História 2.0.0.2 - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Giovanna Chaves
Tags Giovanna Chaves, Jovanna
Visualizações 69
Palavras 651
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drabble, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


lá vem eu com mais uma fic
com mais uma música super top

Capítulo 1 - .único.


Fanfic / Fanfiction 2.0.0.2 - Capítulo 1 - .único.

{ Tínhamos apenas onze anos

Mas agindo como adultos

Como se estivéssemos no presente

Bebendo de copos de plástico

Cantando o amor é para sempre e sempre

Bem, eu acho que isso era verdade } 

Lá estava eu, mais uma vez relembrando da minha época de infância/adolescência. Posso dizer que era uma época maravilhosa, onde a única coisa que eu fazia -- além de estudar. -- era me divertir. 

Lembro-me de sair com minhas amigas para vários lugares, zoar com alguns vizinhos e ficar dando uma de difícil prós meninos. Ah... os meninos, um mais lindo que o outro, mas apenas um fazia meu coração acelerar a mil. Sim, ele: João Guilherme Ávila Costa.

Como aquele garoto poderia ser tão perfeito como ele era na época do colegial?! Sua beleza me levava as nuvens, algo um tanto inexplicável. Apesar de que éramos jovens, eu sabia o que estava sentindo em relação a João. Só não sabia se era possível chamar de Amor.

{ Dançando no capô no meio da mata

De um velho Mustang, onde cantamos

Canções com todos os nossos amigos de infância }

Eu sempre tentava, de alguma forma, dizer à ele o que sentia, o fogo que me possuía quando me lembrava dele. Mas eu descartava muitas vezes que João não me queria, pelo simples fato dele só ter olhos em Jade e Larissa. Oh céus! Por quê?!

O que será que ele via nelas que não me olhava? Será que eu era feia demais pra ele? Porque ele me achava doida? Por que muitas vezes ele me ignorava? Bem... até agora nunca obtive resposta. 

{ Oops eu tenho noventa e nove problemas cantando tchau, tchau, tchau

Espere, se você quiser ir e passear comigo

Melhor me dizer, baby, mais uma vez 

Pinte uma foto para você e eu

Dos dias em que éramos jovens

Cantando no topo de ambos os nossos pulmões }

No dia do acampamento escolar, talvez eu tenha me iludido, quando ele se aproximou de mim. Eu estava tão apaixonada por ele, que não notei o que de fato ele queria comigo. Dês do ônibus até o acampamento, eu só queria abraçá-lo e beijá-lo.

Pra minha "sorte", Larissa e Jade não foram. Uma estava doente e a outra teve que viajar com a família. Eu ainda disse a minha amiga Mharessa "Essa é a minha chance!", mas a mesma me disse pra esquecê-lo.

Minhas amigas não iam com a cara de João, achavam ele um galinha que só sabia iludir as meninas. Mas pra mim, ele era um príncipe. Não ouvi minhas amigas, e me entreguei a João. 

Eu e ele estávamos vendo o pôr do sol, em uma colina -- não era muito longe do acampamento. João começou a me elogiar, eu sorria feito boba, borboletas eram evidentes no meu estômago. E, quando ele pegou na minha mão, me olhou, não resistir e, o beijei. Aquilo foi como um sonho, de tão bom que estava.

{ Agora estamos debaixo das cobertas

Avancemos para dezoito 

Somos mais que amantes 

Sim, somos todos o que precisamos 

Quando nos abraçamos

Sou levada de volta a 2002 }

Me entreguei por completo a João. No começo, o mesmo me dizia que não era nada sério, era apenas por um tempo curto. Eu fiz de tudo para que ele se apaixonasse por mim, até um dia, no meu aniversário de dezenove, ele fez uma linda surpresa. Ele me pediu em namoro!

Posso dizer que foi o melhor dia da minha vida! Finalmente, o garoto que eu tanto amei, tanto desejei, tanto me entreguei, eu podia dizer que ele era meu. Apenas meu. 

{ Oops eu tenho noventa e nove problemas cantando tchau, tchau, tchau

Espero, se você quiser ir e passear comigo

Melhor me dizer, baby, mais uma vez

Pinte uma foto para você e eu

Dos dias em que éramos jovens

Cantando no topo de ambos nossos pulmões 

No dia em que nos apaixonamos 

No dia em que nos apaixonamos

No dia em que nos apaixonamos 

No dia em que nos apaixonamos amor, amor, amor }


Notas Finais


posso dizer que metade dessa história e verídica :')

música: 2002 anne-marie (RECOMENDO)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...