História 4years - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Minjoon, Minnie Monnie, Nammin, Pwp, Transgirl
Visualizações 104
Palavras 1.059
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Fluffy, Hentai, LGBT, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


essa história era pra ser uma spin off de uma personagem de interativa minha, mas quando tava chegando ao fim eu pensei no meu sonho de escrever um jimin!fem e falei AGORA VAI juntando o útil ao agradável -v-

espero que gostem, por mais que não seja nenhuma superprodução q
algum dia eu faço algo maior, mas por hoje fiquem com esse pwp ;3

boa leitura <3

Capítulo 1 - Somente


Namjoon mal acreditava quando sua namorada, Jimin, teve tempo para vê-lo em um mesmo momento em que ele havia tempo.

Namorar com alguém tão ocupada e complicada quanto si era como um grande teste; no qual os dois passavam, pois o grande sentimento de amor entre eles era mútuo.

Jimin era uma mulher trans; modelo, estilista, cantora e dançarina. Esta que viajava a muitos países por, felizmente, ser um ícone quebrador de tabus. Havia quebrado até mesmo tudo que Namjoon, o produtor de uma empresa de entretenimento, um dia achou ser o certo em sua mente quase limitada pelo país limitado que era a Coréia do Sul.

Ah, conhecer Jimin foi o momento em que não mudaria nunca. Se envolveu com ela em uma noite quando fora a uma balada, e por mais que não haviam passado de uns amassos, Namjoon já estava encantado pela bela mulher.

Tudo não foi um mar de rosas... Quando ele descobriu que Jimin era uma mulher trans havia precisado de tempo para raciocinar sobre aquilo. Um tempo que descobriu que amava a pessoa que era Jimin, não importando-se com seu gênero. 

Namjoon sentia o corpo pequeno e cheio de curvas tão quente em suas mãos, os gemidos entre seus beijos cada vez mais intensos e as roupas tornando-se muito menos necessárias naquele instante; ele quase urrava que, porra, seria agora.

Ah, foram quatro anos de relacionamento em que nunca avançaram ao ato sexual. O que Namjoon mais queria era marcar todo aquele corpo extravasando todas as vezes em que quis sentir sua namorada. Ele amava Park Jimin demais, e respeitava seu tempo, mas droga, ele só queria finalmente conhecer todo o corpo da sua expensive girl como sempre sonhou.

Não demorou muito para pega-lá no colo a segurar firme nas coxas de forma que a fizesse gemer, e a jogasse gentilmente em sua cama espaçosa, vendo-a tão tímida e mesmo assim tão sexy.

Ah, esta mulher ainda acabaria consigo.

Pôs-se sobre ela com sua coxa no meio das pernas propositalmente enquanto lhe acariciava a cintura e a língua, segurando seus cabelos firmemente.

E entre um murmúrio e outro em meio ao ósculo ele iniciou a retirada das roupas ao desabotoar a camisa social que a Park usava, dando beijos em todo tronco, descendo suavemente do pescoço ao meio dos seios, à barriga e abaixo do umbigo; onde desabotoava agora sua calça jeans, a descendo junto com os lábios que beijavam e mordiam, junto as mãos que apertavam.

Jimin poderia denominar-se a personificação do prazer. Diante aos toques, esta apenas contorcia-se, segurava nos próprios cabelos e mordia os próprios dedos de forma tão inconscientemente sensual que nem imaginava estar dando os mesmos arrepios que sentia à Namjoon. E ele estava focado em dar-lhe a melhor experiência de sua vida quando ao subir de volta aos lábios da Park — após tirar a própria blusa —, beijava-a calmamente a deslisar os dedos por toda lateral do corpo perfeito; chegando a calcinha, na qual descia de vagar entre os dedos ao receber autorização com um olhar de Jimin já imerso ao prazer.

Ele mais uma vez desceu com selares e mordidas pelo corpo menor, e a garota não conseguia esconder a ansiedade ao tê-lo entre suas pernas, segurando as coxas enquanto a olhava de baixo quase escondido. Onde com a língua tocou-a no local sensível, a fazendo se contorcer e contrair inteira. Por céus, Namjoon sabia bem o que fazia, e Jimin não sabia mais onde estava enquanto ele a penetrava com sua língua.

Era um misto de gemidos, arfares e espasmos onde a garota sentia que poderia morrer de tesão.

Ela então segurou nos cabelos de Namjoon, não sabendo ao certo se o afastava ou trazia mais perto de si; então suas mãos desceram as costas, transferindo-lhe arranhões em todo novo espasmo.

Ele outra vez subiu para os lábios da garota, esta que já estava tão quente que poderia explodir. E após os beijos mais necessitados — onde ela fazia questão de emaranhar em mãos e puxar todo o cabelo bem hidratado do maior —, este a fez lamber seus dedos indicador e médio.

Ah, sua ereção já estava tão intensa que poderia gozar ali mesmo, com a imagem de Jimin usando sua língua de forma sensual e chupando os dedos com pressão. E enquanto aquilo, se já não bastasse tudo que a menor já fazia, esta também desabotoava as calças de Namjoon, as descendo quando acabava o trabalho de umedecer os dedos.

Ah, Jimin não perderia por esperar.

Namjoon a olhava intensamente nos olhos quando penetrou com um dedo; sentindo ser o primeiro a descobrir o local apertado, quente e molhado.

Jimin o segurava nos ombros, o puxando para um beijo toda vez que queria gritar pelo espasmo intenso demais. O que só aumentou quando Namjoon a preencheu com mais um dedo, e após um tempo, outro dedo.

Mas ela já não aguentava mais toda aquela preparação, queria tê-lo finalmente dentro de si. E foi em um sussurro necessitado que ela finalmente teve o que queria.

Namjoon retirou a última peça de roupa, ficando completamente nu a masturbar-se espalhando todo pré-gozo na extensão do falo rígido. Jimin retirou finalmente seu sutiã, vendo Namjoon por em prova toda sua insanidade quando chupava os seios arrepiados, roçando seu membro na entrada necessitada pelo preenchimento.

A garota já estava beirando o desespero quando Namjoon finalmente a avisou que seria naquele momento, e a penetrou.

Enquanto Jimin sentia o incômodo inicial, o namorado era o mais perfeito, como sempre, ao lhe fazer carinhos, a distribuir beijinhos em todo o rosto e a sussurrar coisas doces no ouvido — a fazendo se derreter cada vez mais por tudo de maravilhoso que era Kim Namjoon.

E aquela de fato foi a melhor experiência da sua vida; quando seu namorado pode se mover dentro de si, ir com estocadas calmas, em seguida cada vez mais fortes, lhe tirando do mundo mais uma vez ao lhe dar os melhores espasmos, e dar-lhes o melhor orgasmo que poderiam ter.

Mas a melhor parte foi quando, ao caírem suados e cansados, este lhe abraçou de forma tão carinhosa, a beijando na testa e dizendo o quanto era perfeita.

E provarem mais uma vez para eles mesmos que o amor da sua vida estava bem ali, não importasse a distância, o tempo, o gênero, a sociedade.

Somente eles.


Notas Finais


view em mais minjoon <3
+ Deus da destruição uma vírgula, http://fics.me/13249947 {pwp
+ "Buu" http://fics.me/13283131 {pwp
+ Conquistas de um SONE http://fics.me/13872034 {shortfic
+ Love Yourself http://fics.me/13877923 {oneshot
+ Muito bom dia http://fics.me/13946843 {pwp
+ Gatinho http://fics.me/13954879 {oneshot
+ O monstro da geladeira https://fics.me/14016697 {oneshot


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...