ChanYeol responde calmamente, sentindo seu coração explodir de felicidade. Não poderia estar mais feliz do que no momento, estar com Wendy faz o seu coração vibrar, fitar os olhos da mais nova faz seus pensamentos sumirem e suas mãos suarem.

Son Seungwan consegue criar um enorme tornado no coração de Park ChanYeol, e o Park consegue criar magia em volta de Wendy.

No fim da última garrafa de refrigerante, Wendy deseja para todos os deuses que conhece para que aquele momento nunca acabe, e que os olhos de ChanYeol nunca percam o brilho do luar, qual ela tanto ama.

E ChanYeol deseja que Wendy fique consigo para sempre, para poderem dançar sobre a luz do luar quantas vezes quiserem.

 


Notas Finais


Não betada, juro que beto depois~~~~~
Eu tenho duas fics pra atualizar e mais dez pra escrever MAS MINHA CAMILA MERECE ESSA DAQUI <3
Se você caiu aqui de paraquedas, muito obrigada por ler <3
E CamiCami, te amo muito, espero que goste <3 <3 <3
(A música que tá no capítulo é Moonlight da Grace Vanderwaal <3)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...