1. Spirit Fanfics >
  2. 1977 Lendo " Harry Potter a as senhoras do destino" >
  3. As visitas

História 1977 Lendo " Harry Potter a as senhoras do destino" - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Oii, voltei novamente💛
Qual parte da história vocês estão mais ansiosos para lerem? Comentem💙
Na imagem há alguns personagens que iram aparecer na história, mas sempre gosto de frizar que vocês podem imagina-los conforme a criatividade de vocês, a imaginação é livre💚

Aproveitem a leitura❤

Capítulo 15 - As visitas


Fanfic / Fanfiction 1977 Lendo " Harry Potter a as senhoras do destino" - Capítulo 15 - As visitas

- Quem quer ler agora?- Perguntou Lúcio com o livro estendido. 

- Eu.- Disse Arthur pegando o livro, folheou as páginas até parar no capítulo certo. - As visitas.

Quando as meninas acordaram pela manhã e foram tomar café, souberam que Harry tinha ido para sua audiência e o resto daquela manhã foi só conversado sobre aquilo. Por conta da situação, a sra Weasley resolveu dar uma pausa na limpeza da casa. 

Tanto como Hermione e a Sra Weasley estavam bem nervosas e histéricas, Sirius também estava mais agia com mais tranquilidade do que nas noites anteriores e Fred e Jorge aproveitaram a folga para usar Hydra como sua nova cobaia. Após o café, as garotas da casa estavam reunidas no quarto conversando. 

- O Quadribol é fantástico, a Grifinória tem o melhor time.- Contou Gina quando o assunto da vez era esse. Estavam jogadas em suas camas conversando a um bom tempo.

- Mas antes de Harry ser apanhador, ficamos 7 anos perdendo para a Sonserina.- Disse Hermione.

- QUE!- Exclamou James atordoado.

- Não posso acreditar.- Disse Sirius se jogando para trás com as mãos no rosto.

- Sonserina sempre me dando orgulho.- Comentou Lúcio com irônia.

- Deve ter sido comprado.- Acusou Marlene também enfurecida pela noticia.

- Injusta você, a Sonserina não precisa pagar para ser boa.- Rebateu Regulus elevando a voz.

- Vocês se acham né.- Comentou Snape, revirando os olhos.

- Brigando por Quadribol?- Narcisa bateu a mão na testa.

- Rídiculos.- Disse Lily.

- Não que eu ligue muito mas a prof McGonagall ficou realmente orgulhosa do nosso time.

- Se a Prof Minerva está feliz, então tudo está certo.- Comentou Lily, que adorava a bruxa.

- Essa felicidade se chama Grifinória ganhando a taça.- Respondeu Sirius.

- Dumbledore disse que eu seria boa em Quadribol, eu nunca joguei mas já li "Quadribol atráves dos séculos.- Disse Hydra com a mão apoiada no rosto.

- Eu também - Comentou Hope.-, sei as regras e tudo mais.

- Não me interesso muito por esportes mas se tivesse outras atividades em Hogwarts acho que poderia tentar.- Disse Aquila abaixando o livro que estava lendo para poder encara-las.

- Xadrez é ótimo.- Disse Alice e Lily.

- E bexigas também.- Respondeu Snape

- Rony é realmente muito bom em xadrez bruxo, você podia pedir a ele que te ensinasse.

- É, acho que vou. 

- E você e o Rony? - Perguntou Eileen que estava com a cabeça pousada no colo de Hope.

- Oque tem a gente?- Perguntou a garota com a sobrancelha arqueada.

- Hermione foi burra agora.- Disse James.

- É óbivio a pergunta.- Falou Frank.

- Deixa ela.- Lily falou a defendendo dos comentários que começaram a se formar.

- Vocês são namorados? 

Hermione ficou visivelmente corada

- Que fofa.- Comentou Marlene.

- Tão claro que se gostam.- Disse Narcisa.

- Mais que claro.- Concordou Tonks.

enquanto Gina gargalha se dobrando para frente com as mãos pressionando a barriga.

- Fofa, ficou até vermelha.- Disse Hydra em tom de brincadeira.

Para a sorte de Hermione, elas ouviram uma barulheira e vozes misturadas no andar de baixo. Até mesmo Aquila deixou o livro de lado para sairem do quarto dar uma espiada no andar inferior. 

- Que fofoqueiras.- Comentou Remus rindo.

- Será que estão brigando de novo?- Perguntou Gina se esticando para poder tentar ver melhor.

- Acho que não, só deve ser mais gente da Ordem.- Respondeu Hope espiando.

- Cadê essas meninas?- Perguntou uma voz feminina do cômodo de baixo, era uma voz serena e jovem.

- Parece até a...- Dizia Eileen, então a mulher ficou na linha de visão delas. Ela era uma mulher de estátura média, magra, cabelos castanhos ondulados até os ombros e olhos castanhos erverdeados. Usava roupas trouxas mas sua capa de viajem era de  bruxa. - LINDA. 

Eileen desceu as escadas correndo e foi dar um abraço na bruxa que sorria pela animação da mais nova, as meninas desceram logo atrás. Hope também abraçou a bruxa e logo depois elas se apresentaram.

- Então você é a famosa Hermione.- Disse Linda.- Lupin me disse que você era muito talentosa.

- Lupin é muito modésto.- Respondeu com as bochechas coradas.

- Meu eu do futuro só disse a verdade.- Disse Lupin sorrindo.

- Quanto tempo não voava.- Comentou uma outra bruxa entrando. Ela era bem mais velha de Linda mas igualmente bonita, era alta e magra, cabelos castanhos claros com alguns cachos e de olhos castanhos que lembravam os de Tonks.- Estou ficando velha.

- Andrômeda.- Disse Narcisa com tristeza, havia cortados laços com a irmã á muito tempo quando ainda era pequena.

A mulher foi recebida com abraços de Hope e Eileen. 

- Essa é a minha vó, Andrômeda.

- A sra é realmente bem parecida com a Tonks.- Comentou Gina a analisando.

- Obrigada, e você é bem parecida com Molly. Afinal cadê ela? - Perguntou lançando o olhar entre Gina e Hope. Hydra indicou a cozinha.

- E você deve ser minha sobrinha - Disse Andrômeda encarando Aquila com sorriso. Ela deu um abraço  apertado em Aquila que transbordava alegria em conhecer mais membros de sua família.-, você lembra muito a minha irmã.

Narcisa ficou muito feliz pela relação das duas tomarem um rumo diferente da de Narcisa e Andrômeda.

- Você têm notícias dela?- Perguntou Aquila com os olhos brilhando.

- Não tenho a muito tempo, querida. Não encontro com ela desde que me casei com Ted, ela e minha irmã Bellatrix preferiram cortar os laços, sabe.

Narcisa soltou um longo suspiro que não se passou despercebido por Tonks e Molly.

Aquila suspirou, decepcionada. Achou a tia um doce, pensou que os motivos pelo afastamento eram tão idiotas, que diferença sangue fazia quando se amava? Se pudesse, nunca abandonaria Draco mesmo que ele nem a conhecesse.

- A única Malfoy adorável.- Murmurrou Remus para Sirius.

- Pode crer.- Respondeu.

- Aquila é um doce de menina.- Elogiou Molly fazendo Narcisa sorrir e abandonar o semblante triste.

Sirius saiu da cozinha e foi todo apressado comprimentar as novas visitas, era notável como ele estava feliz. Hydra não o havia assim desde que chegaram, era satisfatório vê-lo alegre.

- Drômeda, minha prima favorita.- Disse ele abraçando a bruxa, pareciam não se ver a bons anos.

- Eu achei que eu fosse.- Comentou Tonks fingindo estar triste.

- As duas são.- Respondeu Sirius sorrindo.

- E como você está, Sirius?- Perguntou analisando o primo.- Está muito magro.

- Estou indo.- Suspirou.- E você, Linda?- Ele foi até a segunda bruxa dando um abraço.

- Bem, fico feliz que você seja um homem livre agora.

- Vocês se conhecem?- Perguntou Eileen alternando o olhar entre os dois.

- É claro, fizemos a Acadêmia de Aurores juntos.- Contou Linda, sorrindo.

- Bons tempos esses.- Disse Sirius.- Eu, Linda, Tonks e James fomos todos treinados por Moody.

- Saudades daquele velhote ranzinza. E também tinha a Alice e o Frank...

Linda soltou um longo suspiro e por méros segundos Eileen viu seus olhares se desfocarem e seu semblante ficar tenso.

- Nossa, isso não parece nada bom.- Disse Frank e Alice se agarrou mais a seu braço.

- Deve ser só saudades sabe, não devem se ver a um bom tempo.- Falou Lily não querendo pensar na possibilidade de algo ruim ter ocorrido a pessoas tão boas.

- Vinhemos trazer os malões de vocês.- Comentou Linda após sacudir a cabeça como se aquilo fosse traze-la de volta de seus pensamentos.

- Vocês demoraram um bocado.- Disse Eileen.

- Tivemos que resolver umas coisas antes.

Após o comentário, um mulher alta e magra, de pele pálida, cabelos castanhos escorridos até os ombros e olhos igualmente castanhos entrou. Foi recebida por abraços e beijos de Aquila e Hydra.

- Quando tempo não venho aqui.- Comentou após as apresentações.

- A casa não mudou nada.- Respondeu Andrômeda analisando o cômodo.

- Sirius- Exclamou Phoenix. - , primo querido.- Disse indo abraça-lo. 

- Há quanto tempo Phoenix.

- Não te vejo desde...- O olhar dela ficou vago e seu semblante pensativo.

- Muito tempo. - Respondeu.- Espero que não tenha tido muito trabalho.- Disse passando os braços pelos ombros de Hydra.

- Nem um pouco.- Disse olhando cúmplice para Hydra que fazia sua melhor cara de engênuidade.

- Finjo que acredito.- Comentou Marlene e Sirius.

Depois Sirius levou as três mulheres até a cozinha, Aquila, Hermione, Gina e Hydra resolveram ir junto.

- Estou louca para trocar de roupa, essas são um pouco largas.- Disse Hydra examinando a blusa cinza que usava.- Eu falando assim pareço até uma ingrata mas é que a Gina mais alta e magra que eu. 

- É verdade.- Concordou Hope.- Espero que meu avó tenha botados meus livros no malão.

- Você acha que ele está trazendo? 

- Não sei mesmo, até agora não chegou mais ninguém.

Foi só ela dizer isso que dois homens chegaram ambos trazendo dois malões cada com suas varinhas. Um era Snape, já tinham visto ele muito ali mas nunca Eileen teve a opurtunidade de falar com ele, e o outro era um homem já grisalho, que usava óculos e roupas trouxas. Era o sr Tonks, avó de Hope.

- Vó.- Disse Hope indo comprimenta-lo. O homem abaixou a varinha fazendo as malas pousarem no chão para responder o abraço da garota.

- Pai, que bom ver o sr.- Disse Eileen abrançando o pai que já tinha deixando os malões no chão. 

- Você está bem?- Perguntou analisando o rosto da garota, se certificando do seu bem estar. 

Snape sorriu e pensou se realmente era um bom pai para a jovem.

- Melhor impossível.- Respondeu, sorrindo. - Essa daqui é a Hope, minha melhor amiga.

- É um prazer.- Disse a outra garota apertando a mão do homem. 

Enquanto Hope levavá seu avó até a cozinha, Eileen e Snape foram para um outro cômodo vazio da casa. O lugar era úmido e escuro, o ar também parecia mais frio naquele lado. 

- Creio que o sr estava muito ocupado em Hogwarts mas não respondeu nenhuma carta, fiquei preocupada.- Disse a garota parecendo estar desapontada.

- Me desculpa, querida.- Disse Snape.- Dumbledore proibiu, e eu achei melhor assim. Se as cartas parassem em mãos erradas podiam descobrir tudo. Ia colocar a sua vida e de pessoas próximas á você em risco. 

- Pensando por esse lado..- Comentou Remus.

- Eu entendo, me desculpe. 

- Não teria como você saber dessas coisas, acredito que as ordens que recebi também serviram para os outros. Desde que ele voltou as coisas estão mais perigosas.

- O sr tem andado com ele? - Ela perguntou e segurou o pulso dele e levantando sua manga até que a marca estivesse visivel.- Ela ardeu? 

Snape pós a mão na recém marca que estava gravada em seu pulso, fechou os olhos com forças já se arrependendo daquilo. Pela terceira vez mais uma mulher tinha ocupado vaga em seu coração, era a vaga imensa que Eileen havia conquistado.

- Sim.- Ele respondeu e os olhos dela ficaram lácrimejosos.

- O sr foi até ele?- As lágrimas começaram a escorrer pelo seus rosto enquando a garota formulava a pergunta.

- Não deve se preocupar com isso, você é ainda uma criança.- Respondeu secando as lágrimas da filha.

- Eu já tenho 15 anos. - Disse dando ênfase.

- Grande coisa.- Disse Sirius.

- Grande coisa, Eileen. Daqui a dois anos você me faz essa mesma pergunta e eu lhe responderei.- Rebateu, seu tom não era de irritação e sua voz estava mais calma.

Eileen bufou.

- Você sabe qual é a minha confiança, e nada mais é importante.- Ele continuou a falar, só que agora mais sério do que antes.- Agora eu quero saber, você confia em mim? 

Snape franziu a testa pensando o porquê daquela pergunta.

- É claro que sim.- Respondeu com o semblante e a voz muito séria, como se oque ele falasse fosse a coisa mais óbivia.

- É tudo que preciso saber, e o que você precisa saber é que apesar de todas as circustâncias você deve ter sua lealdade a Dumbledore e a mim.

- Tá acontecendo alguma coisa.- Comentou Molly com a sobrancelha ruiva arqueada.

- Concordo.- Respondeu Snape.

- É claro que terei.- Respondeu.- Mas, quando a gente vai morar juntos? Você me disse que ia ser logo na última carta.

- Logo quando essas coisas passarem, agora é tudo muito arriscado Eileen. Qualquer deslize e tudo vai acabar.

- Pelo visto á coisa é muito séria.

- Muito mais que imagina, querida.

Eileen suspirou.

- Mas a onde eu vou ficar se não com você?- Voltou a perguntar.

- Com a Linda, e também tem a Molly que me disse que você poderia ficar um tempo lá se quisesse. - Contou.- O importante é você estar com pessoas que vão te proteger.

Snape sorriu tímido em agradecimento para a bruxa que devolveu com um largo sorriso.

- Eu ficarei.- Prometeu Eileen com um singelo sorriso nos lábios.- Gostei muito de todos.

- Fico feliz, e soube do ocorrido da noite que vocês foram levadas.- Disse franzindo a testa.

- É, não foi nada legal. Mas os poderes que elas tem são incríveis. Mas os meus nada até agora.

- Mais cedo ou tarde eles vão se manifestar.- Disse tentando conforta-la.

- Espero, seria horrível Dumbledore descobrir que mandou buscar a errada.- Exclamou fazendo Snape sorrir.

- Dumbledore não erra.- Disse Arthur encarando as páginas.

- Não cometeria um erro tolo desse.- Comentou Remus.- Ele sabe o que faz.

- Tenho certeza que não é.

- Você vai ficar para o almoço?- Perguntou.

- Não, eu nunca fico.- Contou.- E você tem que ir se arrumar.

- Para que?- Arqueou a sobrancelha.

- Vocês vão para o Beco Diagonal comprar as coisas que precisam para Hogwarts.- Contou arrancando um grande sorriso do rosto de Eileen que parecia iluminado pela notícia.

- Mal posso esperar.- Disse novamente o abraçando, estava visivelmente muito animada.

- Notei, Linda e Phoenix vão leva-las.- Contou.- E, agora eu preciso ir. 

- Foi bom vê-lo, pai.- Falou Eileen sorrindo de lado.

- Digo o mesmo. E lembre do que eu disse. 

Logo depois Snape foi embora alegando que precisava fazer um outro relátório. Eileen voltou animada contando as garotas a notícia que foi recebida com sorrisos de entusiasmo.

- E acabou.- Disse Arthur.

- Ai elas vão no Olivaras, certeza.- Disse Lily empolgada.

- E na Madame Malkin.- Disse Alice.- A melhor.

- Ir no Beco Diagonal é sempre mágico.- Comentou Tonks com os cabelos rosa berrantes.

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...