1. Spirit Fanfics >
  2. 2 muralhas (e uma mureta). >
  3. Cap 1

História 2 muralhas (e uma mureta). - Capítulo 1



Notas do Autor


Necesita-se de dados para interagir com a história.

Capítulo 1 - Cap 1


Fanfic Aqua. Tags: n sei criar fanfic, primeira fanfic do pai, Aqua, RPG, papai, muralhas.

Título: 2 muralhas (e uma mureta)

Em um mundo no velho oeste, com várias coisas místicas como deuses, poderes, demônios... Aconteceu algo bem interessante: Em uma cidade muito conhecida, uma das maiores da região, em um bar sentaram-se em uma mesa 3 forasteiros para planejar um assalto ao banco: Golias, um homem alto, forte, pai de família, e muito leal a seus companheiros, José,homem forte, com sua face desconhecida, que aparentemente gosta muito de caveiras,  em sua máscara ele usa a caveira de seu avô como homenagem e olíder da maior gangue do mundo, e lazus, procurado número 2 do mundo, serial killer q já devastou vilas inteiras, é conhecido também como demônio azul, é uma lenda viva para amedrontar crianças, sua cabeça está valendo mais do que 1.000.000 de yenes. Golias bebendo sua caipirinha se apresenta para os outros dois. Lazus está olhando para a face de Golias curiosa para saber: o que caralhos o Golias está fazendo aqui. E josé está prestando atenção em sua apresentação. Golias:

- Olá me chamo Golias, estou aqui porque recebi o chamado do josé meu amigo. Quem é vc azulzinho? E o que aconteceu? Lazus levanta da cadeira indignado, olha para o José e fala: quem é esse José? Você não me falou sobre ele!!

José: meu deus gente se acalmem!! Lazus, esse é o Golias meu amigo que ajuda minha gangue financeiramente e que em troca a gente combate políticos corruptos e bandidos... Golias, esse é o lazus, amigo meu que pode me ajudar em um trampo que estou planejando. Seguinte: hoje eu trouxe vocês aqui para me ajudarem. Golias -No que amigo? Lazus - Hum já sei q isso dai é merda.

José - Então... Golias, se lembra de nosso acordo?

Golias: Sim. Golias pensou: lá vem merda...

José - Farlei, essa cidade de lixo está com uma fraqueza no sistema, e eu convoquei-os para invadi-la, fazendo com que ela pare de nos extorquir financeiramente!! Vcs estão comigo? Lazus- Eu não tô nem ai pra sua cidade, mas... Vou te ajudar só porque você fez aquilo.

Golias- Mas é claro que vou ajudar!!! Aliás eu sou o resposável por nossa cidade, tenho o compromisso de ajuda-la!!

José - ok ent

José, Golias e Lazus foram até a "prefeitura" de farlei. Eles estão disfarçados: Golias como um administrador da cidade, Lazus como xerife local e José como dono do bar. Eles estavam indo para lá, no meio do caminho: Lazus- a gente tem que se disfarçar mesmo? José- sim, vamos fingir que somos da cidade e temos uma mensagem para falar com o provedor-mor (corrupto que está extorquindo financeiramente nossa cidade), quando chegármos lá, matamos ele. Golias- temos que matar ele mesmo? Você não acha melhor tentar fazer um acordo ou algo do tipo? José- verdade, vamos fazer o seguinte então: quando estivermos falando com ele o Lazus taca uma bomba de fumaça, desmaia-o e fugimos de lá. Quando estiver-mos em um local seguro botamos uma armadilha no corpo dele(em quanto ele ainda está desarcodado), depois presionando ele vamos fazer com que entre em um acordo. O que acham? Golias- ok, contanto que ninguém se machuque. Lazus- bah, tá bom vai.

José

- ok ent vamos lá

Chegando no balcão da secretária...

José- olá sou o dono de um bar local, tenho reclamações para fazer PESSOALMENTE com o cleiton(provedor-mor). Secretária- ok, ele está na sua sala. Ela explica onde fica a sala. José- obrigado senhora! Vamos lá galera.

Golias- obrigado! Vamos.

Lazus- ... (não falou nada) e inclina a cabeça para trás olhado par cima e com a columa eréta, ele também está com as mãos no bolso(com se estivese entediado). Eles seguem adiante, entram na sala fazem de acordo com o plano, sequestram o cleiton( babaca, corrupto...) e quando iriam sair veem que um segurança velinho vê eles sequestrarem o cleiton. O segurança fala: ei! Ei! Parem já ai!!! Lazus ignora ele mas é parado por josé, José avisa com a cabeça para olhar pro velinho, quando ele se vira ele vê que o velinho, se tremendo, está apontando para o lazus com um revólver, ele decide botar as mãos para cima mas nesse meio tempo em quanto o velinho estava com a atenção no lazus o José tenta fazer um ataque sútil no véio com seu dardo neutralizante, lançando-o usando seu dispositivo oculto no braço. Faça um teste de destreza para saber o resultado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...