História 50 dias com JK - Taekook - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Hopekook, Jikook, Jinkook, Jkook, Kookv, Minkook, Namkook, Obra De Nina, Seokook, Taekook, Vkook, Yoonkook
Visualizações 85
Palavras 389
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Dia 7 - Hoseok


Noite passada, Yoongi me tocou sem permissão. Eu me senti estuprado. Tentei tirar ele de perto de mim, mas Yoongi estava bêbado. Foi ingênuo em o convidar para beber no meu quarto. Por que não considero estupro? Eu estava tão bêbado quanto ele e acabei deixando no final.

Meu pescoço estava marcado e eu sentia dor. Quando acordei, joguei Yoongi da cama e já comecei o dia o xingando pelo que houve. Eu me sentia desprotegido por ter tido ele me tocando. Ainda me culpo por ter feito praticamente o mesmo com Jungkook. Sim, eu merecia demais estar na minha atual posição. Dançar já não conseguia me livrar dos meus pensamentos. Estava se tornando uma bola de neve.

Após conversar com Taehyung, encontrei Yoongi nos corredores e acabei o perdoando. Quem ama, perdoa... não é mesmo? Só que minha confiança depois disso, foi completamente pelo ralo.

Voltei para casa após as aulas. Não tinha cabeça para o grupo hoje. Dormi praticamente o dia todo.

- Nunca te vi tão indisposto, hyung.

- Por que está aqui de novo, maldito fantasma?

- Eu queria brincar, Hobi hyung.

Reviro os olhos, saindo dos cobertores.

- Brincar de que, fantasma?

- Vamos fazer assim... - Ele se aproxima e me deita de volta na cama, prensando meus pulsos acima da cabeça - Eu faço o que quero e você apenas assiste... como um maldito boneco.

- Não gosto dessa brincadeira.

- Mas você já brincou dela comigo... Agora é minha vez.

- Você...

- Eu estava acordado, hyung. 

Sinto meus olhos marejarem.

- Me perdoa, Jungkook...

- Você não me engana mais.

Ele retira minha calça.

Fecho os olhos e sorrio irônico. O próprio Jungkook voltou da porra do inferno para me dar o troco?

- E-Está doendo, Jungkook...

Não consigo acreditar o quão real é a sensação e o fodido desespero.

Ele apenas me ignora, estocando com força. Choro baixinho. 

Ah, como eu odiava estar vivo, como eu odiava saber que cada ato meu teria sua consequência...

- Gostou? - pergunta no fim.

- N-Não...

- Pois é, aquele dia eu também não gostei e o pior foi me sentir usado pelo meu amado hyung.

- Jungkook...

- Eu te amei, hyung... 

Em uma piscada de olhos, ele some, me deixando sozinho com minhas lágrimas... 

Eu podia morrer em paz agora?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...