História 3 meses - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Youngjae
Visualizações 2
Palavras 1.203
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem:3

Capítulo 4 - Audacioso



Após uma noite mal dormida por conta dos meus múltiplos pensamentos sobre o assunto que eu e Jae estávamos conversando na noite anterior me levanto vendo que Younjae não estava mais na cama,desço em passos lentos até a cozinha vendo ele e por incrível que pareça nossos dois amigos ali presentes.

-O que estão fazendo aqui?-pergunto com a voz rouca,coçando meu olho

-Bom dia hyung!-BamBam diz rindo

-Chegamos bem cedo,vamos tomar café da manhã juntos!-diz Jackson sorrindo largo

-Ah que sorte.-reviro os olhos internamente me sentando na cadeira,sorrindo mínimo para Jae.

Comemos todos juntos,brincamos durante a refeição, então coloquei minha roupa tipica para trabalho me despedindo de BamBam e Younjae.

Durante o caminho até a empresa fico em um absurdo silêncio,aquilo estava martelando em minha mente.

-Porque está quieto?Está assim desde do café.-Jackson pergunta baixo

-Assuntos irrelevantes.-sorrio nervoso olhando para baixo

-Se fosse algo irrelavante não estaria tão quieto.-ele estaciona o carro-Ande conte-me!Sou teu melhor amigo,estou aqui para tudo..-ele sorri fraco

-Ok.-suspiro decidindo falar-Eu e Jae estamos na cama ontem conversando,estou com um sentimento ruim não sei o que é ainda,ele disse para eu torcer que não fosse nada com alguém importante.Mas então veio ele na minha mente,eu o chamei porém ele já havia dormido.-suspiro,abrindo a porta

-Hum,ruim.-ele diz andando-BamBam me disse que Younjae está mais palido,não está comendo direito...-diz alheio-Ah também disse que Jae anda sentindo tonturas.-ele diz e me olha assustado.-Puta merda!Ham finge que não escutou nada ok?!Olha Leo me esperando,falou Jaebum!-ele sai correndo desesperado em direção ao garoto,puxando ele até sair do meu campo de visão 

Ando distraído até minha sala,hum estou esquecendo algo?

Como assim meu JaeJae estava passando mal e não havia me dito?

-Jaebum-oppa!-ouço um grito,olho para trás 

A menina que corria em minha direção não conseguiu parar,ou seja,isso resultou em:Um monte de papéis pelo chão,eu de costas no chão,ela caida em cima de mim.As poucas pessoas que estavam ali presentes desviaram o olhar, porém podia notar seus olhares escondidos direcionados a nós.

-Jaebum-oppa...m-me desculpa.-ela gagueja toda vermelha,porém não saia de cima de mim

-Vamos conversar depois-digo sério

-Tudo bem.-ela sussurra

-Agora saia de cima de mim!-peço desconfortável,ela rapidamente se pôs de pé arrumando sua roupa e cabelose levanto sem sua ajuda arrumando minha gravata e terno.-Bom,pegue isso,estarei na minha sala.-digo sem graça porém autoritário indo em direção a minha sala enviando olhar para os demais.

Assim que entro em minha sala,fecho a porta suspirando umas 5 vezes.Me sento na minha cadeira,pegando meu celular vendo algumas das minhas redes sociais,mas nenhuma mensagem de Jae,eu deveria chamá-lo agora?Se a resposta fosse sim,isso teria que esperar, alguém bate na porta.

-Ah Angel.-digo baixo,dando espaço para a menor entrar

-Jaebum-oppa me desculpe por aquilo,estava tão distraído e daí parou do nada!-ela explica  desesperada

-Tudo bem.-suspiro-Coisas acontecem, não se machucou neh?-pergunto

-Não,e o senhor?-ela me olha preocupada

-Não.-respondo simples voltando a me sentar-Hoje faça isso.-entrego papéis em sua mão-Me de estes!-pego os papéis em sua mão-Bom trabalho.-sorrio forçado

~horario de almoço~

Procurava Jackson a todo custo,porém o menor sabia onde se esconder só pode!Acho Leo com meus olhos,ando em passos rápidos até ele parando em sua frente.

-Ei Leo!-sorrio-Onde está Jackson?

-Jaebum-hyung!-ele sorri-Jackson-hyung está fugindo de vc desde que chegou.-ele ri,não sabendo da ocasião-Esta nos fundos da empresa,de baixo da árvore.-ele diz fofo

-Obrigado garoto!-bato em seu ombro,correndo até onde ele indicou

Olho para os lados procurando a árvore,vejo um ser pequeno e desengonçado comendo de cabeça baixa,me aproximo até ele me sentando ao seu lado.

-Eu irei matar Leo!-diz ele sem me olhar

-Jack..Por favor me conte.-peço baixo

-Oh céus que BamBam não descubra que lhe contei!-ele diz fazendo uma cruz em seu peito,olhando pro céu-Enfim,BamBam é observador sim?Ele me disse essas coisas,porém também disse que não era certeza então mandou eu não abrir minha boca.-ele faz uma careta

-Mas porque Jae não me contou nada daquilo?-me pergunto

-Por favor não comente com Youngjae!-ele pede desesperado

-Como?-o olho-Como vou saber que a saúde dele está boa?

-Ele tem que fazer exames diários,leve ele ao médico o mais rápido possível.Peço que BamBam marque uma consulta para ele esta semana se quiser.-Jacskon explica

-Obrigado!-sorrio largo bagunçando seus cabelos,me levanto-Nosso horário acabou, Wendy vai acabar com vc!-mostro o dedo do meio pra ele rindo,corro até minha sala deixando Jack para trás

Assim que chego em minha sala Angel estava sorridente.

-Oppa!-ela sorri-Comprei café para vc!-ela sorri me entregando

-Obrigado!Mas não precisava.-digo sorrindo nervoso me sentando

-Isso é um pedido de desculpas, aceite!-ela faz um biquinho

-Ok.-sorrio fraco,olhando os papéis que ela havia feito as contas e tudo mais-Esta tudo certinho!-sorrio sem mostrar os dentes,vendo aquela garota sentando de pernas cruzadas em cima da mesa,me olhando estranho.

-Jaebum-oppa.-fala ela com uma voz irritante-Adorei aquela posição quando cai em cima de vc.-ela diz sorrindo de lado

QUE AUDÁCIA!

-Quantos anos tem?-pergunto debochado

-16!-ela sorri se exibindo

-Uma criança!Me sentiria um pedófilo.-me levanto-E acho que já notou, só está se fazendo de idiota,eu sou casado com alguém bem melhor.-sorrio-Agora meu turno acabou,a limpe isso.-sorrio maldoso

-Isso o que?-ela pergunta, então derramo o café que ela havia me dado no chão

-Isso.-sorrio jogando o copo-Tenha uma boa tarde senhorita Angel.-mostro o dedo do meio saindo da sala fechando a porta

Posso escutar seus gritos e xingamentos,mas ignoro,pego carona com Jackson e conto o que havia ocorrido,ele dá risada.Jackson diz todo orgulhoso que ajudou Leo com seu crush,ai ai essa criança.Jackson por incrível que pareça disse que BamBam já havia ido para casa, então quando entrei em minha casa me deparei com todas as luzes desligadas.Subo até meu quarto onde encontro apenas uma freixa da porta aberta,iluminando um pouco o corredor,aos poucos quando andava vou tirando minha gravata,abro a porta ficando loucamente louco pelo corpo em cima da minha cama,Jae estava com meias 3/4 rosas claras,sem roupa,com um vibrador  em sua entrada,ele estava deitado se contorcendo na cama me chamando de forma manhosa.

-Jaebumie.-ele chama baixinho,gemendo

Retiro minha blusa e subo em cima de si na cama.

-Shiu.-tiro alguns fios de cabelos da sua testa soada.-Jaebumie está aqui baby.-digo,atacando seu lábios em um beijo feroz

Ele gemia entre o beijo,seguro o vibrador em sua entrada estocando fortemente vendo ele agarrar os lençóis contorcendo suas costas.Desço meus beijos até seu pescoço,fazendo ali uma marca linda.Retiro o vibrador de sua entrada,ouvindo ele gemer em desgosto,começo a masturbar o menor enquanto com certa dificuldade tirava minha calça, após retirar todas minhas peças de roupas enfio meu membro na entrada apertada do meu amado forte e fundo,ele grita.Com a mão que masturbava seu pau tampo a boquinha quente do menor evitando que gritasse,apenas vendo seu corpo tremer e se arrepiar a cada estocada forte e funda.Continuo a estocar no menor até que ele pedisse para parar,porém me surpreendo quando ele fica por cima de mim e começa a quicar em meu pau,jogo minha cabeça pra trás gemendo alto,ele com sua cabeça pra trás quicava de uma maneira surreal em cima do meu pau me levando a loucura.Ele começa a se masturbar enquanto quicava o mais rápido que podia,ele segura meus ombros,aperto sua cintura forçando contra meu membro vendo ele rebolar com meu membro dentro dele,isso estava tão quente.Ele vem ao ápice primeiro e logo depois sou eu.Ele se deita ao meu lado.

-Puta que pariu.-digo pesado,suspirando-O que foi isso?

-A melhor transa que tivemos.-ele diz fofo-Estava com tanta vontade amor.

-Imagino,pra usar o vibrador.-digo abraçando ele

-Uso ele bem mais do que imagina.-ele diz rindo-Vou dormir.-ele me dá um beijinho virando de costas pra mim

-Que audacioso.-digo rindo,abraçando ele por trás-Bons sonhos nenê!-dou um beijinho em sua nuca vendo ele adormecer.










Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...