História 30 Dias Com Eles - Capítulo 22


Escrita por:


Capítulo 22 - 021


Fanfic / Fanfiction 30 Dias Com Eles - Capítulo 22 - 021

@gigihadidallas: 🔥 

♡@zaynmalik,@cameronhdallas,@aaron, @jackj,@jackg,@Hayes,@kendalljenner, @dylanO'brien, @taylorswift e outras 450 mil pessoas curtiram isso.

Comentários desativados.

Mandei mensagem para Kendall e pro Dylan contando sobre o absurdo que o Zayn e aquele idiotas queiram fazer, e que agora eu nem podia contar com apoio do meu irmão para me ajudar a entrar nessa festa.

_ Eu não tenho roupa para ir- choraminguei depois de tirar todas as minha a roupa do gaurda roupa e jogar no chão

Não me importei com a bagunça a final manhã minhas malas deveriam está pronta antes do meio dia, bom foi minha mãe disse durante a chama, foi engraçado primeiro ela ficou feliz ao saber do meu namoro com Zayn, e sobre festa que daríamos na casa do tio Taylor "Quebrem muitas coisas na cada dele, durante a festa, porque isso vai fazer ele ficar puto da vida" palavras dela, depois ficou irritada quando soube que Zayn queria me deixar trancada no quarto "Se eu fosse você, teria dado um soco nas bolas dele, para ele aprender que não manda em você" palavras dela. Agora enquanto eu procurava uma roupa para festa e separava uma roupa usar amanhã, eu já arrumava as minhas malas.

_ Ocean eyes, me perdoa eu sei que fui muito escroto quando disse para você ficar aí trancada no quarto durante a festa, por favor me deixa entrar- pediu enquanto bati na porta, revirei o olho e fui abrir a porta para ele

_ Se você me aprontar mais uma daquelas, eu juro que corto suas bolas foras e faço você comer.- ameacei, e dei espaço para ele entrar.

_ Passou algum furacão aqui?- ele veio até onde era o único lugar que não havia roupa, minha cama e eu voltei a colocar as minha roupas na mala, analisando tudo para escolher a roupa certo para festa. Seus olhos haviam me analisado de uma forma divertida.

_ Eu tenho que arrumar as minhas malas.- expliquei _ Você já arrumou as suas?

_ Não, amanhã eu me preocupo com isso.- revirei o olho

_ Eu também não tenho roupa para usar hoje- reclamei, e um sorriso pervertido apareceu em seu rosto.

_ Desde que você não use apenas essa langeri, por mim tudo bem- ele veio até mim e tentou me beijar, então seu olhar desvia e pega uma calcinha de renda minúscula _ Me diz que um dia eu ainda vou te vê usando isso.- fala com o olhar safado, e eu devolvo o olhar e mordo o lábio inferior

_ Quem sabe um dia, em que você deixar de ser um imbecil por completo.- falei com um falso sorriso de inocência. Então ele prende uma mão em meus cabelos e outra na minha cintura e me beija. Coloquei as minhas mãos em seu cabelo, afim de aprofundar mais o beijo. Ele deito nossos corpos no meio da bagunça das minhas roupas ele se encaixou entre as minhas pernas e pude sentir muito bem ereção, minhas pernas rodearam sua cintura, suas mãos desceram para o meu corpo e ele continuou o beijo, era incrível com o eu estava extremamente viciada no beijo desse filho da puta.

_ Temos que parar por aqui- falei me lembrando que tínhamos uma festa para ir, ele deu um selinho rápido nos meus lábios e saiu de cima de mim, soltei um suspiro de frustração, porque eu queira continuar, mas queria ainda mais ir nessa festa. _ Pode me ajudar a colocar isso tudo dentro das malas?- ele sorriu, em seguida me puxou para seu corpo me beijando novamente _ Isso é um sim?

_ Não, porque eu tenho que ir vê o que aqueles idiotas estão aprontando lá em baixo- fala caminhando em direção a porta do meu quarto

_ Seu filho da puta- resmumguei.

Depois que havia conseguido guardar quase todas as roupas, deixando apenas um maior (que mais parecia um corpete) branco e um vestido branco transparente e um short jeans e uma t-shirt, deixei a roupa que iria usar hoje e amanhã jogas na minha cama. Em seguida fui tomar banho, demorei mais que o normal.

Quando sai do banheiro enrolada no roupão e com uma toalha secando os fios de meu cabelo, quase caí para trás quando vi meu irmão, Cameron sentado na cama e olhando indignado para a maldita calcinha de renda. Comecei a dá passos para trás, porque não queria brigar logo agora.

_ Por que o Zayn saiu do seu quarto e eu encontrei isso jogado no chão?- pergunta sem olhar para mim, e eu revirei o olho _Responda a porra da pergunta, Jelena.

Eu não deveria, mas foi impossível não engoli em seco, quando percebi o quão irritado ele está. Seu olhar acusador sobre mim me intimidou por alguns segundos.

_ Olha eu já te falei que não sou mais virgem. É o que eu deixo fazer ou não com o meu namorado, só tem interesse para nós dois- falei indo tirar a maldita calcinha da sua mão.

_Eu vou matar aquele filho da puta.

_ Não vai não, porque você não tem esse direito. Porra Cameron vê se aceita o fato que eu cresci e que não sou mais aquela menina que brincava de boneca e chorava de medo em vendo filmes de terror. Eu cresci, assim como você cresceu, então só aceita ou pelo o menos fingi que aceita.- falo e depois dou um longo suspiro _ Por favor, saí do meu quarto para mim me trocar.

_ Tudo bem, você tá certa- arregalei meus olhos, tanto que achei que iam sair do meu corpo _ Só que é difícil pensar que você possa fazer...- ele faz um carreta _ É melhor nem pensar, eu só queria essas férias nunca tivesse acontecido, porque assim você ainda seria a minha irmã pirralha.

_ Seu imbecil, eu já tinha deixado de ser sua irmã pirralha a muito tempo, você só não queria enxergar- falei e ele me abraça, e beija o topo da minha cabeça

_ Você está feliz?- sua pergunta me pegou de surpresa, porque eu não sabia a resposta, quer dizer eu estava feliz com tudo aquilo que tinha acontecido?

Concordo com cabeça, e ele saiu do meu quarto. Lá pelas dez horas da noite o barulho de música no andar de baixo havia ficado muito mais alto, terminei arrumar meu cabelo e calcei uma sapatilha. Desci as escada e fui para área da piscina, além da música alta havia várias pessoas, a maioria mulheres de biquínis, dentro e ao redor da piscina, ainda havia aquelas que estavam de roupas.

Caminhei entre as pessoas olhando ao redor procurando os meninos, vi meninas com biquínis menores que o normal, alguns meninos com corpos sarados a mostra, a avistei o Matt e o Aaron dentro da piscina com duas garotas morenas peitudas, cada uma agarrada em um deles, e próximos a ele estava o Cameron beijando uma garota, arregalei meus olhos. Me aproximei mais da piscina apenas para ter a certeza que era a Kendall e não outra vadia qualquer, graças a Deus que meu irmão não é um filho da puta.

Só não fui lá conversar com os dois, porque eu vi algo que me irritou profundamente.

A poucos metros de mim, o Zayn estava sentado na borda da piscina exibindo sua linda barriga definida, junto com as suas belas tatuagens e ostentando um belo sorriso no rosto, até aí tudo bem. Porém, ao seu lado estava uma menina com um biquíni vermelhos quase mostrando os peitos falando algo que o fazia rir enquanto sua mão estava na coxa dele.

Não sei se eu herdei o ciúmes e o amor por gritar com as pessoas da minha mãe, mas eu estava preste a ir até ele e matar os dois afogados.

_ Você não é a única garota no mundo, Jelena- tomei um susto com a voz grave do Sammy atrás de mim e como já era de se esperar no momento em que fui me virar para vê-lo acabei escorregando.

Antes de eu cair, a mão do Sammy me segurou e ele puxou meu corpo para perto do seu. Antes de começar a pensar merda ergui o olhar e encontrei seus olhos me encarando, sua respiração estava pesado e ele aproximou seu rosto do meu até nossas testa se tocarem, meu corpo congelou naquele instante, não de uma forma boa e sim ruim, porque na minha cabeça tinha uma vozinha que falava que era errado trair, porra de consciência.

Então de repente comecei a sentir algo muito frio em contato em meu corpo. Água começou a entrar pelo meu nariz me impedindo de respirar, eu estava assustada depois para pensar em ficar de pé.

_ SOCORRO- gritei enquanto tentava voltar a superfície batendo as mãos e os pés, porra eu deveria está aparecendo uma galinha choca batendo as asas dentro ďagua, pois era possível ouvir muitas e muitas risadas.

Sem ao menos ver quem era, me agarrei no seu pescoço e consegui voltar a respirar. Beleza eu entre em pânico!

_ Você está bem?- ouvi a voz de Dylan.

Fechei meus olhos rapidamente e amolece meu corpo para dar a impressão que eu estava desmaiada. Não me julgue, porque caralho esse meu amigo é muito gato e beija muito bem, não vou perder essa oportunidade de senti sua boca na minha de novo.

Mas você vai está traindo o Zayn! Que o Zayn vá pra puta que pariu, porque ele estava ficando de papinho com aquela piranha lá!

Senti quando ele tirou meu corpo da água e colocou no chão, ao notarem que eu estava desmaiada as risadas pararam e desligaram o som.

_ Tinha que ser a pirralha para estragar tudo- ouvi Hayes reclamar e quis mandar ele se fuder, mas desisti quando ouvi a voz do meu amigo Dylan.

_ Acho que ela ingeriu água e precisa de respiração boca a boca- fala e eu queria abri um sorriso

_ Pode deixar que eu faço- Zayn o traíra que fica de papinho com piranha, fala e abri um pouquinho os olhos e vi ele se aproximar. _ Eu sei que você está acorda, eu vi seu pequeno sorriso quando o Dylan falou sobre respiração boca a boca.

_ Seu filho da puta traíra- falei e ele me deu um selinho e puxou meu braço para levar

_ Você está bem?

_ Porque não pergunta para aquela piranha, que você está conversando?_ cruzo os meus braços e faço birra, foda-se  qualquer coisa eu culpava a bebida(que eu nem tinha bebido)

_ O quê? Nos só estávamos conversando, inclusive eu disse a ela que tinha namorada- sua mão tocou meu rosto, observei sua expressão e ele parecia está sendo sincero _ Não precisa desconfiar de mim- ele sorriu, mas eu ainda está desconfiada.

_ Você precisa ir tirar essa roupa- Dylan apontou para minha roupa.

_ Ela não precisa da sua ajuda- Zayn fala

_ E nem da sua. - Dylan reviro o olho e saí dali, depois de falar.

E eu comecei a andar em direção às escadas com o Zayn atrás de mim. A festa estava sendo apenas do lado de fora e dentro da casa ainda estava completamente arrumada, mas ainda havia alguns casais se pegando aqui dentro.

_ O quê você estava falando com aquela piranha?- parei de andar no segundo degrau da escada e olhei para ele cruzando os braços. Eu tinha tanto ciúmes quanto minha mãe e o meu pai junto.

_ Não tem importância, ocean eyes.- ergueu a mão para tocar o meu rosto. Ele abriu a porra de sorriso e sem eu esperar passou um braço em volta da minha cintura me puxando para perto dele, tentei não olhar para seu peitoral bem definido, mas falhei miseravelmente.

Jelena você está com raiva dele, não com desejo sossega esse fogo.

_ Eu preciso trocar roupa, me solta- levantei meu olhar para o encarar e ele soltou um suspiro _ Eu não vou pedir de novo.

_ Ocean eyes, eu nunca trocaria uma mulher como você, por outra. Nunca!- fala me encarando com aqueles olhos castanhos, e eu senti sinceridade em suas palavras _ Porra Hadid, você me colocou de quatro por você, com somente um sorriso, e se depender de mim esse nosso relacionamento iria ser para vida todo.- porra agora eu tinha ficado sem palavras.

_ ohhh ocean eyes, eu nunca, nunca irei colocar uma agaia em você- o Aaron começou a imitar a cena e procurei algo para acertar a cabeça dele.

_ Se depender de mim, isso ser a pra sempre ocean eyes- Theo e ele colocam a mão na boca é simulam um beijo apaixonado. É porra eu só conseguia rir, esse dois tavam passados na bebida e amanhã o Aaron iria se arrepender de ter bebido também.

~•~

Depois daquele momento tudo parecia um breu na minha cabeça, me lembro de vê a Kendall e Zayn discutiram sobre algo.

_ Por favor, Kendall- Zayn praticamente implorava e minha cabeça quase explodia de dor.

Passei a mão em minha cabeça, voltei a fechar meus olhos por causa da claridade, olhei para o lado e vi Kendall deitada ao meu lado. Me sentei na cama e então meus pés pisaram em algo macio.

_ AÍ PORRA- gritou então olhei para baixo vendo o Zayn deitado ali, com sua calça de moletom preta

_ Não grita porra, porque minha cabeça está explodindo- falei passando por cima dele e indo para o banheiro, e ouvi Kendall resmungar algo, deve está acordando.

_ Também não é para menos, você ontem bebeu todas ontem- falou vindo me abraçar por trás e beijando meus cabelos _ Você não imagina o trabalho que me deu ontem.

_ E você não imagina, o quanto quis te bater ontem quando vi  você conversado com aquela puta- falei com um falso sorriso e vou escovar meu dentes. 

_ A eu imagino sim- fala beijando meu ombro, então ouço a porta do meu quarto bater, Kendall deve ter saído _ Agora eu tenho que ir arrumar as minha malas- fala e saiu do quarto também.


Notas Finais


No próximo capítulo será o Zayn narrando.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...