História 30 dias ao seu lado - Imagine Jennie (G!P) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Blackpink
Personagens Jennie, Jisoo, Lisa, Personagens Originais, Rosé
Tags Blackpink, Imagine Jennie
Visualizações 125
Palavras 1.221
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, LGBT, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Vinte e oito dias


Fanfic / Fanfiction 30 dias ao seu lado - Imagine Jennie (G!P) - Capítulo 4 - Vinte e oito dias


– E aí como estou? – S/n pergunta a Lalisa e Rosé, que ficaram encarregadas de arruma-la.

– Está gata se não fosse minha irmã, eu pegava.– disse Lalisa, fazendo S/n rir e Rosé bater com a bolsa em sua barriga.–

– Sossega Lalisa!!

– Ainda bem que a grávida não sou eu.– resmunga Lalisa.

– É sério gente, como estou? – S/n estava ansiosa, veria Jennie novamente.

– Está linda não se preocupe.– Rosé diz sorrindo, orgulhosa do seu trabalho.

– Iihhhh esse sorrisinho, pode parando.– Lalisa reclama.

– Ah Lalisa, cala a boca, vou fazer a janta, eu como por dois.– Rosé sai do quarto irritada, Lalisa tinha esse poder.

– Você deveria parar de fazer isso Lalisa, ela está grávida agora.– repreende S/n.

– Ah...eu fiz de leve, são os hormônios dela que estão a flor da pele...– Lalisa diz enquanto brincava com a almofada.– Está levando camisinha?

– LALISA...estou saindo para jantar e não transar com a Jennie.

– Nunca se sabe, quero mais uma sobrinha. Já que esse pinto aí só fabrica meninas.

– Ah o que garante que o seu fabrica meninos? Vai que é trigêmeas ou gêmeas?

– Cala a boca, se uma criança dá trabalho imagine três ou duas.

– E você me pedindo mais uma sobrinha...– S/n retrucou e escuta o celular apitar.– É a Jennie, ela está pronta...

Lalisa dá um pulo da cama, e iria ajudar a irmã, quando vê o estado que ela se encontrava, estava nervosa, e é motivo de risos em Lalisa.

– Se acalme trouxa, tudo ocorrerá bem, Jennie irá amar.

– Trouxa Lalisa? Você é uma péssima conselheira.

– Não dê bola para ela S/n, quando ela descobriu que seria mãe, desmaiou no meio do consultório...– Rosé disse rindo fazendo Lalisa revirar os olhos.– Vai lá...Jennie está te esperando.– sorriu.

– Obrigada Rosé..– sorriu.– E você toma juízo sua ridícula.– bateu a almofada na irmã.

– Vocês me odeiam.– resmunga Lisa.

[...]

S/n esperava pela Kim, havia tocado a campainha, Jennie já estava saindo. Quando a porta é aberta, mostrando Jennie estava bela.

– Fecha a boca..vamos..– Jennie brinca.

– Ah...desculpa, vamos.– S/n riu, estava envergonhada.

No caminho para o restaurante, Jennie liga o rádio, para ela o som das ruas e dos carros estavam entediantes. Uma canção em que recordava as duas, tocavam na hora.

Porque eu não quero perder você agora
Estou olhando bem para a minha outra metade
O vazio que se instalou em meu coração
É um espaço que agora você guarda
Mostre-me como lutar pelo momento de agora
E eu vou lhe dizer, baby, isso foi fácil
Voltar para você uma vez que entendi
Que você estava aqui o tempo todo

É como se você fosse o meu espelho
Meu espelho olhando de volta para mim
Eu não poderia ficar maior
Com mais ninguém ao meu lado
E agora está claro como esta promessa
Que estamos fazendo
Dois reflexos em um
Porque é como se você fosse o meu espelho
Meu espelho olhando de volta para mim
Olhando de volta para mim
Você é, você é o amor da minha vida

As duas cantavam o refrão juntas. A música foi aquelas que elas dançaram juntas, no baile de formatura. No final, resultou em sorrisos e risadas.

– Lembra? Estávamos no baile de formatura da escola.– comentou S/n e Jennie sorriu olhando a mais velha.

– Sim, enquanto Lalisa pegava Rosé no banheiro, depois ficamos doidas procurando as duas.

– Concordo.- riu -..Ah, e adivinhe? Elas serão mães!! Descobri isso hoje, Lalisa engravidou Rosé.

– Poxa, finalmente.– disse Jennie.– Quero visitá-las, faz bastante tempo em que eu não as vejo.

– Elas irão gostar...

Chegando no restaurante, S/n havia reservado a melhor mesa, era mais privada e tinha uma ótima vista para a cidade.

Iniciaram com um vinho suave, não queriam inciar a noite bêbadas. Depois de pedirem seus pratos, a mesa ficou silênciosa por um momento. Jennie olhou em volta do local era bem refinado, S/n tinha condições de pagar, porém sabia que sua esposa não era tanto de gostar do luxo.

– Esse restaurante é caro, não precisava...– comentou Jennie.

– Eu queria lhe dá conforto.

– Mas eu sei muito bem, que você não se sente muito confortável em lugares assim. Não estou reclamando, apenas dizendo que você poderia ter visto um lugar em você também poderia está a vontade.

– Não precisa se preocupar.– sorriu.– Está okay, eu sei me acostumar...

– Mas da próxima, eu escolho o local...– disse Jennie.

– Tudo bem...E Sue? Como está?

– Ela está bem, porém hoje veio da escola calada, não quis se abrir.– disse Jennie.

– Quando fui buscá-la, ela estava sozinha apenas lendo um livro. Sabe o que está acontecendo na escola?

– Ela me diz que prefere ficar assim.

– Não é bom...mas daremos um tempo a ela, eu irei conversar com nossa filha.

– Faz bem.– Jennie sorriu.

O prato havia chegado. S/n e Jennie jantavam, as vezes riam, trocavam olhares, estavam curtindo a noite. Logo em seguida, pararam para olhar a vista, foram para o terraço do restaurante.

– Amo quando a noite chega. Consigo respirar fundo, esquecer os problemas.– disse Jennie.

– Também é como um calmante. Apesar das vezes ser bem solitária.

Jennie encara S/n, relembrou Sue havia dito na noite anterior.

– Sue me disse que poderíamos voltar agora mesmo.– comentou Jennie e S/n sorriu.

– Ela está certa.- encarou Jennie com um sorriso.

– Sim está, mais ainda temos 27 dias para pensar, coisas que acontecem no momento, são bem diferentes para a vida toda.

S/n ficou calada, Jennie estava certa. Elas ainda tinham 27 dias antes de assinarem.

– Vamos? Está tarde.– disse Jennie.

– Vamos.

No carro, dessa vez S/n ligou o rádio, Without me da Halsey preenchia o carro que antes estava silêncio em silêncio. S/n as vezes olhava Jennie, assim como Jennie perdia seu olhar em S/n.

Ambas se sentiam preenchida com a presença que uma fazia a outra. Como se tudo voltasse, a vida delas. Como se a saudade estava morta.

Um trecho da música, foi cantarolando pelas duas, em um sussurro.

Diga-me como é a sensação de estar aí em cima
Sentindo-se tão alto, mas longe demais para me abraçar
Você sabe que fui eu quem te colocou aí em cima
Com seu nome no céu, alguma vez se sente sozinho?

Já na porte de casa, Jennie não havia saído do carro, S/n também não havia questionado. Apenas o barulho do alerta dentro do carro se fazia presente.

– Obrigada pela noite...mais uma vez.– Jennie agradece e S/n sorrir.

– Faço isso por nós, temos 27 dias ainda de casadas, quero recompensar tudo aquilo que eu perdi.

– Não se esqueça que nós perdemos, quero tentar recompensar, você não foi a única errada da relação.

S/n encarou Jennie, que já tinha os olhares da Kim.

– Vamos fazer isso juntas, a partir de amanhã. Ainda somos casadas...– disse Jennie estendendo a mão. S/n suspirou e sorriu, segurou a mão de Jennie, deixando um beijo no local.

– Eu sinto sua falta Jennie, por favor, vamos voltar a ser um verdadeiro casal, me deixe voltar para casa.– S/n tinha seus olhos marejados, Jennie sorria.

Jennie sorriu, beijou no canto da boca de S/n.

– A porta sempre esteve aberta, você que não voltou.– Jennie deu um mini sorriso.– Tchau S/n, boa noite.– saiu do carro e entrou.

S/n suspirou. Ela deveria ter feito isso, na primeira vez em que resolveu sair. Estava arrependida. E isso doía a cada vez mais.


Notas Finais


Então????????
Sobre a roupa da Nini, era aquela lá da mídia.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...