1. Spirit Fanfics >
  2. 3 de sanidade >
  3. Sentimento ou sofrimento

História 3 de sanidade - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


ok esse capitulo é pura enrolação já que faz muito tempo que eu não escrevo mas espero que o proximo capitulo seja melhor

Capítulo 1 - Sentimento ou sofrimento


Joe estava confuso perante seus sentimentos. pra falar a verdade confuso seria eufemismo.

 

ele já sabia que amar alguém estando envolvido em tantos problemas já era ruim mas namorar uma pessoa que também estava envolvida em problemas era pior ainda.

 

nunca havia nada de bom namorar uma pessoa que tinha problemas tão grandes como estar envolvido com o paranormal. mesmo ele que não estava envolvido perdeu seus amigos imagina o'que pode acontecer agora com seus novo grupo além das coisas terríveis que já aconteceram.

 

mas o césar. bem ele poderia ser considerado uma exceção, certo?

 

o baixinho já sobreviveu a tantos monstros sem nem mesmo ter um arranhão.

porra ele derrotou o que o grupo achava que era a morte 

ele tinha muita sorte.

mas também muito azar

em um caminho tão longo até agora o único machucado que ele conseguiu até agora foi de uma porta 

então essa mudança de humor que a  sorte dele posuia ele não poderia arriscar

 

mas droga desde o momento em que ele conheceu césar no prédio da agência ele sabia que ele seria sua perdição. mas sabia que ele seria sua fonte de luz.

pois bem teve vários momentos em que ele colocou Cesar acima de sua saúde mental

no sanatório no hotel no cemitério droga ele perdoou ele por quase tê-lo matado, mesmo sabendo que ele não estava são naquele momento, aquilo iria dar uma cicatriz feia

 

mas tudo valia a pena, droga aqueles lábios os cabelos que pareciam tão sedosos e sua inteligência perante a tecnologia deixava Joe louco

 

ele sabia que os dois não foram feitos um para o outro afinal Cesar odiava se exercitar e sua postura era horrivel já joe amava correr somente de sentir a adrenalina passar sobre suas veias enquanto competia era maravilhosa.

 

então porque quando césar o abraçou, ele sentia que ele poderia manter sua mente estável, parada.


 

mas Joe queria mais ele queria sentir Cesar abaixo de si queria beijar cada pedacinho de seu corpo, queria que césar gemesse seu nome alto o suficiente para toda carpinha ouvir, queria que césar puxasse seu cabelo e o chama-se de nomes que nem ele diria. acredite ele não era um psicopata, mas ele era o mais jovem do grupo e seus hormônios por mais que não estivessem a flor da pele, ainda o faziam imaginar coisas que deixariam suas noites com um problema a mais para resolver


 

mas o abraço que césar lhe deu foi a melhor coisa que lhe aconteceu desde que chegaram aquela maldita cidade ele poderia citar várias coisas que lhe ocorreram em detalhes

 

.suas novas fobias

.a morte do Christopher

.a morte do Getúlio

.a morte de uma gangue a qual eles se tornaram amigos

.o suicídio do Brulio

 

mas se somente um abraço o fez lembrar disso imagina o'que um beijo poderia fazer

ou então o'que poderia acontecer se eles dormissem no mesmo quarto novamente?

 

ele pensaria nisso, depois de um bom copo de álcool que a dona Ivete preparou pra ele mas seria somente dessa vez afinal seu corpo era um templo 

 


Notas Finais


Ok quem sabe eu faço um proximo capitulo de lemon para alegrar as magoas que o episodio dessa semana deixo em seu coração querido leitor(a)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...